1. Spirit Fanfics >
  2. My Love At First Sigth - ABO - Seongsang >
  3. Cap 6

História My Love At First Sigth - ABO - Seongsang - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Cap 6


12:23

12:23 e nada do "casal" acordar. Mina já havia acordado e brincava no jardim com uma das moças que trabalhavam ali na casa. Quem trabalhava ali estava estranhando o alfa ainda não ter acordado. Então uma delas decidiu ir lá no quarto. O único problema é que essa beta que ia até o quarto era muito "oferecida". Ela sempre ficava dando em cima de Seonghwa e sempre usava roupas, extremamente curtas. Mesmo a pedido do alfa, que pedia para ela usar roupas mais longas, ela ignorava. E digamos que Seonghwa nunca foi a melhor pessoa para colocar ordem em alguma coisa.

Mas a questão era que, se Yeosang visse aquela beta dando em cima de Seong....o resultado não seria o melhor

Eles dormiam de um jeito tão fofo que dava até dó de acordar, mas a beta que estava não sentia essa dó.

- Sr. Park acorda, já são meio dia e meio - parece que quando Yeosang ouviu isso ele agarrou-se mais ao alfa - Sr. Park

- Eu já acordei Lalisa! - Ele deu uma pausa e olhou em direção a ômega - O que eu já falei sobre essas roupas?

- Que não me quer com esse tipo de roupa...

- Amanhã venha com uma roupa mais adequada por--

- Que porra é essa?! Quem é você? E porque você tá com essa roupa de puta na frente do meu alfa?! Aí! Nem responde! Vaza daqui vai!! - Seong sorriu com a fala do ômega, já a beta só bufou e saiu do quarto batendo pé - Sai! Desgruda! Não quero papo com você!

- M-mas o que eu fiz Sang?!

- Aí não me estressa não! - Yeosang fala indo em direção ao banheiro. Ele procura escovas novas. Ele escova os dentes e sai do banheiro. Ele olha o alfa que mexia no celular - Seonghwa...onde é a cozinha? A sua casa é muito grande

- Tá, daqui a pouco - o alfa fala com os olhos vidrados no celular

- Seonghwa solta essa porra.

- Tá bom

- Hmmmm...amor?

- Claro

- Hwa?

- Ok
 
O alfa mexia no celular de um jeito que parecia que ele nem piscava. Mas tinha um porém....

O ômega foi até o alfa ficando de frente com ele. O mesmo pegou o celular da mão do mais velho e colocou em cima do criado mudo, em seguida cruzando os braços e olhando com uma cara nada feliz para o alfa

- Que foi Sang?

- Você ouviu algo que eu disse?!

O alfa fez uma cara sapeca e deu um sorriso mínimo, tentando disfarçar

- A parte que você me chamou de amor, ou na parte que ficou bravinho? - o alfa falou se sentando na cama e puxando o ômega pela cintura para seu colo

- Como você é idiota Seonghwa!

- Seonghwa não! Amor a partir de agora

- Nada de amor não! Hmm...Seonghwa, quando eu volto para a escola e para o trabalho?... - o ômega falou baixinho a última parte

- Por mim...você nem voltava. Mas, fazer o que né? Quando você quiser

- Eu posso ir amanhã?!

- Pode - Seong fala com uma voz tristonha

- Ebaaaaaa! Obrigada meu amorzinho! Aiii eu te amo! Eu te amo! - Yeosang fala dando beijos pelo rosto de Seong

- Você me ama?

- E-eu....falei errado! Ignora, foi...o calor do momento! - Yeosang fala todo envergonhado, o rosto dele estava corado

- porque você errou?

- Aí Seonghwa! Me mostra a cozinha logo! E cadê minha irmã!?

{>>>}

- E aqui por último é meu quarto - Seong fala

Seong já havia apresentado a casa inteira para Yeosang e Mina. Yeosang prestava atenção em tudo, já Mina andava com a cabeça meio baixa. Seonghwa até percebeu, mas não sabia se perguntava o que aconteceu, ou deixava quieto. Então por dúvida ele decidiu perguntar

- O que aconteceu pequena?

- E-eu queria ficar um pouco mais com a vovó Hani - Mina fala baixinho

- Eu vou falar com-- — Seong é interrompido pelo celular, que apitou indicando uma mensagem nova. O alfa pegou o celular e desbloqueou. E por incrível que pareça Yeosang decorou a senha do alfa sem intenção, mas decorou - Olha que coincidência. A vovó acabou de mandar mensagem perguntando de você! Você quer ir lá?

- Quero! Eu posso Oppa?! Por favor!! Eu prometo me comportar!

- Ok ok! Pode ir minha pequena. Mas antes você tem que se arrumar ok? Vai lá no quarto que você vai ficar - Yeosang fala e em seguida pegando a alfa no colo e girando, fazendo a menina dar uma risada gostosa de se ouvir. O ômega coloca a menina no chão, deixando um beijo no rosto da menina, antes da menina sair correndo em direção ao quarto

Aquilo deixou Yeosang tonto, ele sentiu sua cabeça doer e suas pernas fraquejarem. Ele por segundos sentiu que iria cair ali mesmo. Então ele segurou no pulso de Seonghwa que atendia uma ligação, a quão ele tinha acabado de receber

- S-seong - Yeosang fala baixo, e Seong o olha preocupado - A-ai - logo Seong desliga o telefone o colocando no bolso

- Sang, o que aconteceu?

- Me a-ajuda

Seonghwa pega o ômega no colo o levando para sala. O deixando no sofá

- Minha cabeça dói...

- Quer ir médico? Ou quer um remédio? Ou um chá?

- Nada, eu vou ir aju...Seong nem eu nem ela tem roupas aqui...eu tenho que-- Aí!

- O que foi?! Aconteceu algo?!

- Seong...por favor, você consegue ir na minha casa e buscar roupas minhas e da Mina. Aliás eu vou junto..vou ficar por lá mesmo...

- Porque? Fica aqui comigo

- Primeiro se livra naquela coisa que estava no quarto hoje de manhã. Mas eu não quero você perto dela, aí a gente conversa. Segundo todas minha coisas estão lá inclusive, meu uniforme da escola e do meu trabalho

- Ok Sang já que você vai para lá...eu vou ter que ficar aqui sozinho nessa casa enorme. Com todas minhas funcionárias...incluindo Lalisa

Por segundos Yeosang pareceu processar tudo. E quando ele terminou seu raciocínio arregalou os olhos, olhando para Seonghwa

- Park Seonghwa porque você tem só funcionárias, mulheres e maioria são ômegas ou betas?!

- A-ah...porque...eu prefiro homens. Por isso eu gosto de você

- Eu nasci ontem não viu Park? A única que eu gostei foi a senhorinha

- e da Solar? Ela é legal, faz uma comida maravilhosa e bem boni-- - o alfa parou de falar com apenas uma olhada de canto de rabo do ômega - Engraçada! - o alfa ri nervoso

- Fica de graça mesmo Seonghwa! Você já me conhece o bastante para saber que eu não sou nenhum um pouco paciente - o ômega fala se levantando - eu vou chamar a Mina

{>>>}

Nesse momento Yeosang tirava as roupas de sua mala e colocava no guardava no closet de Seonghwa, já que o alfa literalmente implorou para o ômega ficar em seu quarto junto dele. Ele chegou a encher o ômega de beijo e carinhos, não deixando opção para o ômega. Ele iria ficar em sua casa mas o alfa o encheu tanto que ele acabou cedendo. Mas ele deixou claro que só ficaria por uma semana, e só ficaria se aquelas mulheres não ficassem lá. Menos a senhorinha que o ajudava a guardar as suas roupas no closet. Ele havia gostado da senhora, ela lembrava muito sua mãe. Ele estava sozinho no quarto com a senhora, e Seong estava no bendito escritório. Logo o ômega iria atrás do alfa, mas naquele momento ele conversava com a senhora com um grande sorriso no rosto. A pequena alfa já estava na casa de mãe de Seong. A qual se apegou a menina, e até pediu que Yeosang a deixasse dormir lá, e o ômega mais uma vez naquele dia cedeu mais alguma coisa

Depois de um tempo a senhora desceu para preparar a comida para mais tarde, então Yeosang teve a brilhante ideia de ir perturbar o alfa. O pequeno problema é que quando o ômega chegou lá adivinha quem estava na sala. Outra ômega. Essa ainda usava roupas adequada, tirando o pequeno decote que tinha em sua blusa. Seonghwa nem prestava atenção na ômega, que por mais engraçado que pareça ficava com o decote bem perto dos olhos de Seonghwa. Aquilo para variar deixou Yeosang bem nervoso então ele foi para o quarto deitar na cama. Afinal sua cabeça ainda doía e ele não estava afim de piorar a dor, se estressando com o alfa e muito menos com a ômega. E ali ele dormir tranquilamente



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...