História My little hybrid {Kookmin} - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin!bottom, Jimin!híbrido, Jungkook!top, Kookmin, Minkook, Mpreg, Yoonkook
Visualizações 187
Palavras 1.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong Amores, aqui estou eu com o prólogo da fic, espero que gostem

Bjs <3

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction My little hybrid {Kookmin} - Capítulo 1 - Prólogo

O híbrido suspirou pesadamente, olhando para alguns carros que passavam na rua. O park estava em frente a uma das maiores empresas de busan: as empresas jeon, enquanto esperava o taxi que avia chamado chegar.

Avia chegado ali por volta das oito, e foi muito bem recebido pela jovem recepcionista do local, que foi muito educada e simpática consigo. A ruiva avia dito a jimin que iria preencher um formulário com seus dados para fazer a ficha do estagio, e o híbrido não poderia estar mais feliz, bom isso até uma mulher loira chegar dizendo que as vagas aviam acabado e que era para o híbrido ir embora.

Mas jimin sabia que as vagas não tinham acabado, tinha vários outros jovens ali também, que não foram mandados embora.

E mesmo achando injusto o park foi embora, afinal o que poderia fazer.

Aquele não era o sonho de trabalho do híbrido, claro que não, não queria ficar trancado em um escritório quase vinte e quatro horas por dia trabalhando, o sonho do park era, e sempre foi, ser fotógrafo.

Mas a cerca de duas semanas ficou sabendo que dali a um mês um de seus grupos favoritos de k-pop faria um show em seul, e com toda certeza queria ir ao mesmo.

E o park poderia fazer como sempre fez: pedir dinheiro para os pais.

Mas o mesmo não queria mais fazer isso, sabia que seu pai ficava quase o dia inteiro no trabalho aquentando um chefe irritante e que sua mãe ficava quase o dia todo em frente a um computador escrevendo, e muitas vezes nem se quer comia.

Não, não justo apenas chegar e pedir o dinheiro que seus pais tanto suavam para ganhar. Então decidiu que arrumaria um emprego de meio período - já que estudava de manhã - e assim que viu sobre o estágio nas empresas jeon achou perfeito.

O híbrido não queria o dinheiro apenas para ir a um show, queria porque também seria algo bom pra si.

E o mesmo não conseguia disfarçar o quanto estava abalado por não ter conseguido o estágio.

- Aigoo que demora - resmungou se levantando do banco onde estava, e olhando para o outro lado da rua, revirando os olhos ao ver um taxi parado ali.

Como a rua a onde iria atravessar estava "deserta" não se importou em olhar pros lados e simplesmente andou em direção ao outro lado.

- MENINO CUIDADO - ouviu alguém gritar assim que estava no meio da rua e olhou pro lado, arregalando os olhos ao ver um carro cinza vindo em sua direção.

O híbrido queria correr mais seus pés pareciam não o obedecer e tudo o que fez foi fechar os olhos com força, e nos minutos seguintes ouviu o barulho do carro freando e sentiu o impacto do mesmo contra seu corpo, que não foi tão forte como o esperado, mas o derrubou.

- Você está bem? - depois de alguns segundos caído no chão ouviu uma voz forte e meio desesperada falar consigo.

E com relutância abriu os olhos, e teve a visão de um homem de terno o encarando enquanto tinha algumas pessoas ao redor.

- Eu estou...AI - sentiu o pé esquerda latejar - Meu pé - disse choroso.

Jungkook mordeu o lábio em sinal de nervosismo, avia mesmo acabado de atropelar aquele híbrido? Maldita hora que atendeu o celular.

- AI - foi tirado de seus pensamentos quando ouviu um grunhido do híbrido.

- V-vou te levar para o hospital - disse o jeon e esperou algum tipi de relutância do híbrido, que não veio.

- Esta doendo muito - disse o park choroso sentindo o pé doer.

- Calma, vai ficar tudo bem - disse pegando o híbrido no colo e o colocando com cuidado no banco traseiro do carro, entrando no mesmo em seguida.

Jungkook não demorou a chegar ao hospital e retirar o híbrido do carro o levando para dentro do prédio.

- Eu preciso de um médico - disse para a recepcionista, enquanto sentia o alaranjado em seu colo apertar o pano do seu paletó.

- Coloque o aqui - disse uma enfermeira se aproximando junto a uma maca e com cuidado o jeon deitou o híbrido na mesma.

- O que aconteceu com ele? - perguntou a enfermeira.

- Eu o...o atropelei sem querer - disse meio relutante.

- Você o conhece? - o jeon negou - qual o seu nome?

- Jeon jungkook.

- Certo, fique aqui até conseguirmos alguma informação sobre o paciente - o jeon assentiu e viu a mesma sair junto a alguns enfermeiros que empurravam a maca onde o híbrido estava.

Jungkook suspirou e foi até a sala de espera.

Esperava que estivesse tudo bem com o híbrido.

                     [ ... ]

Já fazia alguns minutos que jungkook estava ali esperando notícias do híbrido, e mesmo ja estava ficando preocupado.

- Com licença - disse para recepcionista que o olhou - Você sabe como esta o híbrido que eu trouxe mais cedo? - disse ia mesma somente negou e voltou a mexer em alguns papéis.

Jungkook suspirou e pegou seu celular no bolso vendo algumas mensagens do namorado, e decidiu não o responder naquele momento, então somente guardou novamente o aparelho no bolso.

- Quem foi a pessoa que trouxe o híbrido mais cedo? - ouviu um, aparentemente, médico perguntar a recepcionista.

- Foi eu - disse ganhando a atenção do homem - Como ele está?

- Sou o doutor kim, responsável pelo híbrido. O senhor pode ficar tranquilo ele está bem, apenas teve uma torção no pé esquerdo e alguns arranhões no braço - disse fazendo jungkook suspirar aliviado - O demos um sedativo para que ele pudesse descansar e ele acabou de acordar, caso o senhor queira o ver o quarto é o 34.

O jeon pensou um pouco e sabia que a maior parcela de culpa era sua, afinal estava mexendo no celular enquanto dirigia, então decidiu que pediria desculpa ao híbrido.

- Eu posso o ver agora? - o médico assentiu.

- Venha comigo - disse começando a andar, sendo seguido pelo jeon - o senhor não é parente então não poderá ficar muito tempo, apenas vou permitir a sua entrada pois o paciente disse que não teria problema, mas assim que avisarmos aos familiares do paciente sobre o estado do mesmo, caso eles não permitirem sua entrada o senhor terá que se retirar.

- Esta tudo bem - respondeu ainda seguindo o médico, e assim que o mesmo parou o jeon fez o mesmo.

- Pode entrar - disse e o jeon sem demora levou a mão até a maçaneta da porta a abrindo, tendo a visão do híbrido agora com uma roupa de hospital e com o pé enrolado em uma atadura.

- É...oi - disse assim que se aproximou da cama onde o híbrido estava.

- Oi - disse o park olhando para o desconhecido que o atropelou.

- Esta doendo? - disse sem jeito recebendo um olhar incrédulo do park.

- Se você esta aqui porque acha que assim eu não vou prestar queixa contra você, pode ir embora - disse voltando o olhar para o próprio pé.

- Não é isso, Eu só...queria me desculpar por ter te atropelado - disse e o híbrido nem se quer o olhou.

- Pelo menos isso né - resmungou.

- Olha eu sei que eu errei mais você também podia ter olhado antes de atravessar a rua - o híbrido o encarou.

- Eu sou atropelado e a vítima é você? - disse indignado.

- Eu não sou a vítima mais também não sou 100% culpado - disse fazendo o híbrido revirar os olhos.

- Maldita hora que eu fui para aquela bosta de empresas jeon - jungkook arregalou os olhos.

- Você estava nas empresas jeon?

- Infelizmente – murmurou.

- O que você estava fazendo lá?

- Virou stalker agora? - disse arqueando as sobrancelhas.

- Foi só uma pergunta - o park revirou os olhos.

- Fui fazer testes para estágio - suspirou.

- E conseguiu? - o híbrido negou com a cabeça.

- Acho que eu conseguiria se não fosse por uma loira azeda que apareceu lá - jungkook franziu o cenho e sentou na cadeira ao lado da cama.

- O que ela fez? - perguntou.

- Ela me mandou embora só por eu ser um híbrido, um absurdo! - disse cruzando os braços e fazendo um biquinho emburrado, jungkook riu levemente.

- Você gostaria ainda de fazer o estágio? - perguntou e o park o olhou.

- Eu não sei, por que? - perguntou desconfiado.

- Talvez eu possa te ajudar.

- Como?

- Vamos começar do começo, prazer jeon jungkook - estendeu a mão.

- Park jim...pera, você é o...

- Sim - disse o jeon sorrindo- eu peço desculpas pelo o que aconteceu com você na empresa, e como pedido de desculpa por ambas as coisas que de certa forma me envolvem, gostaria que você park jim aceitasse a vaga de estagio na empresa.

- Primeiro: é park jimin, segundo: Eu ainda vou dar queixa pelo atropelamento.


Notas Finais


O que acharam?

Eu sinceramente vou amar escrever essa nova versão da fic

Eu não tenho os próximos capítulos prontos mais já estou cheia de idéias e assim que tiver tudo arrumadinho vou definir o tempo certo pra postar, por enquanto não sei quando sai o próximo


Mais vou tentar ao máximo não demorar muito a postar


Bom por hoje foi só, espero que tenham gostado, bjs da pandinha <3

Ps: Me desculpem por qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...