História My Little Bunny - VKook - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 54
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, LGBT, Orange, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


segurem o kokoro suas linda pq no começo desse cap tem "bomba"<3

Capítulo 5 - Capítulo 5


POV Jungkook


Acordo, e me levanto, calçando minhas pantufas e indo em direção a sala. Ligo a tv e coloco num canal aleatório/jornal, vendo uma notícia que um avião que estava vindo de Busan para Seul havia caído quando estava prestes a pousar no aeroporto, então não dou importância até que vejo os corpos dos meus pais jogados no chão, todo ensanguentado.


–Appa.. omma? - Sinto meus olhos ficarem marejados e caio de joelhos no chão - O K-Kookie q-queria sem um bom filho, m-mas.. o Kookie não conseguiu, d-desculpem o Kookie.. - Abaixo minha cabeça e começo a chorar.


O Tae vem até mim e me olha - Você é fraco, eles morreram por sua culpa! Você só deu desgosto a eles, você nunca foi um bom filho, seu órfão desgraçado - Eu o olho chorando mais ainda.


–P-Por que e-está dizendo isso?.. - Sinto suas mãos em minhas orelhinhas, me puxando por elas - I-Isso dói… - Tento me soltar.


–Eu estou pouco me fodendo se dói ou não, seria um favor ao mundo se você se matasse - Ele me joga na parede e acabo apagando.


~♪~


Acordo chorando desesperado e me escondo debaixo das cobertas - A-Appa.. omma… - Continuo chorando e escuto uns passos subindo as escadas. Esses passos vem até meu quarto, logo vindo também até minha cama, era o Tae(autora: isso era um sonho galeris, não queiram matar o Tae)


–Pequeno? - Ele pergunta preocupado e sinto a cama afundar, deduzindo que ele havia se sentado ao meu lado - O que houve? - Ele tira o cobertor do meu rosto e me vê com meus olhinhos cheios de lágrimas - Por que está chorando?


–O-O K-Kookie teve u-um pesadelo.. - O abraço e escondo meu rosto em seu peito, chorando baixinho e abafado.


–Como foi isso? Quer contar para o TaeTae o que aconteceu nesse pesadelo? - Ele acaricia meus fios de cabelo e fico um pouco mais calmo.


–O Kookie sonhou que o appa e a omma morriam.. - Seco minhas lágrimas - E você estava com o Kookie - O olho - Você disse que o Kookie era um órfão desgraçado e que o appa e a omma do Kookie morreram de desgosto.. - Falo com a voz trêmula.


–Olha, pequeno, o TaeTae nunca falaria isso pra você, tá bom? Seus pais nunca iam morrer de desgosto por você e nem nada disso, se um dia eles morrerem, vão morrer felizes por ter um filho maravilhoso que nem você - Eu não sei de onde ele tirou essas palavras, mas isso me acalmou bastante e fez meu coraçãozinho ficar acelerado - E outra, eles gostam bastante de você, então se estiver pensando que eles vão te abandonar, está muito errado, ouviu bem?


Eu não conseguia dizer mais nada, apenas ficar lá, abraçando ele, ouvindo as batidas de seu coração. Isso que ele disse fez meus sentimentos por eles crescerem bem mais, mas tenho medo de contar isso a ele, ele pode se afastar de mim, então vou deixar isso em segredo e mais pra frente irei dizer a ele.. se eu tiver coragem.


–Eu prometo que vou cuidar de você se algo acontecer com seus pais, ok? Eu prometo e se eu não fizer o que estou prometendo, pode me bater - Dou uma risada de bebê e ele aperta minhas bochechas - iti quem é o coelhinho mais fofo desse mundo?


–Eu! - Digo animado, ainda rindo e meio vermelhinho. Acaricio a mão dele que estava sobe minha bochecha.


–Sim, é você pequeno - Dou um tapa no braço dele - Ai.. por que fez isso?


–O Kookie não é pequeno - Cruzo meus braços - Fofo até vai, mas pequeno não - O olho.


–Fofo, fofo, fofo, fofo - Ele sai correndo e saio correndo atrás dele - Você tem pernas curtas! - Ele ri e continua correndo.


Paro de correr e me sento no chão, emburrado - O Kookie não quer mais brincar.. - Faço cara de bravo e o olho - Chato.


Ele vem até mim, senta na minha frente e diz - Quer tomar sorvete? - Sorrio na mesma hora e o abraço - Eu sabia que você ia mudar essa sua carinha de bravo - Ele ri e se levanta - Vá se trocar.


Rapidamente corro até o meu quarto, indo até o guarda-roupa, pegando a primeira roupa que vi e vestindo. Vou até o espelho, ajeito meus fios de cabelo e volto para o Tae - O Kookie tá bonito? - Ajeito minhas roupas.


–Está sim - Ele vai até a sala e o sigo - Vai querer sorvete de que?


–O Kookie quer de.. chocolate - Peço colo.


Ele me olha e faz cara de tédio - É sério isso? - Ele faz bico.


–Shim, e não reclama - Continuo pedindo colo até que ele me pega no colo e sorrio vitorioso - O Kookie sabia que você ia pegar ele no colo.


–Aigoo.. se você falar mais alguma coisas eu te coloco no chão - Saímos de casa e fomos andando até uma sorveteria perto de um parquinho.


~♪~


Finalmente chegamos na sorveteria, e entramos, o Tae me coloca no chão e vou correndo até o balcão, mas não conseguia ver o que estava além dele. Escuto a risada do Tae e o olho com cara de bravo - Tá rindo do que?


–De você - Ele vem até mim e me pega no colo novamente - Baixinho - Dou um tapa no braço dele - Ai.. não pode bater no amiguinho - Ele ri e me coloca sentado no balcão.


Falamos nossos pedidos para a balconista e esperamos ela chegar com nossos sorvetes.


–O Kookie quer brincar no parquinho depois, TaeTae - Balanço meus pés no ar.


–Tá bom.. pequeno - Eu estava prestes a bater nele, mas ele segura minha mão e me dá um beijo na bochecha - Fui mais rápido - Ele ri.


–Dá próxima vez o Kookie te pega - Semicerro meus olhos e os sorvetes chegam. Pego o meu, o Tae pega o dele e começamos a tomar.


~♪~


Após terminamos de tomar o sorvete, o Tae paga e saímos da sorveteria em direção ao parquinho(autora: o Jungkook estava puxando ele KKK). Ao chegar lá, vejo um híbrido de gatinho e olho o Tae.


–O Kookie pode brincar com aquele menininho? - Aponto para o menininho de cabelos loiros e olho o Tae.


–Vá, mas se ele chamar você pra outro lugar, diga que vai pra casa - Ele vai até um banquinho próximo e senta.


Vou correndo até o menininho e ele me olha - O Kookie pode brincar com vuxe? Podemos ser amiguinhos? - Ele mexe suas orelhinhas e sorri. Impressionante, ele é híbrido que nem eu, mas ele é híbrido de gatinho.


–Shim e shim, vamos! - Ele segura minha mão e me leva até um brinquedo próximo.


Continua...


Notas Finais


é apenas isso, amo vocês<3💛

desculpem pelo cap bosta


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...