1. Spirit Fanfics >
  2. My Hero >
  3. A chuva cessa

História My Hero - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sei, eu sei. Não cumpri meu prazo kk fiquei sem net esse tempo 😕
Mas pra compensar irei publicar outro capítulo mais rápido ok meu docinhos! 😚
Tenham uma boa leitura e aproveitem o amor dos meus anjinhos.

Capítulo 12 - A chuva cessa


Fanfic / Fanfiction My Hero - Capítulo 12 - A chuva cessa

~ Park Jimin ~

Sou puxado todo o caminho até o elevador, mas Jeon Jungkook continua segurando com força meu pulso.

_Kookie, está doendo_reclamo.

Imediatamente solta meu pulso,deixando algumas marcas vermelhas. Ele vira de frente pra mim,sua expressão voltou a ser do doce e preocupado professor de literatura.

_Pe-perdão Jimin _ me envolve em seus braços, apoiando o queixo no topo da minha cabeça_ Não consigo controlar minha raiva quando aquele cara está por perto.

_O que...Kim Taehyung te fez?

Jungkook hesita, olhando para o espelho atrás de mim,para seu próprio reflexo. Seguro seu rosto entre minhas mãos, fazendo-o olhar nos meus olhos.

_Pode confiar em mim. Mas se não estiver preparado não precisa contar agora, leve seu tempo.

Ele suspira e sorri, mas quando ele vai começar a falar as portas do elevador se abrem no andar do quarto onde estou em observação.

_Vamos nos secar e trocar de roupa primeiro,te contarei lá no quarto.

(...)

Quando Jin nos encontrou molhados pela chuva e tremendo de frio,tivemos que ouvir um sermão de meia hora, fui o alvo principal mas o professor também não escapou.No momento en que nosso querido médico nos deixou roupas e toalhas secas, saindo do quarto tão stressado que dava até para ver a fumaça saindo de sua cabeça, Jungkook não conseguiu segurar a risada.

Com roupas trocadas e secas, deito na cama ao lado de Jungkook que também vestia roupa hospitalar, enquanto a sua secava.

_Está frio_ encolho mais debaixo do cobertor, chegando perto do professor.

_Vem cá_ me puxa pela cintura para aproximar mais de seu corpo, ainda estava frio mas sua ação me deixou muito satisfeito.

Esses simples atos de carinho me agrada tanto e me deixa tão envergonhado,pois o seu calor me faz lembrar do nosso primeiro beijo que aconteceu a apenas alguns minutos atrás.

De onde tirei tanta coragem para beija-lo daquela forma?!

_Kookie_ chamo carinhosamente.

_Sim?

_Aquele...Aquele beijo, sei que foi repentino mas...

_Continue_ sinto seus dedos apertarem levemente o lado direito da minha cintura.

_O que quero dizer é..._me apoio em um braço para olha-lo nos olhos, mesmo cheio de vergonha. Meu rosto deve estar completamente vermelho já que Jungkook sorriu largamente pra mim_ Eu g-gosto de você!

Ele ri diante da minha dificuldade de me declarar.

_Eu também gosto de você, Jiminnie.

_O seu...tipo de gostar é o mesmo que o meu?_ pergunto um pouco inseguro.

Jeon Jungkook se aproxima do meu rosto, sem tirar os olhos da minha boca. Paraliso com essa aproximação,sentindo sua respiração quente atingir minha pele.

Está tão perto! Mais alguns centímetros e nossos lábios se tocariam.

É muito tentador, porém a pouca distância que faltava Jungkook não a quebrou.Ao invés disso, ele toca meus lábios com um dedo e olha dentro dos meus olhos cheios de desejo, falando com uma voz rouca e baixa.

_O meu "tipo de gostar" é me alegrar com suas alegrias, me entristecer com cada lágrima que cai de seus olhos, me enfurecer quando alguém te toca..._ acaricia meus lábios com o polegar_ Meu "tipo de gostar" é querer você ao meu lado nos momentos tristes e felizes, querer beija-lo quando quiser, te-lo só pra mim..._segura minha mão e apóia em seu peito,sob a blusa desabotoada. Sinto o pulsar rápido de seu coração, e imediatamente o meu acelera em resposta _ Meu coração acelera a cada aproximação sua, meu corpo esquenta, o que só aumenta a vontade de te-lo... Esse é o meu "tipo de gostar".

Não contenho as lágrimas de felicidade.Sorrindo com meu sentimento correspondido, quebro a distância de nossos lábios. Jungkook me abraça apertado, suas mãos deslizam pelo meu cabelo, sinto sua respiração ficar pesada e sei que ele tenta se controlar para não me assustar, ir com calma, mas parece que agora ele está livre, mais leve ao dizer como se sente...Assim como eu, sem medo de amar.

Infelizmente, quando ele me deita na cama hospitalar, reclamo com a dor de algumas feridas, o que o faz parar instantaneamente.

_Melhor...irmos com calma _ diz ofegante_Você ainda está se recuperando.

Maldição!

_S-sim, tem razão.

Dando um beijo na minha testa, Jeon se deita novamente, e eu me aconchego ao seu peito. Ficamos em silêncio, os dois calados apreciando o calor do corpo do outro, enquanto lá fora a chuva cessa e dá lugar ao sol, anunciando nosso amor com alegria. Os raios do sol que entravam no quarto, iluminava e aquecia-nos depois de tanta chuva e frio...Entretanto, ainda tem mais tempestade por vir.

(...)


Notas Finais


Isso mesmo, esse capítulo foi bem curtinho. Não quis estender muito pois o que vem pela frente vai nos deixar loucas...😲 Tanto de um jeito bom quanto de um jeito ruim.
Até a próxima docinhos!! 🍭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...