1. Spirit Fanfics >
  2. My little - Tododeku >
  3. Dois

História My little - Tododeku - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura e espero que gostem ^^

Capítulo 2 - Dois


Fanfic / Fanfiction My little - Tododeku - Capítulo 2 - Dois



Continuei limpando a sala dele, por mais que eu olhasse para ele de vez em quando, eu me sentia observado...como se todo o momento que eu me virava de costas, ele olhasse pra mim. Deve ser impressão minha, por causa dos seus raros/caros objetos

Nesse momento, eu estava limpando o chão, até que uma das funcionárias trouxe café pra ele, que em seguida o mesmo pega a xícara e bebe um gole

Deku– Senhor todoroki...eu já terminei tudo, se não estiver do seu jeito, eu posso limpar tudo de novo- digo e o mesmo me encara

Todoroki– Não se preocupe Midoriya, vá limpar as outras salas e o andar de baixo da empresa. Quando terminar, venha na minha sala- diz e eu concordo balançando a cabeça 


Sai da sua sala indo para outra do lado, o senhor Todoroki me dá medo e um sentimento muito estranho, como se ele tivesse um passado ruim ou algo do tipo. Algumas horas se passaram e limpei todas as salas do andar de cima, até que vi todos da empresa indo para o mesmo caminho, eu não entendi mas uma mulher estava vindo na minha direção 

??– Você é novo aqui, não é jovem?- diz e eu acentuo- Todos estão indo almoçar, se você ficar muito tempo sem comer nada você vai passar mal

Deku– A-ah, não se preocupe comigo, eu vou terminar de limpar o andar de baixo- digo e ela continua a andar


Eu não podia perder tempo, desci logo para o andar de baixo e limpei tudo. Quando terminei, algumas pessoas estavam indo para as suas salas e eu fui para a cozinha tentar comer algo.

Eu não comi muita coisa, apenas peguei uma maçã, que por sinal, tava muito boa. Não demorei muito ali e continuei, mas, lembrei do que o senhor Todoroki me disse. Guardei os produtos de limpeza e tirei meu avental, logo em seguida subindo para a sua sala

Deku– Ahm...com licença senhor Todoroki- digo entrando na sua sala- Oque quer falar comigo? - sento na cadeira

Todoroki– É sobre aquela mulher, a Momo. Quero que você tome muito cuidado, principalmente quando ela entrar na minha sala e tentar mexer nas minhas coisas, certo?- diz 

Deku– Certo, mas, o que aquela mulher..quer dizer, a Momo é sua? N-não precisa responder, eu sou muito curioso- digo

Todoroki–....Pff....ela é só uma amiga de trabalho. Bom, já terminei oque eu tinha de falar- diz e se levanta

Deku– S-senhor....espera, sabe a Momo? ela parece muito gostar do senhor. Eu vi o olhar dela quando o senhor apareceu bem na hora que ela tava mexendo nas suas coisas- digo e ele apoia as suas mãos na mesa

Todoroki– Você não precisa me dizer isso...eu sei que a Momo gosta de mim mas não é como eu pensava antes. Enfim, eu tenho que sair agora, fique com as chaves da minha sala- diz tirando elas do bolso da sua calça e me entregando


Por que ele iria confiar em uma pessoa que acabou de chegar? Que ele mal conhece?


Deku– T-tá - digo e ele sai


Logo quando o senhor Todoroki saiu, eu sai da sua sala e tranquei a porta, coloquei as chaves no meu bolso e desci para o andar de baixo, eu queria terminar de limpar tudo ali.

Depois de algumas horas, eu terminei de limpar absolutamente todo o andar de baixo. Fui guardar todo o material de limpeza, até que uma das funcionárias que era um pouco próxima do senhor Todoroki estava vindo na minha direção 

Funcionária 1– Izuku Midoriya, né?- diz e eu acentuo- O senhor Todoroki disse para você ir pra casa quando terminar tudo. Ah, ele também disse pra você guardar muito bem essas chaves, eu não entendi muito bem mas ele me falou isso- diz e ri

Deku– A-ah, certo. Eu vou cuidar muito bem dessas chaves, obrigado.- digo e ela sai


O senhor Todoroki é tão apegado assim nas coisas dele?...

Sem mais e nem menos, sai da empresa e fui direto para um café. Eu sempre ia nesse café pra tentar relaxar e botar as coisinhas (da mente) no lugar. Tirei meu celular do bolso e em seguida mandei mensagem para a Uraraka


-Uraraka


Deku: "Uraraka, caso você, Bakugou e o Kirishima queiram sair hoje...eu não vou, tô bem cansado. Nesse fim de semana podemos vim no café aqui perto, ok?" - Áudio 

Bakugou: "E ai deku, nesse fim de semana eu e o Kirishima vamos reformar a nossa lojinha, então não vai dar" - Áudio 

Uraraka: "Oi deku, o Bakugou ta comigo. Eu vou ajudar ele e o Kirishima, assim vamos arrumar tudo e bem mais rápido. Estamos escolhendo as tintas e as decorações, ah, podemos sair só eu e você nesse fim de semana" - Áudio 

Deku: "Certo, tchauzinho"- Áudio


Desliguei o celular e coloquei de volta no meu bolso, pedi apenas uma fatia de bolo com suco. Depois que terminei, paguei tudo e fui para casa, eu estava confiante e preparado que iria falar com o senhor Todoroki.

Chegando em casa, tirei meu uniforme e fui tomar um banho, não demorei muito e sai, vesti uma camisa e um short confortável..deixei a chave em cima da minha escrivaninha e em seguida sentei na cadeira que tinha ali, abri meu computador e tirei o papel de uma das gavetas, logo em seguida abri o chat que conectei com o computador, logo em seguida adcionando seu número.


-Shoto Todoroki *Off-line*


Deku: Oi senhor Todoroki, me desculpe o incômodo e sei que está ocupado agora, mas, eu quero muito te fazer uma pergunta...

Deku: Eu peguei o seu número em um site, já que você é bem famoso...

Shoto: Oi Midoriya, o que quer falar comigo?

Deku: Ah, não achei que fosse responder tão rápido

Shoto: Eu já estou em casa, agora me diga oque quer falar

Deku: O senhor me deu a chave da sua sala por quê confia em mim? Eu sou novato na empresa..

Shoto: Eu deveria desconfiar de você? Quando você chegou, senti que você é confiável. A chave está com você né?

Deku: Estou *foto* eu não perco as coisas fáceis, ainda mais dos outros

Deku: Quer dizer, do senhor...

Shoto: "Eu vou passar alguns dias em casa, como se fosse férias. Então não vá trabalhar"- Áudio 

Deku: Senhor, mas...as outras salas/pessoas precisam de mim e eu preciso de dinheiro 

Shoto: "Como você é bobo, eu que sou dono daquela empresa, eu quem vou te dar dinheiro vivo nas suas mãos. Me obedeça e não vá trabalhar"- Áudio 

Deku: Ah...certo, quando você voltar a trabalhar me avise por favor, não quero perder um dia..

Shoto: Certo, agora tenho que ir!



Alguns dias se passaram e o senhor Todoroki não me avisou nada, nesses dias, eu sai com a Uraraka, Bakugou e o Kirishima. Contei pra eles esse "comportamento" do senhor Todoroki e até agora as chaves dele está comigo. No dia anterior, o senhor Todoroki me mandou mensagem dizendo que iria voltar a trabalhar e eu fiquei contente que iríamos voltar.

No dia seguinte, acordei cedo e tomei banho, me arrumei e apenas comi uma fruta. Peguei a chave do senhor Todoroki e fui para a empresa. Chegando lá, uma das funcionárias disse que ele estava me esperando bem na frente da sua sala, subi imediatamente para onde o mesmo estava 

Todoroki– Você demorou midoriya..-diz com um tom de voz baixo e calmo

Deku– E-eu sei...me desculpe- digo e tiro as chaves do bolso, em seguida o entregando– Senhor...eu quero perguntar uma coisa- digo enquanto ele abria a porta

Todoroki– Mais uma pergunta?- questiona confuso

Deku– Por qual motivo o senhor...não deixou que eu vinhesse trabalhar?- digo e o mesmo para bem na frente da entrada

Todoroki– O motivo....–diz baixo ‐ A momo não gosta de gente nova e..como você iria abrir minha sala pra limpa-lá, ela iria aproveitar e entrar de novo, por isso - diz e em seguida entra e senta em sua cadeira

Deku– M-mas...era só o senhor dizer para que eu não entrasse na sua sala, seria mais fac....- antes que terminar de falar, ele levanta dando um soco na mesa e vindo até mim

Todoroki– Se continuar perguntando...– diz sério e pondo uma das suas mãos no meu pescoço - Eu vou ser obrigado a te demitir, entendeu? Não faça mais perguntas como essas...eu não irei responder - diz olhando bem nos meus olhos, até que ele me solta e voltando pra sua mesa

Momo– Senhor, agora vamos ter reunião e não se atrase- diz chegando derrepente e ofegante, talvez ela tenha corrido pelo corredor

Todoroki– Certo, diga a eles que já estou indo- diz arrumando sua mala de documentos e levantando, logo em seguida passando por mim e me ignorando completamente 


O olhar dele foi tão.....


Fiquei paralisado por alguns minutos, mas, parei de viajar no mundo da lua e fui pegar meus materiais de limpeza para limpar a sala dele e dos outros caras que trabalhavam ali.

Quando ele pegou no meu pescoço, ele o apertou um pouco e até agora, sinto como se suas mãos estivessem ainda no meu pescoço. Na hora, senti uma sensação estranha, de medo, nervosismo e....eu gostei de quando ele fez isso em mim!

Eu sou muito estranho

Subi novamente para a sala do senhor Todoroki e limpei tudo, quando terminei, limpei as outras salas como sempre...hoje eu teria uma hora livre, então eu iria aproveitar e limpar a sala de reuniões.

Três horas depois....

Depois que a reunião acabou, eu fui para a sala de reuniões e me deparei com o senhor Todoroki arrumando seus documentos, ele parecia mais bravo do que antes

Deku– C-com licença...- digo num tom calmo

Todoroki– Ah, você já terminou tudo e vai limpar aqui? Eu já estou de saída...só um minuto- por alguns minutos, ele olhou pra mim mas não demorou muito e começou a encarar os seus papéis 

Deku– Precisa de ajuda? Você está com muito papéis e não vai caber na mala- digo e ele permanece calado

Todoroki– Não preciso da sua ajuda, se quiser limpe a sala agora- diz

Deku– Mas senhor Todoroki, eu quero te ajudar- digo indo em direção a ele e pegando seus papeis

Todoroki– Midoriya, por quê você está insistindo nisso? - diz e me encara

Deku– "Insistindo"?.....- digo confuso 

Todoroki– Esqueça, agora termine oque iria fazer...- diz e solta um suspiro longo, em seguida pegando seus papeis e sua mala, saindo.


Eu não entendo, o senhor Todoroki mudou derrepente...Ele está me "evitando".


Peguei meu celular e mandei mensagem pra Uraraka, dizendo que queria me encontrar com ela à noite. Eu queria contar oque aconteceu hoje na empresa e com o senhor Todoroki.

Chegou o fim de tarde e sai da empresa, fui pra minha casa tomar um banho e colocar uma roupa confortável. Chegando lá fiz oque eu queria e mandei mensagem novamente pra Uraraka, pra que nos encontrassemos em uma praça bem movimentada que tinha ma cidade. 

Sai do apartamento onde eu moro e fui diretamente pra esse lugar, quando cheguei lá a mesma já estava sentada em um banco me esperando

Deku– Oi uraraka, demorei muito?- digo e sento ao seu lado

Uraraka– Ah, claro que não. Oque quer falar comigo?- diz curiosa

Deku– É sobre hoje, oque aconteceu na empresa. Quando eu cheguei lá, o senhor Todoroki estava me esperando bem na frente da sua sala mas eu estava com as chaves da sala dele– suspiro– Até que eu perguntei para ele o por quê dele...não deixar eu ir trabalhar e ele inventou uma desculpa. Mas...eu estava curioso demais e acabei perguntando demais e ele acabou apertando meu pescoço e olhou bem nos meus olhos - digo de cabeça baixa

Uraraka– Deku...mas você está triste com oque ele fez?- diz meio confusa

Deku– Não mas...eu achei muito estranho. Primeiro: ele me dá as chaves da sala dele, sendo que, normalmente donos de uma empresa não confiam em novatos e ele confiou em mim e segundo: isso acontece...-digo e ela segura na minha mão 

Uraraka– Deku...eu quero te falar uma coisa também- diz num tom baixo


Oque....será?





Notas Finais


Me perdoem qualquer erro, beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...