1. Spirit Fanfics >
  2. My Neighbor Is... - NaruHina >
  3. Capítulo Treze

História My Neighbor Is... - NaruHina - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


E
A
E
GALERA KSKSKDKD

Capítulo 14 - Capítulo Treze


Hinata

Assim que abri meus olhos, me assustei com a imagem de uma pele bronzeada na minha frente.

Ergui um pouco a cabeça e vi o girassol dormindo que nem um bebê, suas bochechas estão coradas e seu pescoço um pouco avermelhado.

Que transa boa...

Abri um sorriso e tentei passar a mão nos cabelos, mas quando olhei, vi que estavamos de mão dadas e a que estava livre, levei até o seu rosto, incapaz de fazer a tarefa que queria.

Ele é tão lindo...

- Bom dia... - a voz sonolenta me fez recuar.

- Ah... Bom dia... - tentei me levantar mas ele me puxou, para cima do seu corpo. - Naruto!

Seus dedos passaram no meu rosto e ele puxou minha cabeça, sua boca tocou na minha de forma leve... Acabei envolvendo minhas mãos no seu corpo, querendo aprofundar o beijo.

- Hmm... - disse sorrindo.

- Eu preciso levantar... - passei os olhos pelo quarto a procura do relógio e quase morri quando vi a hora. - Naruto, me solta!!

Ele tirou as mãos de mim e fiquei de pé, corri pelo quarto inteiro procurando meu telefone e não encontrei, o loiro se apoiou nos cotovelos e me observou sorrindo.

- O que uma moça pelada como você está procurando? - parei no meio do caminho e cobri o que pude.

- Pelo amor de Kami! São 11:30!! Eu tinha que estar no trabalho às 07:00! - os olhos do loiro se abriram e ele levantou.

- Merda! - procurou pelas roupas e começou a vestir.

- Que bom que pensou em mim! - prendi meus cabelos em um coque desajeitado. - Viu o meu celular?

- Acho que está na sua bolsa, você largou na sala ontem. - vestiu as calças e eu abri a porta do armário.

- Obrigado. - escolhi uma saia longa e uma camiseta social branca. - E os meus saltos??

Vi o loiro ir para o banheiro e fui para frente da porta com as mãos no ar.

- Na sala também! - gritou.

- Obrigada!! - soltei com ironia.

Fui atrás de uma calcinha e uma toalha nova, aliás, preciso achar uma lavanderia nesse fim de mundo.

- Estou saindo! - virei meu rosto e dei de cara com o peito do loiro. - Boa sorte no trabalho hoje. - sua cabeça pendeu na minha direção.

Sem perceber nada, levei minhas mãos a sua nuca e dei um selinho rápido em seus lábios, ele se afastou sorrindo e saiu do quarto.

Fiquei parada por um momento absorvendo tudo que aconteceu... É como se fôssemos... Casados...

- Kami-sama, girassol, o que você fez comigo? - balancei a cabeça e entrei para dentro do banheiro.

O Shikamaru vai me matar!!

[...]

Naruto

Merda, merda, merda, era para eu ter ido na delegacia no horário de trabalho para convencer o Kakashi!

- Kami-sama morena, você me fez ficar na cama até tarde! - entrei dentro de casa e corri para o meu quarto.

Tirei minhas roupas e fui tomar um banho rápido, assim que a água tocou no meu corpo, eu senti uma ardência no meu peito.

- Que... - fui para frente do espelho e vi uns arranhões. - Nossa, Hinata.

Voltei para debaixo da água e soltei um suspiro, que mulher mais... Incrível.

Fiquei todo bobinho quando ela perguntou se eu queria ficar... Foi diferente dormir com ela, me senti leve, como se nenhuma preocupação pudesse me atingir, como se ela me protegesse de todo mal.

Abri um sorriso e passei os dedos na minha boca... A quanto tempo eu não fico assim com uma mulher? Uma mulher tão...

- Kami-sama, Naruto, termina logo esse banho! - gargalhei no chuveiro e finalmente terminei o banho.

Vesti a farda, arrumei meus cabelos, escovei meus dentes e joguei um perfume; calcei minhas botas e desci para a sala.

Peguei minhas chaves na mesa e ainda não acredito que esqueci de trancar a porta ontem a noite, quer dizer, Konoha pode ser perigosa.

Olhei ao redor e não achei a minha carteira de cigarro, eu comprei uma anteontem... Onde diabos eu deixei essa merda??

Resolvi sair para fora, afinal, eu consigo comprar uma no meio do caminho para a delegacia.

Assim que saí para fora, senti uma mão escorregar nas minhas costas, então eu me virei e vi uma morena muito gostosa.

Tanto por dentro como por fora...

- Esqueceu essa sua fonte de câncer no meu quarto. - encarei suas mãos e vi meu maço de cigarro.

- Obrigado, lua. - peguei o cigarro da mão dela e dei um beijo na sua testa.

- Bom... Hm... Trabalho. - suas bochechas ficaram coradas e eu soltei uma tosse.

- Nos vemos.... - ela desviou os olhos.

Merda... Ela não quer me ver?

- Se quiser... Essa noite... Podemos... Assistir um filme. - olhei para o céu e agradeci a Kami.

- Claro, tudo bem. - o silêncio se estalou entre nós.

Passei meus olhos por seu corpo e ela moveu as chaves do carro nas mãos, levei uma mão para o seu rosto, a morena me olhou com os olhos brilhantes.

- Um... Beijo, antes de ir? - mordi a boca de forma nervosa.

Diga sim!!

- Sim... É, sim. - meu coração se aliviou com a sua resposta.

Aproximei minha boca da dela e pedi passagem com a minha língua, não dei um beijo tão desesperado quanto o de ontem, dessa vez, fui suave.

Suas mãos foram até a minha cintura, apertando a minha roupa, acariciei suas bochechas e quando senti o ar faltar, me afastei devagar.

Eu não quero... Ficar longe dela... Eu acho.

- Eu... Preciso mesmo ir... Dessa vez é sério, Shikamaru vai me matar. - abri um sorriso e concordei.

- Tudo bem, bom trabalho. - ela se virou nos seus saltos e foi para o carro.

Fiquei sorrindo que nem um idiota... Ela é perfeita!

[...]

Quando cheguei na delegacia, recebi olhares de surpresa, principalmente de Kiba que estava fazendo algumas anotações no balcão.

- Caralho, Naruto! - disse ele me olhando. - Kakashi vai te matar se ver você aqui, ainda mais usando a farda.

- Vai nada, eu trabalho aqui. - passei a mão pelos papéis. - O que é isso? - o moreno virou o rosto para trás de forma indecisa mas logo, se aproximou do meu ouvido.

- É sobre a Akatsuki, pelo amor de Kami, fica calado! - encarei seus olhos esperando uma explicação. - Eu vou ser demitido depois dessa...

- Fala, Kiba! - ele apertou meu braço. - Desculpa... Por favor, pode falar?

Seus olhos amêndoas me encararam em surpresa, é, Kiba, eu também não sei o que está acontecendo, fiquei educadinho.

- Hmm... Bom, eles não se moveram desde que você saiu daqui bufando que nem um boi. - apertei as sombrancelhas. - Kakashi acha que... Eles estão atrás de você.

- De mim? - perguntei. - Por que?

- Menma. - escutei a voz grossa nas minhas costas e me virei. - Eu não disse para voltar só amanhã?

"Eu não disse para voltar só amanhã??" Ah, vá se lascar!

Ignorei meus pensamentos e me virei para ele, ajeitei a postura e abri um sorriso meio frouxo.

- Me desculpa, Kakashi... Podemos conversar? - seus olhos ficaram abertos.

Por Kami, gente, é, tô educadinho!

- An... Vamos para a minha sala... - o grisalho começou a andar e eu o segui.

Agora pronto, o que esse grupo infernal quer comigo?!

[...]

Akatsuki - Membro Secreto

- Senhor, tem certeza que vai ser esse o objetivo? - encarei o ruivo a minha frente.

- Sim... - virei para a janela atrás de mim e suspirei.

Por que essa pergunta idiota? Eu sempre tenho razão do que vou fazer.

 - Senhor, ele é diferente do irmão... - ri.

- Todo Uzumaki é igual... - uma ponta de satisfação bateu no meu peito ao lembrar da morte de Menma. - Eu vou matar Naruto Uzumaki, da mesma forma que matei o irmão... E vocês, vão me ajudar.

O ruivo concordou de imediato e se levantou, indo para fora da minha sala. Passei minha mão no pescoço, eu preciso dar um fim nesse garoto... Se ele descobrir da fortuna que o avô dele escondeu, vai acabar com todo os meus planos.

- Você precisa morrer, Naruto, urgentemente.


Notas Finais


Até maaais!!

Desculpa a demora meus anjos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...