1. Spirit Fanfics >
  2. My Moon - ABO (Vante) >
  3. Chapter XI

História My Moon - ABO (Vante) - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Chapter XI


Fanfic / Fanfiction My Moon - ABO (Vante) - Capítulo 12 - Chapter XI

 

Após aquele desastroso acontecimento e depois de toda aquela mera formalidade do baile, finalmente estava me despedindo dos pais de Taehyung, que iriam voltar para seu reino, enquanto eu e Tae, estávamos a caminho de nossa lua de mel. Estava nervosa e apreensiva, mas também, feliz e eufórica. Tudo ali era muito novo e repentino para mim, mas eu permanecia com a pose de boa moça, esperando não transparecer nenhuma emoção indesejada. 

-Foi um enorme prazer e honra estarmos aqui para presenciar esse momento minha querida. Agradecemos. - Disse minha sogra em um tom suave e delicado assim como quem o proferia.  

-Não precisam de tudo isso, vocês são os pais do Tae e... - Sou cortada a fala, dando lugar à voz de Melissa.

-Ah Kira, sejamos sinceros uma com os outra. Se fosse por Taehyung, nós não estaríamos aqui. - sua expressão era um pouco triste, mas manteve sua compostura, não demonstrando muita coisa. 

-...Tudo bem. - Rio soprado e ela sorri, me dando um abraço, seguido de um selar em minha testa vindo de meu sogro. Taehyung estava me observando de um canto do enorme salão, esperando seus pais irem embora. Ele realmente não queria estar perto deles, o que me impressionava um pouco. 

O senhor e a senhora Kim acenaram com a cabeça para Taehyung, que por sua vez retribuiu o cumprimento. Eles se retiram calmamente, logo sendo possível ver sua carruagem sumindo aos poucos na escuridão daquela noite tediosa. Tae vêm até mim, me abraçando por trás, logo dando um beijo em meu pescoço. 

-Pronta pra melhor noite da sua vida? - Disse baixo e rouco, me fazendo dar uma risada divertida enquanto me virava para ele. 

-E você ainda pergunta? - Sorrio e selo seus lábios.

-Vocês dois, podem parar com isso! - Olhamos na direção de onde a voz vinha, podendo ver Omma e Appa descendo as escadas em sua devida velocidade. 

-Meu presente de casamento para vocês vai ser um presente para mim também. - Ele ri e chega até nós. - Não aguento mais passar a noite em claro por conta de vocês dois. - disse nos entregando uma chave com uma fitinha vermelha amarrada a ela. 

-Para que é isso, omma? - o olho e ele sorri. 

-Sua casa, minha flor. - Ele sabe que eu sempre quis morar em uma casa normal, sem ser num castelo, ter minha própria família. Meu lar. 

-Ma, não brinca comigo. - Digo pegando a chave. - É sério isso? 

-É sim, meu amor. Mas você ainda terá que se portar como da realeza e terá seus afazeres aqui, ouviu? 

-Alto e claro! - Pulei nos braços de Jin, totalmente consumida pela felicidade, deixando até as lágrimas que caíam de meus olhos sorridentes. Ao olhá-lo, percebi que também tinha seus olhos marejados. 

-Só agora percebi o quanto você cresceu. Nunca te dei a liberdade que precisava, mas agora você tem sua vida. Viva-a. Seja feliz com seu marido e invoque a si mesma minha flor. Viva para si mesma. - Disse acariciando meu rosto, logo me abraçando novamente. - Eu te amo, minha filha.

-Eu também te amo, omma. - Após um tempo, nos soltamos e eu abraço meu pai, que também chora pela emoção. 

-Cuida bem da minha filha. - Ele diz para Taehyung, que aperta sua mão concordando. 

-Eu prometo. - Diz convicto, e logo vamos até a porta. - Não precisa pegar suas coisas? 

-Não. Suas coisas estão na casa. Aproveitem. - Diz SeokJin abraçando Namjoon de lado, nos olhando. 

-Eu amo vocês. - Digo e mando beijinhos para os dois. 

-Também amamos você. - Ele me dá tchauzinho, e logo nos retiramos. 

A casa não era longe, mas fomos na carruagem da cerimônia, pois ainda estava com o vestido do casamento em meu corpo, e não queria sujá-lo mais do que já estava. Chegando lá, pudemos ver uma casa não muito Grande revestida em madeira por fora, logo indo até a casa. Sinto ser pega no colo por Taehyung e o olho surpresa. 

-Precisa disso tudo? - Ele me olha e sorri, entrando na casa com a chave em sua mão.

-Eu sou um homem tradicional. - Ele ri baixinho e vai para o quarto me colocando em cima da cama. - E você merece toda essa formalidade, Senhora Kim. - Sorrio e ele sela minha testa. - O que acha de um banho? 

-Perfeito. - Acaricio seu rosto, e ele sai de cima de mim, desabotoando me vestido, logo selando meu ombro. 

-Te espero na banheira, tudo bem, esposa? - Concordo. 

-Ok, marido. - Rimos baixinho e espero ele sumir de vista, procurando as toalhas e pegando uma, logo tirando o vestido e indo até o banheiro, enrolada na mesma.

Ao entrar no mesmo, vi um caminho de roupas até a banheira cheia, com o homem dentro e sorri leve, logo indo até ele, entrando na banheira e o sentindo me abraçar. 

-Sei que é a nossa lua de mel, mas se não estiver se sentindo bem pra...

-Ei... relaxa. Você ta mais nervoso do que eu! - ri baixinho o cortando.

-Eu só me preocupo, só isso. - Beijou minha bochecha, o que me fez sorrir abertamente. 

Em meio ao banho, conversamos bastante, fazendo brincadeiras e tudo mais. Ao final do banho, senti Taehyung começar a beijar meu pescoço, me causando arrepios violentos, enquanto deslizava suas mãos por minhas coxas e cintura. 

-Tae... - Gemi baixo com o contato, esperando por mais. 

-Posso continuar? - Concordei com a cabeça.

Oh se pode!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...