História My little Star - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Garnet, Lars, Pérola, Steven Quartzo Universo
Tags Stars, Steven Universo, Trans! Lars
Visualizações 43
Palavras 944
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Steven Universe pertence à Rebecca Sugar.
Espero Que gostem

Capítulo 1 - You're the shiniest star in my sky



Lars, um garoto trans andava pelas ruas de Beach city, quando ouviu uma bela voz. Ela vinha de um restaurante chique novo na cidade.
Era um garoto com aparencia de treze anos, e com idade de quinze anos. Ele tinha olhos e cabelo encaracolado castanho escuro, pele clara, àcima do peso. Ele usava um top e minissaia turquesa brilhante, sapato de salto branco e uma maquiagem com bastante brilho.
Era encantador aos olhos do garoto ruivo deslumbrado. O pequeno o olhou ao apontar para a plateia em polvorosa, ele sorriu para Lars, que podia jurar que seu coração falhou uma batida.
Quando a apresentação de Steven (o pequeno drag) se encerrou, ele foi ao encontro de Lars, escorado em um canto, sorriu.
_Olá, tudo bem? 
O..Oi, sim e você 
Tudo ótimo- riu- Meu nome é Steven e o seu? 
_Lar..Lars
_Gostei do seu cabelo Lars- disse apontando para o cabelo longo de Lars 
_Obrigado, gostei da apresentação, você canta muito bem Steven 
_Que bom que gostou- sorri- quer tomar algo, eu pago, ou podemos conversar no meu camarim
Você tem um camarim? 
_Sim- ri- vem- o garoto pega sua mão conduzindo-o ao seu camarim.
O lugar era pequeno, mas confortável, o menor pede para o ruivo se sentar no sofá carmesim
_E então, conte sobre você- o pequeno diz enquanto se senta na penteadeira, passando demaquilante no rosto com um pano.
_Eu sou daqui, meu sobrenome é Barriga, meus pais são meio hippies e mente aberta, o que facilitou o processo da transição
_Transição?- perguntou o drag, com interesse e tirando os sapatos 
_É, eu sou.. Transexual- disse apreensivo, mas sentia que podia falar com aquele garoto- eu era uma garota, Laramie é o meu nome, mas eu não me sentia uma garota, tive o apoio dos meus pais e tudo até fiz a cirurgia de mudança de sexo- seus olhos lacrimejaram- mas os outros me jugam, eles me olham estranha e e..-ele foi surpreendido por um abraço do menor, era forte e suave ao mesmo tempo 
_Tudo bem Lars -sussurrou, enquanto fazia cafuné nos cachos ruivos e cantarolou uma música- eu também tive problemas sabe? Como me visto, eu amo ser a "Star Unique" (nome de drag queen dele), muitos não gostam, me chamam de travesti, mas tudo bem, essa é uma parte de mim, e ser você mesmo é algo maravilhoso, se orgulhe por ter batalhado em se descobrir, Ok? _Ok- você Steven ou Star é incrível -sorri 
_Finalmente vi este lindo sorriso- o pequeno ri, há um período de silêncio.
Os dois trocam olhares, se aproximando devagar, seu lábios roçam suavemente, aprofundando-se até o beijo se tornar mais urgente, quente, as línguas batalhando por espaço, se separando quando o ar faltou, com a respiração descompassada.
        xxx
Na manhã seguinte, uma mulher entrou no camarim, alva, alta, olhos azuis e cabelo rosa pálido.
_Steven, você dormiu no camarim de novo? - disse notando seu afilhado dormindo de conchinha com alguém- e quem é essa garot..o? - perguntou ao notar que era um garoto, não uma garota 
_Pérola, já chegou? -disse o pequeno se espreguiçando- esse é o Lars- referiu-se ao ruivo adormecido- ficamos ontem, ele é legal
_Steven? Já acordou- o garoto  sonolento bocejou 
Pérola o olhava preocupada, ele era um pouco novo para namorar, Garnet surtaria! 
_Lars, essa é minha madrinha, Pérola, Pérola, Lars- Steven disse, apresentando-as 
_O..oi- Lars ficou nervoso 
_Olá- disse Pérola com um sorriso- 
_Steven Quartz Universe!-Steven sabia que estava encrencado ao ouvir a voz retumbante de Garnet na porta, notando o sorriso de Ametista, ao lado de Garnet- sabe que é novo para namorar, só tem 15 anos, não devia ter passado a noite aqui com alguém, ficamos preocupadas
_Desculpe Gar..- a mulher alta  morena e de óculos escuros o olhou com reprovação- tia Garnet, mas não fizemos nada de errado, prometo que vou avisar se demorar a chegar
_Tudo bem querido- disse, beijando-lhe a testa.- o garoto é fofo- cochichou a mulher, fazendo seu sobrinho corar até as orelhas. 
Enquanto isso Pérola e Ametista conversavam com Lars, gostaram do garoto de alargadores nas orelhas 
_O garoto está aprovado Steven- Ametista, a mais nova e brincalhona das três gritou 
_Olha os modos Amy, você os deixou sem graça- repreendeu a elegante Pérola, em resposta, a baixinha mostrou-lhe a língua- Urgh! As vezes você parece uma criança Amy
_É por isso que você me ama, certinha- disse beijando-lhe a bochecha e o canto da boca, fazendo a mais alta corar
Os outros riram da cena
_Gostei da sua família Steven 
_Elas eram muito amigas da minha mãe, eu às considero como minhas tias, são minha família, e tem meu pai também- disse sorrindo, mas seu sorriso ficou amarelo
_A Rose, mãe do Steven, faleceu no parto, ainda não consigo.. conseguimos superar- explicou Pérola, a ex de Rose
_Sinto muito, foi uma grande perda-Lars disse tocando o peito do mais novo, que o abraçou, escondendo as lágrimas
          xxx
Se tornou normal se verem todos os dias, Lars sempre ia nas apresentações de Steven, Steven o defendia dos bullies, passavam o dia todo juntos, começaram à namorar, em 3 semanas após terem se conhecido, o pedido foi feito por Steven, que era melhor em falar sobre os sentimentos e o ruivo lhe dissera que o pequeno era a estrela mais brilhante do seu céu.
Lars cortara o cabelo, e o pintou de rosa, Steven adorou a mudança no visual. 
Eles sabiam dos segredos um do outro, eram um par amável e improvável, quem diria que um drag Queen e um garoto trans dariam tão certo? 
"Quem irá dizer que não há razão nas coisas feitas pelo coração? " Legião Urbana 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...