História My Hybrid irritant - Imagine Jimin - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), G-Friend, Got7, Madtown, Mamamoo, TWICE
Personagens Dahyun, Jackson, Jota, Kim Namjoon (RM), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Solar, Umji, Yerin
Tags Amizade, Beijo, Bts, Ciumes, Cute, Fama, Família, Festa, Gfriend, Hentai, Híbrido, Hibridos, Hot, Hybrid, Imagine Jimin, Jackson, Jimin, Jin, Jota, Kawaii, Madtown, Mamamoo, Novela, Personagens Originais, Rap Moster, Romance, Romantico, Sexy, Solar, Vitimismo
Visualizações 44
Palavras 801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!
📖

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction My Hybrid irritant - Imagine Jimin - Capítulo 13 - Capítulo 13








Quero saber o que acabou de acontecer nesse exato momento. Que loucura foi essa?

- Só pode ser uma pegadinha.. ISSO! É uma pegadinha, é isso.

Começo a andar pelo quarto

- Cadê as câmeras? CADÊ!

Grito jogando tudo para o alto, assim deixando o quarto uma zona

- Ai que merda. Não tem nada aqui.

Me jogo na cama já cansada

- Como acreditar que é verdade? Não pode ser.. Preferia encontrar as câmeras, de que ser verdade.

Fico mais alguns minutos em meus pensamentos, olho para o relógio, marcava 8:46 da manhã..

- Não acredito que aquela merda de hibrído me acordou nessa hora.

Choraminguei..

- Porra!

Bufo me levanto e indo para o banheiro, escovo os dentes, depois fui até o closet, escolhi uma roupa confortavél, fiz uma coque folgada

- Espero que tudo isso foi um incrível pesadelo e nada mais.

Respiro fundo antes de abri a porta

Desci as escada temendo que não fosse um pesadelo, e não era, minha ficha caiu completamente quando o vi sentado no sofá olhando para a TV que estava desligada

- Não acredito..

Falei mais como um susurro, mas acho que ele escutou, pois assim que disse ele olho para mim

- Jimin não sabe liga essa coisa.

Aponta com a cabeça, reviro os olhos e saio da sala, indo para cozinha, não encontrei a Naná e nemhum dos outros empregados

- Jimin está falando com a Dahyun.

Vem atrás de mim

 - É? Não percebi.

Digo dando um sorriso falso, vou até a geladeira e pego a jarra d`agua, que estava na parte de baixo na porta 

- Ah tudo bem.. Jimin desculpa a Dahyun.

Por um momento podia sentir o olhar dele em minha bunda, mas acho que era só impressão minha.

Bebi a água, logo guardando a jarra.

Ia saindo da cozinha, porém o mesmo puxou o meu braço, me fazendo ficar cara a cara a ele, o mesmo olhou nos meus olhos, por um misero momento deixei de pensar que ele era tão inocente/tonto..

- A Naná e os outros não estão em casa..

Solta o meu braço, e olha para o chão, parecia com vergonha.

- Eu sei disso, estou vendo

Me viro para sair, mas ele me chama..

- Onde Dahyun vai? Jimin está com fome

Passa a mão na barriga.

- É, o Jimin está com fome?

Pergunto com desdém e o mesmo assenti.

- E eu com isso? Se vira.

Falo sem nenhuma expressão.

- A dona tem que alimenta o seu hibrído, Jimin não pode ficar com fome

Disse com o semblante triste.

- Que eu saiba, não sou sua dona, então não tenho nenhuma responsabilidade com você.

saio da cozinha, subindo as escadas, e o mesmo continua me segue

- Dahyun vai deixar o Jimin sozinho?

disse assim que peguei a bolsa, que estava jogada na escrevaninha.

- Vou! Algum problema?

olho para ele, e desço as escadas de novo com ele ainda atrás de mim,

- Jimin não pode ficar sozinho, Jimin vai com a Dahyun.

Diz se comportando como autoritário.

- Era para ri?

Me virei para ele, soltando uma risada.

- Por que não teve nenhuma graça. Acha mesmo que vou levar você comigo?

O mesmo iria falar, mas o interrompi.

- Um ser estranho andondo com a filha de um dos mais famosos empresários da Coréia. Eu só podia ser louca se te levasse.

Ri.

- Por favor né, está querendo demais

Vou até a mesinha de centro e pego a chave de casa

- Não fala assim do Jimin, ele só é um híbrido.

Os olho do mesmo se encontrava lacrimejando

- Você pode parar com essa palhaçada, de chorar por tudo. Está me tirando do sério..

- Jimin está chorando por que a Dahyun quer deixar o Jimin sozinho e está com vergonha dele. Jimin é sensível..

Sobe as escadas correndo com as mãos nas orelhas..

Não me importo com ele, pego o meu celular e ligo para o taxí.

Passou uns cinco minutos e o híbrido não desceu, logo escuto uma buzina, é o taxi.

Abri a porta, logo a trancando, entro no taxí e vou para o shopping.

[...]

Primeira coisa que fiz, foi ir a um dos melhores restaurante que tem no shopping, muito bem frenquentado, não iria comer na praça de alimentação né, desnecessário isso.

Fui atendida como sempre muito bem, pela sungHee, que é amiga da minha familía e recepcionista, fui direcionada até minha mesa.

- Espero que tenha uma boa refeição

faz referência.

- Obrigada!

Sorrio simpática, logo ela voltou para seu lugar, o garçom apareceu, fiz o pedido, algo saudavél claro, já que prezo pela minha alimentação, mesmo comendo e não engordando..

Tomei o café da manhã com calma, apreciando cada gole de café tomado.




Continua ...


Notas Finais


Demorei mais cheguei..
Então espero que gostem.
Não está tão bom mas dá para ler.

Perfil: @Sra_JeonMi

Bjs até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...