1. Spirit Fanfics >
  2. My mister (Bakugo) >
  3. Dificuldades

História My mister (Bakugo) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, eu estou querendo bater a meta de 60 favoritos. Se eu conseguir bater essa meta, eu faço qualquer coisa que vocês me mandarem fazer.

Boa leitura! 🍒🍒

Capítulo 17 - Dificuldades


Fanfic / Fanfiction My mister (Bakugo) - Capítulo 17 - Dificuldades

Mei on 

Eu ainda tenho um tempinho até que aqueles desgraçados cheguem até aqui. Preciso tirar todas os reféns daqui e coloca-los em um lugar seguro, e depois buscar ajuda para prender eles. Eu não posso agir sozinha contra eles, pois eu não sei quais são todas as individualidades deles, e eu com certeza não tenho forças o suficiente, me desgastei muito ao lutar contra Dabi. O reféns parecem bastante feridos, eles devem ter lutado frente a frente contra aqueles vilões. Eu reconheço alguns hérois... Azell... Lodingh e outros.

- Oi, oi, vocês conseguem me ouvir? - Estava tentando entrar em contato com os reféns com menos ferimentos possíveis.

- Vo..cê...mandaram re...for...ços? - Azell respondeu, ele parece estar com medo e fraco. Ele sempre costuma sorrir nas tvs, nunca vi ele tão assustado como eu vi hoje.

- Não, eu sou uma das reféns que acabou vindo junto. Por favor, as pessoas que não estiverem muito machucadas, me ajudem a tirar as outras que tem feridas mais graves. Eu irei arranjar uma maneira de atrasar esses vilões enquanto vocês correm e pedem ajuda. Por favor cooperem. - Confesso que estou nervosa e com medo, mais depende de mim salvar essas pessoas!

- Mais você lutar sozinha?! - Há outro héroi, acho que seu nome é Yorinun, ele parece ter machucado seu braço.

- Minha única opção é essa. Vocês estão mais machucados que eu, e eu não posso fazer vocês correrem perigo.

No total, há seis reféns sem contar comigo. Cada um tem uma individualidade mediana, não são tão fortes e também não muito fracas. Só que há um problema, as individualidades dos vilões são cem vezes mais fortes e também as individualidades desses hérois são mais como apoio.

Eu estou um pouco queimada no meu braço esquerdo por conta as chamas do filho da puta do Dabi, mais eu ainda consigo usar ele. Primero, eu preciso quebrar mais paredes até achar o final desse maldito lugar, segundo, preciso tirar todas essas pessoas daqui e terceiro, procurar ajuda.

- O plano vai ser o seguinte...

[...]

- Então preciso da ajuda de vocês!

- Hai. - Apenas quatro responderam, pois as outras duas estão inconscientes.

- Vamos agir. - Falei seriamente.

Começando por quebrar aquelas malditas paredes de concreto, eu livrei aqueles reféns das algemas e agora eles estão ajudando aqueles que não conseguem se mexer. 

Depois de 8 minutos quebrando as paredes, eu finalmente consegui, e agora as pessoas estão passando, indo para fora, finalmente vendo aquele céu, respirando aquele ar puro. Por um lado, eu fuquei feliz por meu plano ainda estar dando certo, mais por outro lado, eu não sei se eu vou conseguir deter aqueles vilões, eu não sei se eu vou conseguir manter eles seguros, eu me sinto...tão insegura...

Quando eu voltei para a realidade, algo surgiu no buraco que eu fiz, algo igual um portal. 

- Vão! - Empurrei o resto das pessoas qu faltavam para fora, mais acabei caido dentro daquele portal. Sorte que foi apenas eu, mais ninguém.

Quando abrireus olhos, me deparei com todos os vilões reunidos, com certeza, para matar.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...