História My Guardian Angel -Tzukook- - Capítulo 26


Escrita por: e Dami-Potter

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Stray Kids, TWICE
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lee Felix, Lisa, Min Yoongi (Suga), Mina, Park Jimin (Jimin), Sehun, Suho, Tzuyu, Xiumin
Tags Blackpink, Bts, Exo, Família, Got7, Jeon Jungkook, Jungkook, K-pop, Romance, Twice, Tzukook, Tzuyu, Zhou Tzuyu
Visualizações 36
Palavras 819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Máximo


Fanfic / Fanfiction My Guardian Angel -Tzukook- - Capítulo 26 - Máximo

Taehyung POVs

O pessoal foi pra um aniversário, de um colega "nosso" que... Vai durar basicamente a madrugada inteira, que EU ACHO que Hany, Tzu, Sekay e Jee não conhecem

Mas...Hany esta agindo de um modo estranho, e acabei de receber provas, ela obrigou as irmãs dela a irem pro aniversário, e me obrigou a não ir, obedeci né, eu não sou amigo desse cara mesmo, então ficamos só eu e ela

Quando o pessoal saiu, a uns minutos atrás, fui tomar um banho e ela ficou na cama lendo algum tipo de livro sobre aqueles tals ghouls

Minha maior surpresa foi quando eu sai do banheiro e me deparo com ela sentada em um banquinho que havia ali (mídia) com um suéter feupudo branco, uma gargantilha que era uma cordinha com pompons brancos, uma saia de pregas igual aquelas de colegial e uma meia-calça preta 

- Gostou da roupinha Daddy? - perguntou sorrindo balançando as pernas

Assenti

- Mas estaria muito melhor sem ela - disse chegando mais perto

- Uh, imaginei que gostaria de me ver sem ela Daddy, mas você só pode dar uma espiadinha - colocou o dedo indicador perto dos olhos fazendo uma carinha fofa

- Olhar é chato as vezes - Nesse momento o meu Malaquias começou a acordar

- Lamento Daddy, mas é o mínimo que pode fazer

- E qual é o meu máximo? - falei chegando mais perto

- Olha Daddy... Tem algumas coisas que nós temos que descobrir sozinhos, e esse é o seu momento de descobrir seu máximo sozinho - falou andando pelo quarto dando uns girinhos de vez em quando

Fui até ela e a abracei por trás cheirando seu pescoço

Deslizei as mãos pela sua cintura ouvindo Haneul suspirar

Desabotoei a sua saia e a abaixei, virando Haneul pra mim, segurei a ponta do seu queixo logo encontrando seus lábios em um beijo apaixonado, pedi passagem com a língua e ela cedeu, nossas línguas dançavam de um jeito perfeito, uma dança que apenas nós sabíamos a coreografia, e Haneul ama dançar

A deitei no início cama me ajoelhando no meio de suas pernas, deixando as mesmas abertas, passando as mãos pelo seu abdômen pouco definido (ela detesta exercícios com todas as suas forças) 

Tirei aquele suéter idiota que atrapalhava tudo, deixando visível seus seios durinhos e simétricos, ela tirou minha camiseta e minha calça me deixando apenas de box

Fico de quatro beijando sobre ela, provando um pouco mais do gosto de seus lábios

Me abaixei descendo os lábios percorrendo minha língua pro seu queixo, para sua clavícula até chegar no seio esquerdo chupando o mesmo, enquando massageava o outro, vez em quando pressionando nossas intimidades ainda cobertas, ouvindo Hany arfar

Voltei a percorrer minha língua pro seu abdômen, até chegar abaixo do seu umbigo, tirando logo sua calcinha

Sua intimidade estava bem molhada, toquei algumas vezes seu clitóris, permitindo que um pouco mais de pré-gozo saísse

- Anda logo com isso Taehyung - Tombou a cabeça para trás

Chupei seu clitóris rápido e acrescentei um dedo ouvindo Hany gemer

Subi um pouco mais pelo seu corpo arrancando um beijo da mesma

Acrescentei mais um dedo em sua intimidade durante o beijo fazendo Hany morder pelo lábio inferior causando um ferimento minúsculo tirando um pouco de sangue, continuei a penetração fazendo movimentos de tesoura

Dei mais um beijo em Hany, pedindo passagem com a língua falando com ela em seguida

- Xii, era para ser segredo BabyGirl, podem nos ouvir - olhei para a porta - sua vez

Deitei na cama e a coloquei em cima de meu pênis, ela entendeu o pedido e concedeu meu desejo

Segurei em seu quadril enquanto a mesma quicava em meu pênis e nos dois gemiamos alto

Gozei dentro dela, já estávamos suando e exaustos mas eu sei que nós dois queríamos mais

Ela levantou e ficamos de joelho nos beijando e parou o beijo e em olhou

- Me satisfaça Daddy

-.... De quatro! 

- Pedido atendido

Ficou de quatro na cama e eu segurei em sua cintura logo penetrando em sua intimidade, comecei dando estocadas leves

- Anda logo TaeTae

Comecei a dar mais fortes e mais rápidas fazendo a cabeceira da cama bater na parede no quarto, foda-se não to nem aí, Hany me dava muito prazer, e seus gritos mais ainda

Tirei o pênis de sua intimidade e deitei com ela na cama, estávamos exaustos e fomos dormir

- Te ensinei a descobrir seu máximo

No outro dia

Haneul POVs

Acordei e me lembrei de tudo o que eu e Taehyung fizemos ontem

- TAEHYUNG PORRA!!!! 

- O QUE FOI MERDA?!! 

Estava arfando de nervoso

- Eu não usei camisinha

- Compra um anticoncepcional cacete

- HOJE É DOMINGO SEU IDIOTA!  COMO ASSIM TU ME ARROMBA E NÃO COMPRA CAMISINHA

- A Ideia foi tua cabelo de cuia

Dei vários socos no braço dele e ele simplesmente deitou e dormiu

- Caramba o que tá acontecendo nessa merda?! - o Jin arrombou a porta desesperando, e eu me cobri rápido com o lençol pois estava nua

- Nada eu só acho que vou ter um filho e nada de mais - falei irônica




Continua! 



Notas Finais


Voltamo cambada!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...