1. Spirit Fanfics >
  2. My little demon >
  3. Mordaça de bambu

História My little demon - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Recomendo ler tomando café
Boa noite

Capítulo 2 - Mordaça de bambu


Fanfic / Fanfiction My little demon - Capítulo 2 - Mordaça de bambu

           Pov.Giyuu

   Merda ele vai ataca-la! 

Ele correu até ela, mas não a atacou ele se abaixou' a abriu os braços 

- D-de..cha'..e-e-el-a- falou com certa dificuldade 

Ele está falando? Se está falando então pode me ouvir e responder

- Você não vai ataca-la?- falei colocando minha Katana de volta na bainha 

- El-a é..m-minha i-irm-ã, n-unc-a a m-achuca-r-ria - respondeu com lágrimas descendo pelo seu rosto 

Ele não vai ataca-la, não a atacou

- Se puder me prometer que não vai machucar ninguém, então eu posso ajudar vocês, você promete?- falei me aproximando 

- Pro..m-me-to- falou 

Quando já estava perto vi que seus olhos não eram de um demônio, existia vida neles 

- Qual é o seu nome? - falei me abaixando ficando apoiado em meus joelhos

- T-tan..ji-ro - respondeu baixando os braços, não pude entender muito bem já que ele não estava falando direito

- Tanjiro?- perguntei, ele assentiu 

- Eu me chama Giyuu, qual é o nome da sua irmã?- falei 

- Ne-zu..ko - ele respondeu

- Certo, Tanjirou, eu vou te ajudar, ok? Não precisa se assustar- falei olhando em volta 

- O..que v-vai..f-azer?- (Tanjiro)

- Estou pensando em algo- 

- Po...r q-que n-ão co.. consigo f-falar? - perguntou

- Você foi transformado em um demônio, como você de algum jeito interrompeu isso afetou sua fala - respondi 

Olhei em volta e vi um pedaço de bambu e o machado 

Peguei o bambú e o machado, olhei em volta procurando um pedaço de pano ou fita 

Aí lembrei que minha Katana tem duas faixas na ponta do cabo 

Se eu puxar a Katana ele irá se assustar, peguei o machado e cortei as duas faixas, cortei o bambu e depois de mais algumas coisas fiz uma mordaça 

- O..q-que é..i-s-so?- perguntou me olhando curioso 

- É uma mordaça, é para garantir que você não vai fazer nada - falei já me preparando para ver ele retrucar 

- C-co-mo..e-u...colo-co?- perguntou 

Achei que ele ia se recuser a por, mas assim já ajuda 

- Vem, eu coloco para você - falei, ele se levantou e caminhou até mim 

- Desculpe por cortar seu cabelo- falei colocando a mordaça a frente de seu rosto 

- Tu-do..b-em e-u e-esta..vá pre..ci..sa-ndo c-cort-ar- falou dando um sorriso 

Ele é um demônio mas mesmo assim consegue sorri, e existe vida em seu olhar e...ele é...fofo 

Ajeitei a mordaça em seu rosto 

- Está emcomodando ou machucando?- perguntei

Ele negou com a cabeça, ele parecia querer dizer algo 

- Quer falar alguma coisa?- perguntei e o vi assentir com a cabeça

- Humm - fez apontando para sua irmã 

- Ela está bem, só desmaiou, já vai acordar não se preocupe - falei e sem perceber sorri ele me abraçou e acabei abraçando de volta 

Tanjiro correu em direção a sua irmã e ela começou a se mecher 

         Pov.Nezuko

-O-otōto? - chamei assim que vi Tanjiro na minha frente, o abraço forte (irmão mais novo)

- Por que está amordaçado?- perguntei

Tentei tirar mas ele não deixou colocou as duas mãos sobre a mordaça e balançou a cabeça negativamente 

- Você que colocou isso nele?- perguntei olhando para o garoto de antes que estava encostado em uma árvore perto 

- Meu nome é Giyuu, eu fiz a mordaça, mas não o obriguei a, por ele aceitou - falou olhei para Tanjiro e ele balançou a cabeça possitivamente 

- Eu vou ajudar vocês - falou Giyuu

Abracei Tanjiro forte 

- Arigatō - falei (obrigada)

- De alguma forma ele consegue falar e não perdeu a consciência- falou olhando para Tanjiro 

- Eu disse, meu irmão nunca machucaria alguém- falei colocando as mãos no rosto de Tanjiro onde a mordaça não ficava em cima 

- Nós precisamos ir até Urokodaki Sakonji - falou se aproximando 

- Quem é esse?- perguntei

- Um antigo pilar e meu antigo sensei - respondeu 

- Mas antes de tudo preciso mandar uma carta para a sede dos caçadores de demônios - falou, depois disso um pássaro pousou em seu ombro esquerdo

- Então você vai vir conosco até em casa, lá tem o que é preciso para uma carta - falei e ele assentiu 

- Tanji, dormiu?- falei vendo que Tanjiro tinha dormido - Tanjiro - falei o sacudindo 

- Deixe ele dormir - disse Giyuu 

- Eu não tenho força pra levá-lo no colo, e se pegasse ele nas costas novamente cairiamos com tudo - respondi

- Eu o levo - falou e o olhei desconfiada - eu disse que ajudaria vocês, não tem por que desconfiar - completou 

Acabei sedendo e deixando ele carregar o Tanjiro 

       Quebra de tempo

Assim que chegamos pedi para Giyuu colocar Tanjirouno seu quarto e logo depois Giyuu foi escreve a tal carta que precisava escrever, eu fiquei no quarto junto a Tanjiro, por que logo com você Otōto? Saiba que não vou desistir de você, vou torná-lo humano novamente eu prometo 

Seja quem for que fez isso vai pagar com a vida 

 





Notas Finais


Bem é isso ksksk
Byeeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...