História My lie boyfriend (vkook) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, G-Friend, Got7, Monsta X, Seventeen, SHINee, Super Junior
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Eunha, Hansol "Vernon" Chwe, Hyung Won, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lee Jihun "Woozi", Lee Sungmin, Mark, Minho Choi, Rap Monster, Suga, V, Won Ho
Tags Bts, Chanbaek, Markbam, Romance, Taekook, Vkook, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 1.064
Palavras 3.506
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, ainda se lembram de mim?

Pse talvez eu tenha demorado um pouquinho, e peço mil desculpas por isso !


Esse capitulo está um pouco diferente do que vcs estão acostumados, porque a narrativa está em terceira pessoa. Por quê ? Porque era mais fácil e rápido de escrever,e como eu estava demorando e meu tempo era curto, optei por esse modo de escrever.

Dividi ele em duas partes, porque ia ficar muito grande e por mais que vocês gostem, ia demorar mais um século pra revisar 😅😅😅

Espero que gostem do cap mesmo assim e boa leitura meus moranguinhos 🍓

Capítulo 39 - Finally the day ( Part I)


Fanfic / Fanfiction My lie boyfriend (vkook) - Capítulo 39 - Finally the day ( Part I)

           Pov Narrador 


Taehyung observava cada canto da casa e o cheiro que a mesma  exalava, além do conforto que se estendia ali, tudo no local o lembrava do lugar que mais gostava de ir quando pequeno, casa da vovó.


–Taehyung,por favor almoce conosco! –A senhora Jeon fazia questão da companhia do garoto e este aceitou de bom grado.


–Venha, vou te mostrar a casa !–Jungkook o puxou pelas mãos e  o guiou rumo as escadas.


Para o primeiro cômodo a se mostrar, o quarto não seria nada mal.


–Esse é meu quarto,entra!–O moreno disse, puxando Taehyung porta adentro ao chegar.


–Mas já? Não acha melhor esperarmos um pouco?– Taehyung perguntou receoso, porém já entrou fechando a porta atrás de si e indo em direção ao namorado.


–Ei,ei calma aí, comedor ! Não te trouxe aqui pra isso!–Jungkook respondeu,afastando um pouco Taehyung de si, este o olhava confuso.


– Então me trouxe aqui pra quê ?– O mais velho agora estava desapontado.


–Pra conversar! –Jungkook respondeu simples, e teve um revirar de olhos como resposta.


Como têm sido seus últimos dias? –Jungkook começou outra vez, deitando-se,e batendo com a mão ao lado da cama, pedindo que Taehyung se deitasse ao seu lado,assim o mesmo fez.


– Sem você ? Péssimos ! – O mais velho disse sincero.– Quando já estava consciente sobre o que tinha ocorrido, passava os dias apenas indo a delegacia, não tenho muito a contar !


–Não tem ido a faculdade?– Jungkook se ajeitou em seu peito, fazendo desenhos invisíveis  no mesmo com os dedos.


–Não,amor!Não tenho ido a faculdade, perdi algumas provas,e é bem provável que eu fique de DP já que estamos no final do semestre,mas agora pra mim isso é o de menos ! – Taehyung disse, apertando ainda mais Jungkook sobre seu peito, como se impedisse do mesmo sair dali, onde é seu lugar.


–Os meus também não foram diferentes,eu senti muito sua falta, Hyung, até mesmo das brigas!– Jungkook sorriu fraco ao se lembrar de motivos tão tolos a quais haviam os feito discutir várias vezes.– Mas, vamos deixar isso pra trás,estamos juntos outra vez e nada nem ninguém irá nos separar, meu amor,e quanto a faculdade, dinheiro pra pagar suas possíveis DP'S você terá ! – O mais novo terminou, lembrando se do dinheiro que Taehyung estava pra receber.


–Pois é,mês que vem já é meu aniversário!–Taehyung não parecia mais tão ansioso em relação a isso tanto quanto estava meses atrás, mais especificamente antes de conhecer Jungkook.


– Já pensou no que vai fazer com o dinheiro?–Jungkook  perguntou curioso, e só então Taehyung se tocou de que ainda não havia pensado sobre tal.


– Ainda não, talvez guardar ! – Sua resposta com certeza surpreendeu Jungkook.


– Você ? guardar  dinheiro ? Tenho certeza que só depois de comprar uns dez carros de luxo! – O mais novo disse certo do que dizia.


–Terei dinheiro o suficiente pra comprar não só dez, mas cento e quarenta carros de luxo!–Taehyung disse piscando pro moreno, este revirou os olhos.


– Exibido! – Jungkook sabia que o outro estava tirando com sua cara, só pra irrita-lo.


Não que fosse alguma mentira, apenas parte da herança do Taehyung daria pra comprar isso e muito mais, porém o garoto arrogante que gostava de se mostrar, havia ido embora, dando espaço ao  que gostava   de enfernizar o namorado se exibindo apenas por diversão.


–Vou construir uma mansão pra nós dois! –Taehyung disse por fim, puxando o saco do mais novo.


– Claro que não, você está louco? – Jungkook disse e depois completou. – Eu sou um príncipe, mereço um castelo! – Se era pra ser convencido, então que fosse realista.


–Ah,mas é claro,desculpa!– Taehyung se redimiu, levantando-se da cama e reverenciando  Jungkook, fazendo os dois rirem novamente.


– Meninos, o almoço está pronto ! – A Jeon mais velha os chamou na mesma hora,e estes não demoraram a descer.


O almoço foi servido,e por mais que Taehyung não quisesse ser indelicado e deixar sua curiosidade de lado, ele simplesmente não conseguia.


–A senhora mora aqui a muito tempo ? – Ele perguntou, e a mais velha ergueu a cabeça ao notar que Taehyung dirigia a palavra a si.


–Uns quatro ou cinco anos desde que retornei da China,morei por um longo tempo lá!–A mais velha respondeu simpática, levando  um garfo de comida a boca.


–Tem uma casa muito bonita!– Taehyung elogiou fazendo a mais velha sorrir.


– Sabia que era pra eu morar com ela na China ? – Jeon fez uma pergunta retórica,e foi interrompido por sua madrinha.


–Pois é, mas vocês sempre negaram, não é, Lua?– A mais velha disse, e Taehyung parecia confuso, ao saber o porque do apelido dirigido a mãe do Jungkook se o nome da mesma nem ao menos se comparava a isso.


–"Longa história"–Jungkook cochicou ao namorado,e Taehyung concordou com a cabeça,deixando aquilo de lado por um tempo.


Toda longa história pode ser resumida.


– Por quê a senhora voltou da China? – Taehyung mais uma vez deixou a curiosidade de lado e foi fundo.


– Quando eu soube que a Lua estava muito doente,voltei pra cuidar dela, porém não consegui mais contato,nem com ela,e nem com o Jungkook,apenas eles sabiam onde me encontrar.Resolvi esperar,quando eles precisassem,saberiam bem onde me encontrar, e confesso que foi quando eu menos esperei!–A senhora disse,tomando um pouco do suco em seguida.


– Não sabíamos que voltaria, ainda mais depois que... – Jungkook recebeu um olhar de repreensão de sua mãe e cortou a frase.


–Tudo bem,querida! Sim, Jungkook, depois que seu padrinho morreu,eu pensei  em ficar na China, mas nunca abandonaria vocês dois! – A mais velha disse,e seu olhar se focou longe, voltando o novamente a Taehyung momentos depois.–Nunca saberei como te agradecer por ter cuidado não só desse menino levado, como também de sua mãe, tenho uma dívida eterna com você, Taehyung ! – A mais velha disse, e garoto  sorriu agradecido. De qualquer forma, era gratificante saber que mais pessoas gostavam de si além de seus pais e Hyungs.


 Após o almoço, as mais velhas estavam indo pra cozinha,porém Jungkook não deixou, se prontificou a arruma-la junto ao namorado, este não gostou nada da ideia, mas também não contrariou.


– Eu vou facilitar pra você, eu lavo e você seca!– Jungkook disse, e Taehyung concordou sem esforço, pegando o pano de prato que o menor o estendeu.


–Nunca fiz isso!–Taehyung disse,dessa vez mostrando o descontentamento.


– Sempre tem uma primeira vez, e acho  melhor ir se acostumando, quando morarmos juntos no nosso castelo, não vou fazer isso sozinho!–Jungkook disse,já pegando a bucha e ensaboando o primeiro prato.


– Iremos ter uma empregada!– Taehyung disse,como se fosse a solução mais óbvia do mundo.


– Mulher nenhuma  a não ser minha mãe e a sua, entrará naquela casa ! – O moreno rebateu bravo fazendo o outro rir.

– Nem se for uma bem velhinha, assim caquetica?!– Taehyung perguntou fazendo graça ao imitar como seria em sua cabeça uma velha caquética.


– Não, porque ela não daria conta do serviço ! – Jungkook disse, ainda em meio aos risos.– Pode deixar que eu mesmo faço!–Ele terminou, enxaguando o prato e entregando o a Taehyung.


– Pense bem, heim, um castelo não é pequeno!– Taehyung continuou,e Jungkook apenas o ignorou rindo, batendo talvez com força demais a mão na bucha, o que fez espirrar um pouco de espuma no rosto do mais velho.


Enquanto Taehyung limpava a espuma do rosto, Jungkook tentava se segurar com as gargalhadas, o que pra si era praticamente impossível.


–Vai ficar rindo, é ?– Taehyung perguntou, pegando a bucha da pia, antes mesmo que Jungkook conseguisse impedi-lo.


– Não, amor, para,foi sem querer!– Não dava pra levar o garoto a sério pelo tanto que ria.


–Isso é por querer !– Taehyung esfregou com vontade a bucha no rosto do mais novo, deixando o com muito mais espuma do que tinha  em si, só então, se sentindo satisfeito.


–Vem aqui me dar um beijo, Taehyung ! – Jungkook disse com o rosto coberto de espuma,indo em direção ao mais velho que cada vez se afastava mais, ele até tentou correr mas foi em vão, logo seu rosto estava junto ao do menor se enchendo de espuma de sabão. 


Sinceramente, Taehyung se esqueceu completamente disso quando os lábios doces do mais novo se chocaram ao dele, o relembrando do gosto do beijo que havia sentido tanta falta.


– Essa louça será lavada hoje ? – A Jeon mais velha apareceu na porta assustando os meninos,que se separaram em abrupto.


– Vai, Omma , foi só um affairzinho! – Jungkook disse,indo rumo a pia de novo.


– Por quê , Lua ? – Taehyung ainda não havia se esquecido, e resolveu perguntar diretamente a dona do apelido.


– Aish,Taehyung ! Porque, eu gosto da lua! Minha tia,a madrinha do Jungkook me criou desde criança,e costumávamos todas as noites, observar a lua antes de dormir, em uma noite eu disse pra ela que lua era um nome bonito e que eu queria me chamar assim,desde então combinamos que meu nome não seria Sook, mas sim Lua, apenas ela me chama assim ! – A mais velha explicou e Taehyung ficou mais aliviado,não poderia conviver com aquela dúvida pro resto da vida, pelo menos era assim que se sentia.


– Sook é um nome bonito, não sei porque a senhora não gosta que fiquemos falando seu nome!– Jeongguk disse,e rapidamente Taehyung concordou.


–Porque eu não gosto, ué,respeitem meu gosto! ... E acabem de arrumar essa cozinha logo!–A mais velha disse, antes de voltar a sala pra conversar com a tia.


 Autoritária? com certeza! mas ela sabe que se não for assim, não sai nada.


Talvez tenham demorado um pouco,mas conseguiram arrumar a cozinha,já estavam preparados pra morarem juntos, ou quase.

           

                  -------x-------

              Um mês depois...


– Esse não, quero azul!–Taehyung rebateu, ao ver os amigos colocando os balões vermelhos na entrada.


–Aish, não começa, vermelho está ótimo!–Yoongi disse,e Namjoon concordou, continuando a amarra-los.


–O aniversário é de quem mesmo? –Taehyung nunca deixará de ser mimado.


–Aish,  é seu, Taehyung! – Namjoon respondeu bufando em seguida.


–Então se eu quero azul, será azul! – Ele como sempre, de forma  autoritária deu por fim a conversa.


– Eai como estão com os balõ... por quê estão tirando?–Jungkook deixou por breves minutos a cozinha,aonde se encontrava a sogra e os dois genros,e foi até o quintal ver como andava a decoração.


–Porque o chato do seu nanamorado quer balões azuis!–Yoongi disse, estourando um dos objetos com as próprias unhas.


–Ah, eu gostei, ficou bem legal esse vermelho ! –Não precisou que Jungkook dissesse mais nada para que o namorado mudasse de ideia.


–Para de estourar,coloque os de novo,e encha mais vermelhos!–Ele disse sorrindo a Jungkook, porém os Hyungs não viam graça em nada.


–Quer saber? Eu não vou fazer mais porra nenhuma, se vira !– Yoongi disse já se estressando,e Namjoon concordou com ele, saindo do local e indo pra dentro da casa.


–O que eu fiz?–Taehyung perguntou a Jungkook,meio sem entender o porque do comportamento dos Hyungs.


– Nada, amor! Vou ajudar você a encher ! –Jungkook disse, pegando uma bexiga e começando a assoprar.


– Amor, eu não consigo encher isso não, exige muito esforço respiratório,e não to podendo!–Taehyung disse,e ganhou um olhar nada amigável do mais novo.


–Encha isso logo e cala boca ! – Jungkook ordenou, entregando o pacote ao mais velho, este após exitar por mais alguns segundos, acabou fazendo o que lhe foi pedido/mandado.


– Vamos logo com isso gente, os convidados vão chegar  e vocês ainda  não terão acabado!– A Sra Kim saiu após um tempo, também pra checar a decoração.


– Estou tentando, mas seu filho já está morrendo!–Jungkook disse, mostrando a cena dramática do mais velho ao encher o que foram dois únicos balões.


–Vinte e um anos e já está assim?–Jungkook perguntou provocando.


Se tinha algo que irritava Taehyung, era ficar caçoando sua idade.


– Não começa, tá?!–Taehyung respondeu bufando e levando mais um balão a boca.


– Ah, filho, você tem que aceitar que está ficando velho !–Dessa vez foi a senhora Kim que resolveu provocar.


–Não dá pra conversar com vocês! –O castanho simplesmente largou o pacote no chão e seguiu seu caminho pra dentro de casa em passos firmes.


–Ele fica mesmo  irritado quando fala da idade dele!–Jungkook comentou a sogra,deixando um sorriso sapeca escapar de seus lábios.


– E uma coisa que eu adoro, é deixa-lo irritado!– A mais velha disse rindo, se divertindo com o ato feito anteriormente.–Como se ele fosse de fato velho, né?! 


A mesma não entendia o porque da paranóia do filho, afinal, o que são vinte e um anos de vivência? quase nada comparado ao que ainda vem pela frente.


–Eu vou lá falar com ele!– Jungkook disse, já saindo atrás do namorado, antes mesmo que a mais velha pudesse abrir a boca.


–Parece que essa decoração não vai sair hoje!–A mulher bufou  desanimada, sentando-se de  frente aos balões pensando se faria ou não tudo sozinha.

                         -×-


–Amor?!– Quando Jungkook entrou no quarto, viu o namorado olhando fixamente pro espelho.


–Eu já tenho pés de galinha!– Taehyung comentou,fazendo o mais novo rir fraco.


–Deixa de ser bobo,Hyung!–Jungkook ainda ria, ao contrário do namorado que parecia extremamente sério e preocupado.– Não comece com suas paranóias,eu e sua mãe estávamos brincando, e não tem problema, se você quiser ir ao parque nos domingos jogar dominó,  tomar chá a tarde ou dormir com as galinhas!–Por mais que tentasse, Jungkook não controlava a vontade de zoar o mais velho.


– Vai brincando, vai, depois que faz dezoito a idade voa, ta?! – Taehyung disse como se fosse uma ameaça a Jungkook, mas o mesmo apenas ria ainda mais.


–Ta bom, vovô, desculpa !


–Vovô...quer que eu te mostre minha bengala?–Taehyung perguntou, dando um sorriso ladino, mas não aguentou e acabou  acompanhando o namorado na gargalhada segundos após falar isso.


–O que eu quero, é que você seja feliz,sem aqueles problemas que sempre te atormentaram, sem ninguém tentando atrapalhar sua vida, apenas isso, e mais do que tudo, a felicidade que você sempre mereceu !–Jungkook  passou os braços ao redor do pescoço do mais velho, dando mais um daqueles sorrisos que deixavam seus dentinhos de coelho amostra,tal apelido foi dado pelo próprio Taehyung por dizer gostar tanto.


–Desde que esteja comigo, felicidade é algo que não vai faltar a mim!–Taehyung disse, juntando seus lábios em um beijo calmo e demorado, demonstrando todo amor que um sentia pelo outro.


–Jungkook?!–Assim que se soltaram, uma rápida dúvida surgiu no mais velho.


– Sim?! –Jungkook  focou toda atenção no namorado.


–Quando fazemos aniversário, ele cresce também ? – Taehyung perguntou, apontando pro meio das suas pernas.


Após rir da pergunta feita pelo mais velho, Jungkook parecia realmente não saber o que responder, e optou por fazer o que sempre faz nesses casos.


Flertar.


–Mais tarde eu descubro, e te falo! –Os dois acabaram por rir  da própria malícia,e desceram novamente pra terminar de arrumar as coisas.


                     (...)


Eram umas oito e meia da noite quando os convidados começaram a chegar.Familiares,amigos,conhecidos  de Taehyung,e o Kai, que ainda não pertencia bem a uma classe.


–Feliz aniversário,TaeTae ! – Hyuna correu pros braços do castanho, entregando seu presente e tendo todos os movimentos observados pelo garoto de olhos jaboticaba.–Gucci, seu favorito! – A menina completou.


–Obrigada,Noona!–Taehyung  retribuiu o abraço da maneira mais carinhosa que pode.


Dava pra se ouvir o bufar raivoso do menor.


–Então, você é o gatinho que conseguiu prender Kim Taehyung ?! Olha, tenho que te dar os parabéns, pois você foi o único ! –Hyuna foi de encontro a Jungkook disparando tais palavras, o mesmo não sabia como agir e apenas deu um sorriso amarelo.–Oh, champagne!–A morena saiu sem dar explicações atrás do garçom que passava servindo as bebidas.


– Não fica com essa cara, senhor Jeon, essa aliança que está em seu dedo foi ela quem escolheu ! –Taehyung disse, e o namorado deu de ombros.


– Ela não tem muito bom gosto !– O moreno disse por fim.


–Foi por isso que chorou, né ? foi de desgosto!–Taehyung entrou na brincadeira,e Jungkook concordou, mas pouco tempo depois já havia desamarrado a cara e conversava com o namorado contentemente.


– Olá, Taehyung,feliz aniversário ! – A Sra Jeon, apareceu abraçando o genro e entregando-lhe o presente.


– Na festa dele ela vai, mas na do próprio filho não, ah porque não ta bem, e porque...– Jungkook resmungava a si mesmo e foi interrompido pela  mãe.



–Achei que já havia me desculpado, Gguk, eu disse que não estava muito bem, e era verdade, não vou  ficar muito tempo aqui também, o motorista bonitão disse que me levará pra casa depois ! – A Sra Jeon disse,se referindo a Sungmin.


Jungkook não respondeu, apenas bufou e saiu de perto,deixando  Taehyung com sua Omma sozinhos.


– Ele supera! – Taehyung disse ao observar, o garoto emburrado passar pelos convidados.– Meus pais estão ali na cozinha,eles estavam me perguntando se a senhora viria!– Taehyung disse, e a mais velha pareceu meio receosa.


– Preciso pedir desculpas a eles, me trataram tão bem e eu retribui contando uma mentira ! – A Mulher só havia ido, porque se sentia na obrigação de se desculpar.


– Não se preocupe com isso, meus pais nem ligam mais, e eles gostam da senhora e do Jungkook, com certeza quando chegar lá, irão falar que eu manipulei vocês e a culpa é toda minha ! – Taehyung disse rindo fraco, já que sabia que era verdade.


–Tudo bem, eu vou lá falar com eles,mais uma vez,meus parabéns, Taehy ! – A mais velha disse, dando um beijo em sua bochecha antes de sair.


Não muito tempo depois, Taehyung pode notar dois seres muito pequenos correndo até si.


– TaeTae, TaeTae, feliz aniversário, comprei um presente pra você ! – Akira veio correndo em sua direção com a caixa em mãos, sendo seguido pela menina brava.


– Fui eu quem comprei, TaeTae ! – Kimi disse, quando enfim os alcançou.


– Os dois compraram juntos, não foi ?! – A Tia de Taehyung apareceu atrás dos menores e fez eles entrarem em um consenso.


–Sim!– Os pequenos  responderam em uníssono, ainda contra a vontade.


–Então muito obrigada aos dois! Cadê meu abraço de urso? – Taehyung perguntou se agachando e rapidamente sendo tomado pelos bracinhos dos menores quase o derrubando no chão.


– Feliz aniversário, Taehy ! – A Kim mais velha o abraçou assim que os pequenos se soltaram.


–Obrigado,tia!–Taehyung agradeceu ao se soltar.


– Quem sabe agora tome juízo ! – A mais velha não podia se controlar, e já que não poderia mais perguntar sobre "os namoradinhos" acharia uma nova forma de irritar o sobrinho.


– Aish, estava demorando,tudo bem, tia ! – Ele acabou se rendendo.


– Cadê o kookie ? – Kimi perguntou,e Taehyung apontou pra perto do balcão, onde o moreno se encontrava conversando com o Kai.Assim que os meninos o  viram, foram correndo ao seu encontro.


 Taehyung ainda tinha algumas pessoas pra cumprimentar, portanto não iria lá... ainda.


– Até que enfim te encontrei, achei que não seria possível hoje ! – O Sr Kim disse,chegando perto do filho e o juntando em um abraço.–Feliz aniversário,filho,é um homem responsavel agora, tudo o que eu queria que fosse ! – O mais velho completou orgulhoso do filho.


– Parece que sim, né ! – Taehyung disse sincero, não tinha muita certeza disso ainda.


– Reparou que já faz um bom tempo que sua mãe e eu não precisamos brigar com você, Taehyung? Porque você mudou, e se diz que foi desde que conheceu Jungkook, fico feliz que tenha achado um propósito para tal, e como prometido, aqui está ! – O Sr Kim terminou entregando um envelope amarelo a Taehyung, este contendo todas as informações sobre a conta, além de papéis necessários para o saque de tal.


Logo o Sr Kim foi atrás da esposa, deixando Taehyung sozinho com o envelope.


O garoto ficou parado por alguns segundos olhando o envelope em suas mãos, parecia não acreditar que o que tanto almejou estava  ali agora. Talvez Taehyung pensava não ligar mais tanto ao dinheiro antes de tê-lo,  ou quase  em suas mãos, porque naquele momento tudo o que passava em sua cabeça, era sobre o capital.


–Amor?! – Jungkook se aproximou olhando o envelope nas mãos do mais velho e já se sabia do que se tratava.– Ta tudo bem ? – O mesmo perguntou meio receoso devido ao comportamento parcialmente estranho do mais velho.


– Ta, só...agora acabou Jungkook, enfim esse contrato acabou de vez ! – Dizer isso fez um frio percorrer a espinha do moreno, dos pés a cabeça.


–Co-co-mo assim, acabou?– Jungkook tentava se manter firme e não demonstrar o medo que sentia da próxima frase que seria dita pelo mais velho.


– Aquele contrato idiota agora está desfeito,...o que significa que   somos oficialmente um casal de verdade, amor! – Taehyung disse e abraçou Jungkook, sentindo o mesmo aliviar a tensão em seus braços.– Vou guardar isso aqui, e  já volto !–O mais velho disse, antes de deixar um selar no namorado e sair rumo as escadas.


 Jungkook acabou rindo de alívio, antes de sentar-se no sofá.Apesar de tudo, o garoto ainda tinha um medo parcial de  que Taehyung o deixasse assim que conseguisse o que queria, porém  ele não  deixou, talvez Jungkook devesse apenas pensar menos e aproveitar mais ...


Notas Finais


Oi de novo !

Já pedi desculpas lá em cima, mas peço de novo, realmente não é porque que quero...não desistam de mim 😅

Demorei quase a fic inteira pra escolher o nome da mãe do Kookie, aí sai isso, foi o melhor que consegui, eu sei sou pessima com nomes, tirem ideia pelos nomes dos caps 😅😅😅😅😅


Alguém tem alguma ideia do que Taehyung fará pelo menos com parte do dinheiro? Ele poderia dar um pouco pra mim né, mas....

Acho que não tenho mais muito pra falar do cap, qualquer coisa se eu esquecer algo é só me perguntar, Ok?

Como eu disse lá em cima, eu dividi em esse cap em duas partes, e provavelmente se faltou algo aqui, terá no outro 😊


Espero que tenham gostado💕

Desculpem qualquer erro 💕

Nos vemos no próximo 💕

E amo muito vcs 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...