1. Spirit Fanfics >
  2. My Moon >
  3. Minha linda lua

História My Moon - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, tudo bem? Espero que simmm❤
É a primeira fic que escrevo, desde já, peço perdão por qualquer erro ortográfico.
Boa leitura❤

Capítulo 1 - Minha linda lua


Fanfic / Fanfiction My Moon - Capítulo 1 - Minha linda lua

- ...e você é a pessoa mais importante da minha vida, e eu quero te dizer que eu te amo muito e...- subitamente parei com meu discurso totalmente apaixonado ao ver a cara de confusão de taehyung
- amor...eu te amo também Mas.... por Que esse discurso todo? - perguntou, com uma careta de confusão
- ah...- como dizer para seu namorado que ele esqueceu o aniversário de namoro de vocês? E principalmente...como dizer de certa maneira que você ficou chateada com isso? Você fala para ele isso ou simplesmente não diz nada e finge que nada aconteceu? Você finge que nada aconteceu, bom...Para mim parece o óbvio - ah bom Eu só queria te lembrar o quanto é especial para mim - falei dando um sorriso fechado para ele
Taehyung ainda exibia uma careta confusa, porém sorriu agradecido e feliz, ele pegou minhas mãos dando um beijo em cada uma, sempre delicado.
- obrigado meu bem, eu...- não deixei ele terminar, afinal de contas eu estava um pouco chateada
- eu vou trabalhar agora tae- falei dando um leve aperto em suas mãos e me levantando do banquinho da Praça, onde estávamos.
- mas...namjoon tinha te liberado nesses primeiras horas - falou tae confuso
- ah é que eu lembrei que tenho uma papelada para organizar, e vai chegar novos estagiários na empresa hoje, tenho que estar presente - falei exibindo um sorriso para ele ( tentando soar mais convincente possível) , taehyung suspirou e se levantou, ficando de frente comigo e tocando meu rosto com uma delicadeza, como se eu fosse uma jóia bem rara
- eu fiz algo meu bem? - perguntou me olhando nos olhos tentando buscar o motivo do meu aparente desânimo
- está tudo bem, não se preocupe, aliás se quiser ir lá para casa hoje a noite...gostaria de dormir agarrada com você- falei abraçando sua cintura, e me permitindo encostar a cabeça no seu peito e suspirar, fechando os olhos
- não sei meu anjo, vou ficar bastante ocupado hoje e....- ele continuou falando e falando, e mais uma vez me perdi nas minhas questões, eu sempre fui muita insegura tanto nas amizades, quanto em relacionamentos e me abrir para taehyung foi bem mais difícil do que imaginei, porém ele foi bem insistente quando à dois anos atrás, insistia em me conquistar.
Diferente de muitas histórias, taehyung não me traiu, ele está me deixando de lado e para uma pessoa que tem certos problemas de insegurança, arrumar desculpas para não ficar comigo, já é mais do que suficiente para se sentir mal.
- tudo bem então, já vou indo ok? Se cuida - falei sorrindo e dei um beijo na ponta do seu nariz, fazendo ele sorrir e me dá um selinho rápido
Foi uma despedida rápida, e enquanto eu estava caminhando para o ponto de ônibus, fiquei pensando quando cheguei na Coréia do Sul, cheia de sonhos e principalmente cheia de expectativas, conheci Kim Namjoon e Min Yoongi, meus dois melhores amigos, foi uma das poucas amizades que consegui aqui, com as minhas qualificações profissionais, e as ideias de Namjoon, Yoongi investiu o capital e logo eles estavam inaugurando empresa de advocacia de ambos e eles concordaram em que eu fosse secretaria executiva e diretora geral, pois é, dois cargos em um, foi forte, mas eu dei conta, atualmente sou apenas diretora geral.
Taehyung eu conheci em um jantar de negócios que Namjoon e Yoongi me obrigaram a ir, no primeiro olhar percebi um cara bem calmo em relação à sentimentos, atencioso, parceiro... tudo o que você sonha para um namorado, mas e quando o problema não é ele? E sim você? Cheia de baixa-estima e com um vazio tão grande no peito, eu apenas ignorava as investidas de taehyung, mesmo que eu não quisesse admitir que ele já havia me conquistado, na primeira cantada idiota que fez. Desde que aceitei taehyung na minha vida, não me lembro de me sentir tão feliz, mas ao mesmo tempo confusa, não era culpa de taehyung mas todas as vezes que saíamos e havia uma garota na nossa frente ou algo assim, eu simplesmente suspirava e tentava me esconder de alguma forma...sei que é bem ridículo, mas me sinto assim, já desisti de ir á diversos lugares com ele, com medo de o ver dando olhares para outras meninas, e quase sempre discutíamos sobre isso, sobre minha insegurança e a minha desconfiança nele, e vai por mim, eu odiava isso.
Horas depois...
- Yoongi você tem que comer algo- falei entrando na sala de yoongi junto com o mesmo, a reunião de hoje foi chata como sempre, namjoon já havia ido para casa pois o mesmo não estava se sentindo bem, então fiquei com o Yoon para o término da reunião
- ah eu sei, já estou indo para casa, mas antes quero que se sente aqui e me diga porque ficou o dia todo pensativa - falou sentando de frente para mim no sofá que tinha em sua sala
- yah! Do que está falando? Eu estou ótima- falei fazendo uma careta para ele
Yoongi suspirou, e segurou minhas mãos, me olhando de um jeito como se estivesse lendo minha alma
- você não me engana Ana, pode enganar Namjoon e Taehyung, mas eu não...você sabe que te considero minha única e melhor amiga, e eu não consigo te ver com aquele olhar perdido, como estava na sala de reunião hoje... me diz, o que você tem?
- o taehyung...se esqueceu do nosso aniversário hoje...- sorri triste- sabe não queria que isso me afetasse tanto, mas eu não consigo ir para lugar nenhum de novo yoongi, por vergonha de mim mesma, eu estou me comparando de novo com outras mulheres...- e quando eu percebi, eu já estava chorando, chorar tem se tornado uma rotina para mim
- desde quando isso tá acontecendo Ana? Você já não tinha parado um pouco com isso? - falou preocupado
- eu tinha parado um pouco sim, mas acontece que eu fui inventar de ir me pesar numa farmácia a alguns meses atrás e eu descobri que eu engordei...e então eu...- não consegui terminar de falar pelos soluços, Yoongi me abraçou e ficamos assim Por um bom tempo
- você forçou vômito...não foi? - falou com a voz embargada - escuta só Ana, da última vez que você fez isso...Namjoon e eu, quase te perdemos, eu percebi sua perda de peso nos últimos meses...e eu até comentei com o Nam sobre isso, mas são tantos problemas que eu esqueci de perguntar para você se estava tudo bem, Ana você sabe que não precisa disso, você sabe que cada um de nós, tem uma beleza única, você é especial para mim, Namjoon, taehyung, e principalmente sua família. Nós estamos aqui do seu lado minha amiga, foi o seu jeito carinhoso, as vezes rabugenta, que cativou a amizade que temos hoje em dia, por favor não faça isso consigo mesma, não aguentaria te ver em um hospital de novo...- falou ele, chorando e me fazendo chorar novamente.
Há 5 anos atrás, quando tive essas inseguranças e descobri que eu estava "gorda", minha reação foi chorar e gradativamente vomitar tudo o que eu comia, e eu sequer percebi que estava doente mentalmente, eu apenas chorava e vomitava, até um dia em que desmaiei em uma reunião, Yoongi diz que eu quase morro, porque eu estava subindo as escadas quando isso aconteceu e bom bati minha cabeça, na época o médico disse que eu precisava urgentemente me alimentar bem, e cuidar da minha saúde mental, a verdade é que eu não estava "gorda", mas quando você está em um país cheio de padrões e totalmente diferente da sua terra natal, você fica bem mal, e eu já não era 100% bem, o padrão da Coréia apenas piorou minha mente.
Yoongi e Namjoon se empenharam em me ajudar, na época eu não estava instável economicamente para pagar um psicólogo, mas eles me ajudaram nisso, e em muitas outras coisas, depois de 3 anos em um tratamento cansativo no psicólogo, eu melhorei, e na minha volta para empresa na primeira reunião que eu participava depois de tudo aquilo, eu conheci taehyung, e apesar do meus vários foras no mesmo, inseguranças... ele continuou ao meu lado, talvez seja por isso que me sinto tão mal, quando me sinto insegura na nossa relação. Depois de ficarmos abraçados, yoongi pediu para eu lavar o rosto e disse que me levaria para casa, quando voltei do banheiro vi que ele falava com alguém, quando me viu, se despediu da pessoa e sorriu para mim.
Algum tempo depois...
- valeu por me deixar em casa yoongi - falei abrindo a porta do carro e sorrindo
- tá bom, boa noite e descansa viu? - falou sorrindo, dei mais um tchau e saí do carro, Yoongi foi embora logo e imaginei como ele estava cansado, tirei a chave de casa da bolsa e estranhei o fato de as luzes de casa estarem ligadas, abri a porta e quando entrei sorri vendo taehyung sentado no sofá.
- oi amor! O que faz aqui? - perguntei sorrindo, fechei a porta e me sentei ao seu lado no sofá, não demorando a sentir ele retirando minha bolsa do meu braço e colocando na mesinha ao lado do sofá, logo depois me abraçou apertado
- não posso visitar minha namorada? Hum ?- perguntou manhoso, me enchendo de beijos pelo rosto me fazendo rir
- claro que pode, é sempre bem-vindo, mas pensei que fosse trabalhar hoje até tarde- falei fazendo carinho no seu cabelo, quando ele deitou no meu colo
- vou ser sincero...yoongi me ligou e disse que você estava mal...sobre aquilo- ele falou com uma feição triste, e eu apenas suspirei continuando com o carinho, porém parei quando o mesmo se levantou e segurou meu rosto entre suas mãos- meu amor, por favor não...se maltrate eu... não aguentaria te ver em um hospital, eu...- antes que taehyung começasse a chorar, por causa disso, eu me aproximei dele, e encostei nossos lábios.
Beijar taehyung me lembrava o motivo de ter aceito ser sua namorada, eu amava meus amigos, mas taehyung foi meu ponto de paz, quando eu estava com ele Eu esquecia de tudo, e eu sabia que era uma sensação recíproca e foi por causa dessa sensação de paz e amor que ele me transmitia que eu pouco a pouco deixei ele entrar na minha vida e no meu coração. Me separei lentamente dele, dando um último selar nele
- não se preocupe,...eu estava apenas tendo muitas crises de choro- falei fazendo carinho no seu rosto
- mas por quê não me falou Ana? Você sabe que eu estou sempre a disposição para te escutar- falou esfregando nossos narizes e me dando mais um selinho
- eu sei meu bem, me desculpa, mas é complicado- falei suspirando e me sentei no sofá corretamente fazendo minha coluna descansar um pouco - quero te pedir um favor - falei olhando para ele
- o que é? - falou se sentando igual eu, segurando minha mão
- eu tô pensando em voltar ao meu tratamento no psicólogo - suspirei - eu parei faz um tempo, durante esse tempo você pode ficar co...- antes que eu terminasse de falar tae me puxou do sofá, nos fazendo ficar em pé, e do nada começou a dançar comigo, pela mimha pequena sala, me fazendo rir do seu jeitinho doido
- não precisa nem pedir amor, se quiser me mudo para sua casa agora mesmo- falou no meu ouvido, o que me fez rir - ah não rir de mim amor - fez bico
- mas você é uma gracinha meu anjo, não precisa ser agora, e não é para se mudar para cá, são só uns dias, é para me acompanhar na consulta, eu não gosto de ir sozinha para lá - falei encostando minha cabeça no seu peito
- obrigado por confiar em mim amor, quando yoongi me falou o que havia acontecido naquele tempo com você, eu me lembro que ele perguntou se eu realmente te amava, no primeiro momento quis ficar com raiva, pois ele estava duvidando dos meus sentimentos, mas depois eu me dediquei á uma coisa- falou dando um beijo no meu cabelo
- o que? - perguntei olhando para ele
- que assim como os meninos, queria ter um lugar especial no seu coração, queria te mostrar que sempre vou ficar do seu lado, e não me interessa se você tem esses problemas, eu te amo completamente, com ou sem defeitos...eu te amo meu amor - falou taehyung e com os olhos meio marejados, eu sorri feliz e naquele instante, enquanto dançavamos uma música que existia apenas nas nossas mentes , eu percebi que taehyung se tornou meu lar, meu ponto de paz e pela primeira vez em alguns anos, eu me senti calma nos braços de quem eu amo.
- aliás amor..- falou se repente - feliz aniversário de namoro e me desculpa por esquecer? - falou fazendo aquela carinha de cachorro pidão
- às vezes eu tenho vontade de te matar taehyung, mas tudo bem, não esqueça mais e não me troque pelo trabalho! - falei fazendo um bicho ridículo nos lábios, fazendo taehyung gargalhar
- desculpa meu anjo, não vou fazer isso, nunca mais, maaaas tem um motivo para eu ter te deixado um pouquinho lado - falou ele
- hum... Que motivo é esse? - perguntei semicerrando os olhos para ele, taehyung sorriu
- eu finalmente consegui um tempo de férias e um dinheiro para gente viajar- falou sorrindo
- c-como assim amor? Viajar para onde?
- para o lugar que você sempre quis conhecer amor- falou sorrindo
- PARIS!? - gritei eufórica, ele riu horrores e confirmou com a cabeça, pulei nele dando vários beijos no mesmo - já falei que te amo hoje? Hum?
- já amor - falou rindo - se eu precisar fazer várias coisas para te fazer feliz, eu faço sem hesitar, meu anjo - falou olhando nos meu olhos, sorri para ele
- ah é? Por que?
- porque você é a minha lua, e para ver minha lua brilhando, eu faço simplesmente tudo!


Notas Finais


Bom gente, quando eu escrevi essa fic, tinha se passado uns meses desde minha primeira decepção tanto na amizade quanto no amor, se eu já tinha inseguranças antes depois dessas decepções as coisas ficaram piores.
Maaaaas hoje em dia Eu me sinto muito melhor, o que eu quero dizer é...sejam felizes meus amores, a verdade é que nós merecemos o mundo, as decepções? Bom elas sempre vão estar ai, mas não desista, um dia você vai conseguir o que quer! Basta querer e se esforçar❤.
Obrigado por ler❤
Amo vocêssss❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...