1. Spirit Fanfics >
  2. My Little Angel >
  3. Capítulo 6

História My Little Angel - Capítulo 6


Escrita por: LiliMJJ

Capítulo 6 - Capítulo 6


 Michael Jackson

Holmby Hills


Os dias foram passando, graças a Deus e a Angel ninguém tentou nos matar novamente. Angel de vez em quando vinha nos visitar a noite e depois ia embora assim que dormimos. Era um pouco estranho ter ela por perto , pelo simples fato de ela ser um anjo, mas sei que com o passar do tempo eu vou me acostumar com isso.


Agora , eu estou aqui no meu quarto com três "pequenas" criaturas em cima de mim que não param de pular. Eles estão crescendo muito rápido.


- Crianças, crianças, por favor parem de pular - tento para-los com as mãos enquanto dou risada - já está tarde e vocês precisam dormir.


- Mas papai , não estamos com sono. - Disse Blanket.


- Mas vocês precisam dormir meus amores. - Acariciei seu cabelo e lhe dei um beijo na bochecha.


- Por que não chamamos a Angel para nós ajudar? - Paris disse com um sorriso lindo no rosto e os olhos azuis brilhando. Sinto que Paris se apegou muito a Angel e não sei se isso é bom ou ruim. Paris é a única menina entre dois irmãos e o pai , não tem convívio com a mãe e as únicas mulheres que ela tem em sua vida são as tias e a avó, mas não é a mesma coisa. Sinto que Paris vê em Angel uma irmã mais velha que ela não tem.


- Boa ideia , mas como a chamamos ? - Eu perguntei , eles se entre olharam sorrindo . O vento atravessou a janela e com ele um aroma muito doce pairou sobre o quarto.


-Alguém me chamou ?


- ANGEL!!! - As crianças foram até ela é a abraçaram. Logo em seguida eles vieram até mim , que assistia a cena com um sorriso enorme.


- Olá Angel! - Levantei e lhe dei um abraço e um beijo em seu rosto.


- Oiii , vejo que alguém está tendo dificuldade para dormir não é mesmo?? - Ela disse intercalando o olhar entre eu e meus filhos.


- Não consigo fazer eles dormirem então resolvemos chamar você para ajudar.


Angel chamou todos nós até a cama , nos acomodando. Ela se sentou no meio da cama , Paris se sentou ao seu lado , Prince deitou a cabeça no colo de Paris , enquanto eu segurava Blaket no colo e encostava minha cabeça no ombro de Angel. Toda vez que estava ao lado dela me sentia muito bem. Considero Angel uma filha minha que estava perdida e agora Deus colocou ela em nossas vidas. Não gosto de pensar no fato de que ela já morreu e que é apenas um anjo que depois de um tempo vai embora. Angel é muito mais que isso.


Ela nos contou uma história de amor muito linda , era entre o sol e a Lua. Eles eram apaixonados um pelo outro , mas não podiam ficar juntos pois enquanto um estava acordado , o outro se retirava para dormir. Almas gêmeas separadas no dia-a-dia , mas vendo isso Deus criou o Eclipse , onde elas se encontram e se amam. Uma prova de amor digna para mostrar que nada pode destruir o amor verdadeiro.


- Angel essa história e sobre a Sophie e o sol ? Por que, afinal de contas , a Sophie e a Lua né? - Prince perguntou.


- Como assim a Sophie é a Lua? - intervi querendo mais informações.


- A Sophie é literalmente a Lua papai - Blanket disse - Por isso que ela é super inteligente e bonita. Ela está sempre observando tudo e todos.


- Exatamente. Eu sou um anjo da guarda, mas para vocês eu pareço uma garota humana normal. Isso é um super poder que nós temos... - pisca um olho para Blanket. Balanço a cabeça positivamente e deixo que ela continue a conversar com Prince.


- Continuando... É sim Prince , essa história e sobre a Sophie e o Sol , eles realmente se amam , nunca vi os olhos de Sophie brilharem tanto quando é dia de eclipse e ela finalmente pode passar um momento com o Sol. - Angel riu olhando para a janela.


- Se a Sophie é a Lua , e a Lua e a sua mãe. Então quer dizer que o Sol é o seu pai Angel ? - Blanket perguntou , fazendo uma cara de confusão , o que fez eu e Angel rir .


- Tipo isso Blanket.


- Uau. Angel e a filha da Lua e é a mais bela entre todos os outros anjos. Seu pai é o senhor Sol, que de presente lhe deu o sorriso mais brilhante de todos para sua amada filha. E as estrelas são todas apaixonadas pela Angel , e a protegem de todo o mal , sempre iluminado seu caminho, para que ela sempre consiga voltar para casa. Angel você é um princesa!!! - Disse Paris com os olhinhos brilhando.


- Isso foi lindo Paris , muito obrigada pelos seus gentis elogios. - Angel disse com um pouco de lágrimas nos olhos , que somente eu consegui ver , pois ela tratou de seca-las rapidamente.


- Vocês não estão com sono ? - ela perguntou.


- Não. - Respondemos todos juntos.


Angel olhou para nós e respirou fundo.


- Eu poderia apresentar um amigo para vocês? O que acham ?


Eles olharam pra mim e eu apenas levantei os ombros.


- Quem é esse amigo ? - Questionei.


- Peter Pan!!


Espera!! O QUE???


- Você conhece o Peter Pan?? - Perguntamos juntos com os olhos arregalhados.


- É claro que sim. As vezes costumávamos brincar entre as estrelas.


Por essa eu não esperava. Angel sempre me surpreende. Ela nos contou que conheceu Peter enquanto admirava as fadas voarem em Kensington Gardens. Estávamos prestando tanta atenção em Angel que nos assustamos quando a janela abriu em um estrondo e um pequeno ponto de luz entrou no quarto rodeando eu e as crianças, se mexia tão rápido que não conseguíamos ver o que era. Poderia ser um vagalume ou...


- Uma fadaa!! - Paris estava eufórica, assim que ela disse isso vimos uma sobra no chão e quando olhamos para a janela vimos ele.


- Olá Peter. - Angel disse , eles ficaram se olhando por um tempo , com um olhar que eu conheço muito bem. Um olhar apaixonado.


Peter entrou no quarto e olhou para nos, assim que ele me viu ficou sério. Eu sou tão feio assim ??


- Ele é um velho !!!


- Não se preocupe Peter , ele é igual a você. Porém ele não pode ir para a terra nunca e teve que crescer. Mas ele é muito legal , igual uma criança.


Sorri para ela e olhei para Peter que agora me observava com um sorriso no rosto.
As crianças levantaram e foram abraçar Peter , que levou um susto com o ato repentino mas logo em seguida devolveu o abraço.


Angel nos apresentou a ele e por incrível que pareça, Peter Pan me deu um abraço. Se eu contasse isso para alguém provavelmente eles não iriam acreditar e me chamariam de louco , o que infelizmente já acontece. Mas não me importo , acabei de conhecer Peter Pan, esse é um dos melhores dias (ou noite ) da minha vida.



Notas Finais


❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...