História My new "friend" - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jinyoung, Lisa, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Bambam, Gay7, Got7, Jackson, Jaebum, Mark, Markson, Youngjae, Yugbam, Yugyeom
Visualizações 37
Palavras 1.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ohhh coisas novas...
Nao me julguem pleaseeee
Bom capitulo... <3

Capítulo 19 - Can i sleep with him?


Fanfic / Fanfiction My new "friend" - Capítulo 19 - Can i sleep with him?

ítulo 19

YOUNGJAE POV

   Eu queria tanto fazer o que Jaebum queria, mas sentia que não estava preparado. Sabia que ele não iria esperar para sempre por isso tinha que me começar a preparar mentalmente.

   Era a minha primeira vez; eu posso já ter tido alguns namorados, mas era quando ainda era pequeno. Eu tinha medo que doesse, tinha medo de não ser o suficiente para o JB, já que se notava que ele já tinha experiencia.

   - Jae, hoje o meu irmão vai viajar para outra cidade e só volta amanha; porque e que não avisas a tua mãe e vens dormir la a casa – estávamos deitados na minha cama abraçados a espera que a motivação para estudar voltasse.

   Eram 4h da tarde nos não tínhamos nada para fazer. O dia de aulas foi igual aos outros, alguma troca de beijos entre os intervalos, nada demais, as aulas que se tornavam cada vez mais chatas e o grande conflito entre o JB e a Jennie, que não parava de se atirar a mim. Sim eu percebia o que ela queria, mas eu queria que o Jaebum confiasse em mim, queria que ele soubesse que eu nunca iria amar outra pessoa sem ser ele.

   - JB, não sei…

   - Vá la Jae, eu não quero ficar sozinho a noite – fez um beicinho, mas havia um brilho malicioso em seus olhos.

   - Okay, eu vou falar com a minha mãe.

   Desci as escadas e fui ate a minha mãe, que estava na cozinha a arrumar algumas loiças.

   - Omma, eu queria te pedir uma coisa.

   - Sim?

   - O Jaebum convidou-me para ir dormir lá em casa. Posso?

   - O irmão dele esta?

   - Não, e por isso que ele me convidou – percebi o que ela estava a pensar pela sua expressão -  Não vai aconte...

   - Jae por favor, toda a gente já sabe que vocês namoram. Sim tu podes ir la dormir, mas por amor de deus toma precauções.

   - Omma, eu sei… - tentei ao máximo desviar o assunto – obrigada.

   Abracei a minha mãe de leve e voltei a subir as escadas. Avisei o Jaebum e nos começamos a arrumar as coisas. Estava nervoso, muito nervoso; eu não sabia o que ia acontecer a noite, tinha uma pequena ideia dos pensamentos do JB, mas ainda não tinha processado.

   - Adeus Omma. Ate amanha.

   - Adeus.

   Algum tempo depois…

   - Como e que tu vens me levar a casa todos os dias, demoras tanto tempo para chegar á tua.

   - Não poderia arriscar o meu namorado ser violado ou alguma coisa do género.

   - Mesmo assim, tu vais para casa sempre tao tarde; ainda acontece alguma coisa.

   - Não te preocupes Jae – deu-me um beijo e agarrou na minha mão – eu sei como me proteger; por ti.

   Finalmente chegamos a casa do JB. Aquela casa continuava acolhedora como sempre. Estava à espera de ver o mesmo quarto frio completamente limpo, sem cor nem fotos; mas fiquei espantado quando vi uma foto nossa, no primeiro dia de namorados, em cima da sua mesa de cabeceira. Isto pode não parecer nada, mas ate agora ele nunca tinha tido uma foto no seu quarto.

   - Gostas? Eu decidi pô-la aí, não te importas, pois não?

   - Claro que não. Adorei.

   - Ah… Jae… - ele era fofo envergonhado, mas no seu olhar havia um fogo que eu nunca tinha visto - eu não sei o que é que queres fazer agora…

   Ataquei os seus lábios ferozmente. Ele queria aquilo, eu queria aquilo. Eu estava pronto. Senti a sua língua invadir a minha boca, sem qualquer pedido nem sem hesitação. Me empurrou contra a parede e desceu ate ao meu pescoço, onde deixou alguns beijos molhados e algumas marcas; o que fez com que eu deixasse escapar pequenos gemidos por entre meus lábios.

   - Jae, eu estou a tentar ir com calma, mas se tu fizeres isso eu não vou conseguir me controlar mais.

   Mantive o contacto com os seus olhos enquanto ele descia ate ao meu pescoço outra vez. Ao primeiro toque gemi o seu nome continuado com os olhos fixados nos dele.

   - Jae – pegou em mim e me deitou na cama, indo em cima de mim – tu estas me provocando?

   Inverti as posições e me sentei em cima do seu membro, rebolando e sempre mantendo o contacto. Ele levou as mãos ate a minha sweater e a tirou num só gesto. Me senti ligeiramente incomodado quando ele olhou para o meu corpo de cima a baixo. Ele deve ter percebido porque levou as suas mãos á minha nuca e me puxou para mais um beijo. Aproveitei estar perto do Jaebum e tirei a sua t-shirt, a atirando para o chão onde estavam as outras peças de roupa.

   Fiquei de novo em baixo do JB, ele levou as suas mãos ate ao cos das minhas calças e começou a retira-las. Eu estava com muita vergonha, nunca ninguém tinha visto o meu membro assim. Ele retirou as calças por completo e começou a tirar a minha boxer. Eu imaginava que naquele momento já parecia um pimento de tanta vergonha que sentia. Eu amava JB e sabia que ele me amava também mas tinha medo que ele se desiludisse depois de esta noite.

   Fiquei sem roupas nenhumas e, de novo, o Jaebum me olhou por completo.

   - Jae, tu és lindo – os seus olhos transmitiam um calor que eu nunca tinha visto. Transmitiam segurança e conforto, mas ao mesmo tempo desejo e vontade. E eu não duvidava que os meus estivessem diferentes.

   O beijei outra vez, desta vez mais calmamente, o que me deu tempo para tirar as suas calças e a sua boxer. E la estávamos nos, juntos numa cama, nus. Uma coisa que eu sempre sonhei, mas também sempre me aterrorizou. Ele começou a roçar o seu membro a minha entrada.

   - JB, e se doer?

   - Jae, não vou mentir, vai doer; mas eu vou fazer que não doa assim tanto, eu prometo.

   Mais uma vez os nossos lábios se juntaram, enquanto sentia Jaebum entrando dentro de mim. Soltei alguns gemidos de dor misturados com prazer. Ele tinha razão, aquilo doía muito e era muito desconfortável, mas por alguma razão eu só conseguia pensar nele, em como ele me fazia feliz, e isso ajudou no desconforto que eu sentia ate que acabasse.

   Algum tempo depois so sentia prazer e uma mínima dor que quase nem se sentia e por isso comecei me movimentando, e automaticamente ele também começou a andar mais rápido. A sensação de ter alguém dentro de mim era estranhamente boa. Comecei soltando alguns gemidos, que, pelo que eu via, o enlouqueciam, quando ele acertou na minha próstata repetidamente.

   - Jae, eu…

   Senti o seu liquido quente escorrer enquanto ele se retirava de dentro de mim. Passamos alguns minutos em silencio, só olhando um para o outro tentando acalmar a nossa respiração.

   - Jae… - deu uma pausa – como você pode ser tao bom em tudo?

   O beijei, desta vez calmamente, e o abracei. Como e que eu podia estar tao apaixonado por uma pessoa?

   


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Nao me julguem foi a primeira vez que escrevi lemon na minha vida kkkkkkk
Digam o que acharam e até ao proximo capitulo :-)
kisses lindos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...