1. Spirit Fanfics >
  2. My New Boss - jikook >
  3. Chapter fourteen

História My New Boss - jikook - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Chapter fourteen


- Velhote é teu Pai – Jeon bufou um pouco enfurecido por ser chamado de velhote.

- Ele pelo menos é mais bonito que você – Hynata mostrou a língua para seu tio que a olhava chocado como ele podia ser insultado desse jeito, Jeon se achava lindo.

- Eu sou muito bonito você que não enxerga minha beleza – Jeon passou a mão em seu cabelo castanho.

- O Jiminie você acha o titio Jeon bonito? – Hynata perguntou para Park que ria baixinho, mais no momento da pergunta Jimin parou de rir olhando Hynata e Jeon.

- Bom...O Jeon é bonito do jeito dele, ele consegue ser moderno e clássico ao mesmo tempo, ele consegue ser bonito até mesmo de short estilo surfista e blusa polo só isso que eu tenho a dizer – Jimin falou levantando suas mão em forma de rendimento.

- Obrigada Jimin e chupa Hynata eu sou lindo – Jeon riu na cara da garotinha que estava com um bico enorme em seus lábios rosados.

As porta do elevador se abriram dando a visão de muitos carros e motos ali, Jeon foi o primeiro a sair procurando seu carro, que era um belo Audi R8 V10 preto, quando o achou apertou o botão de destravar que ficava perto das chaves.

- Isso não é um carro, é um transformers meu pai – Jimin admirou o carro que nem sabia que existia. Park puxou a porta só que não queria abrir.

- Jimin se puxa pra cima não para trás – Jeon entrou no carro rindo da atitude inocente de Park.

- Eu nunca andei em carro de rico – Park puxou a porta para cima se sentando no banco perfeitamente acolchoado, o carro de Jeon cheirava a menta. Park fechou a porta tentando puxar o cinto de segurança só que havia travado.

- vai me dizer que esse também tem que puxar pra cima? – Park perguntou com um pequeno bico em seus lábios carnudos e vermelhos.

- Não esse se puxa normalmente você que está puxando com força ai quando você encaixar coloca sua digital que só vai abrir quando você colocar sua digital novamente, é pra caso o carro bata ou alguém te sequestre não vai poder te tirar do cinto a não ser que eles coloquem sua digital ai é outra historia o carro tem GPS também  – Hynata disse já de cinto olhando para Park.

Park puxou o cinto devagar e o encaixou, colocou sua mochila em seu colo.

Jeon ligou o carro e deu a partida saindo do grande estacionamento com inúmeros carros. De todo tipo, de todas as cores e de várias marcas.

Estava indo tudo bem até então estava sem trânsito nem nada até chegar em uma parte da cidade que havia enormes filas de carro que buzinavam alto por falta de paciência, a chuva continuava a mesma só que agora mais frio. O carro de Jeon estava parado por causa do transito, Park olhou o carro do lado vendo um homem de mais ou menos 30 anos de idade, sua cabeça estava encostada, sua boca entreaberta ele parecia estar...gemendo, uma mulher de mais ou menos 23 anos se levantou que parecia estar apoiada sobre o colo do jovem moço, ela começou a o beijar sentando em colo. Park virou seus olhos pro lado oposto fechando seus olhos.

- Olha tio aquela mulher está…sentando no colo daquele moço – Hynata apontou o seu dedo para o carro ao lado.

- Hynata não olha pelo amor de Deus – Jimin mandou a garotinha não olhar Hynata logo tratou de tampar seus olhos com sua mão.

- Que falta de vergonha – Jeon bufou buzinando olhando pro casal que voltaram sua atenção para o Jeon que fez um gesto de dúvida, O casal estavam envergonhado por ter sido pego eles se vestiram e voltaram ao seus lugares cruzando os braços.

- Nossa tio...o que eles estavam fazendo? Era nojento – Hynata perguntou olhando para Jeon que olhou para Park com um pedido de socorro em seus olhos.

- Eles estavam brincando de cavalinho só que para adultos – Park disse meio incerto de que ela poderia acreditar.

- uau que legal, quando eu fazer 18 anos eu quero brincar disso – Hynata sorriu com a sua ideia. Jeon agradeceu silenciosamente Park por tê-lo ajudado, não era bom explicando essas coisas era capaz de ter falado a verdade.

- Só depois dos 20, e olhe lá – Park disse pra garotinha sorrindo.

- Você ainda é Park? – Jeon estava perguntando se Jimin ainda era virgem, mais como Hynata estava no carro decidiu não usar tal palavra do jeito que a menina é curiosa iria perguntar o que era virgem ou então iria pesquisar em algum dicionário quando chegasse em sua casa.

- Sim, decidi esperar em vez de fazer com qualquer um que eu nem conheço – Jimin estava meio envergonhado pela tal pergunta que Jeon fez.

- Boa escolha, perdão a tamanha pergunta que eu irei lhe fazer nesse exato momento mais você é gay? – Jeon perguntou olhando nos olhos de Park, era uma mania sua olhar nos olhos de uma pessoa tão profundamente que poderia perfurar sua alma.

- Tá tudo bem, eu sou gay sim – Park sorriu tampando sua boca.

- Quis pergunta tio agora o Jiminie está envergonhado. Minnie porque quando você ri ou sorri você tampa sua boca? – Hynata repreendeu seu tio e perguntou com a maior curiosidade.

- eu não gosto dos meus dentes eles são tortos e feios – Jimin olhou para a garotinha que fazia uma expressão de surpresa.

- Esse motivo bobo? Jiminie seus dentes são lindos – Hynata falou sorrindo para Jimin.

- Eu só não gosto – Jimin juntou suas mãos e corou fracamente pelos elogios da jovem.

- Jimin não sinta vergonha – Jeon disse prestando atenção no trânsito que não andava nem um metro direito, pelo que havia ouvido de outros motoristas aconteceu um acidente grave na rodovia a frente.

- Jiminie você pinta o cabelo não é – Hynata perguntou olhando o cabelo de Park que estava com alguns fios castanhos.

- Ah meu Deus eu tenho que pintar de novo, eu pintei faz dois meses Hynata eu sou moreno mais prefiro ser loiro, eu já estava pensando em pintar de vermelho – Jimin respondeu pegando uma mecha de seu cabelo a olhando.

- Você vai ficar lindo de todo jeito e titio deixa eu pinta meu cabelo de vermelho ou loiro? Eu quero ficar que nem o Jiminie – Hynata perguntou ao seu tio Jeon.

- Claro que tal no dia cinco de são nunca ou no dia três de não vai rolar? Você decide – Jeon respondeu a garotinha olhando para seu celular.

- Seu chato por isso eu prefiro o Jimin ele deixaria eu pelo menos pintar uma mechinha de nada – Hynata cruzou os braços com um bico enorme nos seus lábios, ela queria chorar.

- Eu não sou chato tá eu só não vou deixar você pintar o cabelo não é nada demais daqui á uns oito anos você vai poder pintar seu cabelo


Notas Finais


Passei quase o dia todo escrevendo estou sem muita ideia se vocês quiserem me dar ideias aceito beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...