História My Happy Ever After 《NamJin》 - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags A Seleção, Bangtan Boys, Bts, Casamentos, Drama, Guerra, Heamin_phonic, Incesto, Jikook, Markson, Morte, Namjin, Orange, Romance, Vhope, Viadagem, Yaoi, Yoonmin, Yuri
Visualizações 160
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom dia lindos, tudo bom?? Me desculpem pela falta de capítulo, eu não andava muito bem psicologicamente, Então não encontrava inspiração ou vontade para escrever.
Mas aqui estou eu, vortei vortando. Espero que não tenham me abandonado ....^^ ♡
Boa leitura!

Capítulo 31 - I hate tonight


Fanfic / Fanfiction My Happy Ever After 《NamJin》 - Capítulo 31 - I hate tonight

-;-


Eu quero respirar, eu odeio essa noite. Eu quero acordar, eu odeio esse sonho. Eu estou preso dentro de mim e estou morto. Não quero ficar sozinho.


Quero olhar pra dentro de mim e não me sentir sozinho. 


-;-


A noite, Jin se remecheu na cama, ouvindo barulhos do que parecia uma discussão. A voz que ele reconheceu com a de Maona vinha de seu lado, lado direito da cama. 

Reconheceu que aquilo seria um sonho, então ficou com medo de abrir os olhos. Apenas ficou ouvindo, com o corpo gelado.


- Você viu o que não devia, querida. - ChungHee... Sua voz demonstrava irritação. - Agora você tem duas escolhas. Me obedecer, ou...


- Eu não irei seguir ordem nenhuma vinda de ti. 


- Hm... Isso é uma escolha sua. Mas sua segunda opção, seria a morte. - Barulho de uma espada sendo movimentada com força no ar pode ser ouvido, Jin se encolheu, não queria parar com o sonho, mas sim se sentir protegido.


- Me mate. - Ela incrivelmente não parecia com medo, estava calma, não estava chorando e nem ao menos pedindo perdão. Estava normal, sia respiração estava calma. - É a unica coisa que consegue fazer, encobrir seus erros. Mas faça-me um ultimo favor. - A espada de Chung bateu contra a ponta da cama. - Cuide de Hoseok. Ele é seu filho e não tem nada haver com tudo isso. Ele merece amor.


- Irei pensar em seu caso, querida. Agora, eu poderia me aproveitar de seu corpo novamente... Não seria uma coisa necessária te matar bem agora. 


...


- Não house me tocar novamente. - Seok engoliu em seco, encolhendo o corpo mais ainda e de leve abrindo os olhos. Maona era segurada pelo pulso por uma das mãos de Chung, enquanto a outra segurava a espada contra seu pescoço. - Mate-me de uma vez, estúpido.

Meu sangue, suor e lágrimas, minha última dança,

Leve-os todos.

Meu sangue, suor e lágrimas, minha respiração fria,

Leve-os todos.

Meu sangue, suor e lágrimas...

O barulho alto da pele dela rasgando iria aterrorizar todos os sonhos de SeokJin, o grito agudo que saiu de seus lábios fez com que ele acordasse, assustado. Era de manhã, seu corpo estava todo suado e o sol que vinha da janela cobria a cama.


- Jin... Finalmente acordou... - A voz de Jackson veio do mesmo lado em que a de Maona vinha. - Você me assustou, se remechia tanto na cama que parecia que estava tendo um ataque.


- E-eu... eu... 


- ... Pesadelo?? - Concordou com a cabeça. - Hm... Tente pensar em coisas positivas antes de dormir


- Jack... Maona não sai da minha cabeça... - Cobriu os olhos com as mãos e suspirou. - Preciso me acalmar... 


- Hmm... Talvez... - Fez uma carinha boba e se aproximou do meio da cama aonde o outro estava. - Você se parece muito com Maona, ela também tinha vários pesadelos. - Jin o encarou com curiosidade. - Maona costumava ter seus lugares favoritos, e no jardim, sempre ficava perto do precipício... 


- "Precipício"?? 


- Atrás do castelo, no jardim. Tem uma subida que dá a um precipício. Maona ficava lá, em um balanço que ela pediu pra colocarem na árvore que tem lá..


- ... hm... Talvez eu vá lá depois... mas eu acho melhor ficar longe de precipícios. 


- Chame NamJoon pra ir junto de ti, andam precisando de um tempo só para os dois... Posso chamar ele se quiser. - Jack sorriu e se levantou da cama, acariciou os cabelos de Jin. 


- Não teria tanta necessidade, ele anda muito ocupado... 


- Ele também merece um descanso... Agora, tenho que ir. Licença - Sorriu novamente e saiu do quarto, fechando-a sem força. 


- Precipício. Sinto que não é um bom lugar para eu ir - Riu baixinho. 


-;-


Quando os dias estão frios, 

E as cartas já foram lançadas,

E os santos que vemos,

São todos feitos de ouro.


Quando todos os sonhos fracassam

E aqueles que aclamamos,

São os piores de todos,

E o sangue para de correr.


-;-


NamJoon andava pelos corredores do castelo sem motivo, queria encontrar Jin a algumas horas atrás, mas como se encotrou ocupado, deixou isso para depois. O pouco tempo que lhe restava agora que tinha escolhas e coisas a fazer pela morte do pai, fazia com que seu dia fosse estressante. Não o encontrou no quarto, Jack tinha dito que a pouco havia ido ao jardim. 


Seguiu, entrando na parte de trás do castelo e indo ao caminho onde tinha um caminho de escadas altas, até chegar ao topo onde tinha o que restava de uma árvore de Sakura. Quase morrendo, a árvore tinha suas flores amarelas e sua madeira cheia de marcas de espadas ou facas. Provavelmente havia ocorrido brigas ali, provavelmente alguém caiu daquele precipício, provavelmente alguém forá esquecido.


- Jin?? - Olhou ao redor, mas não conseguia tirar a atenção da árvore, como ainda não havia caido? Como suas flores ainda tinham, pelo menos um pouco, da cor rosa? Como ainda se desabrochavam? Como era tão linda, apesar dos anos? - hm... SeokJin você está aqui?


- Oi Nammie... - Ouviu a voz do menor a suas costas e se virou, recebendo um abraço apertado bem na hora. 


- Ei, você está bem? - Retribui o abraço, o pegando no colo e sentindo sua cintura ser abraçada pelas pernas dele enquanto apoiava as mãos em suas costas e coxas. - Parece desanimado...


- É apenas sono, não se preocupe - Passou os braços pelo pescoço dele e se agarrou no mesmo. - Não ando dormindo muito bem, esse lugar é estranho pra mim.


- Por que não vai dormir comigo? Prometo não fazer nada sexual se você quer descansar. - Riu baixo e andou até a árvore, se sentando de costas para a mesma e deixando Jin deitado em seu colo. - Mas enfim, pode descansar agora, eu vou cuidar de você. 


- Você não tem nada para fazer...? - O príncipe balançou a cabeça negativamente e o abraçou mais forte, fazendo Seok deitar a cabeça em seu peitoral. - Eu senti sua falta.


- Mas você está no mesmo castelo que eu. - Sorriu de forma fofinha enquanto o menor se encolhia em seu colo. 


- Senti falta de ter você abraçado em mim. 


Eu sinto sua falta,

Quando eu digo isso eu sinto ainda mais.

Estou olhando sua foto.

Mas ainda sinto saudades...

O tempo é cruel.


- Fofo... Eu também senti falta disso, muita falta... - Jin suspirou, sorriu de leve e fechou os olhos. Dormiu, e dessa vez, não teve nenhum pesadelo.


Notas Finais


Tem muita música pra um capítulo. Espero que tenham gostado, vou começar a postar mais.

Desculpem mesmo pela demora! ^^ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...