1. Spirit Fanfics >
  2. My new teacher - Imagine Twice ( Hiatus ) >
  3. Capítulo 12

História My new teacher - Imagine Twice ( Hiatus ) - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Capítulo 12



Quando eu estava indo para cama novamente vejo Sana com um semblante malicioso, logo chegando perto da mesma retirando sua sai lentamente, quando retirei a peça de roupas inultio no momento ousso uma voz feminino.

- Filhaaaa.- Era minha mãe no andar de baicho. Droga.

Vou até o guarda-roupa rapidamente escondendo rapidamente os objetos, vejo Minatozaki rindo e ponhando sua saia muito útil agiro. 

- Para de rir da minha desgraça Sana-ya.- falo arrumando minha roupa corretamente logo indo até ela a ajudando a se levantar.

- Desculpa unnie, mas é que muito engrassado você desesperada.- Fala seguindo até a porta sorrindo logo a abrindo e indo até as escadas sendo acompanha por mim. Mas ela me prensa na parede e me rouba um beijo cheio de luxúria, antes que eu pudesse agarrar sua cintura ela se separa de mim sorrindo sapeca.

- Sua mãe ainda está aqui s/a.- fala pegando em minha mão logo as entrelaçando fortemente e descendo as escadas dando de encontro com minha mãe sentada no sofá.

- Olá meu bem, como está?. Quem é essa.?.- pergunta se levantando e me abraçando que retirei minha mão com a de Sana para a abraçar melhor.

- Muito bem omma. Essa é minha alun - Sou cortada por Minatozaki estendendo a mão para minha mãe apertar.

- Olá Sra. Shin, eu sou Minatozaki Sana namorada de sua filha.- Quê?!

- Namorando e nem me contou s/n. Vem vamos conversar minha  nora.- Fala me olhando indignada logo pegando na mão de Tozaki a levando para o sofá logo se sentando e conversam enquanto a mim estava intactada no lugar. Porque Sana falou quê agente namora?

Fui até a cozinha pegando um copo logo enchendo de água assim depois o bebendo.

- S/n vem aqui.- Manda minha mãe gritando no outro comodo e eu obviamente a obedeço, mas antes eu despejo o liquido novamente no copo assim indo para a sala.

- Sim mãe.- falo me sentando ao lado de Sana que sorri e pega em minha mão.

- Como que vocês se conheceram?.- pergunta me olhando atentamente e sorrindo largo em minha direção.

- En-então... Foi como mesmo Saninha?.- Pergunto a olhando sorrindo nervosa com tal resposta da garota ao meu lado que deu um sorriso diabólico então eu bebo minha água lentamente.

-  Ela foi em uma balada de strip, então eu estava dançando em cima do palco e quando eu botei meus olhos nela meu coração ja sabia que essa mulher seria meu amor. Não é mesmo meu amorzinho?.- pernguta olhando para mim sorrindo. Na mesma hora eu engasgo com a água.

- I-isso mesmo omma.

- E oque aconteceu depois?.- pergunta curiosa.

- Depois que o meu show acabou eu a chamei para o meu camarim e agente fez um sexo selvagem, e quase fomos pegas sorte que eu consegui gemer baixo. Então agente trocou nosso numeros e começamos a sair, minina você não sabe como sua filha é boa na cama, me arregaço de uma forma que meu cu estoro.- fala como fosse uma vizinha fofoqueira que quando vê o caminhão da casas Bahia já sai de dentro da casa indo fofocar com as outras.


Puta quê pariu.


- Meu deus filha, não sabia que você ia a clubs de strps a noite.- fala ela coloquando uma mão em cima de sua boca. Ela não ouviu o resto?!

- Então né, quando tava no palco e vi aquela carinha de santa me perguntei oque essa dai tava fazendo em um club noturno.- fala assentimento lentamente.

- Garota você não tem ideia do quanto de namoradas essa dai teve.- Fala minha mãe olhando para Sana que me olhou com os olhos pegando fogo.

- É mesmo me conta mais sogra.- Fala interessada e com a voz irritada.

- Teve um monte. Uma era mafiosa, outra vidente, dei teve uma que era drogada. Essa drogada eu não gostava, a cama de meu gato ficou com cheiro de maconha, e o coitadinho ficou todo drogado.- fala a minha mãe com dó do seu gatinho.

- Mais fique tranquila sogrinha, que eu já parei com essa vida de putero e trabalho como garçonete num restaurante aqui pertinho. Qualquer dia vai lá pra gente conversar mais.- fala minha suposta "namorada" sorrindo.

- Claro claro, eu vou sim. A proposito finalmente uma namorada descente ne filha!. Pelo o amor de deus.- fala minha mãe indo para a cozinha sendo acompanha de mim e Sana.

- A senhora não vai embora não?.- pergunto mas logo leve um beliscão doido em minha cintura de Sana.

- Eu vou dormir aqui, vem vamos Sana.- fala puxando Minatozaki para sala com uma jarra de suco, deicho meu copo vazio no armário e pego três copos de vidro indo pra a sala.



Essa noite vai ser longa, e não no sentido bom...




Notas Finais


Alguem pode fazer capa para o imagine da Irene e de Nayeon porfavor?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...