1. Spirit Fanfics >
  2. My Life With Yours- Yugyeom >
  3. Obrigado!

História My Life With Yours- Yugyeom - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olaa

Capítulo 4 - Obrigado!


"Izy narrando*

- Eu não posso sair de casa agora, mas minha filha pode- como é que é essa história?- FILHA DESCE AQUI, ela é bem tímida - droga droga, mil vezes droga. Eu não vou descer, não vou mesmo. Ouço passos subindo e olho para baixo

- Perdeu o juízo mãe? O que ta fazendo?- sussurro.

- Te dando uma chance, agora vai la. Não precisa mostrar o rosto. - ela desce de novo. Como assim não mostrar o rosto ?- Olha como eu disse, minha filha é bem tímida.

- Eu entendo se não puder ajudar, obrigado mesmo assim e desculpa atrapalhar.- ele ia saindo mas mamãe segurou seu braço.

- Eu não disse que não ajudaria- ela sorri simpática e ele retribui. - Ela vai, mas sem mostrar o rosto. Ela vai tampa-lo entendeu?- ele assente meio negando, confesso que também estou confusa.

- Tudo bem- ele diz e mamãe sobe de novo.

- Acha que vou usar o que? Uma máscara?- ela assente- Mãe a senhora não pode fazer isso comigo- choramingo e ela revira os olhos.

- Para de fogo Izy e pega isso aqui- ela fala e tira uma máscara preta, certeza que só não vai cobrir meus olhos.- Vai la e o ajuda, eu sei que você quer, agora vai la.- diz e me da passagem pra descer, e assim faço.

- Ola- ele diz sorrindo assim que me ve e dou apenas um aceno de mão- Vem, vou te levar até la- ele diz e sai andando.

- Agora é sua hora, vai la e manda bala- mamãe sussurra no meu ouvido e nego com a cabeça começando a seguir o garoto.

- Vem pode entrar- ele diz abrindo a porta assim que chegamos em sua casa que fica ha um dez passos da minha. Entro em sua casa e olho ao redor, não é tão diferente da minha não, mas é bem bonita- Minha mãe disse que tinha que colocar isso aqui no forno porque chamaria alguém para cá ou algo do tipo- Ele diz e vai pra cozinha- Pode vir aqui- ele me chama com o dedo e sigo contando os passos até a cozinha.- Não precisa ficar com vergonha, só queria ajuda mesmo. Se minha mãe chegar e ver que eu não coloquei isso logo, é capaz de me matar- ele diz e da um sorriso. Eu até sorri mas é impossível ele ver por causa da máscara. Assim espero.

- Você tem que fazer isso aqui olha- pego o frango e coloco dentro do forno.- Quando for acender, segure aqui por pelo menos trinta segundos- digo segurando o botão- E então ligue o isqueiro ou fósforo, e espera por mais trinta segundos- digo e assim faço e fogo acende.

- Nossa eu não sabia disso- ele diz e bate palmas feito uma criança, chega a ser fofo esse jeito dele.- Já sei a quem chamar quando não conseguir ligar um forno- ele diz sorrindo e congelo. Se ele não aprender então vai ir chamar de novo, e vai pegar mal pra mim né? Meu Deus. 

- Por que não tenta?- pergunto baixo e entrego o fósforo pra ele que pega e se abaixa.

- Segura aqui não é?- assinto e ele assim faz- Agora coloca o fósforo assim- ele diz e coloca. Em menos de trinta segundos ele tira e o fogo apaga de novo- Mas eu não fiz certo?- pergunta e nego com a cabeça me abaixando.

- Quando for colocar o fósforo, tem que deixá-lo por trinta segundos também- digo e pego da sua mão e me aproximo pra colocar o palito.- Bem assim- digo após ligar o fogo.

- Você tem olhos bonitos sabia?- ele sorri e sei que corei, minhas bochechas estão pegando fogo. Não pode ficar pior que isso, não pode mesmo.

- E-eu tenho que ir até mais- digo e saio o mais rápido que pude de la.

Eu falei mesmo com ele? Meu Deus meu coração.

- MÃE?- grito assim que entro em casa.

- AQUI NA SALA- ando até la e a vejo com um balde se sorvete.

- Mamãe ele me elogiou- falo ainda tentando entender aquilo.

- É ISSO AI- ela começa a pular no sofá. - Me fala- ela desce- O que ele disse?

- Que meus olhos são bonitos- digo e ela da um sorrisinho.

- E depois o que aconteceu?- eu sai né .

- Eu sai de la ue- ela me olha incrédula- O que? Queria que eu falasse o que?

- Elogiar ele também bocó- ela fala emburrado e senta.

- Mãe eu não consigo nem falar um oi pra ele, imagino elogia-lo.- digo e a campainha toca- Eu atendo- Digo e abro a porta.

- Ola, eu esqueci de agradecer- ele diz com um sorriso pequeno- Obrigado!

Jesus 



Notas Finais


Daqui a pouco sai o outro

Comente se estiver gostando please...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...