História My (not) dear anonymous friend. - Capítulo 11


Escrita por: , Moon_Moon_ e sweetflake

Visualizações 59
Palavras 537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olarrrr kkk tudo bem com vocês? Espero que sim!

ATENÇÃO: sugiro que vocês leiam de novo o capítulo anterior - no caso o final dele - porque teve uma pequena alteração nele, nada de mais :)

<3 <3 Boa Leitura <3 <3

Capítulo 11 - Fodeu


P.O.V Jungwoo

Depois que o Yuta entregou o seu diário para mim e para o Ten nos fomos juntos pra casa, já que moramos perto. No caminho decidimos quem iria ficar com o diário, quem vai ficar com ele sou eu, porque o meu querido amigo Ten tem a mania de perder tudo. 

          [...]

Estava eu tentando achar um lugar bom para guardar/esconder o diário do Yuta até que percebo que não tem, e que se eu deixar ele em casa tem grandes chances de umas certas pessoas que vivem mexendo nas minhas coisas e pegando elas sem a   minha permissão cofcof Doyoung e Jaemin cofcof acharem ele, porque assim.... o meu quarto não tem chave. Até que eu tive a brilhante idéia de leva-lo comigo para a escola. 

*No outro dia*

As aulas passaram rápido - por mais que isso pareça impossível - logo chegou a hora do recreio e eu lembrei que seria arriscado deixar o diário na minha mochila, já que esses filhos de Hermes vivem mexendo nas coisas dos outros pra ver se tem algo de bom para roubar, então eu pensei "vou levar ele comigo pro recreio",é claro, por que não ficar o recreio inteirinho carregando pra cima e pra baixo um caderno, não é mesmo? A que se-foda, qualquer coisa se alguém perguntar o por que de eu estar com um caderno no recreio ou querer saber o que está escrito nele, é só eu mandar um "não é da sua conta palhaço".

Quando cheguei lá, fui - junto de Ten - comer o lancinho da tarde. 

Depois que levei o prato, voltei e me sentei na mesa de novo, como Ten lesma Chittaphon Leechaiyapornkul ainda estava comendo aproveitei para ir ao banheiro. 

Sai do banheiro e encontrei com  Ten ali me esperando, já iria bater o sinal então eu  e ele fomos para a sala.

Chegamos na sala e ficamos conversando até a professora chegar. Assim que ela chegou me dei conta que eu não estava mais com o diário de Yuta, nem o Ten.

......Fodeu

P.O.V Sicheng

As aulas passaram até que rápido, segundo Lucas e Kun, pra mim elas passaram devagar, como sempre.

A hora do recreio chegou e nós fomos comer, como sempre.

               [...]

Esta quase batendo o sinal e eu me encontro aqui, comendo sozinho, já que Lucas e Kun  foram para a sala pois não queriam chegar atrasados, se não, talvez a professora não deixaria eles entrarem. Ao contrário deles eu taquei o foda-se e continuei comendo bem de boa sem me preocupar se depois poderia, ou não, entrar na sala. 

Terminei de comer e fui levar o prato, quando estava passando por uma das mesas vejo em cima dela um caderno, curioso, pego o mesmo, abro e começo a ler.

"Diário de Nakamoto Yuta"

Arregalo os olhos.

 Logo decido que é melhor deixar pra ler depois, e assim sigo na direção da minha sala. 

Bato na porta e peço licença, só que a demônia da professora não deixa eu entrar, isso resulta em um Dong Sicheng sentado na diretoria esperando o sinal da próxima aula bater para poder entrar, enquanto espero aproveitei para ler o diário de Yuta.

              [...]

Cheguei em casa e a primeira coisa que faço e mandar uma mensagem  para Yuta.

"Eu li seu diário"


Notas Finais


He he o capítulo acabou com o Sicheng mandando a mesma mensagem do outro capítulo.

Sim, vocês teram que esperar até segunda pra saber o que estava escrito no diário :) hi hi eu sou muito má!

Pra quem não sabe, Hermes é um deus da mitologia grega/romana, ele é o mensageiro dos deuses e também é o deus dos viajantes e dos ladrões. Estão vendo, aqui tem cultura kkkkk Palmas para mim! *clap clap*

Então foi isso ;) tchauzinho, toma aqui um beijinho na testa °3 kkk
-Moon-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...