História My little diary - Imagine Eunwoo - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Personagens Originais
Visualizações 36
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, desculpe por muito tempo sem postar, eu não tenho tempo para escrever e por isso demorei para postar.
espero que goste do capítulo.
[AVISO: Neste capítulo contém Yaoi explícito]

Capítulo 6 - I cant believe this...


[Eunwoo antes de abrir a porta do quarto]
Eu e meu namorado nos beijamos secretamente no jardim da mansão, foi tão gostoso sentir os lábios macios nos meus, nossas linguas massageando-se, ele pegou meu quadril e me olhou profundamente, aproximou-se e sussurrou no meu ouvido dando um sentimento à mais.
Kwon JiHyeong- Você está durinho bebê? 
E deu um chupão no meu pescoço.
Eunwoo- Claro papai
Gemi um pouco, eu já sabia o que iria acontecer e deu um sentimento prazeroso.
Subimos ao quarto juntos, ele sentou na cama e tirou a blusa olhando para mim, pois, eu ainda estava de roupa em pé e ele pede eroticamente "fique de cueca para mim e sente no meu colo deixa eu ver o paraíso do papai".
Obedeci, quando sentei no colo dele eu senti algo na minha bunda, fiquei de frente com ele, pernas abertas abraçando seu quadril, mexi um pouco e nos beijamos, demos chupões no pescoço,
eu amo meu príncipe, ele é tão perfeito, no momento prazeroso ele vira o meu rei.
JiHyeong: Ativo
Eunwoo: Passivo
Kwon JiHyeong deitou-se na cama enquanto eu ainda sentado em seu colo, ele abriu o zíper e colocou o seu genital para fora, pediu para tirar as calças por ele, enquanto que tirava a minha cueca, ficamos nus e voltamos para a mesma posição de antes, fiquei fazendo movimentos de "sobe e desce"  quicando em seu genital, segurando os seus ombros, eu gemia alto enquanto que ele sorria para mim.
Kwon JiHyeong- Isso...  meu príncipe...
papai te ama e muito...
Eunwoo- percebi; falo entre gemidos.

Ele massageia a minha bunda, apertando-a, chupando o meu pescoço bravamente.
Gemi muito alto e empurrei-o, parei de quicar e sento ainda com o pênis no meu ânus, peço para ficar de quatro, ele concorda e me coloca nessa posição ainda bravamente, abre a minha bunda e coloca o seu genital com força dando tapas, o quanto mais penetrava eu gemia mais, é tão prazeroso que eu gritava muito alto, a penetração foi com muita força mas não doía tanto porque eu já fiz sexo com ele várias vezes antes, mas ficamos cansados depois de alguns minutos, pedi educadamente para chupar o seu genital e ele cansado estava suando e deixou, lambi como se fosse um picolé e ele sorria como uma criança para mim, coloco todo em minha boca bem devagar várias vezes, beijo a sua cabeça, chupando-o com todo prazer, olho para cima e ele fala.

Kwon JiHyeong- Você é realmente um bebezinho; e sorri.
Paramos de transar e nos deitamos juntos, dando carinho no rosto sorrindo ao outro dizendo "eu te amo" para um ao outro.
Estávamos quase dormindo e eu sinto que alguém abriu a porta, foi muito rápido, espero que essa pessoa não viu nós nus, mesmo de cobertor, foi um momento muito constrangedor, coloco a minha cueca e tranco a porta, mas tiro novamente e volto à dormir.

[Mille vision]

Eu vi o Eunwoo nu...
Eu me sinto tão constrangida, é além de ver ele dormindo pós sexo com outra pessoa, mas...
ele é gay, ou bissexual, não importa, por que ele não disse isso antes?
Tudo bem ele gostar de caras mas...  é meio estranho você gostar de uma pessoa do gênero oposto mas ele namora
e com outro cara, entende o que eu quero dizer com isso?
Eu me apaixonei à toa, fiquei meio decepcionada por isso, mas o meu amor por ele não é o mesmo como antes, eu só quero vê-lo feliz, isso que importa, se ele é feliz com outro homem está ótimo, não há o que reclamar.

Desci da escada e fiquei com a Sandara, ela é uma pessoa muito legal, é bonita, inteligente e conversamos muito sobre assuntos aleatórios até que chegou em um ponto que eu não sabia o que responder.
Sandara- Você está namorando?
Mille- Não...  e você?
Sandara- Também não, então você gosta de alguém?
Mille- Eu não sei como explicar, eu não gosto tanto dele como antes, nós nos distanciamos por muito tempo...
Sandara- Eu sei que isso deve ser meio estranho, não sei por quê mas o seu olhar fala mais que isso...
Mille- É que eu acabei de vê-lo com outra pessoa sabe?; falei de tom baixa
Sandara- Ah sim...  entendi...; e ela me abraça.
Mas você já gostou de uma menina na escola?
Se não quiser responder, não responda.
Mille: Não...; sorrio um pouco
Sandara: Por que você está sorrindo para mim assim?; Ri um pouco, mas ainda com humor.
Mille- É que eu nunca me interessei por meninas no colégio mas...
Sandara- Era só por curiosidade; Ri levemente com um sorriso encantador no rosto.
Mille- Eu te acho tão linda; Rio nervosa
Sandara fica corada e pergunta.
Sandara- Você é tão fofa, qual a sua sexualidade?
Mille- Como assim?
Acho que sou hétero né...
Sandara- Tem certeza?; sorri
Eu fico envergonhada, corei e fiquei sem reação enquanto que ela sorri para mim e fala no meu ouvido.
Sandara- Eu tenho um segredo...
prometa para mim que você não vai contar à ninguém...

Eu sou lésbica.
Ela tirou o meu fôlego e fiquei envergonhada, uma outra menina...
será que ela tem interesse por mim...
Sandara- Eu tenho um piercing na minha lingua; ela mostra
Mille- Que legal, mas eu não teria coragem de fazer isso...
Sandara- Quer experimentar?; Ri levemente
Mille- Claro

Eu pensei que ela estava brincando comigo e respondi positivamente pensando que nada iria acontecer, mas ela me beija na boca tão suavemente, foi um sentimento tão estranho mas foi tão bom...
Os lábios dela eram tão macios com um sabor de fruta pelo batom, parece que eu me apaixonei de novo...
Fiquei tão feliz após isso, parecia um momento mágico.

(Tocando Twinkling Star pelo Clark Ingram no momento do beijo)

Olá diário,
Eu não sei o que falar, hoje foi um dia meio que diferente.
Sem querer vi o Eunwoo nu com outro homem, fiquei meio triste por isso mas
se ele ama alguém e está feliz com ela é o mais importante, ele parecia um
bebê feliz dormindo, parecia tão fofo.

Eu me apaixonei por uma garota, e beijei ela...
Foi meio estranho mas foi bom.
Foi um novo amor.

Sua menina, Mille.

 


Notas Finais


Obrigada por ler, espero que tenha gostado.
Fico muito feliz recebendo comentários, críticas construtivas e opiniões são bem vindas de braços abertos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...