História My Irresistible Teacher (Long Fic-BTS JungKook) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Fluffy, Jungkook, Kook&you
Visualizações 282
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Enjoy Xurumelinhas ♥

Capítulo 16 - Cap.15


Fanfic / Fanfiction My Irresistible Teacher (Long Fic-BTS JungKook) - Capítulo 16 - Cap.15

SEULGI's POV

Fiz como Soomin me mandou. Me encontrava a frente da casa dos Jeon às 00:02. Estava escuro.

Pulei o muro da casa silenciosamente e escalei a cerejeira da casa até uma sacada. Parecia ser a dos bebês, já que era a menor.

Dito e feito. A porta estava aberta. Assim, adentrei o lugar.

SEUNG JO's POV

Estava realmente sem sono. Meu maninho Eun Jo, estava dormindo que nem um anjinho. Resolvi descer para beber leite.

Escutei alguns barulhos quando sai do quarto. Fiquei assustado, então voltei. Vi uma silhueta escura, pegando meu irmão. 

Eu gelei na hora. Minha vontade fou gritar por Appa e Omma, mas não deu tempo. 

As últimas coisas que eu ouvi, foi o choro de Eun Jo, após, apaguei...

JUNGKOOK's POV

No meio da noite, ouvi o choro de Eun Jo. Ambos, vulgo eu e S/n, acordamos assustados e fomos correndo para o quarto dos pequenos.

Chegando, chutei a porta e S/n entrou primeiro. Logo ouvi ela gritar, e cair de joelhos no chão...

Adentrei o local e quase tive um ataque...Meus filhos, foram raptados...

Não pensei duas vezes e peguei meu celular, ligando desesperado para a polícia. Abracei minha esposa e choramos.

{LIGAÇÃO ON}

Policial: Boa Noite, como podemoa lhe ajudar?

JK: ME AJUDEM POR FAVOR! MEUA FILHOS FORAM RAPTADOS!!

Policial: Acalme-se senhor, estamos indo imediatamente. Onde é a casa?

JK: Rua xxxxxxxx número xxx. Venham rápido! 

Policial: Pode deixar!

{LIGAÇÃO OFF}

S/n estava desesperada charando em meu peito...

S/n: JungKookie...Eu quero nossos filhos!!-fala chorando muito.

JK: Calma meu amor...Já pedi ajuda...Tudo vai dar certo!-falo nervoso.

Descemos. Assim, eu resolvi ligar para Tae. 

{LIGAÇÃO ON}

TH: Hum...Yoboseyo...

JK: TAEHYUNG VEM PRA CÁ AGORA!!

TH: JungKook? O que deu? 

JK: RAPTARAM O SEUNG JO E O EUN JO!!!

TH: OQUÊ??? JÁ TOU AÍ!!!!

{LIGAÇÃO OFF}

Logo escutei barulho de cirenes a frente de nossa casa. S/n estava pálida, fraca e gelada. Parecia que ia morrer. Eu não vou deixar nada acontecer com nossos filhos amor!

Fomos para fora de casa e começamos a falar com os policiais. Logo, Taehyung chega terminando de vestir sua camisa.

Viu a situação de S/n e logo a abraçou...

TH: Vai dar tudo certo pequena...Eu vou matar a pessoa que tirou nossas crianças! Kook, pode contar comigo! 

JK: Obrigado bro...

Policial: Bem, oquê podemos fazer agora é...-meu celular toca.

Número desconhecido. Atendo e ouço o choro dos meus filhos.

JK: EUN JO!! SEUNG JO!! PAPAI ESTÁ CHEGANDO!!!

XXX: Ah claro Kookie! Se quiser ver seus filhinhos, volte para mim!!

JK: É VOCÊ, SUA MALDITA!!!

SM: A PRÓPRIA JEON JUNGKOOK!  OU VOCÊ VOLTA PARA MIM, OU EU MATO SEUS FILHOS!!!

JK: NÃO!! NÃO FAZ ISSO!! Eu...

Olho para todos e depois para minha S/n que me olhava com lágrimas nos olhos...

Meus olhos já estavam marejados, e ainda olhando para a mesma, respondo...

JK: Eu volto com você...

SM: Bom garoto...Mas, ainda não é tempo...

Escutei sua risada cínica. Ela desliga. Tentei gritar, mas foi em vão. 

Policial: Faremos o possível para rastreà-la!

TH: E quanto tempo isso demora?!

Policial: Um ou dois dias...

S/n: VOCÊ TEM DEMÊNCIA?!! MEUS FILHOS PODEM SER MORTOS SEU INFELIZ!! EU NÃO TENHO TODO ESSE TEMPO!!!

Policial: Acalme-se Senhorita!

S/n: COMO EU VOU ME ACALMAR?? ME DIGA!!

Eles nos ignoraram e foram embora. Estávamos frustrados. 

TH: JungKook, me dá seu celular! 

JK: Pra Que? Não vai adiantar de nada!!-falo com raiva e tristeza. 

TH: Eu sei rastrear a Soomin! Eu preciso apenas do seu celular e de um notebook!

JK: Vamos para dentro então! 

Fomos nós três para dentro de casa e Tae começa a busca.

SOOMIN's POV

Aishhh!! Estes moleques não param de chorar! 

Enfim, para ficar mais segura, eu e Seulgi fomos para uma casa abandonada no meio da floresta. Estamos entrando na mesma.

Atiro os pirralhos no chão e os tranco em um dos quartos.

SI: Senhora, oquê vai fazer se eles nos encontrarem?

SM: Confia em mim Seulgi, agora vem comigo.

Não sou trouxa nem nada. Sei que eles vão nos rastrear...

S/N's POV

Estava quase tendo um ataque do coração. Fui até a cozinha e peguei algumas facas e vi duas armas carregadas na sala. Os policiais devem ter esquecido. 

Peguei os mesmos e voltei para o quarto. Tae exclama...

TH: Aqui! Achei o endereço! Vamos lá! 

Entrego as armas para os mesmos. Fomos para o carro do Tae. Ele colocou no gps e seguimos até o endereço. 

Levou mais ou menos 40 minutos. Estávamos no meio do nada. Descemos do carro, adentramos uma floresta sem saída. 

S/n: Oh meu Deus Tae! Tem certeza que é aqui?-falo chorosa.

TH: Claro que sim!

JK: Olhem! Uma trilha!

Fomos rápido seguir a tal trilha. Demos de cara com uma casa abandonada. 

JK: Deve ser aqui! Deixa eu entrar primeiro! Fiquem, por favor!

JungKook abriu a porta com todo o cuidado. Esperamos do lado de fora, mas escutamos seu berro. 

Taehyung e eu entramos após, procurando por meu marido.

Escutei o choro de minhas crianças, mas as únicas coisas que vi, foi Tae sangrando no chão. Caído. Me desesperei e vi um vulto passando atrás de mim. Apaguei na hora...

[...]

Após um tempo, com uma ardência enorme em meu corpo, abri meus olhos e do meu lado, estavam Kook e Tae, sangrando. Começo a chorar, estavam acordados. 

Logo, vi a puta da Soomin mais uma garota entrando. Elas tacam Seung Jo e Eun Jo no chão e apontam as armas para a cabeça deles...

JSJ: OMMAAAA ME AJUDAAAA!!-fala chorando desesperado. 

JEJ: APPAAAAA OMMAAAAAAAAA- Fala chorando mais que o mais velho.

SM: Me entregue o Kookie!


CONTINUA? 






Notas Finais


Vai dar merdaaa ;^;

Aah meus Xurumelinhas, só pra avisar, a gente está na reta final dessa fic ;-; Mas deixem ai nos comentários, se quiserem que eu faça segunda temporada♥

Gomawo por lerem e até o próximo capítulo! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...