História My Lovely Monster - Imagine Min Yoongi - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook, Namjin, Suga, Vhope, You
Visualizações 82
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá~♡
Tudo bom?
Sim eu estou fazendo outro imagine do Suga por que sim eu amo esse homi, mas blz se deliciem com esse novo capítulo e nova fic espero que gostem!

Tenha uma boa leitura, Bye~♡

Capítulo 1 - Cap. 1 - O Começo


Fanfic / Fanfiction My Lovely Monster - Imagine Min Yoongi - Capítulo 1 - Cap. 1 - O Começo

 Acordo em uma manhã nublada como a minha mente, nunca gostei de viver minha vida, posso ter até uma casa grande, dinheiro, tudo de bom e do melhor.... isso me enjoa, não tenho algo que me faça querer lutar para continuar vivendo, pois já tenho tudo, mas por um lado quando estou fora dessa casa me sinto feliz, quando vou para algum parque da grande cidade de Seul, mesmo sendo brasileira vim morar para cá quando tinha 5 anos, não tenho mais uma boa relação com meus pais, corrompidos pelo trabalho acabaram me deixando de lado, enquanto penso nessa minha vida boa porém tediosa eu vou para meu banheiro e faço minhas higienes e saio de lá e vou em direção às escadas para ir até a cozinha, enquanto as descia eu olhava quadros que tinha eu, minha mãe e meu pai, sempre estamos sorrindo mas agora os dois contém uma cara séria, sem felicidade, chego na cozinha e encontro os dois....sorrindo?
 Ok, eu tinha acabado de falar que eles não dava um sorriso nesses últimos anos e nem iriam mais, pois é eu me enganei, eles sorrindo não é normal e numa plena segunda-feira pior ainda.

   YU - Aconteceu alguma coisa? - olho para eles confusa.

   S. Kim - Sim aconteceu, mas iremos te contar depois, pegue algo para comer e vai lá fora pois o seu amigo Seokjin está te esperando lá fora.

   YU - Seokjin está aqui? Por quê não deixaram ele entrar e ficar na sala?

   Sr. Kim - Eu pedi para ele entrar mas o garoto resolveu ficar lá fora. - ela fala dando um suspiro triste.

   YU - Certo.... bem eu vou indo acho que ele vai cansar de ficar esperando se eu demorar mais. - pego uma torrada e uma banana e saio de casa encontrando Jin sentando na calçada, vou de mansinho até ele e encosto no seu ombro, o que o assustou e o fez pular e dar um grito.

   J - Vai assustar o diabo, minina! - eu estou tendo um ataque de risos e estou quase rolando no chão com a cara do Jin mas resolvi parar antes que ele me desce uma chinelada de uma havaianas do além.

   YU - Ok, desculpe pelo susto mas diga o que faz aqui? Pensei que só iríamos nos encontrar na festa que o namorado do Jimin iria fazer na sexta.

   J - É que você é minha melhor amiga e eu meio que queria que você conhecesse o meu.....namorado. - ele fala meio envergonhado e eu estava com os olhos brilhando, as pessoas podem me achar um tipo de maluca por gostar de romances gays e ainda ter costume de andar com gays pois só tenho três amigos verdadeiros aos meus olhos e eles são gays mas eu nunca liguei pra isso por incrível que pareça muitos me denomina como uma demisexual e eu até achei legal, Jin me olhava apreensivo e eu me virei de costas pra ele me abaixei e gritei o mais alto possível o que fez Jin se assustar novamente.

   YU - AEEEE FINALMENTE MEU AMIGO VAI PERDER TODO O CABAÇO!

   J - JÁ DISSE PRA PARAR DE ME ASSUSTAR O DISGRAÇA!

  Ele grita comigo e eu dou risada novamente e ele da um tapa na minha cabeça, e ele pode ser uma passiva mas tem uma mão pesada tenho pena do namorado dele já esse vai sofrer, depois de alguns sermões estamos indo para a casa do tal namorado enquanto Jin fala dele eu como minha banana, até que esbarro em alguém pra falar a verdade uma mulher que deve trabalhar nas empresas Min's que são negociantes pois seu uniforme é de lá, irei reclamar com meus pais sobre isso, estou sendo mimada sim mas eu não me importo pois essa mulher me fez espirrar depois que ela passou por mim, e como o meu querido Taehyng fala eu tenho alergia a piranha que corre atrás de gente rica e eu posso parecer metida a primeiras impressões mas quando algumas pessoas falam comigo elas vêem que não sou o que elas pensavam como eu sei disso? Fácil algumas pessoas falam isso não minha cara quando ganham intimidade e eu não reclamo, prefiro que exponha a verdade do que esconder por baixo de mentiras, pude ver Seokjin olhar para trás de cara feia que com certeza foi para a mulher mas não ligamos e continuamos a andar até começarmos a chegar em um outro bairro rico da cidade de Seul, então o namorado de meu melhor amigo (se o Taehyung descobre que eu chamei o Jin de melhor amigo ele vai me quebrar no meio) é um riquinho do bairro dos empresários novinhos? É isso mesmo tem dois bairros para pessoas ricas tem o bairro pros de 40 pra cima e o bairro dos riquinhos de 21 anos até 38 anos pois até essa idade alguns vivem por lá e vem para o bairro que eu estou morando no momento pois daqui alguns dias afinal fiz 21 anos alguns dias atrás ou seja uma adulta para os ricos, mas bem enquanto andávamos pela calçada bem limpa da vizinhança pude ver rostos conhecidos de filhos de empresários, advogados e entre outros que já foram nas festas da empresa de meus pais e em outras.

  Seokjin não estava se sentido bem com tantos olhares para si, pois eu sei que pra gente rica pessoas lindas e gentis e de personalidade forte como Seokjin podem ser muito bem pegas como troféu, afinal alguns desses garotos ricos são uns merdas que se aproveitam do dinheiro de seus pais pra festar e comer putas, enquanto eu pensava sobre isso e falava coisas aleatórias com Jin nos paramos em frente a porta uma grande casa que deve ser de seu namorado, toquei a campainha e depois de alguns minutos um homem abriu e......

 Continua ....

Notas Finais


Até o próximo capítulo!

Espero que gostem dessa fic, e favoritem a mesma, Bye~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...