História My Guardian Angel -Tzukook- - Capítulo 27


Escrita por: e Dami-Potter

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Stray Kids, TWICE
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lee Felix, Lisa, Min Yoongi (Suga), Mina, Park Jimin (Jimin), Sehun, Suho, Tzuyu, Xiumin
Tags Blackpink, Bts, Exo, Família, Got7, Jeon Jungkook, Jungkook, K-pop, Romance, Twice, Tzukook, Tzuyu, Zhou Tzuyu
Visualizações 53
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Sonho.


Fanfic / Fanfiction My Guardian Angel -Tzukook- - Capítulo 27 - Sonho.

       Tzuyu POV's On.

   *Chegando em casa *

Coloco minha bolsa em cima do balcão praticamente me apoiando nele, o cansaço básicamente dominou meu corpo tojin. 

Da cozinha vejo Haneul andando um pouco estranho, até que em um momento ela cai no chão. 

Jee – Noite boa não? – ri de lado. 

Hn – há Há, eu tô me desidratando de tanto que tô rindo –

Jee – Que? –

Hn – esquece o que eu disse e me ajuda aqui embuste! – fomos ajudar ela a levantar. 

Sk – o que aconteceu que você não consegue nem levantar sozinha Hany? –

Jee – ele foi tão forte assim? –

Hn – shhhh não me lembra deste detalhe por favor –

Jee – tá bom – Ela vai ajudar Hany a levantar, mas na mesma hora, Jee dá um berro assustando todas nós. 

Hn – é falta de remédio, tem que se cuidar pra não ficar doentinha – ela se levanta. 

Sk – que foi doida?! –

Jee – eu acho que... Senti algo, um sensação estranha, foi tipo um choque – 

Sk – consegue descrever melhor se situação ? –

Jee – sla, passou por todo o meu corpo e foi um pouco forte de mais, foi quando toquei na Hany –

Hn – se tocar em mim de novo vai acontecer novamente? – Jee se aproxima e segura seu braço, mas nada ocorreu. 

Tz – não deve ser nada né, acho que não precisa se preocupar –

(...) 

            Min-jee POV's On. 

Decidimos esquecer tudo aquilo e relaxar um pouco, fomos assistir TV então, um programa aleatório, menos Haneul que dormia no sofá do jeito mais "delicado" 

Minha garganta começa a queimar, e ficar seca, tava agoniando já, decidi ficar no sofá mesmo mas só piorou. Sem mais nem menos sai da sala e fui correndo pro andar de cima. 

Arrombo o quarto de Jimin indo direto pra sua geladeira, tiro o Fundo falso pegando uma bolsa de sangue e sem esperar nada encravo minhas presas nela. 

Depois que me alivie, percebi que Jimin observava tudo da cama dele, com um livro em mãos me olhava como se eu fosse doida. 

Jm – Pode entrar... – 

Jee – nunca viu um vampiro com sede? –

Jm – Claro que já, mas nunca vi um vampiro desesperado com sede, é diferente tá bom? – reviro os olhos. 

Jee – desculpa por isso, foi muito forte e imediato sabe? – me levanto e arrumo meu short. 

Jm – ligo não, compreendo. Mas e ai... Quer ler um livro? – 

Jee – pode ser, as vezes é até bom –

        Haneul POV's On. 

*Sonho*

Que lugar escuro, onde eu tô? Tá tudo completamente preto, mas eu consigo me ver. Ando pelo lugar e de vez enquando batia em alguma coisa. 

Só conseguia andar apalpando as coisas, mas em um certo momento, toquei em algo que parecia uma porta, não conseguia achar uma maçaneta, me toquei que era uma porta de arrastar, então abri ela. 

Derrepente, estava do lado de fora de uma casa, não estava mais naquele lugar escuro. 

Vejo duas crianças brincando, não eram bem crianças , tava mais pra dois adolescentes, eram pouco parecidos ,uma garota e um garoto, os dois eram loiros , e brincavam com um bebezinho no chão

??? – não está animada? – ele tinha uma voz grave, não é muito comum pra idade dele

??? – porque eu estaria oppa? Prefiro ficar em casa do que ir ao Médico em outra cidade

??? – mas é por um bom motivo lobinha, vamos levar esse bebêzinho lindo pra fazer uma simples consulta com a omma e o appa –

??? – mas agente não pode simplesmente ficar em casa e eles levarem ela? –

??? – não ,porque nós também temos consulta kkkk –

 Que estranho ,porque eu tô sonhando com o diálogo de duas crianças?    

Derrepente eu estava em uma estrada, no meio de vários carros parados, parecia um congestionamento. Começei a andar entre os carros tentando chegar no final. 

Vejo uma cena trágica, um carro todo amassado e destruído, uma moça com roupas exóticas e cabelo laranjado estava em pé em frente ao carro, toda aquela situação me parecia famíliar. 

Vi aquelas duas crianças novamente, agora mais velhos, e aquele bebê de antes, agora era uma criança. 

O cenário mudou de novo, esse sonho acaba não? Era um lugar completamente branco. Logo a minha frente tinha um espelho. 

Eles esconderam isso de você, esse tempo todo. 

Uma voz fala em meu ouvida, era uma voz feminina, mas não sabia de quem era. 

Notei no espelho que meu cabelo começou a mudar de cor, estava ficando loira do nada. 

– Haneul? – uma voz agora masculina me chamou, grave e forte. Virei pra trás e vi uma pessoa me olhando, um garoto famíliar. Ele começou a estender sua mão para mim ainda me olhando. 

– me ajuda lobinha... –

 
                       


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...