História My Mother's Boyfriend - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, K.A.R.D
Personagens B.M, Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J.Seph, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jiwoo, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sehun, Somin, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Blackpink, Bts, Exo, Jikook, Kard, Kookmin, Namjin, Sope, Yoonseok
Visualizações 108
Palavras 1.404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo!! Tô trazendo capítulo fresquinho para vocês, e já vou avisando que o capítulo tá UMA MERDA!!! Então você já foi avisado(a). Mas se quiser continuar lendo, só descer a tela. Ah... Já tinha esquecido, muito obrigado pelos 8 favoritos<3 Agora sim, só descer a tela e começar a leitura💕

Capítulo 2 - You Are Not Her


Fanfic / Fanfiction My Mother's Boyfriend - Capítulo 2 - You Are Not Her

                         3:00

É impressionante como a vida pode ficar uma porcaria de uma hora pra outra.

Se concentra Yoongi, imagine que sua mãe não está no quarto ao lado com um cara 16 anos menor que ela tendo relações sexuais.

-- A- Ah Hoseok, ma... mais rápido po- por favor! -- Minha mãe dizia no outro quarto.

Isso mesmo, minha mãe estava transando com Hobi, e eu estava como? Quase abrindo a porta e mandando eles irem para a porra. Mas eu não iria fazer isso, até porque eu gosto da minha vida.

Era quase insuportável ficar ouvindo minha mãe gemendo, mas o pior era outra coisa. Ela estava fazendo isso com Hobi. Eu não sei porque, mas lembrar isso me deixava totalmente sem chão. Eu sei que ele só me deu um apelido, mas eu... deixa pra lá, Hoseok é da minha mãe, que tipo de filho eu sou? Eu estava realmente gostando do namorado da minha mãe? Meu Deus! Eu sou realmente um péssimo filho! Mas a partir de agora Hoseok é meu amigo, ou até novo pai. Só sei que eu realmente não posso gostar dele, somos amigos, e é assim que eu quero que tudo fique. Na amizade.

Resolvi parar de pensar nisso e fui para a cozinha comer algo. Abri a porta e percebi que os barulhos tinham parado pela graça do senhor Deus! Desci as escadas e fui em direção a cozinha, abri a geladeira e peguei a jarra de suco que estava dentro dela e coloquei o líquido dentro de um copo. Bebi e fui para a sala.

Eu quase nunca assisto televisão, estou sempre mexendo no celular, mas quando não se tem nada para fazer ela serve para algo. Ouvi passos vindo da escada e logo olhei para ela vendo a imagem de Hoseok e minha mãe de mãos dadas.

Tentei não ligar e continuei com os olhos na TV.

-- Yoongi, pensei que estivesse no quarto. -- Minha mãe disse se sentando no sofá.

-- Bom, eu não estou lá. -- Disse sem tirar os olhos da televisão.

-- Então Suga, podemos sair hoje, certo? -- Hoseok disse me olhando.

Puta merda!! Tinha esquecido disso, Hoseok tinha me chamado para sair hoje, o que eu falo? Vou ou não?

-- Er... Eu não sei se vai dar. -- Disse fazendo meu melhor sorriso.

-- Porque? -- Hoseok disse arqueando uma das sobrancelhas.

-- Bom... É que... Tudo bem, eu vou com você. -- Disse sorrindo.

Eu pensei em não dizer sim, mas eu queria o acompanhar, e eu não tinha desculpa nenhuma para não passear com ele, então resolvi ir.

-- Ótimo! -- Hoseok disse sorrindo muito.

(...)

-- Qual você prefere? -- Hoseok disse apontando para os dois brinquedos a nossa frente.

Eu e Hoseok tínhamos ido a um parque de diversões, e agora estávamos decidindo o próximo brinquedo.

-- Esse não! -- Disse apontando para o brinquedo da direita.

-- Esse é melhor! -- Hoseok insistia.

-- Hoseok, o outro é melhor! -- Disse tentando o convencer.

-- Hoseok? -- Ele disse fechando a cara.

-- Esse não é mas seu nome? -- Disse debochado.

-- E o Hobi? -- Ele disse fazendo aegyo.

-- Nem conheço. -- Falei voltando a andar.

-- Suga, me chame de Hobi. -- Ele disse manhoso.

-- Por favor, não estou com uma criança. -- Disse olhando para Hoseok.

-- Você falou que só me chamaria de Hobi. -- Hoseok disse entrando em minha frente.

-- Você faz isso com minha mãe? -- Perguntei tentando tirar ele da minha frente.

-- Não, você não é ela. -- Ele disse me abraçando.

-- Hoseok, me larga!! -- Disse fazendo mais força para me soltar.

-- Me chama de Hobi, por favor Suga. -- Hoseok falou fechando os olhos.

-- Hoseok. -- Eu disse quase me entregando a seu abraço.

-- Eu só quero ouvir isso. - Hoseok disse na mesma posição anterior.

-- Quando chegar em casa minha mãe pode te chamar assim. -- Disse voltando com minhas tentativas de se soltar.

-- Mas eu quero ouvir você me chamando Hobi. -- Hoseok disse ainda mais manhoso.

-- Não vou te chamar assim. -- Disse olhando para ele.

-- Por que não? -- Hoseok disse levando o olhar até mim.

E agora? Por que não? Não posso dizer que é porque ouvi minha mãe e ele tranzando e me senti mal.

-- Hoseok, desiste. Estamos a quase 4 minutos aqui parados. -- Disse calmamente.

-- Não saio daqui atê você me chamar de Hobi. --Hoseok saindo finalmente do abraço.

Quem eu queria enganar? Eu me derreti inteiro com aquela voz manhosa, aquele abraço, esses pedidos. Eu estava louco para chamar ele de Hobi.

-- Ok, você venceu. -- Disse rindo.

-- Cadê o Hobi? --Hoseok disse sorrindo.

-- Posso te contar um segredo? -- Disse sussurrando.

-- Sim -- Hoseok disse ainda sorrindo.

-- Eu realmente amei sair com o Hobi, será que eu e ele podemos fazer isso mais vezes? -- Disse perto seu ouvido.

Hoseok não disse nada, apenas me abraçou, bagunçei seus cabelos e nos separamos.

-- Não pare de me chamar assim. -- Hoseok disse olhando em meus olhos. -- Eu me sinto completo quando você me chama assim.

Pronto, já posso morrer feliz Hobi realmente me disse isso?

-- Como? -- Disse com cara de bobo.

-- Você Yoongi, me sinto completo quando você está comigo. -- Ele disse rindo.

-- Yoongi não, eu quero Suga. -- Disse fazendo a mesma voz manhosa que Hobi usou a minutos atrás.

-- Não faça isso Suga. -- Ele disse bagunçando meus cabelos.

-- Agora sim! -- Disse fazendo Hobi rir.

(...)

-- Mas que demora!! --Eu disse com a cabeça apoiada nas mãos.

-- Você come muito Hobi! -- Suga disse me fazendo rir um pouco.

-- Eu não como tanto assim! -- Eu disse me defendendo.

-- Sei. -- Suga disse olhando logo em seguida para a garçonete que vinha em direção a nossa mesa.

Ela saiu e começamos a comer, depois disso saímos de dentro do estabelecimento e fomos andando até a casa de Suga.

-- Acho que você tem que ir. -- Disse triste por Suga ter que ir embora.

-- É, acho que sim. -- Suga disse parecendo triste também. -- Ou não! -- Ele disse mais dessa vez animado. -- Você pode dormir aqui em casa! -- Suga disse sorrindo.

-- Não tenho roupas nem nada. -- Disse olhando para Suga.

-- Eu te empresto, entra logo! -- Suga disse me puxando para dentro da casa me fazendo sorrir com o ato infantil.

Quando entramos Sun-Hee estava na sala assistindo TV.

-- Olá Yoongi! -- Ela disse sorrindo para ele.

-- Oi mãe. -- Suga disse normalmente.

-- Hoseok!!! -- Ela disse se levantando vindo em direção a mim. -- O que veio fazer aqui? -- Ela disse ainda sorrindo.

-- Vou dormir aqui. -- Disse sorrindo também.

-- Ótimo, a cama está arrumada, pode já ir deitando. -- Ela disse sorrindo.

-- Vou dormir com Suga! -- Disse ainda sorrindo.

-- Suga? -- Ela disse arqueando a sobrancelha

-- Sim, você se importa? -- Eu disse sorrindo.

-- Não. É que é meio estranho, Suga não chama pessoas paar irem dormir com ele, só amigos -- Ela disse se aproximando mais enquanto sorria.

-- Somos bastante amigos, e eu gosto da companhia dele. -- Disse pensando no sorriso dele.

-- Tudo bem. Ah, amanhã vou sair cedo para resolver compromissos, pode ficar aqui com Suga. -- Ela disse sorrindo.

-- Tudo bem. -- Eu disse. Eu realmente gostava de ficar perto de Suga.

-- Já vou ir dormir também, diga que desejei uma boa noite para Suga, ah, uma boa noite para você também. -- Ela disse desligando a TV enquanto sorria.

Subi as escadas e abri a porta do quarto do Suga, ele estava deitado na cama olhando para o teto.

-- Então esse é seu quarto? -- Perguntei olhando o quarto.

-- Não. Estamos em Nárnia. Claro que é meu quarto! -- Ele disse sendo irônico.

-- Ela é bem diferente do que eu pensava. -- Disse debochado também.

-- Agora sabe como é -- Suga disse sorrindo.

-- Sua mãe falou que te desejou uma boa noite e que amanhã vai sair cedo para resolver compromissos. -- Disse deitado na cama improvisada que fizemos. -- Você arrumou? -- Eu disse apontando para a cama improvisada ao lado da cama de Suga que por sinal estava bem confortável.

-- Sim. -- Suga disse olhando para mim.

-- Obrigada mesmo. -- Disse olhando para ele.

-- Arrumar uma cama não mata ninguém -- Ele disse sorrindo.

-- Hobi. -- Suga disse olhando para mim.

-- Sim? -- Falei olhando para ele.


-- Boa noite. -- Ele disse fechando os olhos.

-- Boa noite Suga.




 


Notas Finais


Eu tentei deixar o mais amorzinho possível, mas saiu isso aí, mas amanhã vou tentar melhorar e deixar o capítulo melhor.

Então é isso, até amanhã Galerão!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...