1. Spirit Fanfics >
  2. My New Boss - jikook >
  3. Chapter seventeen

História My New Boss - jikook - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - Chapter seventeen


Jimin chamou por seu namorado que estava na cozinha fazendo uma lasanha de quatro queijos.

- Meu bem você tá ai – Park tirava seu sapato que machucava seu pé a cada passou que dava, precisava de comprar um sapato bonito e confortável, em seu pé havia vários cortes e calos por causa do infeliz do sapato.

- Eu estou na cozinha amor, quando eu havia chegado lá Jin me disse que você havia saindo fazia uns 10 minutos eu te procurei no ponto de ônibus e não lhe achei, você foi de ônibus ou pegou um uber? – Taemin perguntou da cozinha.

- Meu chefe me ofereceu uma carona e eu como não sou bobo aceitei não estava afim de esperar 30 minutos pelo ônibus e eu não sabia que você estaria chegando, desculpa – Jimin foi até a cozinha abraçando seu namorado por trás.

- Tá tudo bem da próxima me avisa, eu peguei um atalho e cheguei aqui mais rápido. Você viu o acidente que aconteceu? – Taemin pegou a mão de Jimin depositando um beijinho.

- Eu vi, eu estava lá perto pelo o que eu vi parece que foi um homicídio doloso, pelo o que parece o cabo do freio foi cortado com aquela chuva toda o cara foi tentar frear o carro não conseguiu e bateu no poste, eu vi o cara, o rosto dele ficou deformado pelo o que parece quando ele bateu o carro bateu o rosto no volante ai ele foi levantar o rosto e com o impacto do carro o vidro voou no rosto dele e acertou seus olhos – Park pegava um copo o enchendo de água.

- Credo amor eu que não queria estar no lugar do pobre moço – Taemin colocava a lasanha no forno.

- Credo mesmo, eu sinto pena é da família dele vai que ele tinha uma filha ou até mesmo uma esposa, eu nunca quero morrer desse jeito – Park se sentou em cima da mesa bebendo sua água.

- você mão vai morrer nem tão cedo – Taemin ficou no meio das pernas de seu namorado lhe dando dois selinhos.

- Bobinho – Jimin entrelaçou seus braços em volta do pescoço.

- Eu te amo Park Jimin – Taemin disse acariciando as bochechas fofinhas do menor. Ele queria se convencer de que amava mesmo Park, Haneul ainda ficava dando em cima de Taemin, estava havendo um jogo de provocações mas Taemin não estava jogando, só estava quase puxando o jovem para um banheiro e o fodendo já que era aquilo que Haneul queria, mais Taemin amava Park, todos os seus pensamentos de se casar e construir uma família girava em torno de Park, não aguentava mais esperar “chegar a hora certa” como Park sempre falava quando eles estavam indo para algo a mais do que só beijos, Taemin não aguentava mais se satisfazer apenas com a mão, as vezes Park lhe pagava um boquete que era o melhor de todos mais nada além disso.

- Eu também te amo Lee Taemin – Park tinha certeza que amava seu namorado, não havia dúvidas ele tinha a maior certeza do mundo que amava Taemin, na pequena imaginação de Park ele se imaginava com dois filhos um cachorro ele e Taemin, todos dormindo na mesma cama, na mesma casa.

- Vai tomar um banho eu vou fazer um suco de morango com hortelã pra você – Taemin desceu Park de cima da mesa.

- Tá, não coloca muita açúcar eu odeio suco doce demais – Park deu um tapa na bunda de seu namorado correndo parra o banheiro que ficava no seu quarto.

Já com Jeon era diferente ele havia acabado de chegar em casa, a chuva já havia parado fazia em cerca de uns 20 minutos. Jeon estacionou seu carro na sua garagem com seus outros quinze carros de luxo, Jeon saiu de seu carro junto com Hynata que havia acordado fazia pouco tempo seu rostinho estava com marcas do banco.

- Eu shippo você e o Jiminie, quando eu estava quase dormindo eu ouvi vocês conversar, você parecia feliz – Hynata pegou na mão de seu tio que havia travado em seu lugar com o dialogo de sua sobrinha.

- Como é?? – estava uma confusão na cabeça de Jeon, ele não podia gostar de Park, ele jurou a si mesmo que nunca mais se apaixonaria por ninguém, ele jurou que não iria amar.

- É eu falei que shippo vocês dois sabe? Como um casal – Hynata não entendia porque seu tio era assim, ela gostava de quando de seu tio sorrio.

- Se sua tia pega você falando isso ela mata eu e você, e para com isso eu conheci o Jimin hoje, eu não posso gostar dele – Jeon buscava motivos para não gostar de Park, e o único que encontrava era que ele namorava.

- Eu não ligo para ela, e que que tem? Você podia tê-lo conhecido a 10 anos atrás e não seria uma desculpa, e sim você pode e como deve Você fica todo bobo perto dele ri de coisas sem graça. – Hynata cruzou seus braços encarando seu tio.

- Ele namora, e dá para ver nos olhos do Jimin – Jeon mantinha isso em sua cabeça, ele pensava que podia ser fogo no rabo.

- Vai nessa onda que você acaba se afogando – Hynata andou até a porta que dava na cozinha a abrindo. Jeon estava ali parado, pensando nas palavras de Hynata, ela talvez podia estar certa. Entrou na cozinha pegando uma cartinha que estava pregada na porta da geladeira, era de Lisa na carta só havia escrito “Meu amor eu tive que viajar para o Canadá urgentemente para uma sessão de fotos, irei ficar lá por um mês. Voltarei o quanto antes te amo” Jeon riu da carta, ele iria poder ficar sozinho sem ninguém o irritando pedindo cartão de crédito, ele poderia ir no cassino sem Lisa ele estava feliz, agradeceu ao seus por sua namorada ser modelo e ter que tirar fotos. Abriu a geladeira e pegou seu vinho Cabernet Sauvignon seu valor era de US$ 695 era o vinho preferido de Jeon, era meio caro mais era o melhor do mundo.

Jeon pegou uma taça abrindo o vinho que cheirava tão bem, Jeon enchia sua taça com o vinho, não iria beber muito pois havia sua sobrinha e se ele ficasse bêbado iria perder a noção do que fazer e sua sobrinha não poderia ficar sozinha, vai que ela passava mal, ele não poderia ser tão irresponsável.


Notas Finais


Bom meu povo eu consegui, estou assistindo muita series e lendo vários livros então estou com uma criatividade, beijo nenis


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...