História My Kitty Chat Noir - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Miraculous Ladybug
Visualizações 598
Palavras 1.979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola, meus chuchuzinhos \o


Obrigado a todos que comentaram no ultimo capitulo e muito obrigado pelos 337 favoritos

Boa leitura \o

Capítulo 20 - Decisões.


Fanfic / Fanfiction My Kitty Chat Noir - Capítulo 20 - Decisões.

 - Adrien -

 

Depois que sai da casa de Mari, eu fui correndo para a minha, só tinha mais uma patinha, foi o tempo de pisar na minha janela e minha transformação foi desfeita.

 

- Você demorou na casa da sua namorada! - Plagg disse caindo no sofá.

- Desculpe Plagg, vou pegar o seu queijo.

- Isso, vai logo, eu estou com fome e cansado.

- Já vou. - Eu desci as escadas e peguei o queijo de Plagg, voltei para o meu quarto e entreguei a ele que começou a devorá-lo no mesmo instante.

Enquanto Plagg comia o seu queijo eu fui tomar um banho, depois que sai coloquei um pijama e fui me deitar.

 

Acordei com o barulho do meu despertador, olhei para o lado da minha cama e vi Plagg dormindo, me levantei e fui para o banheiro tomar um banho, quando sai Plagg já havia acordado.

 

- Adrien, eu estou com fome! Estou com fome! Anda, Adrien, vamos tomar café da manha! Eu estou com fome! - Ele falava enquanto flutuava envolta de mim.

- Nós já vamos, só vou colocar minhas roupas. - Eu abri meu guarda-roupas e peguei uma calça jeans bege, uma blusa branca, uma jaqueta preta com detalhes vermelhos por dentro e um all star preto. - Plagg, entra na jaqueta, vamos tomar café da manha. - Plagg entrou no bolso que tem por dentro da jaqueta e eu fui para sala de jantar, quando estava descendo as escadas vi Nathalie parada no final das escadas.

- Bom dia, Adrien.

- Bom dia, Nathalie.

- Já estava indo te chamar, seu pai este lhe esperando para tomarem café da manha.

- Eu já estou indo. - Eu desci as escadas correndo e fui para sala de jantar. Quando cheguei meu pai estava sentado no lugar de sempre, e estava comendo uma fatia de bolo. - Bom dia, pai.

- Bom dia, Adrien. Hoje vamos jantar juntos, como eu havia lhe prometido, vamos sair daqui as dezoito horas, portanto esteja pronto.

- Sim, senhor, eu estarei. - Eu disse sorrindo.

- Como foi a viagem com seus amigos? - Espera… meu pai quer saber como foi a vigem? O que está acontecendo?

- Foi bem legal, aconteceram algumas coisas que não foram muito agradáveis, mas fora isso foi bem legal.

- Que bom. Me conte tudo no jantar.

- Sim, senhor.

- Agora preciso ir, tenho que adiantar minhas coisas para não ter que desmarcar o nosso jantar mais uma vez. - Ele disse se levantando. - Tenha um bom dia na escola, filho.

- Bom dia para o senhor também, pai. - Então meu pai saiu da sala de jantar e eu fiquei sozinho com Plagg.

- O que tá acontecendo com o seu pai? - Plagg disse saindo da minha jaqueta.

- Eu não sei, mas seja lá o que for, espero que continue assim. - Eu disse enquanto Plagg pegava a fatia de queijo que estava em meu prato.

- Adrien. - Quando ouvimos a voz de Nathalie, Plagg voltou para a minha jaqueta. - Termine seu café logo, já está ficando tarde.

- Sim, Nathalie. - Eu tomei o meu café, e fui ate a cozinha pegar queijo para Plagg, subi para o meu quarto e coloquei o queijo em uma vasilha térmica, fui para o banheiro escovar os dentes e pentear os meus cabelos, depois sai e peguei a minha mochila.

- Você não tem sessão de fotos hoje? - Plagg disse saindo da minha jaqueta.

- Acho que não, Nathalie não disse nada.

- Vai ver seu pai mandou desmarcar, já que vocês iram jantar juntos hoje.

- Deve ser. Agora volta para a jaqueta, eu já estou atrasado para a escola. - Plagg obedeceu e sai do quarto indo para o carro, onde Gorila já estava me esperando.

 

Quando cheguei a escola, Alya e Nino estavam no topo das escadas de mãos dadas, eu achei aquilo um pouco estranho e engraçado, era a primeira vez que eles estavam juntos na escola depois que Nino pediu ela em namoro no acampamento.

- Como vai o casal? - Eu disse me aproximando deles.

- Como vai, cara. - Nino disse mostrando o punho para o nosso cumprimento.

- Bom dia, Adrien.

- Sabe se a Mari vem hoje? - Eu perguntei passando a mão na minha nuca.

- Deve vir. Mas, por quê? Vai pedi ela em namoro? - Alya disse com um enorme sorriso no rosto.

- A-ah…É… N-não, eu só… Só queria saber.

- E você pretende pedir ela em namoro algum dia? - Alya disse cruzando os braços. Eu olhei para Nino e ele levantou os braços rindo.

- E-eu não s-sei.

- Você ficou daquele jeito no acampamento pra depois não querer nada com ela? Qual é a sua? Só queria enganar a minha amiga?

- O que? Não. Alya, eu realmente gosto da Mari.

- Se gosta dela, por que não a pede em namoro. – Alya disse enquanto Nino ria sem jeito.

- É que eu ainda não estou pronto.

- Então diz isso a Mari, não e certo você ficar dando esperanças a ela. Tenho certeza que ela está esperando o pedido de namoro. - Eu concordei com a cabeça um pouco assustado, Alya era um pouco assustadora as vezes. Depois disso ficamos conversando mais um pouco esperando Mari, foi então que ouvimos passos apressados, nós olhamos e era ela. Ela estava linda como sempre.

- Bom… dia. - Mari disse em pausas para recuperar o folego.

- Bom dia. - Nos falamos junto.

- Perdeu hora? - Alya perguntou rindo da amiga.

- Sim. - Mari disse fingindo uma falsa cara do choro. - Eu fiquei acordada ate tarde fazendo um novo desenho, acabou que o celular despertou e eu nem ouvi, acordei com minha mãe me chamando falando que eu só tinha vinte minutos para me arrumar.

- Ate que você foi rápida, chegou antes do sinal tocar.

- Pois é. - Ela disse rindo sem graça. Foi então que ouvimos o sinal.

- Vamos para a sala. - Nino disse desanimado.

- Eu vou ao bebedouro tomar água, podem ir subindo. - Mari disse indo em direção ao bebedouro.

- Eu vou com você, Mari. - Alya soltou a mão de Nino e entrelaçou o seu braço no de Mari.

- Vão rápido, daqui cinco minutos o segundo sinal toca, se vocês não estiverem lá antes disso a professora não deixa vocês entrarem.

- Nos sabemos! - Alya e Mari gritaram juntas e sairão correndo rindo, eu olhei para Nino e ri.

- A gente tenta ajudar e olha o que ganha. - Ele disse apontando para as meninas.

- Relaxa cara. - Eu disse rindo. - Anda, vamos pra sala.

 

- Marinette -

 

 

Depois que bebi água eu e Alya fomos correndo para a sala, assim que entramos o sinal tocou e a professora entrou na sala. Ela conversou com todos sobre a vigem, parabenizou a todos pelo bom comportamento, e repreendeu alguns, como: Alix, Kim e Max, por causa da brincadeira do fantasma, por sorte eles não levaram nenhuma punição, parecia que os professores haviam “gostado” da punição que eles deram a Chloé. Depois disso as aulas passaram bem rápido, logo já estávamos indo para casa.

 

- Mari, posso ir pra sua casa com você? - Alya disse segurando o meu braço esquerdo.

- Claro. - Eu disse sorrindo.

- Eu só vou me despedir do Nino, já volto. - Alya saiu correndo e foi ate Nino, que estava sentado em um dos degraus da escada. Quando Alya chegou perto de Nino, Adrien se levantou e veio andando ate mim.

- Não quis ficar lá segurando vela. - Adrien disse rindo.

- É, não seria legal. - Eu retribui o sorriso. Depois disse ficamos calados olhando para algum lugar qualquer. Ate que eu resolvi quebrar o silêncio. - Então, vai fazer alguma coisa divertida hoje? Ou tem alguma sessão de fotos chata?

- Na verdade hoje eu vou jantar com o meu pai. - Ele disse sorrindo. Ele parecia muito feliz, os seus olhos brilharam só de dizer isso.

- Serio? Que legal, Adrien!
 

- Sim. Espero que dessa vez ele não desmarque.

- Se ele desmarcar me avise, eu vou ate a sua casa brigar com ele. - Eu disse rindo e ele riu também, então o carro de Adrien chega e ele me olha.

- Eu já vou. Ate mais, Mari.

- Ate. - Então ele desceu as escadas correndo e entrou no carro.

- Mari? - Eu me virei e vi Alya do meu lado. - Adrien te disse alguma coisa?

- Não. - Eu disse rindo. - Só que ia jantar com o pai hoje, nada de mais.

- Certo… Vamos? - Eu concordei com a cabeça e fomos para a minha casa.

 

- Adrien -

 

Quando eu cheguei em casa fui direito para o meu quarto e me joguei em minha cama, Plagg saiu de minha jaqueta e ficou me olhando.

 

- O que foi, Plagg?

- Nada… É que… Você parece mais estranho que o normal.

- Obrigado, Plagg.

- Qual é a dessa sua, cara? Você viu a sua princesa hoje, e conversou com ela, devia estar feliz. - Plagg disse voando ate minha mochila e pegando mais um pedaço de queijo.

- É por isso que estou assim. - Plagg olhou para mim.

- Como assim?

- É que, quando eu estava falando com ela, eu senti uma enorme vontade de beijá-la e abraçá-la, mas eu não podia.

- E por que não podia?

- Eu não posso fazer isso, ainda não sei quem eu vou escolher, não posso ficar iludindo a Marinette.

- Adrien, sinceramente eu não te entendo. Você gosta dela e ela gosta de você, você gosta da Ladybug e a Ladybug não gosta de você... É muito simples, bastas escolher a menina que gosta de você: Marinette!

- Plagg, eu sempre amei My Lady, antes mesmo de me apaixonar pela Mari, eu não consigo e não quero deixar de amar My Lady assim.

- Então você vai ficar nessa palhaçada de ficar se encontrando com sua Lady e com sua princesa ate se decidir?

- Exato!

- Entendi… E, outra coisa. - Plagg voou e ficou de frente para o meu rosto. - Você vai se encontrar com a sua princesa de Chat, certo? - Eu confirmei com a cabeça. - Entendi. Mas… E o Adrien? Como ele vai fazer? Vai continuar sendo amigo da Marinette e continuar como era antes do acampamento?

- Como Adrien eu terei que ficar mais longe da Mari, eu vou agir com ela como era antes do acampamento, talvez um pouco mais distante, para não acabar iludindo-a e depois escolher My Lady.

- Adrien, você não pode fazer isso, você ficou com ela no acampamento como se fossem um casal, se beijando, dormiram abraçados, e ainda se declararam um para o outro, você não pode simplesmente voltar a ser como era antes e ainda ficar mais distante dela, isso vai despedaça o coração da menina.

- Plagg, não tenho outra escolha. Agora me deixe descansar, hoje tem o jantar com o meu pai, a noite tenho patrulha com My Lady e depois vou visitar Marinette, então coma o seu queijo e vá dormir também, eu sei que você adora fazer isso a tarde.

- Está bem, Adrien, depois não me diga que eu não avisei. - Plagg saiu voando indo ate o sofá se deitar nas almofadas. Fiquei pensando no que ele me disse, mas eu não tinha escolha, não podia ficar com Marinette como ficamos no acampamento, eu não podia fazer isso e depois resolver que vou continuar tentando conquistar My Lady, eu precisava fazer isso, eu precisava ficar distante de Marinette para o bem dela.

 


Notas Finais


Galerinha marota, o capitulo de hoje eu não achei que ficou muito bom :( Desculpem T-T Mas como tive curso hoje e cheguei tarde não deu pra fazer muita coisa, mas como recompensa, amanha vou fazer um capitulo que vai ter Ladynoir e Marichat.

Desculpem pelo capitulo de hoje, mas foi o que deu pra fazer.

Outra coisa... Galera, eu preciso saber se um de vocês tem os capítulos salvos da FIC the princess and kitty knight e das minhas outras FICs ( ou só de uma delas). Como vocês abem, eu só consegui salvar a My kitty, e queria continuar com as outras FICs, principalmente a the princess and kitty knight. Então, se você conseguiu salvar uma das minhas FICs ou todas elas, por favor, me avise, eu prometo de recompensar ^_^.

EU AINDA TENHO MUITAS IDEIAS PARA A FIC, COISAS QUE VOCÊS NEM IMAGINAM E QUE IRAM PIRAR SE SOUBESSEM.

Então, por favor, se você tem os capítulos, me avise, entre em contato comigo, pode ser aqui nos comentários, em mensagem privada, ou ate mesmo me mandando uma mensagem no whatsapp.

Meu numero: (31) 9.8.5.1.1.3.7.2.3

Valeu, pessoas <3

Eu fiz um grupo no whatsapp para dar noticias da FIC, dizer quando não poderei postar e quando postarei capítulos novos. Então, quem quiser participar do grupo, é só me adicionar e me chamar que vou adiciona-lo ao grupo. Vou deixa meu numero aqui em baixo.

Caso queiram me add no whatsapp para conversarmos...

Meu numero: 3.1.9.8.5.1.1.3.7.2.3. (coloquem sem os pontos kkkkk...)

Minha pagina: https://www.facebook.com/priworksestudio/?ref=bookmarks
Me segue no Tumblr: priscilatp.tumblr.com
Me segue no Twitter: @Priscila_tp
Me segue no Instagram: priscila__tp

Bjs e ate amanha \o


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...