História My little innocent Hybrid (Jikook Namjin Vhope) - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bangtan Boys, Boyxboy, Bts, Fluffy, Híbrido, Jikook, Jikook Abo, Jikook/kookmin, Jimin Bottom, Jimin Híbrido, Jungkook Top, Kookmin, Lemon, Menções, Mpreg, Namjin, Vhope, Yaoi
Visualizações 955
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus híbridos pequenos e grandes

Como prometido, aki está o cap de hoje
Não tá tão grande pq eu queria causar mais suspense
Tem umas coisinhas por vir aí


Boa leitura!😘

Capítulo 21 - Ciúmes, Ciúmes E Mais Ciúmes... Pt Final


Fanfic / Fanfiction My little innocent Hybrid (Jikook Namjin Vhope) - Capítulo 21 - Ciúmes, Ciúmes E Mais Ciúmes... Pt Final

Depois de comer, todos fomos para a sala, assistir qualquer coisa que passava na TV.

Jungkook tava na cozinha comendo sozinho. Eu até queria ir lá, mas ele não tá merecendo nem isso.

— Jiminie, o que você tem com o seu dono? — Jiny me cutuca, ao ver que eu estava olhando muito para a porta da cozinha.

Eu e Jiny estávamos no chão, enquanto as duas Noonas estavam conversando no sofá. Ninguém prestando atenção no aparelho a nossa frente ligado.

— É que Jungkook falo uma coisa que machuco o Jumin. — Olhei para minhas mãozinhas, brincando com meus dedinhos.

— O que ele falou? — Senti sua mão em meu ombro, e passei a olha-lo.

— Jungkookie disse que não ama o Jimin do jeito que Jimin ama Jungkookie. Jungkookie ama Jimin só como irmãozinho. — Jiny levou sua destra até a minha bochecha, e acariciou ali.

— Mas da pra ver que não é verdade, da pra ver nos olhos dele que ele te ama mais que isso. Só ele que não vê isso. — Sorriu para mim, e eu sorri de volta.

— Noona Yu e Jimin tem até um plano para fazer Jungkookie assumir isso.

— E como vão fazer ele assumir? — Perguntou em um tom curioso.

— Fazendo ciúmes em Jungkookie.

— Ah, também quero ajuda, posso? — Fiquei surpreso.

— Claro que Jiny pode.

— Então, o que iremos fazer primeiro?

— Hm, vamos.. — Nem terminei de falar, senti os braços de Jiny sercarem o meu corpo.

— O Jungkook acabou de sair da cozinha, ele tá olhando pra cá. — Sussurrou em meu ouvido.

Devolvi o abraço na hora. Quando nos separamos, Jiny me olhou sorrindo de ponta a ponta. Ele tava tramando algo.

— Então Jiminie, você não gostaria de dormir lá em casa não? Vai ser muito legal com você, meus amigos também vão.. — Ele tava me ajudando a fazer ciúmes no meu dono.

Olhei de relance para Kookie, e vi seu olhar mortal para Jiny.

— O jimin adoraria ir Jiny..

— Mas ele não vai. — Kookie me interrompe, chegando mais perto da gente.

— E por que ele não vai Jungkook? — Ouvi a voz na Noona Yu.

— Por que eu tô falando que não. — Falou um pouco mais alto.

— Ele vai sim, por que eu estou deixando ele ir. — Yu se levantou do sofá indo até Jungkook.

— Mas eu sou o dono dele, eu quem adotei ele, então eu que tenho que dizer se ele vai ou não, e ele não vai. — Já estavam quase gritando.

— Por que o Jimin não pode ir? —Perguntei um pouco irritado, e dessa vez era de verdade.

— Por que eu tô dizendo que não!

— Mas o Jimin quer ir, e não vai ser o Jungkook que vai impedir o Jimin. — Agarrei o braço de Jiny, que estava levantado, junto de mim.

Senti um aperto em meus braço e um puxão forte. Jungkook havia me puxado, fazendo com que meu corpo batesse contra seu peito.

— Não o quero perto desse moleque. Não gosto dele perto de você.. — Levantei um pouco meu rosto, olhando o seu. Meus olhinhos já estavam marejados.

— Me solta. — Me soltei bruscamente de seu aperto. — Jimin vai sim para a casa do Jiny, por que o Jiny da amor para o Jimin, diferente do de Jungkookie. Jimin tá muito triste e com raiva por Jungkook ter tratado Jiny mau. E Jimin tá mais bravo ainda por derrepente Jungkook estar tão diferente, tão bravo com algo que Jimin e Jiny não fizeram e descontou isso no bracinho do Jimin. — Meu braço tinha um vermelho marcado dos dedos do maior a minha frente. Estava doendo.

— Jimin.. — Ele tentou chegar perto de mim para me tocar, mas eu me afastei.

— Não toca no Jimin, se não Jimin vai te arranhar. — As minhas garrinhas apareceram.

Senti um formigamento em meu rabinho e em minhas orelhinhas, meus olhos ardiam. Meus pelos estavam todos arrepiados.

— Jimin.. — Yu me chamou e a olhei. Percebi logo sua aparência assustada ao me ver. — seus olhos.. Suas pupilas se contraíram


Notas Finais


Gente, vcs que não sabem o que é um olho de gato na hora que as pupilas se contraem, eu coloquei uma foto lá em cima, que é como o olho do jimin ficou, tirando a cor

Bye♥!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...