1. Spirit Fanfics >
  2. My life - Leo x Raph >
  3. Vamos conversar?

História My life - Leo x Raph - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Vamos conversar?


Fanfic / Fanfiction My life - Leo x Raph - Capítulo 5 - Vamos conversar?

Leo: Raph? 

Levantei a cabeça rapidamente sem querer acreditar que aquilo estava acontecendo - .. É sério..? - o olhei um pouco surpreso de começo, mas logo desviei o olhar tentando ficar com uma expressão mais séria. 

Leo: .. Tudo bem? 

Raph: .. Sim... - disse indiferente. 

Leo: .. Tem certeza? - ele pareceu não acreditar em mim. Virei um pouco o rosto.

Raph: .. Claro... 

O mesmo veio e se sentou do meu lado - Qual é..? Tem como piorar...? - voltei meu rosto pra frente evitando ao máximo o olhar e acho que ele já percebeu que eu ando agindo assim com ele.. 

Leo: Raph, o que tá acontecendo com você essas últimas semanas?.. Você simplesmente se trancou no seu quarto e não falou mais com ninguém.. - disse num tom preocupado; isso me fazia sentir um pouco mal.. o incomodar... - .. A gente fez alguma coisa pra você?.. 

Me surpreendi ao ouvir a sua fala, mas mantive a expressão séria - .. Então.. é isso que ele pensa... que fez alguma coisa pra mim... - virei um pouco o rosto.

Raph: .. Não... 

Leo: Então.. o que é? 

Raph: .. Não importa... 

Leo: Mas.. Raph.. eu quero te ajudar..! 

Raph: .. Eu não preciso de ajuda.. - virei mais o rosto. Ele ficou um pouco surpreso.

Leo: .. Ei, cara.. o que foi..? - colocou uma mão no meu ombro - Pode me contar.. 

Levei um pequeno susto pela sua ação e me levantei pouco depois sem saber o que fazer.. só sabia que tinha que sair dali... 

Raph: Me esquece, Leo!.. - .. desculpa...

Todavia, para minha surpresa, ele segurou o meu braço me impedindo de levantar; o olhei de canto surpreso. 

Leo: Ei, não vai.. - me soltou - Olha.. desculpa por me meter.. *expira* Eu só.. estou preocupado.. com o meu irmão.. - me olhou com uma expressão mais triste; acabei corando sem perceber. 

Raph: ... Tudo bem... - desviei o olhar tentando tirar o rosado do meu rosto. 

Entretanto.. isso parecia doer mais... Não sabia se conseguiria aguentar por muito tempo.. Aqueles olhos.. aquela expressão... a falta de um sorriso em seu rosto.. me pegou de jeito... Mas o pior.. foi a lembrança desse sorriso.. a lembrança dele feliz... 

Novamente abaixei a cabeça em meio aos braços escondendo o meu rosto para que ele não me visse e eu não o visse também.. Parecia uma tortura... Eu estava frágil... ele me deixava frágil... 

De repente senti uma mão nas minhas costas (casco), mas.. ela vinha do lado oposto ao que Leo estava. Levantei a cabeça com uma expressão um pouco surpresa novamente percebendo que era o Donnie, e Mickey logo atrás; eles tinham um sorriso no rosto. 

Donnie: Eae, cara.. 

.. Não sei se estava feliz ou incomodado de vê-los de novo, mas uma coisa era certa: não sabia como reagir.. Desviei o olhar deles ainda com medo.. abaixei a cabeça novamente; não queria ter que dar explicações... 

Raph: .. Vão embora... - disse um pouco baixo e inseguro; nunca pensei que falaria nesse tom.

Eles ficaram em silêncio por um momento até Donnie e Mickey começarem a cochichar. 

Mickey: Donnie, eu posso.. 

Donnie: Mickey, se você fizer alguma brincadeira.. - disse incisivo. 

Mickey: Não é, eu prometo!.. 

Raph: .. Argh.. O que você dois estão cochichan- levantei a cabeça e os olhei me irritando com aquilo. 

Todavia fiquei em choque quando o Mickey me abraçou repentinamente. Não consegui reagir apenas.. corei... Todas as vezes que o Mickey me abraçou foi contra a minha vontade; nunca gostava quando ele fazia isso... Mas, desta vezes.. parecia diferente... eu.. me sentia diferente... É como se eu percebesse.. quanto realmente eu fiz falta pra eles... - .. Vlw, carinha... - tirei o rosado do meu rosto sorrindo de leve. 

Mickey: .. Raph.. por favor cara, não fica longe da gente de novo... ficamos muito preocupados... A gente te amo, irmão! - ele me abraçou um pouco mais forte e depois me soltou. 

Leo: É cara, a gente te ama! - deu um soquinho no meu braço. 

Donnie: É Raph, não fica assim! 

Mickey: Eae, o que nos diz? - tinha um grande sorriso no rosto ao dizer; sorri de leve.  

Raph: .. Tudo bem.. - disse confiante - .. Já que eu fiz tanta falta assim..! - me gabei.

Eles me abraçaram todos juntos com um sorriso, todavia ele me chamava mais atenção; o olhei corando de leve - .. Acho que nunca me incomodaria com um abraço seu.. 

Entretanto saí dos meus pensamentos percebendo que ele estava bem perto.. perto até de mais..! Já estava demais pra mim.. 

Raph: Tá, já deu de abraço por hoje! - eles me soltaram pouco depois, rindo, e eu respirei aliviado. 

Mickey: Vamos jogar uma partida de vídeo game! - todos se alegraram com a ideia. 

Mickey foi apressadamente para sala preparar tudo. Donnie o seguiu logo atrás em passos mais lentos e um sorriso. Leo e eu nos levantamos os seguindo. 

Entretanto senti uma mão encostando no meu ombro e parei rapidamente com o susto já sabendo de quem se tratava. Sem pensar me virei pra ele; o mesmo havia voltado aquela expressão mais preocupada. 

Leo: .. Raph... Tem certeza que não quer conversar..? - perguntou num tom mais sincero; antes de conseguir responder ele continuou - Tudo bem se não quiser.. *suspira* Prometo que não vou mais insistir... - abaixou o olhar perdendo um pouco a postura - .. Mas, por favor.. - me olhou - .. eu quero que me diga verdade.. 

O olhei o encarando por um tempo pensando no que iria dizer - .. Meus pensamentos eram incertos.. meu futuro era incerto... 

Me sentia como se estivesse numa corda bamba onde ou eu caía ou seguia em frente.. e quanto mais eu demorava para chegar no final mais eu me desequilibrava.. 

Estava indeciso.. estava inteiramente indeciso.. e isso me gerava um sentimento estranho... Eu me sentia como se estivesse a ponto jogar tudo pra fora e arriscar, mas... algo me puxava.. algo me impedia de fazer isso.... Não sabia se era minha razão brigando com os meus sentimentos ou o contrário... 

... Mas... não podia ficar olhando pra cara dele sem dizer nada.. eu tinha que escolher... - desviei o olhar do seu fitando o chão - ... e eu não estou muito confiante para arriscar.... 

Raph: .. Não... - disse o olhando novamente; isso doeu em mim. Ele suspirou. 

Leo: .. Tudo bem... - pouco depois abriu um pequeno sorriso - Vamos jogar! - passou um braço pelo meu pescoço seguindo até a sala me puxando junto. 

Corei de leve com o susto desfazendo esta ação rapidamente - ... Por que você torna as coisas mais difíceis...? - pensei um pouco - .. Por que eu torno as coisas mais difíceis..?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...