1. Spirit Fanfics >
  2. My Love - Imagine Min Yoongi >
  3. The Past

História My Love - Imagine Min Yoongi - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Uma boa noite para todos vocês venho com mais um capítulo e o maior heheh

Espero que gostem xuxus

Boa leitura

Capítulo 7 - The Past


Fanfic / Fanfiction My Love - Imagine Min Yoongi - Capítulo 7 - The Past

Yoongi On.


 Quando sai do estúdio de Hana, fiquei transtornado ao lembrar de cada palavra que soavam de sua boca em minha mente .

 "Ah! Mais não parecia ser um erro,suas atitudes me dizia que estava amando tudo aquilo".

 E literalmente estava amando tudo aquilo pois ela correspondeu, e isso me deixou com borboletas no estômago, mais não posso continuar,pois já sofri demais, e prometi a mim mesmo que nunca mais iria me apaixonar ou algo do tipo novamente .

 "Não estou a fim de obter sentimentos por alguém,até porque é cedo de mais".

 A cada palavra recordada eu sentia como se um punhal estivesse sendo encurralado em cada parte de meu corpo, no momento em que eu estava dizendo que tinha sido um erro tudo aquilo,de certa forma me destruia inexplicavelmente.

 Eu estava extremamente nervoso com tudo aquilo, que a primeira coisa que eu vi em minha frente mandei para bem longe, quando olho para o lado a vejo me encarando com seu olhos levemente vermelho ela estava...chorando?

 -O que faz aqui Hana?-Pergunto desviando o olhar da mesma.

 -Yoongi, por que está fazendo isso? Por que insiste em dizer que foi um erro tudo aquilo? Eu sei que tanto você quanto eu nos conhecemos ah pouco tempo mais aquele beijo foi incrível-Dizia já com lágrimas em todo o rosto.

 -Por que você está chorando Hana?-Pergunto sem responder nenhuma de suas perguntas.

 -Me responda Yoongi!-Dizia com a voz um pouco alterada.

 -Não Hana,já disse tudo que eu tinha para dizer-Digo e vou até meu carro saindo dali, porque se eu ficasse mais algum minuto ali não iria suportar vê-lá e ouvi-lá chorando daquela forma que estava me destruindo mais ainda.

 Chego em casa e vou até a cozinha pegar um copo e uma garrafa de Soju minha bebida favorita, logo subo para o meu quarto com a garrafa de bebida embaixo dos braços, entro e fecho a porta, coloco uma música para tocar, fico ali tomando minha bebida até não aguentar mais pois quero esquecer tudo que houve entre eu e Hana hoje, minutos depois escuto meu celular tocar, olho no visor com dificuldade para enxergar e consigo ver o nome do Nanjoon e atendo. 


Ligação On.


 "Oi Yoongi, como está? "


 "Mu-muito be-bem Na-Nan".

 

 "Tem certeza? Pois não parece".


 "Nunca estive ta-tão be-bem Nan".


 "Yoon! Você está bêbado?!".


 "Cla-claro que não Nan,só bebi alguns,gole para melhorar o meu dia só isso".



 "Irei ligar para a Hana, pois ela é a segunda pessoa mais próxima de você depois de mim, no momento não posso ir estou resolvendo umas coisas com o Jin, ela irá cuidar de você".


 Antes mesmo que eu pudesse dizer um "NÃO PRECISA" ele desliga, droga!


...


Nanjoon On.


 Estava eu e Jin no Shopping, fazendo umas compras para a nossa casa, pois apartir de manhã irei morar com ele em seu apartamento, quando estávamos andando no Shopping, vejo o Tae, Kook, Jimin e Hoseok em uma loja de acessórios, certeza que Tae está comprando alguma coisa, porque se tem alguém que ama acessórios esse alguém é Tae, pego nas mãos de Jin e o puxo até os meninos.

 -E ai pessoas! Como estão todos?-Pergunto animado.

 -Ah! E ai Nan, estamos bem e você? -pergunta Jimin.

 -Bem também-Digo o olhando.

 -Ei! Eu também estou aqui tá- Diz Jin que até agora não tinha sido comprimentado pelos meninos.

 -Aah! Olá Jin não te vimos ai desculpas, como está?-Diz Hoseok rindo.

 -Hahaha! Tô morrendo de rir engraçadinho-Diz Jin debochando do amigo- E eu estou bem obrigado. 

 -Achei que Yoongi estivesse com vocês-Pergunto para os meninos que logo negam com a cabeça.

 -Não o vimos mais desde quando saimos do estúdio de Hana-Diz Tae com sua atenção nos acessórios.

-Que estranho-Digo franzindo a testa-Vou ligar para ele.

 Me afasto um pouco dos meninos e ligo para ele que logo atende...

Assim que desligo fico preocupado, pois ele estava bêbado, o que está acontecendo com este menino? Logo, ligo para a Hana que atende o telefone chorando. Pronto, hoje por acaso é dia Internacional dos sentimentais e bêbados?


Ligação On.


"Olá Hana,o que está acontecendo?".

 

 "Aah! Olá Nan, nada que deve se preocupar".


 "Mesmo? "

 

"Mesmo Nan, é sério fica tranquilo, então houve algo? ".


"Ah, estava me esquecendo já, você está ocupada?".


 "Não, por que?".


 "Yoongi, está muito mal na casa dele, deve ter acontecido algo com ele que o fez beber até ficar ruim e no momento não posso ir até lá estou resolvendo umas coisas com Jin, então como você é a segunda pessoal depois de mim mais próxima dele,.achei que séria perfeito, se você poder estarei grato".


 "Ah! Meu Deus! Como assim ele está mal? Me manda o endereço dele que irei agora mesmo lá".



 "Tudo bem, muito obrigada Hana".


 "Acha Nam que isso, quando precisar".


 Ao desligar a ligação envio para Hana o endereço de Yoongi. E logo volto até os meninos.

 -E ai, onde ele está?-Pergunta Kook mexendo nos cabelos de Jimin, que até agora não tinha se manifestado.

 -Aah! Ele está na casa da tia dele resolvendo umas coisas dela.-Minto, eles não precisam saber não é mesmo, até porque não quero estragar o passeio.

 -Assim.-Diz voltando sua atenção até os cabelos de Jimin.


...


Hana On.


 Quando recebi a ligação de Nanjoon falando que Yoongi está muito mal meu coração parou naquele exato momento, um arrepio passou pelas minhas espinhas gelando até a alma e uma vontade enorme de chorar se fez presente.

 Quando desligo a ligação aguardo o endereço de Yoongi que em menos de um minuto é entregue. Leio o endereço e pesquiso no GPS, vejo a trajetória e não teria trânsito no caminho, agradeci mentalmente, pois quanto antes chegar melhor.

 Tranco o meu apartamento, e desço até o estacionamento pego meu carro e sigo até a residência de Yoongi.

 Quando chegou não bato na porta e nem toco a campainha, apenas adentro a residência do mesmo e tranco a porta com chave e subo até seu quarto, quando chego na porta a mesma se encontrava trancada.

 -Yoongi, abre a porta sou eu Hana-Digo batendo na porta desesperada.

 Logo consigo ouvir a voz do rapaz já mole do outro lado.

 -Vai embora Hana, não quero te ver, você é a culpada por eu estar assim.-Solta as palavras sem piedade.

 -Deixa eu te ajudar Yoongi-Bato na porta ainda mais desesperada e deixo as lágrimas cairem novamente. 

 -Não Hana! Já disse que não, vai embora- Diz com certa dificuldade.

 Quando vejo que o mesmo não iria abrir a porta tento arromba-lá mais sem sucesso, então desço até sua cozinha e procuro por uma chave reserva, por sorte a encontro, subo correndo as escadas e quase caio mais me seguro a tempo no corrimão, procigo o meu caminho e coloco a chave com dificuldade na fechadura pois minha vista estava embaçada por causa das lágrimas que ainda insistia em cair.

 Quando abro, me deparo com Yoongi caido no chão, corro até ele e o mesmo me encara.

 -Eu disse para ir embora Hana-Diz fechando seus olhos.

 -Não Yoongi, vou te ajudar venha-O levanto passando meu braço em sua cintura e seus braços em volta do meu pescoço.

 -Não pedi sua ajuda-Solta mais uma fez sem piedade.

 -Yoongi, pelo amor de Deus para de ser assim-Digo já sem paciência-agradeça que mesmo você fazendo isso comigo estou aqui te ajudando.

 O mesmo não fala mais nada apenas tomba sua cabeça para baixo e ali fica, o levo para debaixo do chuveiro com roupa e tudo e ele começa a reclamar na água gelada.

 -Poxa, Hana é me jogando com roupa e tudo em baixo de uma água gelada que você quer me ajudar-Diz reclamando. 

 -Fica quieto só melhora logo-Solto baixo mais o mesmo escuta.

 -Sabe Hana, me perdoa pelo o que te disse hoje, eu apenas tenho medo de me envolver com alguém e sofrer mais uma vez-Diz de olhos fechados ainda no banho.

 -Não precisa se desculpa, te entendo sei que não é fácil proseguir a vida depois de uma decepção, só quero que saiba que ainda estarei aqui quando precisar, mais não aproveita ok-Digo tentando fazer o mesmo sorrir.

 -Já que está disponível quando eu precisar, o que acha de me ajudar com está roupa aqui?- Me pergunta olhando nos meus olhos.

 -Eee...-Sinto meu rosto queimar de vergonha.

 -Não precisa ficar com vergonha Hana-Diz tirando sua camisa com um pouco de dificuldade-Ou você nunca ajudou um homem com 26 anos a tirar a roupa do corpo?

 -Ei Yoongi! Para eu vou te ajuda-digo com uma certa vergonha-Como está se sentindo? -Pergunto para o mesmo me aproximando.

 -Com a sua ajuda e presença muito melhor-Diz observando cada movimento meu.

 -Aiaiai-Digo o ajudando a terminar de tirar sua camiseta.

 Quando tenho total visão de seu peito uma vontade enorme de toca-ló passa por todo meu corpo.

 -Pode tocar em mim-diz lendo minha mente-Não mordo a não ser que você deixe.

 -Não Yoongi, se deixar isso acontecer não irei responder por mim-digo sorrindo de lado.

 -Mais quem disse que eu quero que responda por si- Perguntou envolvendo minha cintura.

 -Yoongi...Não faz isso por favor, você mesmo disse que tudo isso é um erro e quer continuar?-Pergunto na intenção do mesmo me soltar mas não funciona.

 -Apenas aproveita Hana-Diz descendo vários beijos em meu pescoço me fazendo curvar em seu colo.

 -Não Yoongi, se isso for para acontecer que possa acontecer, com os dois sóbrios e sentindo o mesmo-Digo o impedindo de continuar tal ato.

  Saio de seu banheiro o deixando terminar seu banho, e vou até a cozinha para fazer algo para que ele pudesse comer.

Minutos depois o vejo descendo da escada com seus cabelos úmidos e levemente bagunçado e seu peitoral à amostra, este garoto sabe ser lindo e sexy ao mesmo tempo meu Deus, chacoalho minha cabeça para sair dos pensamentos pervertidos que estavam me invádindo lentamente.

 -Tá tudo bem Hana?-Me pergunta me encarando.

 -Aah! Sim está sim Suga-Arregalo meus olhos lentamente e me pergunto quando foi que pegamos tanta intimidade até o ponto de dar um apelido para e garoto, que se quer parava de me olhar.

 -Gostei do apelido-Diz com um sorriso no rosto.

 O tempo que o conheço, essa está sendo a primeira vez que vejo um sorriso tão lindo e verdadeiro em seu rosto.

 -Eeee... Preparei uma comida Brasileira para você, como descobri que sua comida favorita é carne descidi fazer, uma carne de panela com batata e arroz branco para você-Digo com um sorriso no rosto-O que acha de vir comer já está pronto. 

 -Huum, parece maravilhoso você dizendo assim, com certeza quero saborear está delícia-Diz se sentando no balcão para se servir-Tira para você comer também junto comigo Hana.

 Me sento de frente com  mesmo e começo a me servir, começamos a conversar sobre assuntos aleatório, quando escutamos a campainha soar por todo o apartamento.

 -Vai lá atender Suga-Digo para o mesmo que me encara.

 -Aah! Vai lá você Hana por favor, minha casa é sua casa também -Diz com uma certa preguiça em sua expressão.

 -Tudo bem, eu vou- me levando e vou até a porta.

 Quando abro a porta, vejo uma mulher de silhueta longas e muito bonita por sinal.

 -Quem é Ha...-Diz Yoon que não termina sua frase-O que faz aqui Sila?

  O olho rapidamente.

 De onde eles se conhecem?".

 







 


Notas Finais


O que acharam? Estão passando ódio com o final?
Comentem ai sem vácuo em!


Desculpa algum erro de ortografia pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...