1. Spirit Fanfics >
  2. My love ran away >
  3. Capítulo Único

História My love ran away - Capítulo 1


Escrita por: CecihS2

Notas do Autor


Oi!
Mais uma one-shot.
Desta vez do tomate Zz
Espero que gostem <3.
Passado após o ep 16 O.o.
Mas ninguém terá consolado ela O.o
Até lá embaixo!

Capítulo 1 - Capítulo Único



Não queria conversar.
Ignorei todos que querem o meu bem.
Ele acabou comigo.
Desde aquele dia que partiu o meu coração.
A hoje.
Quero olhar para ele e dizer que amarei ele para sempre.
Mas mesmo sendo deste jeito, não posso quebrar o que prometi.
Não falarei mais com ele.
Os meus amigos queriam me apoiar.
Mas eu, feito tola. Ignorei-os.
Naquele momento eu apenas queria viver.
Viver em um mundo onde apenas eu existisse.
Todos os outros fossem fumaças que desaparecerão com o tempo.
Meu celular não deixava mais de vibrar.
Milhares de ligações não atendidas.
Eu queria atendê-los e dizer que sinto muito por ter abandonado eles.
Mas não dá.
Um lado de mim me obriga a me fazer viver no meu próprio mundo.
Mas eu não poderei mais faltar a aula.
A cama estava tão confortável.

(...)


Ao verem o meu estado muitas pessoas soltavam risadinhas ou sussurram algo como "coitada...". 
Eu só quero paz.
Puxei o capuz, cobrindo minha cabeça.
Andei olhando para os meus pés.
Não quero ter nem chance de acabar olhando para ele ou para qualquer um.
Mas foi em vão, já que acabei esbarrando em um ser de longos cabelos brancos e olhos dourados.
—Yumiko? —Perguntou Rosalya, com o rosto pasmo.—
Eu não respondi, mas levantei minha cabeça para poder encará-la.
—Yumi?! Que olheiras são essas? —Ela disse, alegre por ter me encontrado.—
Eu continuei quieta, até que ela puxou a manga da minha blusa em direção ao banheiro.

(...)


Ela começou a separar alguns produtos.
—Yumi, por favor fala comigo... —Ela murmurou, triste.—
—Rosa... 
Ela olhou para mim.
—Desculpa...
Eu não queria falar muito, mas também não queria que pensasse que eu estava brava com ela.
—Você quer conversar?
Fiz um sinal negativo com a cabeça.
—Tudo bem.
Ela continuou a separar as coisas e pegou o que precisava.
—Rosa. Não precisa de tudo isso.
—Eu não quero que a minha amiga fique parecendo uma gótica.
Soltei uma risada fraca.
—Tudo bem. Eu me rendo! 
Era incrível como ela conseguia me animar.

(...)


—Já sabe que pode falar comigo quando precisar! —Rosalya disse entrando na classe.—
Eu não ia matar aula como sempre faço, aposto que ele fará isso.
Fui caminhando em passos lentos até a minha sala, ela era perto da de Rosalya, então eu não precisava correr.
Eu ouvia o barulho de longe.
As altas risadas de Alexy, os gritos de Armin, a voz suave de Violette...
Respirei profundamente e abri a porta.
Todos que estavam conversando ficaram quietos imediatamente.
Eu senti aquilo de novo.
O horror de ser odiada.
Me sentei o mais afastada possível deles, para me acalmar.

(...)


A aula havia acabado sem eu prestar atenção em qualquer palavra que o professor dissera.
Eu planejava ficar na sala o intervalo todo.
Mas ouvimos um ruído alto, juntamente com a voz dela.
Debrah...
A culpa de tudo que aconteceu foi totalmente dela.
Ela nunca devia ter voltado para a escola.
Nunca...
Nem eu na verdade.

(...)


Ela revelou, tudo?
Que tipo de truque eles usaram para fazer ela contar?
Bom, vou para casa.
Nada na escola me motiva mais.
As pessoas continuam a me ignorar.
Eu retribuo o gesto com o maior prazer.
Eu estava saindo da escola, mas senti alguém segurar o meu braço com força e me jogar contra a parede.
—O que foi? —Encarei-o— Pensei que não queria que conversássemos mais.
Percebi que havia ignorado totalmente o meu comentário.
Ele chegou bem perto, e me deu um beijo, um beijo intenso e demorado.
Um lado de mim queria sair de lá.
Mas o outro me fez continuar ali, parada.

(...)


O meu coração ainda estava batendo forte.
Castiel era o único que me deixava assim.
Eu o amo.
É a única certeza que tenho...
E vai continuar sendo a única, para sempre.



 


Notas Finais


Espero que tenham gostado S2
Sayonara ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...