1. Spirit Fanfics >
  2. My Girl! (Imagine Jeon Jungkook-BTS) >
  3. Vinte e sete!

História My Girl! (Imagine Jeon Jungkook-BTS) - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


olá!
💌: Desculpe pelos erros ortográficos.
💌: Boa leitura 💕

Capítulo 27 - Vinte e sete!


(Quatro meses atrás)
(Jungkook)

Kris já tinha chegado e o mesmo veio pegar a April, ele estava muito nervoso e eu não estava diferente, meu corpo tremia e não era só por causa do frio, eu estava com medo, meu coração batia feito um louco, Kris à levou para o carro, enquanto eu me afogava em lágrimas.

Kris- Entra logo no carro, precisamos levava para o hospital. (Assenti, limpei meu rosto e entrei no carro)

(...)

Tínhamos chegado no hospital, rapidamente nos atenderam, April foi levada para ser examinada.

- Quando eu a encontrei, tinha um rapaz com ela, ele disse que ela ia se matar... Meu coração se apertou... E-e... (Falei e minhas lágrimas começaram a cair)

Kris- Ela já tentou duas vezes. (Falou e eu o olhei)

- Q-que?

Kris- Isso foi tão... horrível, e isso tudo foi por minha culpa, eu nunca a protegi direito, eu f-falhei como irmão... Meu tio estava certo... (Colocou as mãos no rosto)

O médico apareceu, eu e Kris levantamos, ele ainda permanecia nervoso, chorava e eu me mantinha firme por fora, mas por dentro eu estava surtando.

Médico- Responsável pela April Wu?

Kris- Eu! Como ela está doutor?

Médico- Eu e minha equipe não sabemos o que aconteceu com ela, a mesma já devia ter acordado, mas ela ainda continua desmaiada, e um dos enfermeiros, falaram que ela pode estar em um possível coma, o que nos deixa um pouco confuso.

Kris- C-como é p-possível? (Se sentou na cadeira e colocou as mãos na cabeça)

Médico- Eu sinto muito senhor, o corpo de April quase congelou, ela estava branca demais e seus lábios mais roxos que o normal, ela poderia ter morrido de hipotermia.

- Obrigado por nos avisar.

Médico- Certo! April ficaria respirando através de aparelhos e se quiserem vê-la me acompanhem. (Kris levantou e enxugou o rosto, seguimos o médico e o mesmo parou em frente a uma porta) Podem entrar. (O médico se retirou)

- Se quiser entrar primeiro... Irei esperar aqui fora. (Ele assentiu e entrou)

(Kris)

Andei lentamente até ela, e estamos aqui de novo April, me perdoa maninha, eu queria ter sido um bom irmão, eu deveria ter cuidado bem de você, eu falhei, me perdoa, segurei sua mão e fiz carinho, a porta foi aberta e minha tia entrava desesperada.

Sra Lu- O que aconteceu Yifan? (Veio até nós)

- T-tia... (Começei a chorar e ela veio me abraçar)

Sra Lu- E-ela morreu?

- N-Não... Ela e-está em c-coma... Titio estava certo, eu nunca cuidei da April direito...

Sra Lu- Não diga isso, sei que deu o seu melhor para cuidar dela. (Segurou meu rosto e limpou a lágrima que escorria) Seu tio só estava preocupado com a segurança dela, mas isso não quer dizer, que ele não confie em você.

Ela me soltou e foi vê a April, me sentei em um sofá que tinha no quarto, eu me sentia culpado, April já sofreu tanto que... Aish, dói só em pensar no que ela passou.

Sra Lu- Lu Han já chegou em Busan.

- Onde ele ficou?

Sra Lu- Seu tio está com ele agora, por isso não veio pra cá.

- Como soube?

Sra Lu- Um homem daqui do hospital me ligou e disse que April estava aqui.

- Ah...

Peguei meu celular e vi que tinha algumas mensagens do Jimin.

- Tia terei que sair, pode ficar aqui, até eu chegar?

Sra Lu- Claro, pode ir. (Fiz reverência e sair do quarto)

(Um mês depois)
(Jungkook)

Um mês se passou e April ainda não tinha acordado, todos os dias eu vinha visitá-la e lhe trazia flores, hoje não ia ser diferente, comprei uma Rosa e fui pro hospital, a recepcionista já me conhecia, então ela me deixava entrar.

Fui para o quarto em que April está, entrei e fechei a porta.

- Bom dia meu amor, hoje eu trouxe uma Rosa, espero que goste. (Coloquei em seu lado e me sentei) Está sendo difícil ficar sem você. (Suspirei e fiz carinho em seu cabelo) Por favor acorda logo, eu preciso de voce. (Dei um beijo em sua testa e deixei um selar em seus lábios) Eu Te Amo!

Saí do quarto e me sentei em uma das cadeiras que tinha, meus olhos já se enchiam de lágrimas, vê a April assim, me deixa muito triste e com medo.

(Taehyung)

Descobri que April, a que encontrei perto do rio han e a que vivia naquela casa em que eu a salvei, são a mesma pessoa, finalmente a encontrei depois de tanto tempo, iria visitá-la no hospital hoje, estava me arrumando.

(...)

Já tinha chegado, paguei o taxista e desci do carro, entrei no hospital e fui ate a recepcionista.

- Olá boa tarde! Gostaria de visitar a April.

Recepcionista- Claro, ela está no quarto 14, segundo andar.

- Obrigado. (Fiz reverência e acabei indo de elevador)

Procurei o quarto e até que achei, entrei e andei rapidamente até a April.

Faz tanto tempo...

Você não mudou nada, sinto muito por tudo que passou lá, eu queria ter salvo você antes.

Me sentei ao seu lado e segurei sua mão, por favor, não morra, eu... preciso... esquece, apenas não morra, lembre-se da carta que eu lhe deixei, se mantenha viva.

(Agora)
(April)

Jungkook- Eu sempre vinha te visitar. (Falou e sentou ao meu lado) Eu estava com medo de perder você.

- Você não vai me perder... (Entrelaçei sua mão na minha)

Kris- Toda vez ele ia lá pra casa... E dormia no seu quarto. (Falou e suspirou)

- Vai descansar Kris, você está muito cansado.

Kris- Não dormir muito bem esses quatro meses.

- Então... Vocês dois vão descansar, eu já estou bem.

Jungkook- Mas...

- Mas nada amor, é sério eu já estou bem. (Falei e vi os dois assentirem)

Kris- Certo! Amanhã a gente volta.

- Ok. (Kris saiu primeiro)

Jungkook- Fica bem amor. (Me deu um selinho) Te amo!

- Também Te amo! (Ele saiu e eu suspirei) Por que eu não consigo morrer? O universo me odeia mesmo...

A porta foi aberta e um homem entrou, o mesmo estava sorrindo e ele se sentou na cadeira que tinha ao lado da cama)

- Quem é você?

Xxx- Não se lembra de mim?

- Se eu perguntei quem é você, é por que não sei.

Xxx- Nossa... Eu encontrei você perto do rio han, você estava sentada no banco e estava congelando.

- Aah... Você é o cara que estragou meu plano, Kim Taehyung, né?

Taehyung- Sim...

- O que faz aqui? Não somos amigos.

Taehyung- Lembra quando... você recebeu, eu acho, uma carta, você estava no hospital, eu pedi para médica lhe entregar a carta...

- V-Você... Você é o cara que me salvou da casa daquele homem?

Taehyung- Sim, eu tinha 19 anos, fico feliz que esteja viva.

- Você escreveu na carta, para me manter viva... 

Taehyung- Sim. (Falou e se encolheu) 

- Obrigada...

Taehyung- Pelo o que?

- Você me salvou e nunca pude agradecer.

Taehyung- Tudo bem!

- Obrigada mesmo, se não fosse por você, acho que eu já estaria morta. 

Taehyung- Era isso que você queria a quatro meses atrás...

- É, eu...

Taehyung- Você ainda quer?

- Taehyung, minha vida já está morta, eu morri no dia em que tudo aconteceu, eu já fui estuprada tantas vezes, que eu já perdi a conta.

Taehyung- Como assim tantas vezes?

- Eu não fui sequestrada só uma vez Kim, quando eu tinha 10 anos eu fui sequestrada e eu fiquei um mês em cativeiro, todas as noites eles me pegavam, com 15 anos aconteceu a mesma coisa, só que eu e-engravidei... (Respirei fundo para não chorar)

Taehyung- Nossa, eu... nem sei o que dizer.

- Eu tenho tantos motivos para querer morrer...

Taehyung- Eu entendo, mas... não faça isso, por favor. (Segurou minhas mãos) Sei que tem gente que não aguentaria perder você.

- Todos iram superar, eu perdi meu bebê... Ele permaneceu em meu ventre por seis minutos, SEIS MINUTOS, fui espancada e levei um tiro na barriga, acha que a fácil guardar todas essas lembranças ruins? Eu sonho com isso toda noite, isso me tortura e eu não aguento mais, eu só queria esquecer tudo isso. 

Taehyung- Não chora, por favor... (Me abraçou, enquanto eu chorava) Me desculpa, sei que teve um passado difícil.

- Eu s-só quero v-viver em paz. 

Taehyung- E você vai.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...