História My Little Princess - Camren - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Baby, Camilacabello, Camren, Fifthharmony, Laurenjauregui, Mommy, Romance
Visualizações 650
Palavras 1.633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - Capítulo 33


Pov Camila

Eu acordei com a minha princesinha mamando em mim. Ser acordada assim é tão gratificante, é uma sessão indescritível, só quem passa por isso para saber. A verdade é que Lauren não desgrudou do meu seio desde a madrugada e não me importo nem um pouco. Hoje eu irei ter que tirar leite e armazenar na mamadeira dela pois tenho que trabalhar.

Camila: bom dia bebê.

Lauren para de mamar e  me abraça.

Pov Autora

Lauren: dia mommy.

Camila: a bebezinha já acordou com fominha foi?

Lauren: xim mommy. Neném tomo muito leitinho.

Camila se senta e concerta seu sutiã e a camisola. Ela coloca a pequena no seu colo com a intenção de ter uma conversa com ela sobre o pesadelo que teve de madrugada. A latina achou aquilo muito estranho, principalmente porque a única coisa que Camila sabe que aconteceu de ruim com Lauren foi o dia que ela foi espancada por colegas do colégio, mais até onde ela soube nenhum deles tentou abusar de sua bebê.

Camila: bebê a mommy precisa te perguntar uma coisinha antes de levantarmos.

Lauren: o que mommy?

Camila: princesinha, a mommy quer saber se aconteceu alguma coisa de ruim antes de mommy te conhecer que te fez ter um pesadelo como o que teve ontem? Bebê a mommy só que entender sua cabecinha e seu coração.

Lauren: mommy bebê não gota de falar dixo. Puque maxuca bebê.

Lauren estava de cabeça baixa e se segurando para não chorar. Na verdade aconteceu algo com Lauren meses atrás que lhe causou muito sofrimento, mais os seus pais e irmãos fizeram de tudo para a pequena não ficar lembrando do ocorrido, por isso todos fingem que nada aconteceu.

Camila: tudo bem bebê. Quando quiser falar a mommy estará sempre seu para você princesa.

Camila tinha entendido que realmente havia acontecido algo no passado, mais não iria forçar Lauren a falar, porém ela iria conversar com Clara e Mike para sabe o que aconteceu e contar sobre o pesadelo da menina.

[Quebra de tempo]

Camila e Lauren já haviam tomado banho e já estavam arrumadas para sair. E como era de se esperar, Lauren não quis comer nada, ela só queria mamar e como uma boa mommy, Camila atendeu a sua pequena lhe dando de mamar.

Camila: neném a mommy vai tirar o leitinho para que possar tome quando mommy estiver trabalhando, tá bom?

A pequena apenas balançou a cabeça como sinal de positivo. Ela estava aproveitando para mamar o quanto podia. Já que sua mommy iria trabalhar.

Lauren ficou mamando por uns 5 minutos até ela encheu e tirou a boca do bico do peito de Camila. A latina se ajeitou e colocou Lauren sentadinho na bancada da sua cozinha para tirar o leitinho e colocar na mamadeira de Lauren. Tudo sob o olhar de sua bebê.

Camila: prontinho bebê. Agora vamos pegar nossas coisas que a mommy vai te deixar em casa para ir trabalhar.

Lauren: Kay mommy.

[Quebra de tempo]

Camila tinha acabado de chegar na mansão dos Jauregui's e estava entrando na mansão com sua bebê no colo quando avistou a mae de Lauren descendo a escada.

Clara: olha só quem chegou. Se não é a minha filhota manhosa.

Lauren: Mamaeeee. A bebê chego.

Lauren desce do colo de Camila e corre até a mãe que prontamente abraça a pequena e lhe enche de beijinhos.

Clara: olá Mila. Bom dia.

Camila: bom dia Clara.

Clara: a pequena te deu muito trabalho?

Lauren: Mamaeeee. Bebê é compotada.

Camila e clara riram do jeito que Lauren falou.

Camila: minha bebê não me deu trabalho nenhum. Ela se comportou muito bem.

Lauren: viu mamãe.

Clara: vi pequena.

Lauren: mamãe a bebê tomo leite de mommy.

Clara: tomou?

Clara olhou sorrindo para Camila que logo balançou a cabeça confirmando o que clara havia imaginado.

Lauren: bebê tomo e mommy tilo leitinho pla bebê tomar quando mommy tive tabaiando.

Clara: que bom meu amor. Assim você não fica sem seu leitinho não é?

Lauren: é mamãe.

Camila: bebê vai contar a sua bah enquanto a mommy conversa com sua mamãe.

Lauren: humm Kay. Mais não xai xem faia com bebê.

Lauren sai atrás de sua babá e clara fica preocupada por Camila querer conversar com ela a sós.

Clara: então Camila , aconteceu algo que você nao queria me contar na frente de Lauren?

Camila: sim clara. Aconteceu uma coisa que me deixou intrigada e preocupada.

Clara: o quê querida? O seu leite materno ter vindo tão rápido?

Camila: oh não Clara, haha. Eu me surpreendi mais não foi isso. Isso foi algo maravilhoso para mim e para a lolo. O que aconteceu antes disse que me deixou preocupada.

Clara: ah sim. Então me fale para que possa lhe ajudar.

Camila: ok, vou contar. Ontem depois do jantar, eu coloquei Lauren para dormi e logo em seguida fiz o mesmo. Só que logo depois a Lauren começou a ter um pesadelo. Ela chorava e gritava dizendo coisas sem sentido.

Clara: o que ela dizia?

Camila: bem, ela gritava mandando alguém sair, dizendo que a pessoa era monstro, que só eu podia tocar nela. Depois ela acordou gritando e chorando. Eu tentei acalma-la, dizendo que era apenas um pesadelo, mais dizia que tava com medo e dizia que ele ia pegar ela. E depois disso ela viu meu leite vazando e bom o que acalmou ela mesmo foi o meu leite. Quando ela descobriu a pequena começou a mamar e ficou calminha e logo dormiu.

Clara estava chorando com que Camila lhe contava. Ela sabia o motivo desse pesadelo e entendeu que Camila precisava saber de tudo.

Clara: aiii não acredito que tudo começou de novo.

Camila: tudo o que Clara? O que acha com a minha baby antes de conhecê-la?

Clara se levantou na hora. Ela achava que ali não era o lugar para contar tudo a Camila.

Clara: venha comigo querida. Aqui não é adequado para lhe contar o que aconteceu.

Camila seguiu clara até o escritório dela e clara trancou a porta. Camila se sentou e a mais velha fez o mesmo.

Clara: Camila quero primeiro te pedi que o que vou te contar não saia daqui e que não conte a Lauren que eu lhe contei o que aconteceu meses atrás.

Camila: jamais vou contar Clara. Pode confiar em mim, eu só quero ajudar a minha bebê.

Clara: bom, há uns 4 meses atrás eu havia notado que Lauren estava bem estranha. Muito calada. Ela não queria sair do quarto assim como aconteceu quando foi espancada. Então, eu combinei com meu marido e meus outros filhos que colocaríamos câmaras escondidas pela casa, inclusive no quarto dela. Ninguém notou isso, pois fizemos tudo de madrugada com todos dormindo. Como Chris sabe mexer nessas coisas tecnológicas não tivemos dificuldade em instalar. Então depois disso manitoramos tudo e em apenas algumas horas depois descobrimos o motivo de Lauren está estranha.

Camila: e o que era dona clara?

Clara respirou fundo, aquele assunto para ela era até pior do que falar de quando a filha foi espancada.

Clara: o quer era? Era o antigo motorista.

Camila: como é que é?

Clara: aqui tinha um motorista que tínhamos contratado apenas para levar Lauren com a babá para passear quando não podíamos e para quando ela quisesse ir para o hospital para brincar com as crianças com câncer do setor infantil. Nos primeiros dias estava tudo tranquilo, ele fazia tudo corretamente. Até que...

Camila: até que?

Clara: até que ele começou a se aproveita de minha filha. Quando instalamos as câmaras vimos em apenas algumas horas ele se insinuando para Lauren e entrando no quarto dela é era bem ali que o pior acontecia. Ele abusava de Lauren, da maneira mais covarde possível. Nesse dia nós fingimos que iríamos sair para um almoço de negócios e ficamos na esquina da nossa rua vento tudo o que ocorria em nossa casa pelos celulares. Tay e Chris também haviam saído a nosso pedido. Então minutos depois que saímos vimos o motorista subir a escada , se aproveitando da babá que estava na cozinha. Ele entrou no quarto de Lauren e começou a abusar dela. Nos vimos Camila e na mesma hora ligamos para a polícia e fomos socorrer nossa filha. Quando entramos no quarto o pegamos em flagrante. Nossa filha estava com a boca amarrada e o que provavelmente era o motivo de ninguém perceber nada.

Camila: ai meu Deus.

Clara: Lauren estava nua e chorando. Quando ela nos viu ela nos pediu ajuda com os olhos. O Mike segurou o canalha que queria fugir e riu de lauren. Os policiais chegaram e o levaram preso. Nos por muito tempo ficamos destruídos, nossa menina teve que passar por exames para comprovar que ele havia estuprado ela, foi um inferno.

Camila: esse maldito foi condenado?

Claro: sim. Felizmente nossa justiça é ágil aqui em nosso país. Ele foi condenado a ficar um dia na cadeira elétrica e em seguida a morte.

Camila: graças a Deus que a justiça existe aqui nos EUA.

Clara: pois é. Mais nossa Lauren sofreu muito. Ela todos os dias tinha pesadelos iguais ao que ela teve na sua casa. Então decidimos que iríamos fazer de tudo para que a dor diminuísse. Passamos ir todos os fins de semanas para a Disney. Era os dias que ela ficava realmente bem, não tinha pesadelos. Com o passar dos dias os pesadelos foram diminuindo até que ela não estava mais tendo eles. E logo em seguida você entrou em nossas vidas e a fez ser essa menina feliz. Só não sei porque ela teve esse pesadelo de novo.

Camila; talvez porque foi a primeira vez que ela não dormiu em casa. Isso é novo para ela. Não sei.

Clara: sim, pode ser isso. Mais mesmo assim vamos ficar de olho.

Camila: podem contar comigo no que for preciso. Eu amo a lolo mais que tudo e não a deixarei sofrer mais nada nessa vida.

Clara agradeceu a Camila por ela cuidar de Lauren e por sua vez, Camila agradeceu por confiar nela.

Camila logo depois da conversa foi se despedir de sua bebê e foi embora. Ela já estava atrasada para sua primeira consulta.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...