História My hybrid.... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids
Personagens Personagens Originais, Yang Jeong-in
Visualizações 170
Palavras 1.397
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não imaginei que escreveria um hot do JeonGin,ele tem um essência de inocência, mas desculpem minha mente pervertida não me aguentei e acabei escrevendo mesmo assim.
Espero que gostem e dêem sugestões de idols para eu escrever 😊❤️

Capítulo 1 - Cap. Único- Nonna vai cuidar de você...


Fanfic / Fanfiction My hybrid.... - Capítulo 1 - Cap. Único- Nonna vai cuidar de você...

Ter um filho talvez fosse, na minha opinião, algo bem mais fácil, cuidar de um híbrido parecia ser algo que eu não levava jeito.

Com tudo JeonGin ainda era calmo em certas ocasiões, mas com seu crescimento rápido cada vez mais ele vem tendo crises de bipolaridade, e isso está fazendo minha paciência esgotar cada vez mais.

Não queria machucar ele, nunca nem mesmo iamaginei isso, mas minha dedicação em cuidar do mesmo às vezes parece indiferente para ele.

- Nonna!!!- ouvi o mesmo gritar da sala

- O que você quer ?!- falei enquanto preparava o jantar, por que a minha mãe foi inventar de viajar logo essa semana?!

- Estou com fome!- falou manhoso

- Estou quase terminando de fazer! Já foi tomar seu banho?!- ele nem ao menos respondeu, mas pude ouvir seus passos rápidos para o andar de cima e o barulho do chuveiro ligando

O tempo que o mesmo demorou para tomar banho foi o que eu usei para terminar de fazer o jantar. Estava tudo pronto, eu já estava até mesmo sentada na mesa a espera de JeonGin, mas o mesmo não deu o ar da graça o que me obrigou a ir ver o que havia acontecido com ele.

- JeonGin?!- falei na porta do banheiro - Está tudo bem?? Por que está demorando tanto??- ouvi um som estranho, foi aí que percebi que o mesmo estava chorando

- JeonGin! Abra essa porta!- falei já elevando o tom de voz, que provavelmente o assustou, o que estava acontecendo com ele?!

- Nonna me deixa aqui!- falou fungando, e dava pequenos gemidos de dor, ele se machucou?!

- Está machucado?! Com dor ?! Por que está chorando ?!- falei um pouco mais calma, se não teria um ataque de preocupação, esse garoto ainda vai me deixar louca

- Estou com um pouco de dor, mas vai passar!- sussurrou

- Abra a porta e me deixe ver, vou dar remédio para você!- insisti

- Os remédios não irão ajudar!- falou

- Por que não ?!- não estava entendendo mais nada

- Nonna... Hmm... Eu estou excitado!- falou em um tom vergonhoso- Está doendo Nonna!- choramingou

Ri baixo não acreditei no que acabara de sair da boca do mais novo, ele estava no cio, estava tão desligada de tudo que nem percebi as datas e fases da lua para me preparar para isso, mas agora já aconteceu e... E precisamos de uma solução

- Vamos abra a porta! Nonna vai te ajudar!- falei e ele ainda hesitou um pouco mas abriu a porta para mim.

O mesmo tinha apenas um toalha no corpo, seu rosto estava vermelho, era uma mistura de vergonha, dor e choro também. Meus olhos desviaram o olhar para o volume debaixo da toalha, nunca pensei que JeonGin teria uma corpo tão bonito com tão pouca idade. Meu Deus esse garoto não é mais o mesmo, não mais para mim

- Nonna, está me deixando ainda mais envergonhado!- falou e só aí percebi que fiquei tempo demais olhando para o mesmo

- Nonna vai te ajudar! Mas que fique claro, será um segredo nosso!- falei e o mesmo acentiu, peguei sua mão e o levei para o seu quarto.

Senti sua mão apertar a minha, também podia sentir seu corpo tremer, ele estava se controlando mas isso estava me fazendo querer que ele perdesse totalmente o controle.

- Não fique com medo meu amor! Nonna vai cuidar de você!- dito isso o mesmo me surpreendeu com um beijo, um beijo quente que eu nunca imaginei que o mesmo daria em mim,e foi o suficiente para me fazer ficar sem ar, e de fato pedir por mais.

Senti as mãos do mais novo passearem por meu corpo, quando chegou em meus quadris aproximou ainda mais nossos corpos. Envolvidos em um beijo, deitei o mesmo delicadamente na cama, nos separamos e fitei um pouco a face do mesmo, e como ele podia ser tão fodidamente lindo daquele jeito?!

- Nonna!- gemeu baixo e percebi que estava roçando nossas intimidades, dei um meio sorriso para o mesmo e rebolei sobre seu membro ainda coberto, o que tirou ainda mais gemidos manhosos do mesmo.

O mesmo tomou a iniciativa de tirar minha roupa, quando me deixou apenas de calcinha e sutiã seus olhos se fixaram em meu corpo. Minhas bochechas ficaram quentes, ainda era estranho estar fazendo aquilo com ele, mas tentei disfarçar o que deu certo.

Saí de cima do mesmo e me ajoelhei no pé da cama com mesmo, massagiei sua coxa um tanto definida, passei as unhas sentindo seu corpo se arrepiar, até que finalmente sem mais delongas, cheguei em seu membro.

Grande de fato, estava rígido, com a veias saltadas, era desejável até demais, e isso me deixou ainda mais excitada. Comecei a masturbar o mesmo, o que pareceu aliviar sua dor e fazê-lo relaxar, a intensidade de seus gemidos manhosos aumentavam com o ritmo dos movimentos que eu amentava a cada minuto.

- Está gostando?!- falei enquanto via o mesmo se contorcer de prazer em minha frente

- Não vai imaginar o quanto Nonna!- mordeu o lábio inferior, e porra aquilo foi tão sexy que me deixou ainda mais molhada, comecei a chupa-lo com a maior vontade, e ver aquele rostinho se contorcendo estava me levando a loucura.

Mas antes que pudesse lhe proporcionar uma boa gozada em minha boca,JeonGin agarrou meus braços e me colocou na cama, ele me olhou perdido, mas sei que o mais novo não me decepcionaria. O mesmo começou a brincar com os meus seios, os chupava alternando entre ambos, e começou uma trilha de beijos e chupões pelo meu corpo até chegar em meu clitóris.

Massageou meu clitóris com seu indicador rapidamente, como estava molhada o mesmo aproveitou para penetrar dois de seus dedos em mim, era uma sincronia que me fazia perder total razão, estava prestes a gozar mas não era a hora, não ainda.

- Você quase fez sua Nonna gozar agora! Mas quero que isso aconteça quando você estiver dentro de mim!- falei perto de seu ouvido

Aquilo de algum modo amentou ainda mais a excitação do garoto, que em um piscar de olhos já estava quase dentro de mim.Ele hesitou um pouco, mas assim que se encaixou e me penetrou, ambos gemeram.

Ele começou devagar, acho que não queria bancar o desesperado ou bruto, mas pedi para que fosse mais rápido, que me fizesse gemer ainda mais com suas estocadas e aquilo foi o fim da picada para o mais novo.

Ele me estocava com cada vez mais precisão, podia sentir ele tocar o meu pontinho, agarrava os lençóis era um prazer tão grande que estávamos perdendo o controle.

- JeonGin! Faça sua Nonna gozar!- falei tocando seu rosto - Prometo recompensá-lo por isso!- dei um selinho rápido no mesmo

Não demorou muito para eu chegar ao ápice, mesmo que o foco ali era aliviar e dar prazer a JeonGin eu acabei meio que me aproveitando da situação confesso. Mas prometi que iria recompensar, então assim que me "recuperei", troquei nossas posições e me posicionei encima do mesmo e comecei a rebolar em seu colo, suas mãos em minha cintura aumentavam a velocidade dos movimentos. Não demorou muito para que ele também gozasse, gemendo alto o bastante para que possívelmente o bairro ouvisse. Nós jogamos um do lado do outro na cama e ficamos em silêncio.

Minha pele que um dia foi branca agora estava marcadas com arranhões e chupões, arte feita pelo mesmo.

- Nonna?- a voz do mesmo quebrou os silêncio

- Sim??- falei de olhos fechados

- Todas as vezes que eu ficar assim, você vai me ajudar??- perguntou e eu abri os olhos

- Talvez sim, ou não, é cedo para saber!- ri lembrando dos momentos de minutos atrás

- Você não gostou??- suas mãos rodearam minha cintura

- É claro que eu gostei, você foi maravilhoso!- falei agora de olhos abertos e fixos aos dele, que deu um sorriso fofo e timido - Acho que você está me enlouquecendo JeonGin!- falei o olhando

- E isso é bom??- pareceu preocupado

- Tirando o fato de foder literalmente o meu psicológico, sim isso é bom!- falei e beijei o mesmo

- Faça isso mais vezes Nonna!- falou entre o beijo

- Pode ter certeza que farei!- sorri para o menos iniciando outro

E a minha bela noite acabou assim, dialogando com JeonGin e matando vontades do pequeno híbrido, que agora querendo ou não era de fato meu...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...