História My Host Sister (intersexual) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Camz, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Lolo, Normani Hamilton
Visualizações 1.260
Palavras 1.685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Capítulo 28


Fanfic / Fanfiction My Host Sister (intersexual) - Capítulo 28 - Capítulo 28

Point Of View Lauren Jauregui|30 de outubro de 2015| quarta-feira| High School Of Miami.

_ Mila? _ o garoto com a jaqueta do time de basquete chama Camila, nos fazendo parar no meio do corredor, tinha que aparecer logo agora? Até parece que aquela pose machão me intimida.

_ Oi Shawn, aconteceu algo? _ fala Camz de maneira educada enquanto apoio meu corpo nos armários fingindo não prestar atenção nos dois.

As aulas haviam acabado a poucos minutos, o garoto tinha passado o intervalo falando com Camila e ainda tinha coisa pra conversar? E testar muito minha paciência.

_ Não aconteceu nada, eu só queria saber se você não quer companhia pra festa de Halloween amanhã? _ pergunta ele.

Patético, será que ele ainda não se tocou dos foras que tem levado? Eu mesma já não estava aguentando.

Desde daquele maldito trabalho, Shawn Mendes tem rondado Camila, qualquer coisa ele quer está junto dela, e isso está me tirando do sério.

Porra, eu mal tenho a oportunidade de está com ela desde que nos acertamos, pois sempre surge alguém, e ele quer tentar algo com a minha Camz? Só por cima do meu cadáver.

_ Eu não gosto de festas, então não pretendo ir, mas obrigada pelo convite. _ diz educadamente.

Até parece que ela iria com ele, justo na festa de Austin, ele só pode ter merda na cabeça, mas me pergunto porque ela sempre tem que ser tão calma e educada?

_ Mas se..._

Ele estava prestes a insistir mais tomei a frente, interrompendo-o.

_ Caso ela mude de ideia já tem companhia, não é baby?_ digo abraçando-a latina pelos ombros, e ela apenas concorda com a cabeça, ficando corada.

Queria acabar com aquilo logo e poder beijar Camila em paz, estava com saudade de seus lábios nos meus.

Pois nessa maldita escola não tive oportunidade nem de dar um pequeno selinho na garota que eu gosto, essa história de manter apenas pra nós duas não está funcionando, pelo menos não pra mim, olha que não tem nem um mês.

_ Oh sim, desculpe, até amanhã então Mila! _ fala Shawn se despedindo dela e nem ligando pra mim.

Era visível a raiva que ele ficou por eu me intrometer mais uma vez na sua conversa com Camila, não tenho culpa dele querer algo com alguém que já tem um relacionamento? Um rolo? Sei lá, mas temos alguma coisa.

Juro que se ele tentasse chamá-la pra sair mais uma vez, acabaria deixando  ele com o rosto todo arrebentado.

_ Até amanhã._ fala Camz sorrindo.

_ Idiota! _ resmungo emburrada assim que ele some de nossas vistas.

_ Pra que essa cena toda? _ fala séria olhando pra mim.

_ Não teve cena nenhuma, vamos logo que o pessoal já está no estacionamento e eu ainda tenho que ir trabalhar._ falo saindo na frente, ainda havia algumas pessoas no corredor e eu não queria discutir ali.

_ Lauren, você está agindo de maneira grosseira comigo e eu não fiz absolutamente nada._ fala me fazendo parar de andar e virar pra ela.

Ela tinha razão, não havia motivos pra esse meu showzinho infantil, mas quando se tratava dela, eu não conseguia controlar.

_ Desculpa! _ digo.

_ Por que essa implicância com o garoto? Você diz que não tem ciúmes mais sempre se irrita quando ele está perto!_ pergunta próxima a mim.

_  Eu não tenho ciúmes. _ falo sem olhar em seus olhos.

_ Sim Lauren, você tem, mas porque, se eu não dou motivos? _ questiona tocando meu rosto, fazendo carinho em minha bochecha.

Se ela não ligava para as pessoas a nossa volta, porque eu ligaria certo? Camila gostava de demonstra carinho quando estava comigo, assim como eu também gostava, na verdade era quase uma necessidade, pra mim apenas nossas mãos entrelaçadas já me transmitia uma sensação única.

_ Porque ele te olha diferente, eu não gosto! _ justifico acabando por entregar que eu realmente estava com ciúmes, me rendendo as suas carícias.

_ E como você sabe que ele me olha diferente? _ pergunta calmamente.

_ Porque é a forma que eu olho pra você, talvez ele não tenha culpa, afinal você é tão apaixonante, mas ele te admira como eu faço quanto está fazendo algo bobo, ou simplesmente perdida em pensamentos, o que acontece com bastante frequência, é como eu olho pra você quando está tocando violão perdida na melodia das notas, é como eu olho pra você quando está junto com Noah brincando, eu realmente gosto muito de você Camila, e tenho medo de tudo que aconteceu comigo se repetir novamente, e dessa vez eu não vou aguentar._ digo deixando meus ombros caírem.

Era como se um peso tivesse saído do meu corpo, confessar como realmente me sinto pra ela era tão libertador.

_ Nada do que aconteceu com você irá se repetir porque eu não sou ela Lauren, você já devia ter percebido isso. _ diz em um tom neutro.

Camila não gostava quando eu tocava no nome de Alexandra.

_ Eu sei que você não é ela Camz, nem de longe eu poderia comparar você a alguém que me fez tanto mal, não você sendo tão incrível, tão adorável, mas esse medo não sai de mim. _ falo respirando fundo e tocando seu rosto, estávamos tão perto que eu sentia sua respiração contra a minha.

_ Então me deixe ajudar-la a superar, assim como você vem me ajudando? Me deixe entrar verdadeiramente na sua vida, vamos consertar essa bagunça que temos juntas. _ pede baixinho.

Camila e eu realmente eramos uma bagunça de sentimentos e emoções, mas quem sabe nós duas juntas resolvamos isso.

_ Com você ao meu lado eu topo tudo. _ sussurro, não resistindo e colando nossos lábios calmamente em um selinho demorado, sem me importar com as pessoas que poderiam está nos observando.

Foda-se.

Que todos soubesse que Camila Cabello era minha, independente da minha confusão sentimental, entre o medo e a paixão, ela era minha e eu lutaria pra continuar sendo assim, pois no fundo eu sabia que era a coisa mais certa e incrível que eu teria em toda minha vida.

Prendi o corpo de Camila contra os armários cuidadosamente para não assustar-la, e grudei nossas bocas novamente, seus lábios eram tão macios, que eu poderia passar a vida beijando-a, pedi passagem com a língua e ela cedeu rapidamente, dando início a um beijo calmo, e apaixonado, seu gosto era inebriante.

_ Que bonito heim? Será que estou atrapalhando o Casalzinho aí? _ fala nos assustando e consequentemente interrompendo o beijo.

Sério mesmo? até nisso Dinah tinha que me infernizar.

_ Enquanto nós ficamos mofando naquele estacionamento, vocês estão aqui se pegando? _ fala Mani parecendo indignada, apenas deixei minha cabeça apoiada no ombro de Camila tentando recuperar minha respiração e me controlando pra não gritar com elas.

_ Sabia que elas tinham um rolo, estavam muito juntas! _ dessa vez foi minha irmã que se pronunciou.

_ Até que elas são fofas juntas._ diz Selena como se não estivessemos ali.

_ Ainda estávamos aqui! _ Camila se pronuncia completamente envergonha, mais ainda linda.

_ Nós sabemos, é legal implicar com vocês! _ fala Dinah e eu olho seriamente pra ela.

_ Vem Camz, deixa essa idiotas aí! _ falo pegando a mão da garota ao meu lado e saindo dali, deixando as palhaças pra trás.

_ Olha até de mãos dadas já estão andando, eu shippo! _ Dinah só faltou gritar e Camila se encolheu contra meu corpo.

Minha sorte é que Verônica não estava junto, pois se estivesse elas iriam me infernizar muito mais.

_ Porque tanta demora? _ pergunta Justin assim que chegamos ao estacionamento, todos estavam ali.

_ Vocês não vão acreditar! _ diz Taylor.

_ Cala a boca! _ falo enfim me pronunciando.

_ Ah então era pra ser segredinho? Então não ficasse beijando a Camila no meio do corredor Jauregui! _ diz Dinah.

_ O que? Elas estavam se beijando? _ pergunta Ally incrédula.

_ No maior amasso amiga! _ fala Mani, elas se merecem mesmo.

Juro que eu queria sumir.

_ Hey baby, não liga pra eles, nós sabíamos que uma hora ou outra eles descobririam, tá tudo bem, o bom que agora não precisamos nos esconder. _ diz visivelmente corada, mas mesmo assim perto de mim.

Ela tinha razão, só tínhamos que tomar cuidado com meus pais, não queria problemas no intercâmbio de Camila por minha causa.

_ Sinto em atrapalhar a bolha de vocês mais precisamos comprar nossas fantasias, antes que todas acabem! _ fala Harry se metendo no meio de nós duas.

_ Vocês são um saco! _ resmungo.

_ Ficou bravinha ela! _ provoca Vero.

_ Acho bom cuidar da minha irmã! _ fala Sofia me olhando seriamente.

Mereço.

Sim, elas estavam estudando na nossa escola agora, pensa na bagunça que estávamos fazendo com todos juntos.

_ Eu apoio às duas! _ diz Troy me abraçando pelos ombros.

O grandão era fofo.

Depois de todos implicarem pelos menos um pouco comigo, entramos nos carros e seguimos até o carro.

(....)

_ Eu tenho que ir trabalhar, não vai dar tempo de comprar nada agora, compre a sua fantasia pra caso mude de ideia sobre alguma festa, e compre a de Noah por favor, Mama disse que eu tenjo que sair pra pegar doces com ele, assim que eu sair do Studio eu compro a minha! _ digo estacionando o carro em frente ao shopping.

Às vezes eu me surpreendia comigo mesma, estava tão envolvida em ser uma boa mãe pra Noah, quer as responsabilidades nem me abalavam mais.

Eu tinha começado a trabalhar a alguns dias, o amigo de Halsey gostou dos meus desenhos e me contratou, agora Noah ficava com Camila, pelo menos até eu contratar uma babá pra ele, pois eu sabia que a latina tinha suas coisas pra fazer.

_ Nem passamos um tempo juntas hoje! _ resmunga.

Camz era adorável.

_ Quando eu chegar prometo ficar com você e Noah o máximo de tempo possível._ digo.

Eu também não estava nada contente por não ter ficado com ela da forma que eu queria.

_ Tudo bem. _ diz abrindo a porta do carro, mas não permito sua saída.

_ Só vai sair depois do meu beijo._ falo e ela sorrir.

Me inclino um pouco, juntando nossos lábios em um selinho demorado, pois se eu iniciasse um beijo agora eu não conseguiria parar.

_ Até mais tarde baby._ digo roubando mais um selinho.

_ Até Lern, cuidado. _ diz sorrindo e saindo do carro.

Essa garota é minha perdição.


Notas Finais


Comentem...

Link do grupo no whatsapp.
https://chat.whatsapp.com/2azxIIhSlsj0AEYc1c1di1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...