História My little hybrid-mitw - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Mike, Pac
Tags Mike Passivo
Visualizações 187
Palavras 2.133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa mitw leitura

Capítulo 4 - E-eu to c-com medo...


Fanfic / Fanfiction My little hybrid-mitw - Capítulo 4 - E-eu to c-com medo...

~~~{No dia seguinte}~~~

~~~{sábado 11:37Am}~~~

~~~{Por Mike}~~~

Acordei sentido meu corpo mais quente que o normal me mexi um pouco de senti algo me segurando, abri melhor os olhos e vi que eu estava com a cabeça no peito do Pac e o mesmo estava com o braço em volta de minha cintura.

Corei mas não me atrevi a me mexer novamente, apenas aproveitei o momento, eu não podia negar, estava apaixonado pelo Pac,  senti o Pac apertar minha cintura me fazendo soltar um gemido baixinho que foi o suficiente para acordar o maior.

Ele abriu os olhos lentamente e então olhou pra mim, ele notou como nós estávamos e me soltou rapidamente.

Pac-m-mike... é-é... d-desculpa... 

Tirei a cabeça do peito dele e me encolhi um pouco, meu corpo continuava estranho, uma onda quente subiu pelo meu corpo me fazendo gemer novamente e meu rosto ficou totalmente vermelho de vergonha.

Pac-o-o que f-foi isso?

Escondi meu rosto com as mãos e me encolhi mais.

Mike-d-desculpa...

Ele se sentou na cama e passou a mão pelos meus cabelos.

Pac-mike... vc tá bem?

Tirei a mão do meu rosto e olhei pra ele.

Mike-t-to sim...

Me sentei na cama ao lado dele.

Pac-Tem certeza?

Assenti com a cabeça e ele se levantou da cama.

Pac-vc... tá sentido esse cheiro? Perece que é morango...

Neguei e ele deu de ombros..

Pac-eu vou tomar banho.

Ele pegou uma roupa na mochila junto a uma toalha e foi para o banheiro, a sensação que o meu corpo estava quente aumentou, (não acredito que isso vai chegar logo hoje...), pensei e passei a mão no cabelo.

~~~{Q.D.T 1:28Pm}~~~

Eu, o Pac é o Jv já havíamos almoçado, e o Jv foi para a casa de um amigo dele e do Pac chamado Batista e provavelmente passaria a noite lá, já o Pac estava deitado mexendo no celular, fui até ele e me deitei junto à ele.

Mike-o que vc tá fazendo?

Disse olhado para o celular dele.

Pac-olhado umas casas que estão a vendo aqui perto.

Fui um pouco mais pra perto dele e esfeguei a cabeça no ombro dele pedindo carinho, ele entendeu e sorriu logo começando a me fazer cafuné.

Pac-vc tá bem manhoso hoje...

Me encolhi.

Mike-desculpa...

Ele desligou o celular e olhou pra mim.

Pac-vc não fez nada de errando Mike... eu só quero saber o por que de vc estar assim...

Me encolhi mais um pouco e senti minhas bochechas esquentarem logo tomando a tonalidade vermelha.

Mike-...e-eu to carente p-por causa do meu cio...

Falei baixo mas ele escutou.

Pac-cio? Como assim?

Ele se virou na cama ficando de frente pra mim.

Mike-é-é como o cio das animais... e como eu sou ômega... eu sou tipo... p-passivo... e eu preciso de um "p-parceiro" pra passar o c-cio... e durante o-o cio eu fico muito carente é preciso de atenção...

Ele me olhou surpreso.

Pac-E... vc quer que eu seja seu parceiro?

Corei mais ainda.

Mike-e-eu... s-se vc quiser...

Ele segurou a minha mão.

Pac-se é pra te ver bem... eu fasso qualquer coisa...

Ele beijou minha testa.

Mike-eu tenho medo dos outros a-alfas...

Abaixei a cabeça.

Pac-por que..?

Ele segurou meu queixo me fazendo olhar pra ele.

Mike-q-quando u-um ômega... t-tipo eu... d-durante o cio a gente solta um cheiro... cada ô-ômega tem um cheiro diferente... e-e se um alfa s-sente esse cheiro e-e se sente atraído pelo cheiro...... E-Ele... f-faz de t-tudo pra t-ter o ômega e marca-lo...

Pac soltou o meu queixo e me puxou pela cintura pra mais perto dele.

Pac-eu n vou deixar ninguém te machucar ta? E... me explica esse negócio de marcar...

Coloquei a cabeça no peito dele.

Mike-d-durante o s-sexo os dentes d-do alfa c-crescem... e-e ele morde o p-pescoço d-do ômega... e-então o ômega s-só pode passar o cio com aquele alfa... e só o a-alfa pode sentir o cheiro do ômega... e-e a maioria dos alfas estupram os ômegas pelo fato deles ficarem vulneráveis durante o-o cio...

Minha voz estava trêmula, o Pac começou a fazer carinho nos meus cabelos o q me fez relaxar um pouco.

Pac-Mike... é possível... um humano marcar um híbrido..?

Tirei a cabeça do peito dele e o olhei com os olhos arregalados.

Mike-é-é sim... ma-mas... p-por Que..?

Ele se sentou e eu fiz o mesmo um pouco assustado.

Pac-M-Mike... você quer que eu... te marque..?

Senti meu rosto ficar vermelho.

Mike-o-o q-q-que??? P-Pac... v-vc tem noção q-q a marca dura p-pra Sempre?

Ele assentiu com a cabeça.

Mike-Pa-Pac... você q-quer mesmo i-isso..?

Ele segurou as minhas mãos e olhou nos meus olhos.

Pac-mike... eu sinto algo muito forte por Vc! Eu te amo! Se vc quiser... eu te marco... só se vc quiser..

Ele soltou as minhas mãos e eu o abracei pelo pescoço, (eu não acredito que ele também me ama!) Pensei.

Mike-eu também te amo! E eu quero que vc me marque... só que...

Eu soltei o braço.

Mike-e-eu sou virgem... e... posso engravidar...

Falei meio inseguro sobre o que ele iria pensar, então... Ele encostou sua testa na minha.

Pac-não se preocupe com Isso!

Ele sorriu e foi se aproximando até que nossos lábios se tocaram, foi apenas um celinho, mas dois o suficiente para que meus sentimentos por ele aumentassem e para que o meu coração começasse a bater forte.

Pac-o que eu fasso pra te marcar? 

Ele se afastou do meu rosto.

Mike-vc precisa beber água misturada com vinagre, um pouco do meu sangue e erva de gato...

Ele assentiu com a cabeça.

Mike-Pac... a gente vai precisar de... p-preservativos...

Falei com vergonha.

Pac-ok!

Coloquei a cabeça no peito dele e o mesmo começou a me fazer cafuné que me fez ronronar.

Pac-fofo...

~~~{Q.D.T 2:17Pm}~~~

O Pac saiu pra comprar o que precisava e me deixou deitado na cama, então... Senti meu corpo esquentar e uma dor forte surgir em minha intimidade, me encolhi sentindo a dor piorar a cada segundo.

Vi a porta do quarto ser aberta revelando Pac com uma sacola na mão, quando ele me viu deixou a sacola encima da cama e veio ate mim.

Pac-Mike! Vc tá bem????

Neguei com a cabeça.

Mike-o-o meu cio c-começou... f-faz... o que eu t-te falei...

Ele correu para a cozinha e voltou com um copo e o vinagre, ele misturou o que tinha e foi até a escrivaninha que tinha no quarto e pegou um canivete que tinha dentro de uma gaveta e veio ate mim com o copo que estava com a mistura.

Pac-desculpa...

Pac pegou a minha mão e fez um pequeno corte então colocou o copo onde o sangue pingava, o corte não ardia muito e a dor que eu sentia em minha intimidade piorava mais e Mais, o Pac misturou tudo e bebeu de uma vez, ele foi até a sacola e pegou uma camisinha e veio até mim.

Pac subiu na cama e ficou por cima de mim entre as minhas pernas, o maior começou um beijo e logo pediu passagem com a língua que eu obviamente cedi, uma das mãos dele foram até a minha calça a abaixando em seguida, ele tirou minha calça e logo à minha blusa, infelizmente tivemos que separar o beijo para poder tirar a mesma.

Ele tirou sua camisa e sua calça ficando apenas de cueca box assim como eu.

Mike-p-pac... e-eu to c-com medo...

Falei baixo.

Pac-Não precisa ter medo, vou fazer o possível pra que vc não sinta dor...

Assenti com a cabeça, ele levou o rosto até o meu pescoço e começou a deixar chupões no local que me fez gemer baixinho de prazer, Pac começou a tirar a minha cueca lentamente até tira-la por completo, Pac tirou o rosto do meu pescoço e tirou sua cueca fiz o possível para não olhar para o membro dele, mas acabei olhando, era maior do que eu pensava, será que vai doer muito? Respirei fundo e lembrei ambos estávamos totalmente nús o que me fez corar.

O maior pediu que eu chupa-se três dedos dele, fiz o que ele pediu até os dedos estarem bem úmidos, ele tirou os dedos da minha boca e colocou um dos dedos lentamente na minha entrada me fazendo gemer de dor baixo, Pac colocou o segundo dedo começando a fazer o movimento de tesoura, eu ainda gemia de dor mas logo fui me acostumando.

Ele colocou o terceiro dedo e começou a imitar estocados com os dedos me fazendo gemer de prazer, ele tirou os dedos do meu interior e coloco as minhas pernas nos ombros dele.

Pac-posso?

Assenti com a cabeça mesmo com um pouco de medo, ele pegou a camisinha e a abriu logo coloquando em seu membro, Então, senti ele forçar seu membro em minha entrada, o membro dele começou a entrar cada vez mais fundo dentro de mim me fazendo ter a sensação de que o meu interior estava sendo rasgado, quase gritei de dor e acabei deixando algumas lágrimas escaparem de meus olhos.

Pac limpou minhas lágrimas e beijou a minha testa.

Mike-j-já fo-foi t-tudo..?

Ele negou com a cabeça.

Pac-q-quer continuar?

Assenti com a cabeça e ele continuou colocando seu membro cada vez mais fundo, a dor não era insuportável mas doía muito, fechei os olhos com força até o membro do Pac entrar por inteiro, abri os olhos e notei que os dentes do Pac estavam maiores.

Mike-P-Pac... M-Me morde...

Ele aproximou o rosto do lado esquerdo do meu pescoço, notei conseguia sentir a respiração dele em meu pescoço.

Pac-t-tem certeza..?

Ele falou preocupado.

Mike-t-tenho...

Senti os dentes do Pac perfurarem a minha pele, senti mais lágrimas escorrem sobre o meu rosto, Pac tirou os dentes e minha pele o que me causou um pequeno alívio.

Pac limpou a boca que estava um pouco suja do meu sangue e me deu um beijo quente de língua, durante o beijo senti ele mover o quadril me dando uma estocada fraca que me fez gemer durante o beijo, Pac começou os movimentos de vai e vem lentamente me fazendo gemer de prazer novamente, tivemos que separar o beijo pela falta de ar mas o Pac não parou com as estocadas que logo foram ficando mais fortes.

Mike-W-WAAaAannhh... 

Eu e eles estávamos gemendo de puro prazer, as estocadas já estavam fortes e fundas que me levavam a loucuras, quanto mais forte ele dava as estocadas mais alto eram os meus gemidos

Mike-AWhhhnnn.... Pa-Pac... H-HAaAannnwww...

Senti uma corrente elétrica passar pelo meu corpo, entao, cheguei no meu limite gozando em nossos abdômens que me fez gemer muito auto, Pac deu mais três estocadas fortes ejaculou na camisinha, Pac saiu de dentro de mim e tirou a camisinha a amarrando logo em seguida, me deitei exausto e Pac foi até o banheiro e quando voltou estava com uma toalha na mão, ele se deitou ao meu lado e colocou a toalha na mordida que ainda sangrava um pouco.

Pac-Mike...

Olhei nos olhos dele.

Pac-eu te amo...

Coloquei a cabeça no peito dele.

Mike-eu também te amo...

O cansaço dominou o meu corpo então adormeci.

~~~{Q.D.T 5:37}~~~

Acordei sentindo algo encima de mim, abri os olhos e vi que o Pac estava encima de mim passando a mão pelo meu corpo.

Mike-P-Pac..?

Ele olhou pra mim é então pude notar ue seus olhos estavam roxos, tentei me afastar dele mas eu estava fraco e com dor no quadril.

Pac-fica quietinho ômega!

Ele começou a deixar chupões e mordidas em meu abdômen.

Mike-P-Pac! P-Para....

Ele levantou cabeça e me deu um tapa no rosto que me fez choramingar.

Pac-EU MANDEI VOCÊ FICAR QUIETO!!!!

Me encolhi de medo com os olhos cheios de lágrimas.

Mike-p-por favor... não me m-machuca...

Senti meu rosto arder novamente, ele havia me dado outro tapa.

Pac-O QUE EU MANDEI VC FAZER?!??!!

Eu nunca tinha visto o Pac desse jeito e eu estava tremendo de medo sem saber o que fazer... o que me resta é obedecer as ordens dele...

Pac-...fica quieto!

Deixei sem querer uma lágrima escapar e recebi outro tapa mais forte.

Pac-Vc é um ômega ridículo! Por isso nunca teve um parceiro! E EU NÃO QUERO Q VC FIQUE CHORANDO! ME ENTENDEU?!?

Assenti com a cabeça.

Pac-E por ser um ômega desobediente... você vai ter uma punição...

Ele falou no meu ouvido, gelei só de pensar no que ele poderia fazer, nós dois ainda estávamos nús, ele aproveitou isso e me deixou de quatro.

Pac-é melhor vc calar a boca e não gritar... entendeu?

Assenti com a cabeça e senti o membro dele entrar em meu interior com tudo, gritei de dor e levei um tapa forte na bunda.

Pac-EU TE MANDEI NÃO GRITAR!!!

Deixei mais algumas lágrimas escorrem sobre o meu rosto, Pac comecou a dar estocadas fortes e totalmente dolorosas, tentei não gritar ou gemer de dor mas era impossível, a cada grito ou gemido de dor era um tapa forte em minha bunda.

Eu não conseguia segurar as lágrimas, Pac deu mais algumas estocadas e gozou em meu interior, ele saiu de dentro de mim e me colocou de frente pra ele.

Pac-seu corpo é uma delícia!

Ele falou no meu ouvido.

Mike-m-me deixa e-em paz... p-por favor...

Ele me deu um tapa no rosto.

Pac-CALA A BOCA!

Ele me jogou no chão com força, me arrastei até minhas costas colidirem com a parede, Pac colocou uma roupa e veio até mim e se abaixou para ficar na minha altura, mas quando ele ia falar algo do nada ele colocou a mão na testa e fechou os olhos com força, me escolhi abraçando minhas pernas e abaixei a cabeça.

Mike-p-por fa-favor... *Soluço*  n-não me ma-machuca mais....

Falei chorando, meu corpo temia de medo, então... senti o Pac...





Continua


Notas Finais


MUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH










Qui dó du Mike ;^; MASSSSS
Vcs vão entender isso mais pra frente....

Ksksksk

Mitw é Real
Sorry por qualquer erro!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...