História My Only Light - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 17
Palavras 2.356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Policial, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Como prometido, mais um capítulo pra vocês amoreeees. Me desculpem os erros ortográficos. Tenham uma boa leitura. 😊♥️🌻

Capítulo 4 - Tarde na casa do Tae.


Fanfic / Fanfiction My Only Light - Capítulo 4 - Tarde na casa do Tae.

Eu rapidamente desenlacei nossos braços e ela me olhou confusa.

- O que foi? - Perguntou ela olhando pra frente.

- Você sabe que eu posso ir pra casa sozinho né? - Eu disse olhando pra frente e percebendo que faltavam apenas uma rua pra chegar no meu apartamento, o que significa que logo ela vai descobrir onde eu moro, aff.

- Eu sei, mas eu quero te acompanhar - Ela disse e saiu correndo na minha frente e eu corri atrás dela - kkkkkkkkk.

- Garota para de correr, você vai cair e quebrar a cara! - Eu gritei com ela e a mesma parou do nada me fazendo passar dela - aish, vem cá - Eu dei um leve beliscão nela e a mesma reclamou

- Malvado! - Ela fez um bico enquanto continuávamos a andar.

- Tsc, criança - Eu disse e logo chegamos a frente do meu apartamento, eu parei e a mesma me olhou parando também.

- É aqui? - Eu afirmei - Parece ser simples - Ela disse.

- Óbviamente né? - Revirei os olhos e comecei a entrar no meu apartamento mas percebi que um ser andava atrás de mim e eu parei me virando pra encará-la - Já pode ir pra casa! - Eu disse como se fosse óbvio e em um pedido.

- Não quero! - Ela disse simples fazendo um biquinho que parece que ela gostou e andou na minha frente.

- Aish...- Eu bufei e a puxei pra trás de mim continuando a andar - Você nem sabe qual é o número do meu apartamento, por que vai na frente? Anta.

- Ah - Ela bateu na minha nuca e eu a olhei mortalmente - Qualé, você não vai fazer nada comigo mesmo - Ela disse assim que nós entramos no elevador e eu apertei no botão. Olhei pra ela sorrindo sapeca e a mesma me encarou - Que foi? - Prendi ela na parede e ela arregalou os olhos.

- Como sabe que não vou fazer nada com você? - Perguntei ameaçador passando os dedos no seu queixo.

- P-porque eu sei, me larga vai - Ela me empurrou e eu ri por vê-la corada - Idiota! - Ela cruzou os braços e fez um enorme bico. O elevador parou indicando que paramos no quinto andar, saí de lá acompanhado pela S/n e logo fui procurando a porta número 46 B, coloquei as chaves e logo destaquei a porta, entrei e a mesma logo entrou correndo, revirei os olhos e fechei a porta deixando a chave na fechadura - Olha, pra um cara chato e idiota como você esse apartamento até que é limpo! - Disse ela se jogando no meu sofá e eu tirei minha jaqueta.

- Eu sou chato não sou porco! - Afirmei e coloquei a jaqueta no cabide - Tira os sapatos, coloca lá perto da porta - Eu disse e a mesma se levantou pra fazer isso. Fui pra cozinha e S/n veio atrás de mim.

- O que vai fazer? - Disse ela parando do meu lado da pia.

- Um lanche - Eu disse e a mesma respondeu com um "humm". Ela me olhou fazendo um sanduíche e me encarou.

- Não vai fazer pra mim? - Eu coloquei o meu pra esquentar no microondas junto com um copo de leite.

- Se vira! - Eu disse e a mesma revirou os olhos. Fez um sanduíche e despejou no copo o leite da caixa. Assim que o meu aprontou eu tirei de lá e a S/n colocou o dela lá pra esquentar. Eu ía comer mas a mesma me impediu pegando o meu sanduíche e colocando no prato de volta - Ei! 

- Vai esperar o meu aprontar, aí comemos juntos! - Ela disse me fazendo revirar os olhos. Logo o dela aprontou e ela colocou na mesa a minha frente, se sentou e começamos a comer - Taehyung - Ela disse de boca cheia e eu a olhei.

- Humm? 

- Você já namorou? - Ela olhou no fundo dos meus olhos e eu a encarei.

- Não! - Eu respondi e mesma arregalou os olhos.

- O que? Então você ainda é BV? - Ela perguntou incrédula dando mais uma mordida e bebendo um pouco do seu leite.

- Claro que já - Revirei os olhos - Bom, ficar é uma coisa, namorar é outra - Respondi simples.

- E isso faz quanto tempo? - Ela terminou de comer assim como eu.

- Uns 3 anos atrás, antes de eu trancar a faculdade - Coloquei o prato e o copo na pia, peguei o prato dela e coloquei em cima do meu, e coloquei os dois copos deitados no prato.

- Por que trancou a faculdade? - Ela perguntou assim que terminamos de lavar as mãos, eu revirei os olhos e andei até meu quarto, percebi que a mesma me seguia.

- Você faz perguntas demais - Eu disse e abri a porta do meu quarto, fui no guarda-roupa e peguei uma cueca, uma calça moletom e uma camisa branca.

- Aaahhh, você tem um Xbox!! - Ela disse ligando a tv e o xbox, pegou um controle e se jogou na minha cama.

- Que folgada - Murmurei - Não bagunça a minha cama, se bagunçar arruma! - Ela bufou e se sentou - Eu vou tomar um banho, não aumenta o volume...

- TÁH!! - Ela me assustou após ter gritado - Caralho, você é mó chato mano.

- Olha o palavrão porra! - Falei bravo.

- Como é? Kkkk - Ela riu após eu ter falo um palavrão.

- Aish - Entrei no banheiro e fechei a porta, entrei no box e tomei uma banho relaxante, depois de uns minutos eu desligo o chuveiro, me seco e procuro minhas roupas, aff, esqueci lá no criado mudo. Saí do banheiro e a S/n me olhou, ela ficou me encarando com a boca entreaberta e eu ri - Cuidado pra não babar! - Avisei.

- Q-quem tá babando aqui? Idiota - Ela disse ajeitando a postura e olhando pra TV, mas precebi que ela dava umas olhadas de canto, dei um leve riso e peguei minhas roupas, fui pro banheiro e lá me troquei. Voltei pro quarto secando os cabelos e coloquei a toalha no cabide atrás da porta do banheiro - O seu pente é rosa? Kkkkkk.

- Bem rosinha - Falei erótico e a mesma corou.

- YAH!! - Me jogou um travesseiro - Safado! - Ela disse e eu ri.

- Anta, me dá esse pente - Pedi estendendo a mão mas ela não me deu.

- Senta a bunda aí, eu vou pentear o teu cabelo - Ela disse andando de joelhos na cama vindo na minha direção.

- Não mesmo, me dá! - Eu pedi de novo e ela me puxou me fazendo sentar na cama - aish.

- Cala a boca - Ela disse começando a passar o pente nos meus fios desembaraçando com calma - Eu gosto de pentear o cabelo do Jimin, ele é bem liso e fácil de pentear, por isso todo dia quando ele termina de tomar banho vai direto no meu quarto pra min pentear pra ele - Ouvi ela rir leve e eu apenas sorri - Seu cabelo é bem fino, mas é cheio, a cor é bonita e ele é bom de pentear. Pronto! - Ela disse e eu me levantei, ela me deu o pente e eu coloquei no criado mudo.

- Obrigado - Agradeci e me sentei na cama encostando a costa no travesseiro, assim fez a S/n - Você não vai pra casa não?

- Tá me expulsando?

- Pra ser sincero? - A encarei - Tô!

- Aish, não vou não, só depois. Bora assistir um filme.

- Aff - Revirei os olhos.

- Bora logooooo, escolhe aí.

- Qualquer um?

- Qualquer um - Ela disse sorrindo e eu já sabia qual colocar.

- Ok - Coloquei na Netflix e procurei por um filme de terror - Pronto.

- Ahh não, terror nãoooo!! - Ela choramingou.

- Você me pediu pra colocar qualquer um, agora vai ser esse. Presta atenção!

Ela se calou emburrada e logo o filme começou, a S/n prestava bastante atenção, no meio do filme estava tocando uma música de suspense e a S/n estava quieta, até que apareceu um bicho na tela e ela tomou um susto agarrando meu braço (Obs: Ela estava sentada do lado direito do Tae).

- Kkkkkkkk, você é muito besta S/n! - Eu ria dela e a mesma começou a me bater.

- FOI VOCÊ QUE ESCOLHEU COLOCAR UM FILME DE TERROR. Eu odeio! - Ela disse e as unhas dela já estavam doendo no meu braço.

- Ai, ai, tá, tá bom, solta o meu braço, tá machucando! - Eu disse e a mesma tirou na hora puxando ele pra olhar e só ficou uns arranhões.

- D-dezculpa Taetae - Ela disse um pouco triste e eu dei uma leve risada.

- Tudo bem, já tive piores.

- Ahn? - Ela pareceu confusa.

- Nada não, olha, já são 17:45, é melhor você ir antes que escureça! - Eu disse olhando pro relógio da parede e ela negou.

- Depois eu ligo pro Jimin vim me buscar - Ela fez um bico e eu neguei - Pu favoooo Tae - Ela fez uma voz fofa.

- Não caio nessa.

- Eu não vou sair mesmo.

- Ah vai sim! - Eu me levantei e peguei a sua mão puxando pra fora da cama mas em um movimento rápido ela me puxou e eu acabei caindo por cima dela - Tá louca?

- Você é pesado!!! - Ela disse com as mãos no meu peitoral.

- Você que me puxou! - Reclamei.

- Mas você podia ter desviado! - Ela respondeu.

- Ah tá, como se eu tivesse pensando nisso né? Sua anta! - Eu disse isso e percebi que nossos rostos estavam próximos.

- Olha quem fala, pedaço de poste e baleia assassina.

- O quê?

- Você tá me esmagando! - Ela disse.

- Quanto drama garota.

- Sai de cima de mim Taehyung! - Ela disse mas eu ainda olhava pra ela - Tá surdo? - Eu revirei os olhos e passei a língua entre os lábios e a mesma olhou pro meu beiço - T-tae...

- Que safada - Eu a olhei incrédulo e me levantei.

- Q-que? C-claro que não. Nada a ver! - Ela se sentou super corada.

- Ah tá bom kkkkkkk.

- Para de rir idiota.

- Tá, parei, rsrs - Nos olhamos - Mas é sério, é melhor você ir embora, tá ficando tarde!

- Humm - Ela murmurou e logo pegou o celular começando a mandar uma mensagem pro Jimin - O Jimin disse que ainda tá guardando umas coisas lá mas que tá terminando, ele disse que quando terminar ele vem me pegar - Concordei - Taehyung - Ela me encarou.

- Humm?

- Obrigada por hoje mais cedo. Eu precisava desabafar com alguém - Ela deitou a cabeça no travesseiro e eu fiz o mesmo ainda a encarando.

- Tudo bem, imagino que esteja sendo difícil pra você.

- É, tá sim, mas acho que consigo superar -  Ela disse triste e eu baguncei seu cabelo.

- Vai sim, boba - Eu disse e a mesma sorriu.

- Taehyung.

- Oi? - Ela bocejou.

- Posso te dar um abraço? - Eu fiquei surpreso - É uma forma de agradecimento, não pensa besteira.

- Eu não pensei em nada! - Eu disse normal - Você que deve ter pensado - Eu disse e ela corou.

- P-pensar em que? Tá louco? Eu não pensei em nada! Posso te abraçar ou não?

- Tanto faz - Dei de ombros e ela se aproximou de mim ainda deitados na cama, logo senti um de seus braços rodear minha cintura e a outra encostada no meu peitoral.

- Desculpa por ter pensado que você era um idiota que não se importa com ninguém - Ouvi ela bocejar e correspondi ao abraço acariciando seu cabelo.

- Tudo bem, não sei porquê mas todo mundo que me conhece me vê dessa forma. A verdade é que eu já passei por muitas coisas S/n, na qual você ficaria surpresa demais se eu te contasse que...- Senti a mesma dar um grande suspiro, sinal de que a mesma já estava dormindo - Tsc, boba - Eu olhei pro seu rosto que dormia tranquilamente em plena 18:00 da tarde parecendo um anjo - Tão bonita - Tão bonita...por que? Por que essa menina insiste em mexer com o meu psicológico? Sei lá, ela é tão legal, Independente se eu a trato ou não mal, ela não deixa rancor nenhum no seu "coração", ela é uma garota que se importa com os outros, que mesmo parecendo chata ela é um amor de pessoa. Eu nunca pensei que começaria a ter esses tipos de pensamentos sobre a S/n, na verdade eu nem sabia que me importava com ela, quer dizer, a gente mal se conhece entende? Então não sei o porquê de meu coração palpitar forte sempre que vejo ela sorrir, eu acho que...não, impossível, eu não me apaixono por alguém há um tempo já.

Paro com meus pensamentos quando sinto a mesma entrelaçar suas pernas com as minhas, o que me fez dar uma leve risada, sua mão que me segurava pela cintura me abraçou mais ainda aproximando nossos corpos e...e nossos rostos. Eu não sei porquê mas ao ver seus lábios entreabertos eu senti uma vontade louca de beijá-la. Aproximei meu rosto do seu e...não, não posso fazer isso, eu estaria me aproveitando dela e isso poderia dar mal pra mim, até porquê a S/n é uma menina frágil e ela acabou de terminar o namoro, acho que devo esperar, isso, vai que o que eu venho sentindo por ela seja algo passageiro. 

Sem pensar duas vezez eu apenas a abracei mais e fechei os olhos logo pegando no sono com a S/n ainda em meus pensamentos.





Continua??


Notas Finais


Aahhh Taezinho, tá apaixonado ou não?
O que estão achando do imagine?
Escrevam nos comentários o que acharam e até o próximo capítulo. 2bjs. 😘😘♥️🌻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...