História Luminia - KSJ (Kim Seokjin) - Capítulo 4


Escrita por: e Tia_Jukookie

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 29
Palavras 1.647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIE!
DESCULPA POR NUNCA ATUALIZAR AS COISAS ;-;

Capítulo 4 - Beach And Sea


Fanfic / Fanfiction Luminia - KSJ (Kim Seokjin) - Capítulo 4 - Beach And Sea

"Eu estou sentindo as ondas neste momento?
Eu não sei, eu não sei
Eu continuo sendo perseguido pela tempestade de areia?
Eu não sei, eu não sei
Isto é o mar ou o deserto? Isto é esperança ou desespero?
Isto é real ou é falso? Merda"

Hoseok,Jung.2017(Sea - Hidden Track)

Após me sentar no sofá enorme daquela sala que deveria dar umas 4 da minha antiga,senti como se algo invadisse meu peito e fosse embora rapidamente...Mas eu dei um gritinho curto e fino,não de dor,grito de susto,logo Seokjin estava na minha frente,checando todo meu rosto e corpo.


Soso : Hey!Para com isso! - Puxei meu braço,rindo um pouco
Jin : Achei que você tivesse se machucado...Porque você gritou e...
Soso : Ah,foi porque eu senti algo invadindo meu peito...Me assustei,foi só isso...
Jin : Algo invadindo seu peito,huh? - Eu assenti e ele ficou sério - Apareça,Namjoon!Pervertido!
Soso : Namjoon? - Falei,baixinho.Somente para eu ouvir...Namjon?Quem é Namjoon?E por que Seokjin o chamou de pervertido?
Namjoon : A seu dispor,senhorita! - Ele apareceu como o Peter Pan,e estendeu a mão para mim. - Ah,vamos,não me deixe no vácuo!Já basta todo mundo... - Fez uma carinha tristonha,que sumiu assim que eu ri baixinho e apertei sua mão.
Jin : Seu ridículo! - Seokjin deu um tapa no braço dele. - Vai assustar a garota!

Eles esqueceram completamente que eu estava ali e começaram a conversar sobre algo que eu não prestei atenção,porque surgiu outra pessoa,no topo da escada,sem camisa e esfregando os olhos.Aquilo tirou completamente minha concentração e tirou de mim o resto de sanidade que estava guardada e eu não sei porque cargas d'água,eu me levantei e segui até o pé da escada,e fiquei encarando o ser lá em cima,quase babando.

Ouvi meu nome ser chamado por alguém,mas eu ignorei,assim que eu vi uma imagem no rosto daquela pessoa...Me assustei quando vi claramente o que era...Era eu,na noite do suicídio...Eu pulando,e Jjong sentado no chão,chorando e gritando não...Mas havia algo a mais,na hora que começou a passar a segunda parte,alguém puxou meu braço,e estalou os dedos,me fazendo voltar a vida real.


Jin : Sophia!Volta!
Soso : Ahn? - Uma dor estonteante preencheu minha cabeça,e eu me segurei no corrimão para não cair.Seokjin segurou o outro braço assim que percebeu,e me carregou até o sofá. - Ai,ai... - Levei a mão até a cabeça,no ponto que doía,assim que eu encostei doeu mais. - AI!
Jin : O que foi?
Soso : Está doendo,Seokjin!Dói muito!Aish... - Falei,manhosa,e já quase chorando.
Jin : Calma,vai passar!Vai passar! - Ele mexeu em meu cabelo e a dor se esvaiu aos poucos,mas ainda doía. - Olhe pra mim... - O olhei,e a mesma luz de antes apareceu,no rosto dele,eu vi minha mãe,e a dor se foi por completo,assim como chegou.Eu sorri largamente,e a luz também sumiu,dando lugar a um sorriso correspondente ao meu. - Pronto?Está bem?

Eu assenti,mas me encolhi no cantinho do sofá,segurando as pernas e sorrindo de lado para ele.Percebi que o garoto da escada agora estava perto da gente,me olhando como se eu fosse um extraterrestre.E além de Namjoon,Seokjin e o garoto,haviam mais 4 pessoas na sala,me olhando atenta e curiosamente.


Soso : Seokjin... - O chamei baixinho,e ele chegou perto para que eu pudesse sussurrar em seu ouvido - Quem são?
Jin : Ah,Namjoon você já conhece,não é? - Apontou para o mais alto ali presente e eu assenti. - O da escada é Hoseok. - Apontou para o garoto sem blusa,que soltou um sorriso enorme e acenou para mim,eu sorri tímida. - Jungkook - Apontou para o que estava encostado na porta e ele me chamou a atenção. - Jimin - O garoto de cabelos loiros - Taehyung - Cabelo cacheado e uma pintinha em baixo do olho,extremamente bonito. - E Yoongi. - Apontou para o ser branquinho e de cabelos azuis,quase dormindo,o que me fez rir um pouco.

Cada um deles sorriu e acenou pra mim,mas o máximo que eu consegui fazer foi retribuir com um sorriso mínimo.Eu ainda estou com medo.Poxa!eu me matei,não era para eu estar aqui,aliás,não sei onde eu estou e estou numa casa desconhecida com pessoas estranhas.

O garoto da escada se aproximou de mim e eu me encolhi mais no sofá,me agarrando a manga da blusa de Seokjin,puxando-o para perto.O garoto parou assim que viu como eu reagi a sua aproximação.


Jin : Está com medo do Hoseok? - Eu balancei a cabeça vem devagar,ainda olhando para o tal Hoseok.Estreitei os olhos para ele,que repetiu o mesmo ato,com um sorriso no rosto. - Por que está com medo desse coiso?
Soso : Ele me mostrou o dia do meu suicídio...E a dor de cabeça veio depois que eu vi...A culpa é dele.E se ele fizer de novo?
Jin : HOSEOK!
Hoseok : Que foi?Oras!Você sabe que eu me controlo muito bem,a culpa não é minha...Mostrei a ela o que o coração dela pediu...
Jin : Ah,foi quem então?Deve ter sido Jungkook,né?
Jungkook : Ala,eu nem fiz nada...Tudo eu nessa casa! - Ele disse,reclamando,o que me fez rir mais um poquinho,e Jin o olhou fuzilante,fazendo-o se endireitar na porta.

Os minutos seguintes foram preenchidos com Seokjin e Hoseok brigando,até que Namjoon tomou atitude e foi separá-los...A cena só serviu pra me assustar e fazer com que eu me encolhesse mais,se é que isso era possível,eu estava quase sumindo no sofá.

Namjoon arrastou os dois até o andar de cima,e sobraram o garoto do cabelo azul,dormindo no sofá,o loiro que me olhava atentamente,o platinado que estava cutucando Jungkook,enquanto o mesmo mexia no aparelho em suas mãos.

|-------•●♡●•-------|

O dia passou como um raio,e quando me dei por mim já era noite,os garotos estavam com sono,e eu continuava sem saber de nada sobre nada.Inclusive,comecei a desconfiar se eu sou mesmo a Sophia,e se eu realmente me matei...

Eu chamei Seokjin em um canto da casa,e ele veio,rindo por causa de uma piada que ele tinha contado.


Soso : Seokjin,diga-me!Onde eu estou?Quem sou eu?Por favor...Onde passarei a noite?
Jin : Aish,você me chamando de Seokjin é estranho,mas tudo bem...Não poderei responder as 2 primeiras perguntas agora,mas você vai passar a noite com a gente!
Soso : Aigoo!Eu estou dando trabalho desde de manhã,não quero dar mais trabalho ainda!Aposto que nem tem um quarto!Aliás,não precisa de um quarto,eu posso procurar um lugar para dormir e...

Ele colocou o dedo na minha boca,indicando para que parasse de falar,então ele me arrastou até dentro da casa,me arrastou pelo 1º andar e finalmente me levou para o 2º andar,voltando a me arrastar até uma porta,no final de um corredor longo.


Jin : Esse é meu quarto,você ficará aqui,por essa noite,porque eu não arrumei o seu quarto...Sinta-se em casa! - Ele abriu a porta,me dando visão a um quarto enorme e magnífico.

|-------•●♡●•-------|

Eu estava na pedra novamente,mas dessa vez,algo estava diferente...O vento estava fraco,o mar estava calmo,a noite estava bem mais estrelada,e Jjong estava sentado na ponta da pedra,olhando para o céu,e parecia conversar com alguém...


Jjong : Sabe,assim que a Tia se foi,eu fui morar com você,porque eu sabia como era perder a mãe,eu também perdi a minha...Mas agora você se tirou de mim,e eu não sabia como era perder um amor...Agora eu sei...Sinto sua falta todos os dias...É como se eu também morresse um pouquinho a todo momento...

Ele está conversando...comigo?


Jjong : Soph,por que você tinha que ir?Eu te amava tanto... - Ele abaixou a cabeça,e começou a mexer na rosa que ele tinha trago consigo...Era uma rosa preta,das que eu amo...Mas isso é tão caro... - Trouxe uma rosa preta para você,a sua favorita...Espero que você goste,era para eu te dar no dia em que eu te pedisse em namoro...Mas eu não tive a chance... - Jogou a rosa no mar. - Sinto tanta a sua falta...Que droga...Eu não tive nem a chance de dizer o quanto eu te amava...

Eu tentei me aproximar,mas eu não consegui me mover...Então eu tentei falar...


Soso : Jjong?
Jjong : Soso? - Ele mexeu a cabeça,olhou para mim e não me viu.Ali a certeza me atingiu em cheio,eu não estava mais em um plano terrestre.
Soso : Pode me ouvir?Se pode me ouvir vire-se para trás.

Ele virou,com a sobrancelha arqueada.


Jjong : Cadê você?
Soso : Na tua mente,anjo...
Jjong : O anjo aqui é você,sua bobinha kkkk Eu sou apenas quem te protegeu enquanto você estava aqui...
Soso : Eu gostei muito da rosa,Jjong!Você sabe me agradar...Sempre soube...E eu também te amo,meu amor...Sempre te amei...Eu só gostaria de ter te contado mais vezes...
Jjong : Você ouviu? - Coçou a nuca e deu um sorriso ladino,suas bochechas coraram.
Soso : Estava conversando comigo,não era?Eu ouvi sim...
Jjong : Era com você,mas não pensei que fosse ouvir,noona...Por que você foi?
Soso : Foi preciso Jjong...Agora seja feliz,meu bem!Preciso que você viva por nós dois,faça isso por mim,sim?
Jjong : Faço,mas com uma condição...
Soso : Diga...
Jjong : Venha conversar comigo todo dia...Você sabe onde eu moro...
Soso : Sim,eu sei,pequeno! kkkkk Eu irei sempre que possível,e te amarei mais e mais a cada dia...Ok?Nunca se sinta sozinho,eu sempre estarei com você,assim com o mar sempre está com a praia...Agora é hora de nos despedirmos,vá para casa,e durma com os anjos,sonhe com coisas bonitas,por mim,tá bom? kkkk
Jjong : Tá bom,noona! - Ele riu para mim.

Antes que ele fosse,depositei um beijinho na testa dele,então ele me atravessou e seguiu seu caminho.E eu acordei,percebendo que tudo foi um sonho,o que me fez sentar na cama,com um sorriso no rosto e algumas lágrimas...

"Eu te amo,Jjong!Te amo para sempre...Mesmo que a minha vida não tenha durado esse tanto."

Virei a cabeça e vi Seokjin deitado,dormindo,sua franja estava um pouco grande tampando os olhos dele,e ele estava extremamente fofo daquele jeito,então eu simplesmente me virei e deitei novamente,mas antes que meus olhos fechassem,senti braços rodearem minha cintura,e me puxarem para perto.


Notas Finais


TERMINEI CHORANDO SOCORRO EU VOU MORRER
PQ MESMO QUE EU INSISTO?
Ai mds...
Não sei nem como terminar isso aqui kkkkk
Vai ser o tradicional mesmo,pode?
Espero que tenham gostado e desculpem mais uma vez pelo atraso,eu estou tão atolada de tarefas ;-;
Bom,beijinho e até o próximo,prometo que sairá mais rápido kkk
Amo vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...