História My Mistery "Boyfriend" (2jae) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 149
Palavras 1.513
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olares sz
Eu decidi postar uma OneShot de 2jae pq,, sla deu vontade kajskak
Espero que gostem e me perdoem por ter ficado grande... Muito grande na vdd rsrs não consegui me controlar ;-:

Me desculpem por qualquer erro, prometo estar arrumando.
Boa leitura e leiam as notas finais aaaa ♡

Capítulo 1 - "Boyfriend"


Fanfic / Fanfiction My Mistery "Boyfriend" (2jae) - Capítulo 1 - "Boyfriend"

O barulho da chuva se fazia presente no quarto, levemente clareado pois já era manhã, o clima estava diferente e a temperatura mais baixa. Na cama, se encontrava apenas o garoto, baixo e de cabelos castanhos, em seu corpo não vestia nenhuma roupa, sua pele clara e leitosa se encontrava com diversas marcas, chupões e mordidas por toda a extensão de seu corpo. Sua respiração era calma, ainda estava adormecido. Sua noite havia sido longa, muitas coisas aconteceram, ele estava extremamente cansado.

Seus olhos se abriram com calma, demoraria um tempo até finalmente se acostumar com a luz do local, um resmungo baixo e logo um bocejo. Olhou para os lados, um pouco desnorteado, sua cabeça girava e pulsava. Fechou novamente seus olhos mas acabou por escutar o barulho do chuveiro no banheiro que havia em seu quarto.

Não ligou muito para aquilo, apenas permaneceu deitado, fazendo o mínimo de esforço para se lembrar o que tinha acontecido na noite passada.

[Sexta-Feira — 20:45 P.M.]

"A música alta estava presente por toda a casa de um garoto qualquer, que estudava na mesma faculdade que Choi, o mesmo havia sido convidado, na verdade, o Ensino Médio inteiro havia sido chamado.

Youngjae não estava muito animado, desejava não ter ido a ter que ficar ali, apenas bebendo alguns copos e recusando a todos os chamados de pessoas, já alteradas, para dançar, mas ele sabia que não era apenas para aquilo, ele não era tão bobo assim.

Estava esperando alguém especial, alguém especial de mais em seu ponto de vista.

No seu celular não se havia nenhuma notificação, além de Tweets de pessoas que seguia e de vídeos, havia algumas de seguidores e comentários no Instagram também, mas nada interessante o bastante para o alegrar agora.. Não eram de quem ele desejava.

Uma voz calma o chamou, levantou seu olhar para o dono da mesma e desligou a tela de seu aparelho. Um pequeno sorriso apareceu em seus lábios, mas nada muito verdadeiro.

—Hey Jae... Ele ainda não chegou? -o garoto apenas negou com sua cabeça.- Poxa pequeno.. por que não ligas para ele huh?

Youngjae puxou seu amigo, com calma, pelo braço e o envolveu em um abraço, mesmo não pedindo por isso ao mais velho que, sem demora, retribuiu. Sabia que seu pequeno estava triste com isso, sabia o quão era ruim ser esquecido por quem ama, mas deixaremos isso para outra hora.

—Jiny-ah.. eu quero ir embora daqui.

Disse contra o peito do mesmo, em um tom alto o suficiente para que o maior ouvisse com clareza suas palavras. Segurou na mãozinha de seu Saeng e o puxou, para que se levantasse da cadeira e o seguisse para fora daquela casa, cheia e barulhenta.

Após isso, Jinyoung atravessou a rua com Choi, sem o soltar, e ficaram em uma distância favorável para escutarem um ao outro. Parou perto a um poste na esquina e ficou de frente ao mais novo, que estava com um pequeno bico nos lábios e carinha de choro. Sabia que Youngjae era diferente quando se tratava de sentimentos, o garoto era alguém forte, se preocupava com todos e todas, inteligente, sempre fazendo seu melhor para nunca vacilar, mas quando o assunto era esse, ele era extremamente sensível, mostrava um lado raro de se ver, e apenas as pessoas mais próximas dele, sabiam como é sua personalidade quando está assim, como ele ficava frágil ao ponto de não conseguir fazer praticamente nada, ficava fraco e emocional. Jiny no momento era o único que conseguia o ajudar de uma maneira que o acalmasse, sempre tinha boas palavras para dizer ao mais novo, sempre o fazia voltar a ser quem era e esquecer o que tinha acontecido.

Jinyoung olhou para o rosto do garoto em sua frente, seus olhos estavam molhados e várias lágrimas escorriam por seu rosto delicado, enquanto leves soluços escapavam de sua boca. Se fosse Jackson em seu lugar, ele já estaria em desespero, fazendo qualquer coisa para que o outro se acalmasse, mas.. Jiny não era assim.

—Jaejae.. não chore huh? Venha aqui, vamos ali no parque conversar melhor.

Quando ia começar a andar, sentiu o Choi segurar a manga de sua camisa, quando se virou, apenas suspirou ao ver a cena em sua frente: Youngjae estava com os braços esticados em sua direção, pedindo colo, Jiny não poderia negar a seu pedido. Pegou o menor, cuidadosamente, e segurou em suas coxas, os braços dele se envolveram em seu pescoço e logo seu rosto se escondeu entre o seu braço e o pescoço do maior. Seria fofo se o momento fosse menos tenso.

Caminhou com calma até o parque, que era logo na outra quadra, e por ali ficou, tentou fazer de tudo para acalmar o garoto e o distrair, por incrível que pareça, ou não, Jinyoung conseguiu."

[22:13 P.M.]

"Choi apenas queria entender, queria entender o porque de seu amado Jaebum nunca ir nos encontros que marcavam, nunca cumprir o que prometeu. No momento, Jae andava pela rua escura e vazia, suas mãos estavam nos bolsos de sua jaqueta, fazia um pouco de frio a essa hora, andava com a cabeça baixa e olhava o chão, seu olhar era triste, vazio, em seu rosto era possíveil ver apenas algumas lágrimas escorrendo do canto de seus olhinhos, aquilo machucava bastante.

De repente, parou. Youngjae parou de andar, sentia que algo ou alguém a mais estivesse ali, sentia uma presença a mais no local, não tardou em levantar a cabeça e observar a sua volta, nada. Não havia mais nada ali além dele, deveria ser apenas coisa de sua cabecinha confusa.

Mas não era.

Escutou vozes, vozes de garotos, riam e falavam palavrões. As mesmas, não estavam vindo de muito longe de onde o garoto se encontrava, estavam perto de mais de si.

Andou mais alguns passos, quando finalmente, parou em frente a um beco e foi aí, que as vozes se cessaram de vez. Sentiu seu corpo tremer, sua pressão diminuir, suava frio, estava com medo, as lágrimas escorriam cada vez mais e mais por seu rosto delicado e gelado.

Sentiu um dos garotos se aproximar de si, involuntariamente, se afastou lentamente, com passos curtos para trás, estava confuso de mais, não sabia se corria, se ficava ali, o enfrentava, pedia ajuda mesmo que fosse inútil.

Choi começou a se lamentar mentalmente por não ter deixado seu Hyung o acompanhar, por ter feito birra dizendo que sabia o caminho e era grandinho o suficiente para andar sozinho em plena 10 horas da noite. Não foi isso que ele realmente esperou.

—Youngjae..?

E após minutos de silêncio, finalmente escutou a voz do garoto, uma voz bonita, ele já havia a escutado em algum lugar. Seu corpo estremeceu ao imaginar de quem pudesse ter sido. As lágrimas não pararam de escorrer em momento algum e se segurava para não começar a soluçar junto com o choro silencioso.

Ficou parado em seu lugar, não iria olhar para o outro, mas foi tarde de mais. O maior já havia o segurado, levantou seu rosto com calma e analisou melhor o rosto do garotinho, o que foi uma ótima oportunidade para ver de quem se tratava.

—Jaebummie...

As suas palavras saíram como um sussurro, um sussurro triste e sôfrego, não estava com forças o suficiente para falar. Olhou a sua volta, analisando os outros garotos que estavam os olhando, suspirou baixo voltando seu olhar para Jaebum. Foi aí que sua ficha caiu, JB não havia ido pois preferiu ficar com seus amigos, fumando e se drogando pela rua, falando coisas inapropriadas e fazendo brincadeiras. Se sentiu um idiota, inútil, babaca, insuficiente... E não conseguindo se controlar, gritou. Gritou com Jaebum, sem se importar com os outros, queria explicações e iria tirar da boca do mais velho nem que o ameaçasse."

[Sábado – 02:50 A.M.]

"O clima em seu quarto, já não era o mesmo de anteriormente, estava melhor...

Era como se os lábios de ambos se encaixassem perfeitamente um nos outros. Suas línguas "brincavam" uma com a outra de forma sensual.

A pele do pescoço de Jaebum, cheio de tatuagens, já estava toda marcada pelos lábios de seu Saeng.

As reboladas de Choi no colo do outro só melhoravam cada vez mais o clima.

Seus corpos estavam quentes e imploravam um pelo outro.

A madrugada ia ser longa e sobre isso, os dois já sabiam muito bem."


Um sorriso já aparecia nos lábios de Choi, se lembrava exatamente de cada coisinha que acontecerá para estar ali, em sua cama, nú e marcado. Sabia que o barulho do chuveiro ligado, não se passava de Jaebum, que estava tomando banho.

Havia viajado tanto em seus pensamentos, que nem notou que seu Hyung já não se encontrava mais no banheiro e sim, deitado ao seu lado, distribuindo beijos desde sua clavícula até a pontinha de sua orelha.

— No que tanto pensas baby..?

Escutou o sussurro em seu ouvido o que o fez se arrepiar por inteiro, sorri pequeno e se vira de frente para o mesmo, envolvendo seu braço pelo tronco do maior. Ignorou sua pergunta e apenas se focou no rosto de Jaebum, analisou cada partezinha... Ele era incrível perfeito.

Após alguns minutos, decidiu finalmente responder a pergunta que havia deixado de lado.

—Em meu "namorado" misterioso...


Notas Finais


então.. gostaram?
eu realmente espero que sim -3-
Se vocês quiserem que eu faça um capítulo extra com as partes que eu não especifiquei muito bem cof cof hot cof rs comentem!
deixem o favorito e divulguem, ajuda bastante ♡ (me sinto uma YouTuber falando isso mas okay)
Bye bye ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...