História My neighbor(Camren) - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Dinah Jane, Fifth Harmony, Halsey, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Normani
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Laurmila, Lesbicas, Normani Kordei, Sinueh Cabello
Visualizações 164
Palavras 2.125
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, anjos💖💘💕
Preparados para se despedirem de My neighbor? Não? Nem eu k...
Chorei escrevendo esse capítulo... espero que gostem❤
●Por favor, entrem no meu perfil e vejam a fanfic nova! O nome é My secret, há um capítulo novo por lá também agora!●
Boa leitura❤

Capítulo 29 - XXIX-After the storm, comes the rainbow


22 anos depois

P.O.V Lauren Jauregui

Me olho no espelho do quarto analisando o meu corpo nesse belo vestido vermelho. Olha, esses vinte e dois anos me fizeram super bem! Estou incrível. O vestido colado vai até o meio das minhas coxas, porém há um pequeno vão na parte da minha coxa direita dando um toque a mais.

Sinto Camila abraçar a minha cintura e pousar sua cabeça em meu ombro “Linda e cheirosa” Sorrio vendo o nosso reflexo no espelho. Nem acredito que consegui conquistar essa mulher por tanto tempo... sabe, olha ela... é simplesmente perfeita.

Me viro para a minha esposa e coloco minhas mãos em suas bochechas enquanto ela me agarra pela cintura “Você está perfeita, amor” Aproximo nossos rostos e a beijo com calma e paixão.

“Vocês são tão grudentas!” Encerramos o beijo assim que Rose aparece na porta com seus braços cruzados.

“Filha!” Camila a repreende “Mas...” Ela se aproxima da menor “Aposto que quando assumir a Luísa vocês serão piores!” Não sei quem é a mais criança entre essas duas, e olha que Rose tem 14 anos e Camila 40.

“Logo Luísa, Camila?” Reviro os olhos. Não me levem a mal, amo a filha de Louis e Harry! Só acho que ela deveria ficar longe da minha menina.

“Acho melhor ir ver como está o peru!” Fala dando uma deixa para que pudesse sair do cômodo. Mas, até que não é uma desculpa ruim, pois logo nossos amigos chegarão para a ceia de Natal.

Finalmente presto atenção em minha filha, ela está linda! “Espero que não tenha se arrumado tanto assim para Luísa!” Falo firme e a adolescente sai do quarto sem dizer nada, apenas revirando seus olhos. Sei que ambas gostam uma da outra, só não gosto de pensar na possibilidade delas terem algo! São muito novas! A minha pequena só tem 14 anos.

Me lembro até hoje do dia em que ela nasceu, era apenas um bebê indefeso e frágil... e hoje ela já é praticamente uma mulher...

Flashback on

“Vamos, Camila! Você consegue!” Disse a médica para a minha namorada.

“Vamos, Camz!” Falo nervosa enquanto a Cabello grita de tanta dor. Céus, me machuca ver ela sentir tanta dor assim, mas é por um bem muito maior...

“Ela está vindo! Só mais um pouco!” Sinto a latina apertar a minha mão, sinto também que logo perderei a minha mão por falta de circulação de sangue. Foco, Lauren, bem maior, lembra?

Escuto um choro extremamente fofo que chega a ser música para os meus ouvidos “Que menina linda!” Diz a médica enrolando a nossa filha em um cobertor. Logo a mulher me dá a criança e parece que a ficha finalmente cai... eu tenho uma filha!

As lágrimas correm violentamente pelo meu rosto “Oi, meu amor” Falo pegando em sua delicada mãozinha.

“M-me deixa ver ela, Lolo!” Imediatamente a deixo no colo da minha mulher. Assim como eu, Camila começou a chorar no mesmo instante em que a teve nos braços “Rose...” Diz baixinho e por pouco não escuto o que foi dito.

“Rose?”

“Sim, Rose Cabello-Jauregui!” O sorriso no rosto dela é impagável. Nem ouso me impor contra o nome escolhido. Soa bem com os nosso sobrenomes, muito bem...

Beijo a testa de Camila “Nossa pequena Rose...” Volto a pegar na mão da bebê. Hoje é o melhor dia da minha vida...

Flashback off

Sorrio com as lembranças. Sinto a falta de ter um bebê em casa, sim, sinto falta das noites em claro, do som da risada, dos sorrisos, do cheirinho de bebê... Céus! Fico feliz que logo terei tudo isso de volta... faço carinho na minha barriga.

Camila também sente a falta, conversamos sobre, mas, o que ela não sabe é sobre a surpresa de hoje! Na verdade, é uma surpresa para mim também. Não pensei que com a minha idade poderia ter um filho, e cá estou eu, grávida do nosso segundo bebê.

Sei que ela sempre sonhou em me ver grávida igual já sonhei muito em vê-la assim, bom, a partir de hoje ela verá...

Escuto a campainha tocar e logo desço as escadas indo ao encontro dos meus amigos. Vejo Harry e Louis entrarem junto a Luísa.

“Senti a falta de vocês!” Falo abraçando os dois de uma vez. Faz um certo tempo que não os vejo, pois eles estavam de férias em Dubai. Ricos.

“Nós também, L” Sorrio abraçando Louis mais forte ainda.

“Vocês são tão melosos...” Olho de forma debochada para a minha esposa.

“Engraçado que ela fala isso, mas quando ver a Dinah vai surtar e pular no colo da mulher!” Harry sensato sempre.

“Pera... vocês estão aqui... cadê a Luísa?” Me questiono “Ah, não...” Caminho para a sala sendo seguida por Camila e vejo as duas ali, de conversinha “Oi, Luísa” Cruzo os braços para a menina.

“Oi, tia Lauren” Diz sorrindo. Não consigo nem controlar o meu olhar vendo ela tão perto da minha filha!

“Lauren, vem cá!” Camila me puxa para fora do cômodo “Você tem que entender que a sua filha não é mais uma criança!” Faço um bico enorme e cruzo os braços.

“Mas...”

“Sem 'mas'!” Diz me cortando “Olha, amor... você vai ter que lidar com isso” Fico calada “Logo você aprende a lidar!” Minha mulher deixa um selinho em meus lábios fazendo o bico ir embora “Vem, vamos terminar de arrumar a ceia...” Pega em minha mão me guiando até a cozinha.

[...]

P.O.V Camila Cabello

Agora, estamos todos sentados na mesa comendo e conversando. O clima está tão tranquilo e... natalino! Fazia tempo que não nos reunimos assim.

Enquanto as pessoas na mesa conversam, só consigo pensar em como o tempo passou rápido... vejo Anna brincar com seu filho, Joseph, fazendo o mesmo dar aquelas risadas fofas de bebê. Gustav está mais interessado em sua conversa com seu noivo, que parece ser muito boa, pois faz o meu primo sorrir bobamente.

Joe, Juan, Louis e Harry conversam sobre algo que não consigo prestar atenção, pois ver Halsey brincar com o anel de noivado que deu a Hanna enquanto possui o sorriso mais lindo em seu rosto chama mais atenção.

Mas, com certeza a cena mais fofa de todas é Dinah passando a mão na barriga imensa de Normani. Provavelmente, a pequena Juliete está chutando...

“Por que está sorrindo para o nada, amor?” Lauren questiona rindo enquanto brinca com a nossa afilhada, Diara. Ela é com certeza a coisinha mais bonita que Dinah já fez.

“Oh, só estava prestando atenção em todos, mudaram tanto, né?” A criança no colo de Lauren sorri para mim, no mesmo instante sinto o meu coração acelerar de tanta fofura. Diara estende seus braços gordinhos para mim, pedindo que eu a pegasse no colo “Vem, meu amor!” A pego no colo.

“Realmente, muitas coisas mudaram. E hoje principalmente, né?” Diz se referindo a nossa visita especial que chega a me causar arrepios de ansiedade e medo. Beijo as bochechas da minha afilhada que sorri de uma forma doce.

“Queria poder voltar a quando Rose tinha três anos, igual a essa coisa fofa aqui!” Mudo de assunto.

“Também amaria, querida” Vejo um sorriso no rosto da minha esposa.

“Um dia, quem sabe poderíamos ter outra criança, né?” Ela assente “Já vou avisando que daqui não sai mais ninguém!” A escuto rir.

“Certo! Farei o esforço...”

“Fico feliz” Me inclino e lhe dou um selinho breve. Diara começa a bater palmas e sorrir ao ver a cena.

“A minha filha me define totalmente no dia em que a branquela pediu a Mila em namoro” Dinah brinca.

“Demorou tanto que teve até uma festa em comemoração, lembram?” Halsey diz rindo.

“Aquele dia foi muito bom!” Tenho que concordar com Harry, foi perfeito.

“Foi naquele dia que descobri o meu amor incondicional pela Clara...” Reviro os olhos para Louis, esse garoto quer roubar a minha sogra!

“Melhor que aquele dia, foi o dia em que Camila pediu a Lauren em casamento e a Jauregui travou! Não disse nada!” Normani diz rindo, mas aquele dia foi tenso.

“Lauren ficou mais branca que o normal aquele dia!” Diz Joe.

“Vamos combinar que a Mila surtando por achar que a Lauren não queria casar com ela foi mil vezes melhor!” Anna começa a rir descontroladamente.

“Qual é! Ela não disse nada! O que era para eu pensar?”

“Que eu queria! Eu já havia dito que queria! Só não esperava que fosse tão cedo!”

“Cedo? Lauren, a Rose já tinha quatro anos quando a Mila pediu!” Obrigada, Gustav por estar do meu lado.

Antes que eu pudesse falar algo, a campainha toca e sinto um calafrio “Vou atender...” Aviso e caminho apressada até a porta. Respiro fundo e giro a maçaneta dando de cara com quem evitei por tantos anos...

“Oi, Sinuhe” Digo baixo.

“Oi, filha” Vejo um sorriso em seu rosto. Não é a primeira vez que nos vemos depois desses vinte e dois anos, mas é a primeira vez que passo uma data especial com ela. E não creio que nossas visitas nesses anos tenham passado de três “Posso?” Diz se referindo a me abraçar. Assenti a dando permissão.

Logo estou nos braços dela... seu abraço é quente e confortável como era quando Sofi e Alejandro ainda estavam aqui... sinto lágrimas invadirem meu rosto. O Natal era uma das datas que meu pai e irmã amavam, eles realmente incorporavam o espírito natalino. Quem diria que após esse tempo todo eu passaria uma data especial como essa junto a Sinuhe...

Após essas emoções, a chamo para entrar e se juntar aos meus amigos e família. Não há estranhamento algum entre ela e Juan, ambos se resolveram a cerca de um ano atrás. Juan, incrível como sempre, assim que a vê, a abraça e logo a inclui a conversa na mesa. Fico feliz com a aproximação deles.

[...]

Agora, após comermos, todos se juntaram na sala para fazermos o amigo secreto!

“Eu começo!” Diz Dinah “O meu amigo secreto é um burguês safado! Vive mimando a si mesmo com vários presentes caros! Além disso, é um do team Camren desde sempre igual a mim! Sabem quem é?” Meus amigos dizem quase em coro o nome Harry Styles. O homem se levanta e abraça a minha prima.

“Bom, minha vez!” Diz o Styles sorrindo “A minha amiga secreta pode ser confundida com um pedaço de nuvem pelo tom de pele dela, mas juro que ela é uma pessoa incrível! Sabem quem é?” Novamente, o coro volta para falar o nome Lauren Jauregui. Minha esposa abraça Harry com força.

“Agora sou eu!” Sorri “Bom, a minha amiga secreta é incrível! Está sempre lá quando você precisa. Ela pode ser o seu ombro amigo quando se sentir mal, pode ser a pessoa que te fará sorrir nos piores momentos... sabem quem é?” Nem espero as pessoas falaram o meu nome, corro para a abraçar e pego o presente “Por favor, abre” A olho curiosa...

Me sento no sofá e abro a caixa com detalhes rosa e azul. Vejo as coisinhas de bebê dentro da caixa e começo a sorrir enquanto as lágrimas deixam tudo borrado.

Desdobro o pequeno body que diz “Chegarei logo, mamãe… ” e me levanto imediatamente para abraçar a minha mulher.

“É sério isso?” Digo em seu ouvido.

“Sim, meu amor!” Choro em seu ombro como nunca chorei na vida.

Escuto todos baterem palmas para nós, mas esse som parece distante, estamos em nossa bolha agora.

Não sei se o mais incrível é descobrir que serei mãe de novo enquanto estou rodeada de pessoas que amo ou se é ver Sinuhe sorrir e chorar com o body em mãos.

“Você vai ser avó, de novo...” Sorrio.

A mulher envolve meu corpo em seus braços sem aviso prévio e chora igual a mim “Darei o meu melhor para ser alguém que essa criança ame. Desculpe por tudo que já te fiz, filha. Me perdoe, por favor! E, obrigada por me dar uma segunda chance de estar na sua vida...” Acho que não preciso nem responder, apenas correspondo o abraço na mesma intensidade. Esperei anos para escutar essas palavras... doeu a espera, mas o importante é que finalmente as escutei.

Tudo o que passei na vida me tornou quem sou hoje, não me arrependo de nenhuma dor ou felicidade que tive nesse caminho... tudo foi necessário.

Se eu pudesse dizer algo a aquela Camila que chorava no quarto querendo sua irmã e pai de volta, querendo o amor de sua mãe de volta, querendo aceitação... diria que tudo vai passar. Bobo? Talvez, mas é a verdade.

Tudo passa, tudo mesmo! Por mais que pareça que está sentindo a pior dor do mundo, pensa comigo, depois de uma tempestade é que vem o arco-íris.


Notas Finais


💖O que acharam do final de My neighbor?💖
Sinceramente, espero que tenham gostado de ler tanto quando amei escrever essa história para vocês❤
●Vão lá ler o 2° capítulo de My secret●
Até logo, anjos❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...