História My little innocent Hybrid (Jikook Namjin Vhope) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bangtan Boys, Boyxboy, Bts, Fluffy, Híbrido, Jikook, Jikook Abo, Jikook/kookmin, Jimin Bottom, Jimin Híbrido, Jungkook Top, Kookmin, Lemon, Menções, Mpreg, Namjin, Vhope, Yaoi
Visualizações 1.182
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus híbridos pequenos e grandes♥

Aki está o capítulo, demorei um poquito, nem foi tanto assim gente, só uns 7 dias de atraso (eu acho)

Eu já revisei uns 4 capítulos aki nessa fic, então eu acho que logo eu tirarei o -EM REVISÃO-

Boa leitura!♥

Capítulo 20 - Ciúmes, Ciúmes E Mais Ciúmes... Pt2


POV's Jimin ON

Voltei para a a sala, onde estava Jiny e a Jennie Noona. As coisas que a Noona havia me pedido para fazer, ficava passando na minha cabeça.


Não dá atenção pro Jungkook, não importa o que ele faça.

Não chegue perto do Jungkook.

Dê atenção só para Jinyoung.


Isso vai ser um pouco difícil para mim, por que em tão pouco tempo eu já me acostumei a ficar tão grudadinho com o Jungkookie, mas eu consigo.

Jimin consegue.

— Jennie Noona, a Noona Yu tá precisando de ajuda na cozinha. — Ela assente, se levanta do sofá e vai até a cozinha onde Noona estava.

— Jiminie, senta aqui comigo. — Jiny me chamou, e fiz o que ele pediu.

— Vamos brincar de que Jiny? — Pergunto ao ver que não faziamos nada, apenas nos olhando.

E cadê o Jungkook?

— Hum.. Vamos brincar de Cadeia de pernas?

— Jimin não sabe como se brinca disso, mas Jimin já ouviu muita gente falar dessa brincadeira.

— Eu vou te ensinar então Jiminie, vem comigo, precisamos de duas cadeiras. — Ele se levanta, e eu faço o mesmo, o seguindo até a cozinha.

Chegando no cômodo desejado da casa, vemos Noona Yu e Jennie Noona rindo com um pouco de farinha na cara e nos braços.

Quando notaram nossa presença no local, elas pararam de rir aos poucos.

— O que foi pequenos? — Perguntou Noona Yu tentando limpar a enorme sujeira de farinha em cima do balcão.

— Jimin e Jiny vieram pegar duas cadeiras. — Falo.

- Pra que querem duas cadeiras? — Agora Jennie Noona perguntou, limpando o chão com a vassoura.

— Para agente brincar de cadeia de pernas. — Jiny responde animado.

— Ah, então fiquem avontade. — Noona Yu diz e vamos até as cadeiras.

— Tenho certeza que o Jiny é quem vai ganhar. — Jennie Noona diz.

Noona Yu para de limpar a bancada na hora.

— Nem aqui, nem no Brasil. Tenho certeza que meu Chimchim quem vai ganhar. — Noona Yu falou com Jennie Noona, e a mesma também havia parado de limpar o chão.

Eu e Jiny só observavamos as duas.

— Nana nina não, o Jiny é quem vai ganhar. — Aquilo estava um tanto engraçado. Jiny e eu seguravamos a risada.

— Ah você quer apostar é?! — Antes de Jennie Noona responde, Jungkookie entrou na cozinha.

— Apostar o que? — Perguntou enquanto espalhava os próprios fios no topo da cabeça. 

Ah que lindo.

Ignora jimin, ignora.

— Noonas, Jiny e Jimin já irão levar as cadeira para sala. — Elas assentem.

Pegamos as cadeiras, e saimos da cozinha. Ninguém além de Jungkook havia notado nada de estranho, por isso Jiny não me perguntou nada.

— Então, como se brinca de cadeia de pernas Jiny?

— Se brinca assim… — Ele começou a explicar tudo, e no final eu acabei entendendo.

As cadeiras estavam uma de frente para a outra, e nós dois sentados em cada uma, também de frente pro outro.

Suas pernas estavam juntas no meio das minhas, e cada uma de minhas pernas estavam do lado das suas. Ele teria que tentar abrir minha perna, se não conseguir, eu ganharia. Se ele conseguir, ele ganha.

— Já! — E o jogo começa com sua fala.

— O Jimin não queria se gabar, mas as pernas do Jimin são bem fortinhas. — Falo. Estava segurando os lados do assento da cadeira, sentia as pontas dos meus dedos gelarem pelo aperto que prendia um meu sangue.

— Vamos ver.. — Jiny tentava a todo custo abri minhas perninhas, mas não conseguia.


Depois de 2 minutos ele desistiu. E eu comemorei fazendo uma dançinha esquisita, onde meu rabinho nunca se mecheu tão rápido.

— Eu falei que ele ia ganhar. — Ouvi a voz de Noona Yu. Me virei vendo a mesma com a Jennie Noona na porta da cozinha.

— Na próxima Jiny ganha. — Jennie Noona disse.

— Até lá, vai passando meus cinquenta reais 'faz favor. — Noona Yu bateu na própria palma da mão, perto de Jennie Noona. E a mesma colocou cinquenta reais na mãos de Noona Yu.

— Jimin, posso falar com você? — Quando as Noonas voltaram pra cozinha, Jungkookie saiu do mesmo local.

— Jimin não está a fim de falar com o Jungkook. — Continuei a brincar com Jiny, agora ele fazia carinho em minhas orelhinhas.

Olhei para Jungkook, vi sua língua marcada na bochecha. Noona Yurin disse que quando ele fazia isso, ou mechia a língua em qualquer canto transparecido de sua bochecha, queria dizer que ele estava com ciúmes.

— Jiminie, por favor, preciso falar com você. — Voltei minha atenção até Jiny - que continuava a acariciar minhas orelhinhas - quando Jungkookie começou a se aproximar.

— Jiminie, não vai falar com ele? — Neguei a Jiny.

— Não o chame assim! — Jungkook alterou um pouco a voz ao se aproximar.

— Ele pode chamar o Jimin de Jiminie sim. — Falei em tom alto com Jungkookie.

— Mas só eu e a Yurin te chamamos assim Jimin, eu sou seu dono, e não ele. — Jungkook era diferente com ciúmes. Eu não estava bravo com ele, mas preciso parecer que estou.

— Mas você não ama o Jimin, o Jiny ama o Jimin, então sai daqui Jungkookie. — Ele assentiu meio triste, e saiu da sala. Subiu as escadas e foi para supostamente o seu quarto.

— Jiny.. — Chamo. — Você ama o Jimin? — Pergunto.

— Claro, você é muito legal Jiminie, mas eu te amo como amigo. Percebi que seu dono te ama mais que isso, mas ele não precisa se preocupar comigo. — Sorri, fazendo meus olhinhos virarem dois riscos. Noona me ensinou que se chama eye-smile. E abracei Jiny.

— Jiny é muito legal também, Taetae vai gostar de conhecer Jiny. — Nos separamos do abraço.

— Quem é Taetae? — Pergunta.

— É o amiguinho de Juminie, que também é híbrido. — Ele assentiu.

— Meninos, os lanches já estão prontos, venham comer. — Jennie Noona nos chamou.

Levantamos do sofá e fomos até a cozinha. Encontramos a mesa toda arrumadinha, com bolo, kimchi e suco na mesma.

A cozinha que antes estava suja de farinha, agora estava limpinha. Mas não podemos dizer o mesmo das noonas.

Noona Yu me puxou para um canto da cozinha, enquanto Jennie Noona é Jiny foram comer.

— Jiminie, cadê o Jungkook? Ouvi algumas palavras de vocês conversando. — Sussurrou.

— Jungkookie foi lá para cima, acho que para o quarto dele. Jungkook estava querendo conversar com Jiminie, e estava com ciúmes do Jiny. — Vi um sorriso brotar nos lábios da Noona.

— Está funcionando então. Ele deveria querer falar com você por que não o queria perto do Jiny, mas não ligue tá. — Assenti. — Agora vamos comer!

— Jiminie já tava com fominha mesmo..


Notas Finais


Qualquer erro ou seja lá o que, me avisem para eu poder concertar

Até o proximo cap😘♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...