História My light, my half, just my - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Bruno Berti, Irmãos Berti, Lucas Berti, Romance
Visualizações 32
Palavras 1.256
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


GIOVANNI NA CAPA
B
O
A
L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 4 - Novata e ciúmes?!


Fanfic / Fanfiction My light, my half, just my - Capítulo 4 - Novata e ciúmes?!

*PENSAMENTO DA ANA ON* 

Acordei com um barulho chato do meu despertador, quando fui abrir os olhos uma claridade invadiu meus olhos quase me deixando cega, desliguei o despertador fechei os olhos novamente e esperei alguns segundos antes de abrir novamente, finalmente decidi abrir os olhos, levantei e fui direto para o banheiro tomei um banho rápido e decidi não lavar os cabelos já escovei os dentes ali mesmo (qual é gente, quem nunca?) depois de uns 15 minutos sai do banho me sequei me enrolei na toalha e fui colocar uma roupa sai andando pelo quarto de toalha mesmo. 

-(assobio) que isso ein – olhei espantada pra sacada vendo o lucas me olhando sem camisa da mesma. 

Dei um sorriso e mostrei o dedo do meio fechando a cortina, voltei para me vestir (link nas notas finais), fiz uma make basica. Desci as escadas e vi que minha irmã já estava pronta (link nas notas finais), peguei um yogurte e saios pra rua vendo os dois nos esperando. 

-Bom dia flores do dia – disse Bruno vindo pra perto me dando um beijo na bochecha e abraçando minha irmã dando um selinho na mesma. 

-Bom dia – respondemos breve 

-Vamos princesa ? - perguntou Lucas me olhando com um sorrisinho  

-Vamos – respondi pegando na sua mão 

-Você quer ir comigo ? - perguntou minha irmão pro Bruno 

-Sim sim - 

Entrei no carro com o lucas e botei o cinto ele ficou me olhando sorriu colocou uma mão na minha coxa e outra na minha bochecha me puxando para um beijo, nossas linguas travavam uma batalha por espaço quando percebi ele já tinha destravado meu cinto e eu me encontrava no seu colo. 

-Vamos nos atrasar – disse tentando sair do seu colo enquanto o mesmo beijava meu pescoço me apertando minha bunda me fazendo ficar ali. 

-Eu não ligo – disse me beijando novamente 

-Mas eu ligo – disse saindo do seu colo, sentando no banco, e colocando o cinto novamente ouvindo suas reclamações. 

Olhei em volta e percebi que a Vick já tinha ido, ele ligou o carro. O caminho todo fomos ouvindo musica e eu fui mexendo no celular respondendo minhas amigas e mexendo no insta, quando percebi ja tinhamos chegado desci do carro pegando minha mochila, o Lucas desceu também pegou sua mochila, me abraçou pelos ombros e fomos andando, com forme iamos andando mais atenção atraimos o Lucas parecia já acostumado com isso mas pra mim isso era totalmente novo, o lucas me guiou até onde estava uma rodinha com uns 4 meninos e 2 meninas. 

-Fala zé - disse lucas cumprimentando eles – essa é Ana Júlia - disse me olhando 

-Mas podem me chama de AnaJu ou Naju ou sla – disse dando um sorriso 

-Eu sou o Dede, mas pode me chamar de Ganso – disse um menino 

-Eu sou o Felipe – disse um loirinho de olhos azuis que era muito fofo 

-Eu sou o Lucas – disse um outro   

-Eu sou o Rodrigo mas pode me chama de Rood –disse um altão  

-Eu sou a Danielle, mas pode me chamar de Dani – disseuma menina muito bonita por sinal sorrindo 

-E eu sou a Verônica - disse uma japa 

-Você é nova aqui né - disse o dede  

-Sim me mudei ontem – respondi com um sorriso 

-Da onde vocês se conhecem? - perguntou Felipe 

-Somos vizinhos – respondeu Lucas 

-Agora tenho uma desculpa pra ir te visitar mais vezes zé - disse Dede 

Lucas ficou olhando pra ele com cara feia e ameaçou ir pra cima. 

-Calma zé, eu to brincando – disse ele e todos começaram a rir inclusive eu, quer dizer todos menos o lucas 

Depois disso nos sentamos ali com eles e o lucas aperto minha cintura enfiando o nariz nos meus cabelos. 

*PENSAMENTO DO LUCAS ON* 

Depois daquela brincadeira totalmente sem graça do ganso, eu confesso que fiquei bem puto, por que ela é minha, SIM MINHA, eu me sinto bem perto dela o cheiro dela me deixa maluco, e aquele corpo então, eu não quero ninguém de gracinha com ela, sim eu sei que conheci  ela ontem, mas não interessa ela faz meu coração bater mais forte, agora eu só quero ela por perto. Sentei com ela e enfiei meu nariz daqueles cachos que cheiro bom. O sinal tocou e nos levantamos nos fomos pra sala e a Ana pra recepção pegar os horarios. Tinhamos aula de biologia todos juntos no 1º período. 

Entramos na aula e nos sentamos tinha uma cadeira livre do meu lado onde ninguém sentou, e do outro lado da cadeira vazia tava o Giovanni olhei de relance pra ele com cara fechada eu odeio ele com todas as minhas forças ele me irrita só de respirar mas nem dei bola pra ele e teu sorriso sínico, fiquei conversando com os meninos e percebi Lais se aproximando ela se sentou na minha mesa e começou a puxar assunto eu já tinha comido ela umas 3 vezes no máximo e ela se apaixonou por mim e não larga do meu  pé, não é que ela seja feia ela é bem bonita na verdade mas eu não sinto na por ela oque em 1 ano eu não sinti por ninguém em menos de 24 horas, eu olhava pra Ana e sentia uma paz enorme, mas continuando não dei muito assunto pra ela mas ela não se tocava e continuava ali, as meninas ficaram olhando pra ela com cara de nojo.  

O diretor entrou na sala com o professor e Ana vinha atrás ela me olhou e olhou para Lais que olhou a mesma de cima a baixo pelo que eu pude perceber ela não tinha gostado muito de ver a Lais ali. 

*PENSAMENTO DA ANA ON* 

Entrei na sala e vi uma ena que confesso que não me agradou muito, o Lucas fica cheio de gracinha comigo e é só eu virar as costas que ele já ta com outra eu deveria ter imaginado que ele era igual aos outros, ainda bem que nos não tinhamos nada mesmo só tinhamos dado uns beijos, parei de olhar pra eles e olhei pra baixo e o diretor começou a falar. 

-Todos em seus lugares por gentileza – disse o professor e todos foram pro seu devido lugar 

-Essa é a aluna nova –disse o diretor apontando pra mim – se apresente moçinha- 

-Meu nome é Ana Júlia Bittencout de Moraes, tenho 16 anos e vim de Porto Alegre- disse levantando a cabeça  

-Então é isso alguém tem alguma pergunta ? -perguntou o professor 

-Você  é bem gata, tem namorado? - perguntou um menino de cabelos pretos e olhos azuis 

-Senhor D’Angelo modos por favor – disse o diretor 

(Olhei para o Lucas depois pra ele) - Não, não tenho – disse firme e senti o olhar do Lucas queimar sobre mim. 

-Certo pode se sentar senhorita – disse o diretor 

Analizei minhas opções e só tinha um lugar entre o lucas e o garoto que perguntou se eu namorava, andei até e me sentei o Lucas ainda me olhava mas ignorei totalmente ele, logo o professor começou a dar aula e eu prestei atenção. Depois de mais 2 períodos bateu o sinal pro intervalo durante os 3 períodos eu conversei um pouco com o menino de olhos azuis cujo o nome é Giovanni e o lucas parecia não estar gostando nada disso e eu nem gostei né amei. Sai da sala eu tava andando em direção a cantina quando senti uma mão me puxar pra dentro de uma sala virei pra ver quem era e era o.... 

 

CONTINUO ??????


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...