História My Idol - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 21
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Esperança


Fanfic / Fanfiction My Idol - Capítulo 2 - Esperança

3 anos atrás

 

 Minha vida estava totalmente confusa, meus pais haviam se separados, me sentia culpada por tudo, me sentia tão mal, nem mesmo Jungkook me acalmava mais, estava trancada no quarto tentando achar ajudar em laminas, mas não conseguia, para mim eu não passaria mais daquele dia, desejava morrer com todas as minhas forças.

 Depois de um tempo chorando enquanto pensava, eu só queria agradecer aquela pessoa que me deu forças sem mesmo saber, então entro na rede social sem me importar se ele veria ao não, eu só precisava agradecer, então começo a escrever tudo o que eu pensava sobre ele, que minha vida estava tão mal que não sobreviveria para ver ele de perto, mas agradecia por cada coisa que ele me ajudou.

 Depois de algumas horas eu já estava sobre efeito de remédios, meu celular toca dizendo que havia uma nova notificação e lá estava ele, de novo ele me dando forças, mas dessa vez ele sabia sobre mim, e dizia que minha vida valia mais do que qualquer outra coisa, dizia que estava feliz por ele ter me ajudado e pediu que eu me manter viva, pois um dia iria vê-lo em um show, aquilo me acalmou de uma forma que não entendia como, um pouco de felicidade surgiu naquele momento.

 Dias se passava e nada de eu conseguir ir para o tal show, para poder agradecer a pessoa que mentem viva, toda madrugada ia na janela e pedia para estrela mais brilhante para que eu pudesse ver ele nem que fosse de longe, passava horas olhando pro céu imaginando que eu poderia dar forças para ele se o mesmo olhasse para o céu ao mesmo tempo que eu.

 

 

 

5 meses atrás

 

 Eu estava aprendendo a não me esconder mais, comecei a falar do BTS como se fosse algo normal, muitos se afastaram, mas conheci muita gente que me apoiava ou pelo menos me aturava, conheci uma das pessoas que me fez me sentir bem, ela era a minha primeira amiga em qual eu não me escondia, ela se chama Sasah, logo comecei ter mais pessoas em minha volta que não me criticava por amar os 7 garotos, virei amiga de Matis, e fiquei feliz quando ele havia me dito que começou escutar BTS, logo comecei ter mais e mais pessoas que me apoiavam.

 Ainda tinha mania de pedir para as estrelas me guiar ate meu anjo que me salvou, que não fez eu desistir, naquela noite já havia lido sobre boatos que teria um show no Brasil, uma pequena esperança surgiu no meu peito, me fazendo dormir tão calma, me lembro de cada detalhe do meu sonho que eu tivera, estava no show próximo ao palco, o mundo parecia estar vazio, apenas conseguia ver Jungkook, sua voz ecoava como um anjo, seu sorriso me encantava de um forma tão especial, seu olhar me cativava, eu observava cada detalhe seu de perto, seus lábios vermelhos, seu olhos pequenos brilhando demostrando como amava cantar, seu sorriso que transmitia sua diversão em estar no palco, sua voz que me acalmava mesmo se o mundo tivesse acabando.

 No outro dia acordei com meu rosto cheio de lagrimas que eu havia deixado cair enquanto sonhava com meu anjo, me sentia tão bem era como se fosse um presente das estrelas para mim, foi tão real que não conseguia parar de lembrar, duas semanas depois Big Hit havia divulgado a vinda do BTS para o Brasil, eu parecia uma criança de tão feliz que estava, corri até meu pai e pedi para ele como presente de aniversário de 15 anos, ele aceitou já que nunca havia me visto tão animada em anos, muitos falaram que eu era doida por trocar uma festa de debutante por um simples show, mas eu precisava cumprir a promessa que eu havia feito a 3 anos atrás.

 Aguardava ansiosa para o dia da venda do ingresso, contei aos meus amigos que mostraram animação quanto como eu, aquilo foi tão importante para mim, porque era um sonho meu e eu precisava de apoio para acreditar que aquilo poderia se tornar real, cada dia que se passava era como se eu ainda tivesse dormindo, minha alegria estava voltando e meu pai percebeu isso, então vi ele voltar a sorrir depois de anos, deixei de ser aquela garota onde dava trabalho para ele, pois tive que passar 3 meses cuidando dele após ele fazer 3 cirurgias, temia perder ele, nunca contei para ele, mas quando ia visita-lo no hospital eu chorava quando saia do seu quarto, era tão estranho porque eu nem dizia o que amava, foi quando percebi que se eu continuasse daquele jeito eu poderia me arrepender.

 

 

2 meses atrás

 

 Estava arrumando minhas coisas para ir em São Paulo e tentar comprar o ingresso do meu sonho, no entanto aquele dia havia acordado doente era 5h da manhã, meu pai pedia para mim desistir, porém não iria desistir de Jeon Jungkook, isso seria injusto já que ele nunca havia desistido de mim, demoraria cerca de 2h para chegar no local, subi no ônibus atordoada, mas no meio do caminho comecei a passar tão mal que tive que descer em uma cidade qualquer e ir para o hospital, lá eles falaram para mim tomar soro, mas não tomei, eu precisava chegar em São Paulo, eu precisa daquele ingresso, sai do hospital com meu pai totalmente preocupado, seu olhar estava tão triste, lembro que toda hora tinha que ir no banheiro do ônibus para vomitar, mas quando me lembrava do sorriso de coelho de Jungkook eu criava forças.

 

 

 

 

 

Continua???



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...