1. Spirit Fanfics >
  2. My gangster >
  3. "essa foi minha escolha"

História My gangster - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Hehe olha quem está aqui.... Isso mesmo

Eu 😗

Fiquem com o EP espero que gostem

Capa da minha maninha maravilhosa que amo ❤️

*LEIAM AS NOTAS FINAIS ATÉ O FIM*

Capítulo 11 - "essa foi minha escolha"


Fanfic / Fanfiction My gangster - Capítulo 11 - "essa foi minha escolha"

Th : um nome, Huig 

Jm : Jesus.. aquele *não termina a frase* 

JK : ele está morto. Eu o matei 

Th : Jeon e Jimin.... Vcs se lembram se tinha mais algum amigo dele aqui dentro? 

Jm : não... Eu não me lembro 

JK : eram três não? Ele e mais dois 

Jin : Mais por que está voltando nisso agora? É passado já foi 

Nj : a s/n não era pra ficar sabendo disso.. *cruza os braços* 

JK : não mesmo.... Na verdade quem chamou ela pra reunião? 


Todos ficam descutindo sobre deixar ou não a s/n ficar na reunião... Eu, Jimin e o Jin apoiavamos ELA ficar mais os outros não concordaram muito 


S/n : ESCUTEM AQUI *fala alto e chama a atenção de todos* EU CANSEI. Eu tô aqui pra ajudar vcs e o mínimo que poderiam fazer era me considerar uma de vcs 

Jm : mas - *é interrompido* 

S/n : eu não terminei... Se eu tô aqui não é pra agradar vcs não ok? Eu tô aqui pra cuidar do Jimin e dar meu apoio a vcs.. mais vcs não conseguem ver né?! 

Th : nós sabemos disso s/n 

S/n : sabem? *Ri cínica* sabem mesmo? Parece que o Jeon não sabe, parece que o Namjoon não sabe e parece tbm que o Hoseok tbm não. Oq? Vcs acham muito ruim uma menina que veio da cidade grande, uma patricinha como vcs dizem estar aqui e estar assumindo o comando de algumas coisas? 

JK : eu só não quero que uma mimadinha acabe com nossos planos *a encara tentando a intimidar* 

S/n : *chega perto do Jeon e aponta o dedo na cara dele* Eu não tenho um pingo de medo de vc Jeon Jungkook  

Th : OS DOIS. ABAIXEM A BOLA AÍ 

S/n : por favor viu *abaixa o dedo* com todo respeito, vão todos se fuder *sai da sala e bate a porta com força* 

Jm : aaah que ótimo... Tá vendo Jeon? 

JK : Jeon nada.... Ela que é muito metidinha e não aguenta pressão

Jm : CALA A SUA BOCA 

JK : ou oq? Não ache que eu sou igual o Taehyung  não... Se eu tivesse a oportunidade de atirar eu atiraria *se refere ao dia do confronto* 

Jin : eii parem os dois 

Jm : vai enfrente Jeon. Pode atirar, não é esse seu sonho? Atira em mim. VAI MACHÃO ATIRA 

Th :  PAREM JÁ OS DOIS. MAIS QUE PORRA *bate na mesa* NÓS ESTAMOS TENTANDO RESOLVER UMA COISA E VCS FICAM DE INTRIGUINHA?  


Todos se calam com a minha fala 


Th : Jimin NUNCA, se tá me ouvindo NUNCA foi sonho do Jeon atirar em vc. E Jeon, a s/n pode sim ser capaz de nos ajudar... E muito, então parem com a porra da discussão e vamos tentar resolver o problema aqui e agora 


Todos concordam e voltamos a pensar em uma solução


| Taehyung off | 

• S/n on • 


Ja estava de noite, bem de noite e eu estava encostada numa parede qualquer chorando, não vou mentir... Eu esperava que alguém tivesse vindo atrás de mim, mais isso não aconteceu, minha cabeça estava numa completa confusão e eu não sabia oq fazer.

 No chão havia uma arma e a pulseira que minha mãe me deu... Pra continuar aqui eu teria que escolher um dos dois 


S/n : eu tô tão cansada disso *deixa lágrimas escorrerem* eu tô cansada das pessoas sempre duvidarem de mim... *Diz pra si mesma* 


Eu continuei ali de cabeça baixa até que eu escuto um barulho vindo de dentro de uma das casas 


S/n : mais que porra *corta a frase*  


Eu não estava acreditando no que via.... Um homem todo encapuzado estava entrando em uma das casas, mais não era qualquer casa..... Era o escritório do Hoseok, aonde o dinheiro e tudo estava quardado 


S/n : não pode ser....  É ele quem está roubando o morro *limpa os olhos e se levanta* 


S/n off  

¢ Autora on ¢   


Enquanto todos descutiam uma solução para os roubos que estavam acontecendo, S/n lutava contra seu psicológico para não fazer uma loucura

Mais parece que não deu muito certo


S/n : *pega a arma e coloca a pulseira no bolso* tá na hora S/n... Vc consegue 


E lá estava ela... Abaixada e escondida para o bandido não ve-la de modo algum


|• PENSAMENTO S/N ON  •| 


"Ta na hora... É o momento perfeito pra eu provar pra eles que eu tbm consigo me dar bem no morro.  Eu vou conseguir e eles terão que me respeitar. 

Isso é por vc Jimin "


|• PENSAMENTO OFF •|


Então ela se levanta  dando total visão a ela e ao bandido, que a olha espantado e surpreso 


S/n : coloca as coisas que vc pegou no chão *aponta a arma pro bandido* 

?? : Princesinha... Abaixa a arma 

S/n : NÃO ME CHAME DE PRINCESA E COLOCA LOGO AS PORRAS DAS COISAS N - *é interrompida por um disparo*  


E foi isso..... O morro se tomou a um silêncio ensurdecedor não se ouvia nada além do canto dos pássaros da noite

Aquela tinha sido a escolha da s/n, e como toda escolhaq, Aquela tbm foi sua consequência



|CONTINUA.........








Notas Finais


Bom.... Esse foi o EP galerinha do Spirit

Espero que tenham gostado, eu me dediquei muito nesse 😅

Vejam minha outra fic por favor EU estou pedindo

https://www.spiritfanfiction.com/historia/mundos-opostos-17791480


Custa o total de 0,00 reais ler

🔮 SÓ PRA ESCLARECER 🔮

A arma significa a vida que s/n teria que escolher para poder fazer "parte do morro". Como se o lado mais "obscuro" dela tivesse que ser revelado para ganhar o respeito dos meninos

E a pulseira significa a vida que s/n leva/levava antes de pisar no morro, a vida onde ela fica somente na zona de conforto que a mãe dela criou pra ela.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...