História My Little Yoongi. - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bangtan Boys, Bts, Namjin, Romance, Sope, Vkook, Yaoi, Yoongi!botton, Yoonseok
Visualizações 278
Palavras 1.483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem voltou.
Eu mesma.
Não me matem pela demora pq já tenho mais dois capítulos prontos que logo serão postados ok?
E cadê meus Feliz aniversário? Foi dia 11 ok? Kkkk
Enfim, espero que gostem do capitulo até as notas finais.

Capítulo 9 - Seulgi


Fanfic / Fanfiction My Little Yoongi. - Capítulo 9 - Seulgi


...

Eram por volta das três da manhã, Hoseok dormia profundamente abraçado com Yoongi, como de costume.
O toque de seu celular dissipou o silêncio da madrugada e logo os dois estavam acordados.
— Hobi… Estão te ligando, atende. - Disse Yoongi sentando-se na cama. Hoseok também sentou-se resmungando um pouco e atendendo o telefone:
— Alô? Jiminnie? O que você quer essa hora? O-o que? Ela acordou?! Eu já 'tô indo, eu chego em quinze minutos! - Hoseok se levantou correndo até o guarda-roupas e se vestindo o mais rápido que podia, Yoongi encarava tudo confuso e sonolento.
— Yoon. - Chamou Hoseok após terminar de se vestir sentando-se ao lado de Yoongi. — Olha, eu vou ter que sair agora,me desculpa, mas é uma emergência. Eu vou pedir 'pra alguém vir ficar com você ok? Aí você não fica sozinho. Vou deixar comida e o Netflix aberto 'pra você ok?
— Mas Hyung, o que 'tá acontecendo?! O Hobi 'tá chorando?! - Disse percebendo que em meio ao nervosismo de Hoseok ele já chorava.
— É a minha omma Yoon, eu não posso explicar agora, mas quando eu voltar eu te explico tudo, vem comigo lá 'pra baixo. - Disse Hoseok fungando e pegando Yoongi em seu colo o levando para o andar de baixo.
Yoongi decidiu não protestar sobre ficar sozinho já que parecia ser algo sério e importante para o seu Hyung.
Hoseok o deixou no sofá e o cobriu com a coberta de gatinhos que sempre ficava ali. Ele correu até a cozinha pegando a caixa de pizza que havia sobrado do jantar e refrigerantes da geladeira, colocou tudo em cima da mesinha de centro da sala e pegou o controle da TV colocando na sua conta do Netflix e entregando a Yoon.
Hoseok ajoelhou-se de frente para o pequeno que se encontrava sentado no sofá, Yoon estava assustado, Hoseok podia ver isso em seu olhar.
— Escuta bebê, eu realmente preciso ir agora, mas eu volto já e então te explico tudo isso 'tá? -Yoongi assentiu se acalmando um pouco e Hoseok depositou um beijo em sua testa. — O Hobi te ama bebê. - Yoongi não pode evitar sorrir com isso e sentir seu coração se aquecer.
Yoongi se aproximou o suficiente para depositar um breve selinho em seus lábios e secando as lágrimas de Hoseok com seus dedinhos.
— Vai ficar tudo bem Hobie-ah. - Yoongi sorriu tentando passar calma ao mais alto.
Hoseok sorriu fechando seus olhos e colando suas testas.
— Obrigado Yoon… Eu... E-eu realmente te amo muito. - Yoongi novamente sentiu seu coração se acelerar.
— O Yoongi também ama muito o Hobi... Mas agora o Hoseokie-hyung tem que ir, Jiminnie está esperando certo? - Disse Yoongi se afastando um pouco.
— Certo Yoon. - Hoseok abriu seus olhos sorrindo fraco e surpreendendo o pequeno com um beijo, não era nada lascivo ou com segundas intenções, era apenas um selinho demorado e cheio de carinho. Esses Beijos acalmavam Hoseok e era por isso que havia o beijado novamente, mas logo se separaram e Hoseok se despediu do gatinho saindo apressado com a chave de seu carro em mãos.
Yoongi tinha medo de ficar sozinho, principalmente sendo três da manhã e estando tudo escuro.
Mas ficaria quieto e não choraria até Hoseok voltar, Yoongi entendia que ele precisava resolver coisas importantes, ele só estava curioso para saber o que havia feito Hoseok chorar daquela forma bem na sua frente.
Entre esses pensamentos Yoongi acabou deixando o filme que colocara para assistir, de lado, acabou adormecendo novamente.

— Por favor o quarto da senhora Jung Seulgi. - Hoseok declarou ao chegar à recepção do Hospital.
— Oh, senhor Jung, seu irmão me avisou que viria. Siga por aquele corredor é a segunda porta a direita, ele pediu que mandasse o senhor entrar, parece que… Ela quer te ver.
O coração de Hoseok parecia que ia sair de seu peito a qualquer instante.
Ele agradeço brevemente a garota da recepção correndo apressado até o quarto, abriu a porta um tanto atrapalhado por conta do nervosismo e então viu…
Ela estava ali, estava bem, estava viva e acordada, ela o olhava, ele a olhava e Seulgi sorria amplamente, o sorriso idêntico ao do filho. Jimin a ajudou a se sentar na cama para que pudesse encarar melhor o filho.
— M-Mãe? - Hoseok já chorava novamente assim como sua mãe e Jimin. Seulgi sorria para o filho enquanto abria seus braços em um pedido mudo por um abraço, pedido este que foi logo concedido por Hoseok que correu ao encontro de Seulgi, a abraçando forte.
Hoseok chorava como um bebê nos braços da mulher e logo Jimin se juntou ao abraço. Os três choravam e sorriam ao mesmo tempo, e após aquele abraço Hoseok sentou-se na beira da cama, respirou fundo abaixando o olhar para suas mãos que tremiam, olhou nos olhos da mãe e enfim conseguiu dizer algo:
— E-Eu senti sua falta. - Sorriu fraco.
— Eu também sentir muito a sua falta Hoseokie. Ah, filho faz tempo que você não vem me visitar aqui. - Hoseok encarou confuso a mulher que sorria terna.
— Como sabe disso? - Se aproximou mais da mãe enquanto Jimin ria fraco sentando-se na poltrona ao lado da cama.
— Bom, eu não estava totalmente inconsciente, meu amor, eu apenas não conseguia me mover nem mesmo abrir os olhos, o doutor disse que isso é muito comum hoje em dia. E vocês não fazem idéia do quão frustrante era ver vocês chorando e não poder ao menos abraçá-los.
— Aish, omma. Nós ficamos tão perdidos sem você. - Jimin dizia sorrindo para a mãe enquanto Hoseok apenas pensava em seus atos irresponsáveis depois que a mãe entrou em coma.
— Não verdade… Jimin foi bem responsável nesse período, eu quase destruí minha casa e tive que deixar a empresa no comando de Jin e Nam-Hyung. E-eu entrei em pânico com todos os problemas omma, eu não fui forte o suficiente.
Seulgi rapidamente abraçou o filho forte fazendo um carinho em suas costas e deixando que ele chorasse m seu ombro por longos minutos, nesse tempo Jimin resolveu deixá-los à sós, afinal Hoseok tinha muita coisa pra contar a sua mãe e Jimin poderia roubá-la um pouquinho depois.
Por hora resolveu ligar para Jin e Nam e avisar sobre o despertar de Seulgi.
— Pode contar tudo pra mim filho, a omma está aqui pra te ouvir Hoseokie. - Hoseok soluçava se separando da mulher para tomar fôlego e enfim contar tudo o que aconteceu em sua vida durante esse tempo todo.

— […] Então ele apareceu omma, ele é baixinho, branquinho e mimado com orelhas e cauda pretas, ele é como um bebê sabe? Mas por incrível que pareça ele é mais velho que eu. Eu… Eu me apeguei a ele muito rápido sabe? Eu tenho muito medo disso.
— Oh ele parece ser adorável, mas filho, por que sente medo? - Ela perguntava a Hoseok que parecia um tanto aéreo olhando para a janela.
— Porque, omma, da última vez que eu me senti como eu me sinto com Yoongi, eu acabei sendo traído na minha própria casa.

Yoongi já havia acordado e encarava a fresta de luz que vinha da cortina da sala, ele sentia muita vontade de chorar e chamar por Hoseok para que viesse o salvar de toda essa escuridão, ele abraçava seus próprios joelhos enquanto segurava o choro com todas as suas forças, deixando suas bochechas em um tom avermelhado.
— Hobi… P-por favor chega logo. O Yo-ongi não gosta de ficar sozinho no escuro. - Ele soluçava chamando por seu Hyung e começando a chorar. Ele tentou ao máximo, mas ficar assim solitário era suco ponto fraco, ainda mais agora que a TV havia desligado sozinha enquanto ele dormia e o controle deveria estar jogado pelo chão, se o achasse teria mais claridade mas não se arriscaria em ficar procurando coisas naquele escuro todo.
Não sabia quanto tempo havia dormido mas parecia ter sido um bom tempo, a luz do sol ainda estava bem forte vindo da fresta da cortina então ele supôs serem mais ou menos meio dia.
Yoongi quase deu um pulo de susto quando escutou um barulho de chaves na porta.
Mas ao mesmo tempo em que se assustou se sentiu animado pois Hoseok havia chegado.
— Hobi-hyung! - Exclamou ao que via Hoseok abrir a porta sorrindo, mas ele não estava sozinho, ele estava com Jimin e alguma outra pessoa. Era uma mulher, ela estava em uma cadeira de rodas e sorria para Yoongi, que por instinto, se escondeu atrás do sofá com medo da até então, desconhecida.
— Yoonie, não precisa se assustar, sou eu. - Disse Hoseok sorrindo e vendo Yoongi levantar um pouco mostrando apenas seus olhos e suas orelhinhas que se moviam a cada passo que Hoseok dava em sua direção. Ele estava assustado.
— Yoongi, não precisa ter medo, eu trouxe alguém muito importante para mim, 'pra você conhecer… - Hoseok foi até o sofá pegando o gatinho assustado em seu colo. — Yoonie, essa é Seulgi, minha mãe.


Notas Finais


Uuuuu
A mãezinha do Hobi acordou minha gente.
Olha, a partir daqui as coisas vão ficar mais interessantes.
E posso contar um segredo? ...
O LEMON TÁ PERTO HEIN
Bjs meu bbs amo tus 💕🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...