História My life change - Imagine Lim Changkyun - Monsta X, I.M - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Kobayashi-san Chi no Maid Dragon, Monsta X, Stray Kids
Personagens Bang Chan, Byun Baek-hyun (Baekhyun), I'M, Jeon Jungkook (Jungkook), Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Tooru
Tags Limchangkyun, Maknae
Visualizações 26
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiie desculpa sumir por todo esse tempo, espero q não desistam de mim, eu passei por uns problemas pessoais sérios, ainda não resolvi todos mas sei lidar, espero q gostem da leitura ^^♡

Capítulo 4 - Incrívelmente fofo - Cap 4


Fanfic / Fanfiction My life change - Imagine Lim Changkyun - Monsta X, I.M - Capítulo 4 - Incrívelmente fofo - Cap 4

Acordo cabisbaixa, estou meio triste hoje, só não sei o porquê.

Sabe quando você acorda muito mal mas sem motivo algum? Então, eu estou assim agora.

Me olho no espelho e me decepciono com oque vejo, nem sei o porquê, sempre me olho no espelho todos os dias e sempre vejo a mesma cara feia, vou fazer minhas igienes pessoais e coloco meu uniforme, desço e como sempre minha mãe não está, abro a geladeira e faço um lanche pra mim.

Como meu lanche e olho pro relógio

- Meu deus aaaaa, to atrazada - Saio apressada e nem pego meu celular, oque me deixou mais triste do que eu estava, pra mim sair sem fone é horrível, sempre fico sozinha e não consigo ficar confortável.

Quebra de Tempo

Chego na escola e sento em uma cadeira aleatória, agora é português e a professora faltou, continuo lendo o meu livro  (já estou na metade rs), quando um garoto pega meu livro e tira da página.

Menino: Eai menina você só sabe ler em? Que chata.

- Ptimeiro você não me conhecê e não tem o direito de falar oque eu sei fazer, segundo, se eu só sei ler, oque isso vai mudar na sua vida? Eu não sou sua amiga, então eu ser chata também não muda nada pra você, terceiro, eu tenho nome e não faço questão de falar ele pra você.

Pego meu livro da mão do mesmo e folheio meu livro pra achar a página que eu estava lendo, a sala inteira começou a gritar e vaiar o menino, eu só ignorei e continuei a história, nossa mas como eu odeio o harry, desculpa mas nos livros ele é chato demais.

Quando o menino vê que eu ignorei a situação inteira falou.

Menino: Eu também tenho nome e...

Antes de ele terminar a frase eu o corto com grosseria.

- Não quero saber - falo com o tom de deboche, desculpa mas eu só sou legal com quem é legal comigo.

O menino saiu calado e se sentou na cadeira dele, derrepente escuto palmas e vejo Chang na porta da sala, todo mundo começa a olhar pra ele com cara de surpresa e dúvida.

Chang: S/A Humilhou ele puts - ele veio até mim e puxou uma cadeira pra fentre da minha mesa e apoiou os cotovelos nela.

- Você não devia estar na tua sala? - perguntei.

Chang: Não, aula vaga também, a professora de Ciências faltou.

- Puts ainda bem, tenho duas aulas dela hoje - Felei aliviada

Chang: Você  parece cabisbaixa, aconteceu algo? Além desse babaca te encher é claro - Chang olhou para o garoto com uma cara assustadora, nunca vi ele assim... Puts obviamente menina, você conhece ele a dois dias, que burra... Mas ele parecia fofo, nunca imaginaria uma cara tão assustadora assim ai.

Sai dos meus pensamentos e respondi

- A nada, só to triste sem motivo mesmo, sei lá, sem ânimo algum - falo abaixando a cabeça na mesa.

Chang: Entendo, tomara que fique melhor pequena - fala ele preucupado.

Toca o sinal pra terceira aula (sim eram duas de português)

Chang: Tenho que ir pequena, se precisar de algo me chama, eu vou estar na aula de história, E VOCÊ LEVI - grita olhando diretamente para o garoto que tentou me importunar - meche com ela denovo pra você ver oqueacontece.

Me assustei um pouco com o seu tom de voz, fiquei até com um pouco de medo, mas achei incrivelmente fofo aaa.

Fui para aula de geográfia e prestei atenção na aula.

Quebra de Tempo 

Tocou o sinal do intervalo e eu fui pra fila do lanche, oque foi? Eu to com fome, sou merendeira mesmo talkey? A comida da escola é a melhor hum kkk bjs.

Peguei meu lanche e comi devagar, depois fui para jardim da escola, e sentei em um banco que havia perto de uma árvore, e suspirei pensando naquele sentimento ruim que estava sentindo, sem motivo algum, olhei pra baixo e fiquei balançando minhas pernas e esperando o tempo passar.

Até que eu escuto uma voz, e alguém se abaixa na minha frente.

Chang: Oi S/A, ainda tá triste? - assenti com a cabeça em resposta.

Então o Changkyun levantou e foi em direção a uma parte do Jardim cheia de flores, pegou um girasgirassol amarelo que avia ali, e veio até mim, agachando e o estendendo em minha frente.

Chang: Toma, pra vocêse alegrar, uma flor para uma flor - falou ele em um tom fofo com a flor em mãos.

Peguei a flor e cheirei, o aroma era tão bom, me fazia lembrar da minha infância, quando minha mãe cuidava do Jardim comigo, as minhas flores favoritas são os girassóis, minha mãe sabia disso então a gente tinha vários.

- É a minha flor favorita sorri - mas ainda um pouco cabisbaixa.

Chang: É a minha também, sabe porque? - neguei em resposta - porque elas sempre apontam para o sol, para a luz, e eu acredito que tem pessoas na nossa vida que nos ajudam a nós enxergamos a luz melhor, sempre olhar para o sol, o lado bom das coisas, e eu quero ser essa pessoa pra ti, é pra isso que servem os amigos certo?

Sorri e acenti com a cabeça .

- Obrigada - falei baixo.

Ele sentou do meu lado e me puxou para encostar a cabeça em seu ombro, parecia que ele sabia que eu precisava de um conforto, e foi tão bom ver alguém se importando comigo...

Quebra de Tempo

O sinal do intervalo bate e eu me levanto.

- Onde está o Wonho? - pergunto curiosa.

Chnag: Faltou pq se atrasou, depois fala de mim - falou emburrado, oque foi incrivelmente fofo, consequentemente me fazendo apertar as suas bochechas.

- Obrigada por hoje, e pela flor também - me despeço dele com um beijo na bochecha e vou para sala.

Quebra de Tempo

Chego em casa depois da escola, e já nem espero minha mãe, como estou meio triste e cansada, pesso uma pizza e vou assistir doramas comendo.

- Eu me iludo demais com esses doramas meu pai, quem ia gostar de mim? - rio comigo mesma.

No meio do dorama acabo pegando no sono.

Incrívelmente hoje o dia foi bom, apesar de eu estar meio mal, o Changkyun me reconfortou, amanhã é sabado, não sei pq mas eu sinto q algo de estranho vai acontecer




Notas Finais


Espero que eu não tenha escrito demais e que vocês tenham gostado, desculpe se tiver algum erro

Tomara que tenha gostado ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...