História My Ômega, My Alfa - Jikook - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Mundo Abo
Visualizações 186
Palavras 2.695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello amoras.... Turo pão

Bom antes de tudo obrigado pelos favoritos e os comentários. Sobre isso irei dar algumas explicações nas notas finais. Então pfvr leiam elas é mto importante

Enfim espero q gostem do cap.

Desculpa pelos erros ortográficos não deu tempo de revisar.

Boa leitura amoras

Capítulo 8 - Entrando no cio


Fanfic / Fanfiction My Ômega, My Alfa - Jikook - Capítulo 8 - Entrando no cio

06:00 AM

Acordo com o barulho do meu despertador. Levanto morrendo de sono pois vocês já sabem fiquei até tarde conversando com o meu 'querido Taehyung, bem na verdade foi um interrogatório da parte dele. Mais enfim des de ontem quer dizer hoje porquê já se passava da meia-noite quando fomos dormir, fiquei com aquilo que o Tae me disse sobre a tal de Hyuna me intrigo bastante, afinal oque ele quis dizer sobre eu perder o Jungkook pra ela ?? Oque será que o Tae sabe que eu não sei ? Bom vejo isso depois agora tenho que tomar meu banho e fazer minhas higienes matinais.

Fui em direção ao banheiro do meu quarto, entrei tirei meu pijama liguei o chuveiro e tomei meu amado banho. Depois de alguns minutos desliguei o mesmo me sequei enrolei a toalha na minha cintura e com a outra menor secava delicadamente meus cabelos  que tanto almanejo. Fiz minhas higienes e logo sai do banheiro. Escolhi minhas roupas ( foto da capa ) não passei perfume pois com meu cheiro forte não preciso disso apesar de não gostar dele. Sai do quarto e fui pra sala joguei minha mochila no sofá e fui pra cozinha onde o Tae estava tomando já o seu café.


~ Bom dia ~ me aproximei e sentei na bancada ficando de frente para o mesmo que estava do outro lado comendo sua panqueca.


~ Bom dia, Jiminnie. Dormiu bem ? ~ Me encarou dando um todas ada meio de lado,  não intendi o motivo.


~ Graças a você não deu tempo de dormir como uma pessoa normal dorme. 


~ Oxxi, acordo estresadinho hoje ? pois saiba que eu dormi super bem. ~ Mais é claro ele deita na cama e morre. Pode acaba o mundo que pra ele é como se nada de importante divesse acontecendo. ~ Oque foi Jimin, porque essa cara de taxo logo cedo?


~  Deve ser porquê uma certa pessoa ficou me fazendo pergunta quase a noite toda e não consegui dormir quase nada e agora to parecendo um Zombi. ~ Tomei meu café não quis comer nada tava com preguiça até de mastigar, sinceramente eu tenho que parar de ficar dando tanta satisfação da minha vida pro Taehyung até mais tarde da noite. ~ Aff, vamos logo pro colégio. ~ me levantei da bancada e fui até a sala pegar minhas coisas. Senti dores no meu abdômen mais não liguei, me inclinei um pouco pra pegar a mochila e a dor voltou com mais força me fazendo sentar no sofá e fazer uma careta.


~ Ei, Jimin oque foi ? ~ Ele se aproxima se mim e logo faz uma cara de assustado ~ Jimin teu cheiro.... Ele ta mais forte....  Você vai entrar no cio Jimin ?


~ Não Tae é só uma dor no abdômen, já vai passar.... Ahh... Eu já to bem. ~ Falei mais na verdade eu tava com muita dor no meu baixo ventre.


~ Eu acho melhor você ficar em casa Jimin, seu cio ta próximo ele pode chegar a qualquer momento, e na escola não é uma boa hora pra que ele chegue. ~ por um lado o Tae tinha razão mais eu não poço faltar hoje eu tenho que falar com o Jungkook. Então me levantei respirando fundo para acalmar ou tentar amenizar a dor.


~ Não, eu já to bem... E aliás eu preciso dar uma resposta pro Jungkook e tem que ser hoje não poço mais perder tempo com isso. ~ Tae sorriu.


~ Então vamos logo. ~ ele me puchou ate a porta abrindo a mesma, de repente ele parou me fazendo bater em suas costas com meu peito.


~ Oque foi agora Taehyung ?


~ Você ta bem mesmo Chim ? ~ ele me analisou de cima a baixo, vendo se eu realmente estou bem.


~ Sim Tae,  vamos logo. ~ Passei em sua frente seguindo até o elevador adentrando o mesmo. Tae logo veio atrás. 

Tava muito ansioso para chegar no colégio e encontrar Jungkook sei que ele falou que eu tinha todo o tempo pra dar a sua resposta em relação a chance que ele me pedio  ontem. Chegamos no térreo e fomos para o carro. Em poucos minutos estávamos quase chegando na escola, foi ai que me lembrei sobre o que o Tae tinha dito essa madrugada pra mim antes de dormir, então resolvi perguntar.


~ Tae ? ~ ele apenas resmungou ' hum' e eu continuei ~ Quem é essa tal de Hyuna ? ~ ele olhou pra mim por alguns segundos e riu sem mostrar os dentes, logo voltou a prestar atenção no veículo.


~ É apenas uma ômega oferecida, uma ficante do Jungkook, acho que com ela até que durou mais que uma noite.


~ Como assim Taehyung ? ~ ele chegou na frente da escola e estacionou o carro onde estaciona sempre, tinha várias pessoas no campus como sempre. O encarei esperando sua resposta.


~ Ah Jimin... O Jungkook como você sabe antes de te conhecer ou seja ate alguns dias atrás ele era assim saia,bebia, e ficava com  todas as e os  ômegas entre eles a que mais ele gostou foi essa Hyuna, e até um tempinho atrás antes de você chegar aqui eles saiam, mais depois não vi mais ele com ela, só sei que ela é completamente loca por ele e isso não é novidade pra ninguém todas são. ~ Revirei os olhos com sua última fala, mais não pude deixar de me preocupar sabendo agora sobre essa garota e que ela foi muito mais que apenas só mais uma pro Jungkook. Será que eu também vou ser só mais um pra ele ? Não quero que tudo aquilo aconteça de volta eu não aguentaria mais isso. ~ Calma Jimin se o Jungkook gosta mesmo de você como ele te disse, com certeza ele não liga mais pra ela, ninguém liga. 


~ Tae eu não quero que tudo aqui.... ~ fui cortado antes de continuar, por aquela dor de novo ~ Ahh... 


~ Jimin você não ta nada bem acho melhor eu te levar pra casa novamente.


~ Não Taehyung eu já to melhorado já. ~ esperei um pouco até  a dor no meu ventre passar um pouco e sai do carro. ~ Ei, vamos ou vai ficar ai parado me olhando ?


~ Tá, tá tô indo sr. Apressadinho ~ Fechei a porta e nao demorou muito pro Tae brotar do meu lado. 

Fomos caminhando ate a entrada da escola ainda tinha vários Alfas me olhando com cara de malícia, ignorei as olhadas indesejadas pra mim e segui em frente de repente senti um calor pelo seu corpo insuportável e nem tava calor na hora o clima tava agradável, mais segui em frente estávamos no corredor do pátio vi  o hope se aproximando de nos dois Tae abrio um sorriso quadrado lindo no rosto ate dei um sorriso de lado por ver sua animação quando está perto de seu Alfa. Ele saiu correndo e se atirou nós braços de Hoseok que já estava sorrindo quando viu o ômega ao meu lado só balancei a cabeça vendo a cena na minha frente de certa forma eu tinha inveja do Tae, mais não por ele já ter um Alfa e eu não, mais sim por sua felicidade e alegria da pra ver como eles são felizes juntos e não tem ninguém pra atrapalhar os dois. Queria tanto um dia ser como o Taehyung se sentir amado por quem ama, ser feliz, acordar todo dia e ver que a pessoa que você ama e sempre vai amar está do seu lado até terem filhos, serem avôs, bisavos, e morrerem juntos e quando estiver lá na frente, você olhar pra trás e ver tudo oque você construiu as escolhas que foram feitas mesmo cendo difíceis, elas eram as certas ha serem feitas. Eu só queria um dia poder sentir e viver tudo isso olhar pra trás e não me arrepender de nada que tenha feito e construído, será que é pedir de mais ? 

~ Ei, Jimin como vai ? ~ Fui tirado dos meus pensamentos por Hoseok me chamando, sorri pra ele quando chegaram perto de mim.


~ Oi Hope, vou bem e você não preciso nem perguntar né. ~ eles se entre olharam e sorriro. ~ Vocês ficam tão bem juntos.


~ Eu sei, somos lindos ne amor ? ~ Taehyung falou e Hoseok apenas ficou na sua.


~ Onde está o Jungkook hope? Preciso conversar com ele. ~ Falei olhando ao redor pra ver se achava quem queria realmente ver.


~ Ele ta na sala Jimin, pelo menos era lá que ele tava antes deu sair pra ver se o Tae já tinha chegado. 


~ Okay, vou lá então.... É vocês vêm ? ~ perguntei e os mesmos a sentiram com a cabeça. Vim na frente enquanto os dois se pegavam atrás, parei ao sentir meu corpo tremer e aquela dor voltar mais forte ainda.


~ T-tae o-o Jimin tá no cio ? ~ hope perguntou já mudando a cor dos olhos me afastei um pouco pois o mesmo é um Alfa e eu fiquei um pouco amedontrado.


~ Calma amor, ei olha pra mim eu to aqui, Jimin você tem que ir pra casa agora ! ~ Fiquei um pouco ali, respirando tentando me acalmar e controlar a dor e com muita dificuldade ela foi amenizando mais ainda doía muito, so que eu não iria ir embora agora antes tenho que falar com o Jungkook preciso falar dar a minha resposta pra ele.


~ Eu não poço ir antes de falar com o Jungkook. Tae tenta controlar o hope depois que falar com ele eu vou pra casa prometo. 


~ Tudo bem Tae e Jimin, eu to bem é que o cheiro dele ta muito forte isso meche comigo e com todos os alfas, Jimin vai pra casa é melhor conversa com o Jungkook depois. Algum alfa pode acabar te machucando se te pegarem por aqui.~ caminhei ate a porta da sala, olhei pra eles dois que vinham atrás de mim.


~ Tem que ser agora Hope, eu só vou falar e depois eu vou já disse. ~ ponhei a mão na maçaneta da porta e abri, entrei e me arependi profundamente, ver aqago mesmo que eu não estivesse nada ainda com ele me fez voltar ao meu passado que eu quero tanto esquecer, não sei como fui burro de me deixar acreditar que ele era diferente apenas por que passamos um dia inteiro juntos, e não acredito que iria dar uma resposta positiva pra ele. Como me deixo enganar fácil pelas pessoas pensei que ele gostava de mim, me amava como ele disse mesmo que em poucos dias juntos e o pior é que eu o amo, sim eu o amo.  Chorei internamente não queria me expor de bobo na frente de todos e principalmente na frente dele.  Ver Jungkook beijando aquela garota na sala na frente de todos foi como uma facada no meu peito. Eu não podia estar sendo feito de trouxa de novo não agora não aqui não por ele. Não conseguia sair do lugar estava estático com a cena à minha frente, a dor que eu sentia no meu abdômen parecia não existir mais, mais logo não Adianto mais e a dor surgiu me fazendo gemer baixinho, mesmo assim os alfas da sala escutaram porque na hora todos me olharam e entre eles Jungkook depois de ter empurrado a ômega a sua frente e me encarar assustado.


~ Ji-jimin deixa eu explicar.~ Senti o Tae por as mãos no meu braço para tentar me acalmar.


~ Tae me tira daqui por favor. ~ falei num fio de voz pela minha dor estar maior e agora, uma outra dor que destruiu o resto que sobro do meu coração me invadia, ele assentiu e me olhou triste encarou Jungkook decepcionado negando com a cabeça. ~ por favor Tae.


~ Claro pequeno, vamos. ~ me abraço de lado e eu segurei o quanto pude as lágrimas.


~ Jimin por favor me deixa te explicar, não é nada do que você ta pensando, por favor me ouve. ~ Ele saiu de perto da vadia e veio em passos rápidos até mim, me afastei quando ele tentou me tocar ~ Jimin.... Seu cheiro.... Você tá...tá...


~ Não importa Jungkook ~ me alterei eu sei que a gente não tem nada mais então porque ele disse todas aquelas coisas pra mim, só me eludio eu podia prever que um alfa como ele não iria gostar de alguém como eu duma hora pra outra, e deixar sua faminha de lado com certeza eu era só mais um qualquer pra ele sem insignificância. ~ Não quero ouvir tuas explicações Jungkook, aliás nos não temos nada não é mesmo ? Você pode ficar com quem quiser. Você não me deve explicações.


~ Quem é esse ômega Kookie oppa ~ A piranha falou atrás dele com uma voz irritante, que me deu mais ódio ainda.

~ NÃO ME CHAMA DESSE NOME CARALHO . ~ ele gritou com sua voz de alfa me fazendo encolher e a garota e o resto dos ômegas presentes também. Ele me olhou culpado e tentou novamente se aproximar, mais dei um passo pra trás, junto de Tae. ~ Jimin me desculpa não queria te assustar pequeno. E eu lhe devo sim explicações e você vai me ouvir, por favor Jimin.


~ Acho melhor vocês conversarem em outro lugar, as pessoas estão olhando e o professor logo vai chegar. ~ Tae disse  e me arastou pra fora da sala,mais antes de sair pude ouvir a voz irritante daquela garota.


~ Kookie você não pode me deixar por ele, eu sou sua ômega kookie-ah~ Que vadia. 


~ Eu não vou te deixar porquê nos nunca estivemos juntos. E você não é e nunca vai ser minha ômega. ~ pude ouvir Jungkook falar isso para ela.


~ Mais koo.... ~ ela iria continuar se ele não a enterompece já sem paciência ao que deu pra se perceber, mais porque ele ta tratando ela assim se a poucos minutos os dois estavam aos beijos pra todo mundo ver.


~ Chega Hyuna ! Me esquece garota, você já arruinou demais minha vida até agora. ~ Depois disso Tae me levou rapidamente para o carro pois eu já me contorcia de dor no meu ventre, mais conseguía me controlar ainda, vi de longe Jungkook correndo na nossa direção tratei de entrar rápido no carro, não quero ve-lo agora e nem ouvi-lo. ~ JIMIN, Espera. ~ ele gritou mais mandei Taehyung acelerar o carro, e mesmo contra gosto partiu me levando pra casa. Logo chegamos e doía muito a minha entrada, com dificuldade sai do carro e subi com a juda de Tae para o ap, entramos no mesmo quando chegamos no nosso andar Tae abrio a porta e entrei, ele me levou para meu quarto e eu fui direto pro banheiro, tomar um banho gelado pra ver se acalmava a dor. É meu cio chegou. Tae saiu do quarto ligando não sei pra quem não consegui ouvir.

Depois que sai do banheiro, vesti a primeira roupa confortável que vi na frente e  me deitei na cama a casa tava um silêncio, onde tava o Tae nas horas que preciso dele. Ouvi a campainha tocar, mais não ouvi os paços de Taehyung para atende-la. Que ódio eu aqui  nesse estado em pleno meu cio e o desgraçado do Tae resolve sair e me deixar aqui sozinho pra atender a porta. Então me levantei assim que escutei novamente a porta, me arastei ate a sala chegando na maldita porta. Então abri a mesma vendo quem eu menos queria ver naquele momento era ele. Jeon Jungkook. 


~ O-oque se ta f-fazendo a-aqui...ahhhh.... Jung-Jungkook ~ sem querer gemi no meio da frase, eu tava quase morrendo de dor minha entrada piscava e já escoria seu lubrificante natural minha box já estava enxarcada. Jungkook entrou sem perguntar Já me agarrando ~ Oque v-voce t-ta f-fazendo .


~ Te ajudando bebê, calma eu vou me explicar, e contar tudo oque aconteceu mais agora eu preciso de você Jimin teu cheiro ta me deixando louco, você seu corpo seu jeito tudo me deixa louco e eu vou te ajudar no cio você querendo ou não. Eu te amo baby.


Continua....??




Notas Finais


To sentindo cheiro de Lemon no ar

Amoras quero falar sobre os comentários eu leio todos e me sinto mto feliz pelo carinho me desculpem por não responder eles mais não é pq não quero e sim pq ando mto atarefada esses dias na verdade to sempre assim kkk.

Não pensem q é falta de educação da minha parte eu queria mto responder todos eles mais é que realmente não tenho mto tempo mais mesmo assim peço que continuem comentando os capítulos pq isso faz a diferença e me incentiva a continuar....

Então era só isso e mais uma vez me desculpem mesmo amo vcs

E obrigada pelos favoritos to mto feliz mesmo....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...