1. Spirit Fanfics >
  2. My Life Upside Down. >
  3. Capítulo dois.

História My Life Upside Down. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Perdão por qualquer erro. Eu fui bem sincero com tudo e foi exatamente assim que eu conheci a Poli. Boa leitura!

Capítulo 2 - Capítulo dois.


Olhei ao redor procurando por alguma cadeira vazia, até me surpreendi com isso, geralmente muitos alunos faltavam e aqui quase não sobra lugar, deve ser por isso que o meu pai me transferiu, mas falando a verdade, eu prefiro a minha antiga sala, mesmo que eu não tenha feito amizades. - perca de tempo. -, havia cadeiras disponíveis, essa escola já me deixou frustrado.

- Hey, garoto! Senta aqui. - disse um menino com os fios loiros se levantado.

- Hum, ok... - sussurro para mim mesmo.

Andei com passos apressados enquanto escutava cochichos, essas pessoas não tem uma louça para lavar, não é possível, ainda tinha quatro meninos com o garoto, sendo eu sentando entre um ruivo e um acinzentado, para piorar a situação, o professor fez questão de me fazer levantar a bunda da cadeira p'ra quê? Imitar o primário, vamos nos apresentar, coleguinhas.

- Me chamo Min Yoongi, tenho quinze anos e só. - faço a maior cara de tédio possível.

Me curvo para o mesmo em sinal de que nem eu sei, acho que foi a educação que eu recebi. O professor apenas sorriu e me pediu para sentar, mesmo que eu queria estar deitado, mas melhor do que ficar em pé.

- Então... Yoongi, certo?

- É. - falo sem olhar o dono da voz e pego o meu material.

- Meu nome é Kim Taehyung.

- Eu não perguntei. - reviro os olhos.

- É que... Talvez possamos ser amigos.

- Talvez.

- Meu nome é Park Jimin. - diz o loiro ao meu lado.

- Juninho.

- Não, é Jim-

- Eu sei, mas Juninho combina mais com você.

- Tudo bem, eu acho...

- Hum... São apenas vocês cinco? Quer dizer, se forem amigos.

- Oh, claro que somos! Mas não, somos seis na verdade, porém o Jungkook faltou aula por duas semanas e até agora não temos notícias suas. Acho que ele desistiu...

- Se vocês querem que eu me torne amigo de vocês para ser substituto, estou fora. - volto a copiar o que o professor escreveu, mas acho que aquilo é obra do capeta, não entendi nada. Matemática com certeza não foi feita p'ra mim.

- Oh, não, não queremos isso. Mas fico feliz, você falando desse jeito é porque temos chances de sermos amigos. - por que eu fui abrir a boca?

- Depois conversamos, precisamos terminar de copiar. - falou o mais alto do grupinho de meninas mimadas querendo um oppa para banca-las. Parei.

Concordo com o Souza e volto a copiar sabe lá Deus o quê. Que porra é aquela? Velho, eu não sei dizer se é um quatro ou um "A", vou fazer uma vaquinha e comprar um caderno de caligrafia para esse professor, nunca deve ter ganhado um de presente, vai até se emocionar quando receber um.

E os tempos foram passando até chegar a hora do recreio, não que eu esteja com fome, mas quero andar por essa escola e conhecê-la melhor, assim eu não me perco, talvez eu me perca agora, mas tudo bem. Guardei rapidamente o meu material escolar e saí para fora da sala com a maior vontade do mundo, eu passaria pela porta, exato, passaria se não fosse o... Mano, qual o nome do Joãozinho?

- Me chamo Seokjin. Kim Seokjin. O mais velho do grupo e bem... Iremos lanchar agora, queremos que você vá conosco, assim poderemos nos conhecer melhor. - olhei para o garoto procurando por algo suspeito, mas não teve malícia em sua voz como geralmente acontece e o seu sorriso ajuda com isso, meu pai, que Deus grego gostoso é esse? Olha esses ombros, agora que eu queria um pouco de malícia, mas a vida não coopera nessa parte.

- Está bem, irei com vocês. Hã... Seokjin? - indaguei meio confuso com uma certa afinada no final de seu nome e vi que seu sorriso aumentou ainda mais.

- Me chame apenas de Jin hyung ou apenas de Jin. - concordei com o mais alto e vi os outros se aproximando, acho que eles realmente são carentes, o ruivo mal chegou e já foi me abraçando. Me diz que porra é essa.

- Meu nome é Hoseok, esse é o Namjoon e os outros você já conhece. - sorriu mostrando dois buraquinhos em seguida, vulgo as covinhas.

- Bom, vamos? Irei tentar ligar de novo para o Jeon, espero que ele não tenha desistido. - disse o bundado do grupo retirando seu aparelho do bolso da calça.

- Oh, com certeza você vai gostar do Jeon, ele é bem brincalhão, mas não ligue para a timidez no começo, ele é assim.

- Vocês sabe que ele não é mais tímido, Hoseok.

- Eu sei, mas olha esse menino, ele é lindo. - o garoto falou para o tal Namjoon que me olhou de olhos arregalados e os outros imitaram o seu ato. Eles por acaso são "Maria vai com as outras"?

- Quê? - reviro os olhos.

- Estamos esperando uma reação sua, tipo corar, sair correndo ou gaguejar.

- E por que diabos eu faria isso, Hoseok? - é esse o nome dele?

- Geralmente isso acontece quando elogiamos alguém.

- Hum. - eu só queria ficar no meu cantinho, eles não percebem? Não, são uns escandalosos. Eu queria tanto ficar sozinho, o silêncio faz falta, mas não quero ser mal educado e falar isso para eles.

- Vamos! Estou com muita fome.

- Não liga, o Tae é o que mais come. - o ruivinho falou como se fosse um segredo e como se eu estivesse com vontade de saber.

- Hey, pessoal! - escutei uma voz desconhecida e olhei para trás, a pessoa deve ter falado com a gente ou nos confundimos mesmo, mas não, quando todos se viraram na direção em que a voz foi escutada, nossa, só faltava virar escola de samba de tanto que eles começaram a comemorar a chegada de um garoto até agora desconhecido por mim, eles sorriam e diziam o quanto estavam com saudades de sei lá quem, a única coisa que vi foi o seu cabelo que é um pouco longo, sem me importar com toda a festinha, me virei para aproveitar e dá no pé para bem longe daqueles doidos, mas eu só pensei que iria conseguir mesmo, acho que virou mania me impedir de sair.

- Esse é o Min Yoongi, o nosso novo amigo, ele faz parte do grupo agora. - olhei para Jimin com a melhor cara de espanto, desde quando somos amigos? Melhor - ou pior. -, desde quando eu quis fazer parte do grupo? - Yoon - opa! Que intimidade é essa, amigo? -, esse é o Jeon, aquele que te falamos.

Me dei por vencido e me virei olhando para o garoto, além de suas coxas, sua pele levemente brozeada, seu maxilar bem marcado, os seus olhos um pouquinho puxados, seus lábios finos e bem desenhados junto ao seu corpo musculoso e alto, não achei nada de interessante.

- Oi. - foi a única coisa que saiu de meus lábios.

O menino ficou me encarando como se estivesse me julgando e se virou para sair do lugar. Que raios acabou de acontecer? Eu mal cheguei e estou arrumando rivais? É, pelo o que parece o menino não foi com a minha cara, azar o dele ter perdido o docinho aqui.

Bom, ele que se foda, já não fui com a cara dele também.


Notas Finais


Até breve!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...