História My Hope - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias B.I.G (Boys In Groove), Bangtan Boys (BTS)
Personagens Benji, Gunmin, Heedo, Jeon Jungkook (Jungkook), J-Hoon, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Minpyo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Suga, Vhope, Yoonkook
Visualizações 23
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Podem guardar as facas eu to de volta, pois é mais de um mês sem postar de novo difícil né ?
Sinto muito mas a parte boa é que a minha cabeça ficou borbulhando com varias ideias que surgiam para essa fanfic então eu tenho um planejamento não muito organizado do que vai acontecer aqui.
Bom uma das coisas que eu decidi por exemplo é postar um capitulo todos os domingos, assim eu tenho mais tempo para escrever o próximo capitulo (ah mas hoje é segunda!) eu ia postar ontem mas deu problema com a conta do Google e eu não consegui entrar no Spirit mas aqui esta mais um capitulo eu espero que vocês gostem por que eu não sei se ta bom =[

Capítulo 26 - Coffee


Fanfic / Fanfiction My Hope - Capítulo 26 - Coffee

*Hoseok

Taehyung deu uma ideia para irmos em uma cafeteria para termos um tempo a mais juntos, porque por incrível que pareça nos não estivemos tão próximos esses dias

Depois que as aulas acabaram nos fomos a casa de Jin para almoçar lá

—Aqui está, aproveitem! —Jin disse colocando a comida na mesa

—Obrigado Hyung! —Tae disse antes que pegasse uma colher

—Obrigado! —disse dando dois tapinhas em seu ombro o fazendo rir

—De nada, agora comem antes que esfrie

—Ok omma

. . .

Nos acabamos de comer e ficamos lá na mesa conversando com Jin

—Hey Jin Hyung este é o seu último ano na escola não é? —Tae pergunta

—Infelizmente sim... Mas não tem problema, ano que vem eu irei levar e buscar você, Jimin e Jungkook, não vamos deixar de passar tempos juntos — Ele disse sorrindo

—Cheguei! —Olho para a porta onde Namjoon estava carregando algumas sacolas

—Você demorou em.

—Tive uma briga com o cartão de crédito, quase quebrei aquela máquina lá, mas deu tudo certo

—Ah Namjoon, se você tivesse feito algo ruim... —Namjoon vai em direção de Jin e o beija como se não estivéssemos aqui

—Bom acho que já tá na hora de ir. —Tae fala levantando da mesa, faço o mesmo

—Já? Porque? —Jin pergunta triste

—Eu não quero assistir um porno ao vivo não. —Eu digo rindo

—Idiota.

Fui para porta e abri esperando Tae

—Tchau hyung. —Tae diz antes de ir embora
            Tae abraçou Jin, por causa da diferença de tamanho a blusa de tae nos braços se levantou mostrando algumas cicatrizes acabo me lembrando daquele dia, dos cortes

—Vamos a cafeteria?

—É claro.

—O que foi? —Tae perguntou me vendo um tanto sério

—... É que eu percebi as cicatrizes no seu pulso, eu só não gosto de lembrar disso. —Vi sua feição de confusão se tornar uma de surpresa

—Hobi eu... Sinto muito eu não sabia

—Não tá tudo bem é só que, sei lá tem algumas coisas que eu queria esquecer.

Ele segurou meu rosto e deixou um selar em minha testa

—Eu sei, sinto muito.

—Tudo bem, vamos eu estou com fome! —Digo sorrindo

Sinto sua mão se entrelaçar a minha e vamos a caminho do lugar

. . .

Havíamos sentado em uma mesa perto da janela, eu olhava as várias opções que tinham

—Vou querer um cappuccino mesmo, e você? —Perguntei para Tae que ainda escolhia

—... O mesmo. —Ele diz para o carinha que tava do lado da mesa 
            —Dois Cappuccinos, já volto

Vejo o cara ir para trás da bancada onde havia as máquinas de café

—Tá tudo certo? —Tae perguntou olhando para a janela

—Sim porque?

—Você tá meio calado, tem certeza?

—Sim claro... Mas você parece que ainda está curioso —Digo observando a impaciência dele

—Oque? Não... Na verdade sim, eu quero saber algo mas é claro que se você não quiser falar eu vou entender! —Tentei acompanhá-lo... Cara ele fala tão rápido assim?

—Pode perguntar Tae

—Eu sei que você não gosta de lembrar mas... No dia do jantar quando eu, bom, me prendi no banheiro você... Disse que não queria me perder também, eu só... Fiquei pensando nisso a um tempo. —Ele disse com mais calma, e isso faz eu me relembrar do passado.

—...eu não sei como explicar isso mas, meu pai ele...

—Papai? Está tudo bem?

—S-sua mãe ela,eu juro que não fiz nada nós... Nós só estávamos discutindo e e-eu comecei a gritar e e quando eu percebi essa faca estava aqui e...

—... Papai não...

—Não filho! Não fui eu foi o outro eu ele fez isso!

—NÃO EXISTE OUTRO VOCÊ! ISSO É MENTIRA! VOCÊ A MATOU PAI! VOCÊ!!!

—Não filho, não, não eu não fiz isso, eu juro, foi o outro eu!

—. . .

—Porque está chorando? Oque te deixa triste?

—... Porque você é assim? porque você não deixou que eles cuidassem de você?

—Do que você está falando Hoseok?... Lina... Lina porque está deitada no chão?... Não... Lina não, LINA NÃO POR FAVOR NÃO!!!

—Hoseok?... Hoseok!

—Hum oque?

—Você está... Chorando?

—Eu estou bem Taehyung.

—Não, não está

Ele se levantou e veio ao meu lado

—Desculpa, não devia ter falado disso

Eu olho para a mesa pensando em tudo que aconteceu, tanto agora quanto no passado eu percebo as lágrimas descerem mais

—Eu...estava com tanto medo —Eu olho para ele, sinto seus bracos me rodarem em um confortável abraço

—Não precisa ter medo, eu estou aqui com você

—Eu sei.

Olho para as pessoas que estavam na cafeteria, todos nós olhavam com olhares julgadores... Obviamente

—... Eu te amo anjo—Digo me acomodando mais em seus braços

—Eu também te amo Hobi

. . .

Saímos daquele lugar cheio de homofóbicos babacas e andamos em vários lugares como a Praça principal, lá Tae realmente voltou a ser criança, era incrível ver como ele estava feliz brincando em um balanço

Sentei em um banco vendo Tae brincar com algumas crianças

—Pai você esta ai a algum tempo esta tudo bem?

. . .

—...Pai?

—Hoseok oque houve?

—Eu não sei tia, papai esta no banheiro a muito tempo

—Sério? Lee abre a porta...Lee!

.  .  .

—Tia oque houve?

.  .  .

—Porque papai não esta se movendo?

.  .  .

—...Não...você não pode ir...você não pode...por favor não me deixe também!!!

Sinto uma enorme dor na minha cabeça, porque essas memorias ficam me atormentando? porque eu não posso simplesmente esquecer, é tao difícil assim?

—Ah caramba, eu to muito cansado haha, acho que já ta na hora de voltar né?— Tae veio correndo dando tchau para algumas crianças   

—Sim claro...vamos   

.  .  .

Jimin veio em casa um tempo depois, comemos e conversamos bastante, e não demorou nem alguns minutos para Tae e Jimin desmaiarem de sono, deixei os dois jogados no quarto e desci para sala,decidi ficar por la mesmo

Me deitei no sofá pensando em tudo que aconteceu hoje, em todas as memorias...me acomodo mais no sofá tentando dormir.


Notas Finais


É isso vocês gostaram? espero que sim bom comentem ai se achou algo que nao faz sentido ou para corrigir algo ok? Até domingo! ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...